Por onde começar?

As adversidades costumam gerar ações, positivas ou negativas. Durante esse período de quarentena, não tem sido diferente. De um lado, estão alguns alunos de alto nível que estavam se preparando para concursos públicos há bastante tempo e, de outro lado, temos algumas pessoas que sequer sonhavam em um dia prestar concursos.

Entretanto, devido às várias incertezas e dificuldades que temos vivido, alguns alunos de alto nível se depararam com obstáculos para manter o ritmo de estudos e têm enfrentado diversas complicações, tais como: mudança de local de estudos, pessoas em casa fazendo barulho e o adiamento de provas. Temos diversos artigos e mentorias que tratam desse tema.

O foco deste artigo será destinado ao outro grupo de alunos, aqueles que nunca sonharam em prestar concursos; alguns até tinham uma carreira consolidada, mas, devido às mudanças atuais na economia, perderam o emprego ou vivem momentos de incerteza e, por isso, decidiram mudar o rumo de suas vidas e se preparar para concursos públicos para garantir um novo emprego e a estabilidade.

Ao se deparar com um mundo totalmente novo, por onde começar? Esse grupo de pessoas é bem heterogêneo: temos alunos de 20 a 30 anos, mas também encontramos alunos com mais de 30 e até de 40 anos. Aqui eu te convido a conhecer algumas informações fundamentais para os que desejam iniciar essa nova trajetória, mas estão com dificuldades, sem saber como dar os primeiros passos.

O primeiro passo para quem decidiu que quer iniciar nesse mundo de concursos públicos é definir uma área para prestar concursos. Parafraseando o ditado popular, “Quem muito quer, nada tem”. Quem se prepara para provas deve seguir o mesmo raciocínio. Não adianta querer fazer todos os certames que aparecerem, sua preparação será muito mais efetiva se você se mantiver fiel e focado a uma determinada área de atuação.

Sabemos que existem várias áreas de concursos públicos, como, por exemplo: policial, tribunais, fiscal, bancária, educação, saúde, administrativa etc. A escolha da área deverá levar em consideração diversos aspectos, como: vocação, remuneração, número de vagas, entre outros. Existem artigos na coluna do coaching do blog e também algumas mentorias que tratam exclusivamente sobre esse tema e poderão te auxiliar nessa tomada de decisão.

Após definir a área a para a qual deseja se preparar, eu sempre questiono ao aluno se há algum concurso específico em que ele deseja se preparar (por exemplo, se você escolher a área de tribunais e deseja prestar, prioritariamente, concurso para o Tribunal de Justiça do seu estado). Caso haja algum concurso específico, iremos tratá-lo como o Plano A.

“E por que isso, Micael?”. Caso deseje se preparar para determinada área, mas ainda não tenha nenhum concurso em mente, você deverá iniciar sua preparação estudando para as disciplinas básicas daquele domínio, ou seja, as disciplinas que estão presentes em todos ou em grande parte dos editais daquele âmbito.

Por outro lado, se você já tem algum cargo específico almejado, uma pergunta deve ser feita: há previsão para um novo edital? Caso haja previsão para um novo concurso dentro de um tempo razoável para sua realidade, você deve ir adiante, ou seja, não adianta fazer planos para conquistar uma aprovação dentro de seis meses ou um ano e iniciar uma preparação para um concurso que ocorreu no ano anterior e só há expectativa de novo certame daqui a quatro ou cinco anos.

Havendo expectativa de lançamento de edital no curto ou médio prazo, e se você optar por se preparar para ele, então busque o último edital desse concurso – quase sempre, esse será o seu melhor referencial para começar a sua preparação. Digo quase sempre, pois, caso o último edital tenha ocorrido há muitos anos (às vezes, há 10 anos ou até mais), é provável que a próxima publicação venha com mudanças significativas e aquele conteúdo cobrado outrora seja praticamente 100% reformulado.

Mas saindo da exceção e partindo para a regra, você buscará o último edital para iniciar sua preparação – lembrando que, ao se preparar para esse cargo específico, automaticamente você estará se preparando também para grande parte dos concursos dentro daquela área de atuação, pois muitas disciplinas serão similares e você terá um aproveitamento grande de uma prova para outra.

Se você já é assinante ilimitado, ótimo! Hoje o Gran Cursos Online possui mais de 18.600 cursos em sua plataforma, ou seja, muito provavelmente você encontrará o curso para o cargo que almeja já estruturado com base no último edital. Nesse caso, basta você montar o seu plano de estudos para esgotar aquele material.

Após definida a área do concurso e também, caso seja essa a situação, o concurso almejado, você deverá se dedicar aos próximos passos antes de começar a execução do seu plano. Identifique sua disponibilidade, quanto tempo dispõe diária e semanalmente para dedicar aos estudos; aqui eu recomendo que você monte uma tabela e escreva os seus compromissos em cada horário do seu dia para verificar quanto tempo poderá ser dedicado aos estudos. Lembre-se de priorizar o que de fato é mais importante nesse momento.

Quanto ao plano de estudos, caso queira se aprofundar nesse tema, novamente informo que há muitas mentorias que tratam especificamente sobre ele, mas, para você já iniciar de imediato sua preparação, digo que seu planejamento deve ser realista: não atribua uma meta que não seja possível ser cumprida. Uma meta na qual você precise sacrificar o seu descanso ou outra atividade fundamental não é uma meta sadia e, consequentemente, você não conseguirá permanecer nela por muito tempo.

O seu plano de estudos deve ser saudável, de modo que você consiga manter aquele ritmo a longo prazo. Lembre-se de que concursos públicos são como uma maratona, e não uma corrida de 100 metros, por isso, é necessário empreender um ritmo razoável de maneira que você avance significativamente, mas é preciso também manter o equilíbrio para conseguir permanecer estudando naquele ritmo a longo prazo.

Por fim, gostaria de te orientar a deixar o seu plano de estudos o mais dinâmico possível: intercale o estudo entre diversas disciplinas ao longo da semana, pois isso tornará o seu estudo muito mais eficiente. Além disso, lembre-se de dedicar na sua meta um tempo para fazer revisões e questões. Você só dará determinado tópico do seu edital como vencido após esgotar a teoria, revisá-la e fazer questões sobre o tópico; além disso, você precisará constantemente voltar àquele tópico, por meio de revisões teóricas e/ou questões, para que tenha condições de realizar uma boa prova.

Então, vamos lá?! Escolha a área para qual você deseja prestar concursos e, se for o caso, defina também qual será o seu concurso Plano A; em seguida, monte o seu plano de estudos para a semana, observando o que foi dito acima. Após isso, é só começar!

 

“Uma jornada de mil milhas começa com um pequeno passo.”
LaoTse

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Notícias Relacionadas

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo