O cirurgião-dentista na carreira militar

Olá colegas, tudo bem com vocês?

Você sabe o que um Cirurgião-Dentista Militar faz? Quais suas funções, em que áreas poderá atuar? Será que apenas na Odontologia?

Então, pra você que pensa em prestar concurso para as Forças Armadas como cirurgião-dentista, hoje vamos discutir um pouco sobre as formas de ingresso e sobre a carreira de um profissional da Odontologia dentro do âmbito das Forças Armadas.

A carreira militar            

No Brasil, quando falamos em Forças Armadas, pensamos inicialmente no Exército, na Aeronáutica e na Marinha. Mas além dessas, existem as Forças Auxiliares, constituídas por Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militares. Basicamente o cirurgião-dentista poderá servir em qualquer uma dessas Forças.

Falando das vantagens da carreira militar, podemos citar: estabilidade, salário competitivo, incentivo à realização de cursos profissionalizantes na área militar e na área de atuação, plano de carreira bem definido, reserva com manutenção do último salário recebido quando na ativa (rendimentos integrais mesmo na “aposentadoria”), assistência médico-hospitalar e odontológica para o militar e seus dependentes, auxílio fardamento, dentre outras.

No entanto, é importante ressaltar que a carreira militar apresenta algumas peculiaridades que a difere de carreiras não militares. O civil que vier se tornar militar precisa ter em mente que a carreira irá exigir a aceitação de algumas características específicas do militarismo, como sujeição a preceitos de hierarquia e disciplina, dedicação exclusiva, disponibilidade permanente, possibilidade de transferência em todo território nacional ou realização de missões no Exterior, proibição de sindicalização e de participação em greves, restrição a direitos trabalhistas (não remuneração por hora extra, ausência de FGTS, não limitação de carga horária).

Importante frisar que não necessariamente as essas “desvantagens” são, de fato, ruins para a carreira, pois tudo é questão de ponto de vista. Por exemplo, a hierarquia e disciplina são extremamente importantes na organização de uma Instituição e no bom funcionamento do trabalho; missões para o Exterior podem ser interessantes tanto para crescimento pessoal, como aperfeiçoamento profissional, etc…

No fim das contas, considerando as vantagens e as “desvantagens” e a atual conjuntura do mercado odontológico brasileiro, acredito que, na atualidade, a carreira militar é uma oportunidade de trabalho interessante para cirurgiões-dentistas.

Formas de ingresso

                O ingresso nos quadros de saúde das Forças Armadas é realizado essencialmente através de concurso público. As etapas variam a depender da Força e se o militar irá fazer carreira ou não.  Obs.: Irei discutir aqui principalmente sobre o ingresso no Exército, Aeronáutica e Marinha. As Forças Auxiliares não são nacionais, e sim, estaduais, e o processo seletivo pode ser diferente entre eles.

Uma das formas de ingresso, mais comum para a área de Medicina, é após a conclusão do curso de Graduação. Nesses casos, diz-se que o profissional irá realizar “Serviço Militar Obrigatório”. Nessa modalidade, o contrato é renovado anualmente até um máximo de 8 anos, a critério da administração. Ou seja, não há estabilidade e o profissional pode não ser renovado ao final de cada ano.

Uma outra forma de ingresso é o chamado “Serviço Militar Voluntário”. Este subdivide-se ainda em “Oficial Temporário” e “Oficial de Carreira”, os quais apresentam etapas diferente no processo seletivo. Essas seleções ocorrem em diversas áreas profissionais, incluindo área de saúde. E é aí que entra o cirurgião-dentista.

O Oficial Temporário também apresenta um contrato que pode ser renovado anualmente até um máximo de 8 anos, a critério da administração. Sobre o processo seletivo, é exigido o Diploma em Odontologia e, algumas vezes, é necessário também já ter realizado especialização. As etapas do concurso normalmente incluem análise de currículo e/ou prova de conhecimentos específicos, a depender da Força. Por exemplo, na Marinha, a prova de conhecimentos específicos aborda temas relacionados à Administração Naval. Nas três Forças, tem muito peso a prova de títulos, em que se analisa cursos de pós-graduação, experiência profissional, publicação de artigos científicos, entre outros. Outras etapas importantes da seleção são as Inspeções de Saúde e Testes de Condicionamento Físico, que determinarão um nível de saúde e condicionamento físico mínimo necessário para exercer a função militar.

A outra subdivisão do Serviço Militar Voluntário é o Oficial de Carreira. Este ingressa nas Forças Armadas também através de concurso público e possui estabilidade. Ou seja, não existe o limite de até 8 anos, como nos casos analisados anteriormente; pelo contrário, existe um plano de carreira bem definido (até chegar a reserva, ou “aposentadoria”), que vai de Tenente até a patente máxima do seu cargo, no caso do cirurgião-dentista, Coronel (Exército e Aeronáutica) e Capitão de Mar-e-Guerra (Marinha). Nesta modalidade, também a depender da Força, as etapas do concurso incluem conhecimentos na área da Odontologia, da especialidade odontológica em que se pretende ingressar e conhecimentos de Língua Portuguesa, além de provas práticas-orais na especialidade, Inspeções de saúde e testes de condicionamento físico.

Curso de formação

                O curso de formação dos Oficiais Dentistas ocorre no Rio de Janeiro-RJ (Exército e Marinha) e em Lagoa Santa-MG (Aeronáutica) e compreende instruções nos Campos Geral, Militar e Técnico-Especializado, bem como atividades complementares. É um curso que tem a finalidade de adaptar os dentistas às peculiaridades das Forças, capacitando-os, tanto para o desempenho das atividades técnicas específicas na área da Saúde, como para o exercício de funções administrativas e de chefia dentro das Organizações Militares.

Atuação do cirurgião-dentista

                O cirurgião-dentista que ingressa nos Quadros de Saúde das Forças Armadas irá atuar essencialmente na assistência odontológica de militares e seus dependentes.

Mas, além disso, é importante entender que ele irá atuar também fora da sua área de especialização. Como militar, é de sua competência a realização de atividades inerentes ao militarismo, as quais incluem a participação em formaturas militares, escalas de serviço, comissões, fiscalização de contratos, etc.

 

Nossos cursos – Gran Cursos Saúde

Então, colegas cirurgiões-dentistas, acredito que consegui passar um pouco das peculiaridades da carreira militar para vocês que desejam ingressar na área. Agora precisamos juntos focar nos estudos para que lá na frente possamos ser colegas de farda.

Abaixo trago alguns cursos que certamente irão ajudar a conseguir êxito nos concursos militares. Primeiramente, quero falar do Curso Gratuito de Odontologia, que o Gran Cursos Online liberou para todos vocês. É um curso de resolução de questões de provas de residências e concursos, abordando as principais temáticas da nossa área. Corre lá no site e busca “Curso gratuito de Odontologia”.

Mas além desse, temos outros cursos mais específicos da área de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, com foco em provas de residência e de concursos.

Cursos:

– Bucomaxilofacial Questões para Residências

Curso com questões de residências em Cirurgia Bucomaxilofacial.

– Resolução de Questões para prova do CADAR da Aeronáutica

Curso com questões das últimas provas da Aeronáutica na área de Cirurgia Bucomaxilofacial.

– Odontologia para Concursos e Residências (área de Cirurgia Bucomaxilofacial)

Curso com questões de concursos e residências na área de Cirurgia Bucomaxilofacial.

– Residência USP – Residência em Área Profissional da Saúde – Odontologia

Curso com questões de residências em diversos temas da Odontologia.

 

Então é isso, obrigado! Contem comigo para solucionar qualquer dúvida e até a próxima!

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Notícias Relacionadas

2 Comentários

2 Comentários

  1. Prof Paulo Coelho

    09/04/2020 20:46em20:46

    Muito bom este post, Parabéns !!!

  2. Jéssica

    27/05/2020 15:37em15:37

    Para o concurso de serviço militar voluntário Rm2 da marinha, o dentista só pontua na prova de títulos, se sua especialização for na área especificada? Ou pontua mesmo a especialização não sendo naquela área?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo