#PergunteaoGG

#PergunteaoGG (11): qual o melhor caminho para estudar Direito?

#PergunteaoGG (11): qual o melhor caminho para estudar Direito?Gabriel,

Sempre achei o estudo do Direito muito difícil, e meu contato com essa matéria é só por conta da preparação para concursos. Para piorar, são tantos conteúdos para vencer… Qual é o melhor caminho para dar conta de tudo? Estudo a lei seca ou apenas por resumos? 

Maria Gonçalves – Joinville, Santa Catarina

Olá, Maria!

Nossos ilustres professores examinaram as últimas provas aplicadas pelas bancas Cebraspe/Cespe/UnB e FCC, hoje consideradas duas das mais tradicionais do País, para nos ajudar a redigir os artigos da série “Quebrando a Banca”, publicados recentemente em nosso blog.

Nesse estudo, eles perceberam, por exemplo, que 96% das questões de Direito Constitucional que caíram nas provas da FCC foram extraídas do texto literal da Constituição Federal (Baixe AQUI o e-book da série Quebrando a Banca FCC). Já em provas recentes dessa matéria aplicadas pela banca Cebraspe/Cespe/UnB, 79% dos itens foram pinçados da interpretação da nossa “Constituição Cidadã”, e não da letra fria dos seus dispositivos. (baixe AQUI o e-book da série Quebrando a banca Cespe).

Em relação ao Direito Administrativo, nossos mestres notaram que 51% de todos os itens de provas da FCC foram extraídos do texto cru das normas básicas (Leis n. 8.112/1990, n. 8.666/1993, n. 9.784/1999 e n. 8.429/1992) e de dispositivos constitucionais aplicados aos servidores públicos civis (arts. 37 a 41 da CF/1988). Já em provas do Cebraspe/Cespe/UnB, o índice de cobrança da lei seca desse ramo do Direito foi maior: 67%.

Diante disso, para Wellington Antunes, nosso professor de Direito Constitucional, o melhor caminho é começar os estudos pela leitura da lei seca e complementá-los com a resolução de muitos exercícios de provas anteriores. As lacunas – quando elas existirem – devem ser supridas por meio do estudo da doutrina e da jurisprudência. Ele explica que doutrina nada mais é do que a interpretação da lei seca pelos especialistas, ao passo que jurisprudência consiste na interpretação dessa mesma lei pelos magistrados. Note que tudo começa na lei seca, de modo que iniciar a preparação pela leitura dela é a melhor tática. E saiba que os nossos mestres fazem um excelente trabalho em destrinchá-la ponto a ponto nos nossos cursos de videoaulas e nas nossas aulas em PDF.

Desaconselho o estudo exclusivamente por meio de resumos. Essa opção não é nada eficiente em fazer do concurseiro um candidato competitivo. Entretanto, a técnica de recorrer aos resumos é, sim, recomendável, desde que você os elabore você mesma, pondo em prática o que chamamos de estudo ativo. Depois de prontos, esses resumos podem – e devem – ser revisados nas duas semanas que antecedem a prova. (Veja aqui um artigo do professor Wellington Antunes sobre como elaborar um bom resumo.) Mas perceba que os resumos são complementares ao estudo; não devem ser a base dele.

Uma última dica: explore a técnica das três leituras para estudar o texto seco das leis. A primeira leitura serve para “quebrar o gelo”, para familiarizar o estudante com o conteúdo. A segunda deve ser feita com mais atenção, para que o candidato extraia os pontos mais importantes da lei. Na última, o concurseiro deve se preocupar em fazer a correlação entre os assuntos abordados na norma. Cumpridas todas essas etapas, ele estará pronto para resolver o maior número de exercícios possível e praticar exaustivamente tudo que aprendeu.

Devo ressaltar que esse método não é válido para concursos jurídicos de alto nível, que demandam outra abordagem para o estudo. Pelo teor da sua pergunta, imagino que não seja o seu caso.

Na esperança de termos sido úteis, desejamos a você e a todos os nossos alunos muitas aprovações!

P.S.: Siga-me em minha página do Facebook e em meu perfil do Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.


Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e fundador do Gran Cursos Online e da GG Educacional. Sempre soube que a sua missão de vida era ser empreendedor. Por força do destino, ingressou no mercado de concursos muito novo, há mais de 10 anos. Acumulou experiências de grande valia ao acompanhar as atividades empresariais de seus pais, ambos ex-servidores com quase 3 décadas de experiência no mercado de concursos. Em 2013, decidiu que queria montar sua própria empresa e convidou o amigo Rodrigo Calado, também muito experiente na área, para ser o seu sócio. Nasceu ali a GG Educacional, uma organização totalmente dedicada à educação a distância, cujo lema é: “Ensino aliado à tecnologia”. Esse foco, em conjunto com o trabalho de colaboradores e professores dedicados e altamente especializados, resultou em crescimento exponencial ao longo dos últimos 2 anos. Atualmente, o Gran Cursos Online, principal marca da empresa, está entre as maiores do País e é referência em sua esfera de atuação.

É formado em Administração e Marketing pela New York University Stern School of Business, instituição de grande destaque no mundo corporativo. Nela, estudaram empreendedores de sucesso, como Jack Dorsey (fundador do Twitter) e John Paulson (fundador e presidente de um dos maiores fundos de investimento do mundo). Lá, participou de projetos desafiadores, interagindo com alunos do mundo inteiro e de visões muito diferentes da sua. Essa educação global e empreendedora hoje faz parte do DNA de Gabriel e da empresa que ele lidera, onde busca oferecer aos alunos o que há de melhor; tudo para ajudá-los a atingir os seus objetivos e a mudar de vida.

Cheguei Lá

1 comentário

1 Comentário

  1. Lucinda

    21/07/2017 21:09 em 21:09

    Prezado Gabriel, agradeço por mais um texto esclarecedor e pertinente.
    Tenho uma pergunta para você #PergunteaoGG:
    Sobre o estudo com vídeo-aulas, sempre estudei nos bancos da escola e agora estou tendo meu primeiro contato com o EAD. Assim, lhe pergunto, como extrair o melhor dessa ferramenta? Com toda sua experiência tenho certeza que irei obter a melhor resposta de você.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo