Por que os hábitos fazem a diferença?

Marcelo Macintyre


15/09/2021 | 17:34 Atualizado há 34 dias

Olá, meu caro amigo concurseiro, como você está? Espero que esteja tudo ótimo! Você já parou para pensar na diferença que uma pequena melhoria diária pode fazer ao longo do tempo? É impressionante! Note como a matemática funciona: se você conseguir evoluir 1% a cada dia de estudos durante um ano, chegará 37 vezes mais preparado ao fim desse período.

Por outro lado, se você mantiver a média de 1% e for piorando a cada dia, durante um ano, declinará quase a zero. Tudo que se inicia com uma pequena conquista ou um pequeno contratempo é sedimentado e se acumula como algo gigante. Infelizmente, o ritmo vagaroso de uma transformação facilita – e muito – o retorno de um determinado mau hábito.

Se comermos uma refeição não muito saudável hoje, por exemplo, o peso corporal em nada mudará, provavelmente. Porém, quando repetimos 1% desse deslize todos os dias, reiteradamente reproduzindo tomadas de decisões ruins, triplicando os erros e acreditando nas próprias desculpas, os pequenos maus hábitos acabam se tornando resultados tóxicos.

Da mesma maneira, uma rápida mudança nos hábitos diários pode direcionar a vida para um rumo completamente diferente. Resolver tomar uma decisão que seja 1% melhor ou pior pode parecer quase insignificante no presente, mas, ao longo de uma vida, essas escolhas certamente determinarão quem você é e quem poderia ter sido.

Um dos principais aspectos que fazem com que seja tão difícil edificar bons hábitos é o fato de não ser possível ver um resultado palpável a curto prazo. Lembre-se: os melhores resultados não nascem do dia para a noite. Eles são tardios.

Tenha em mente que não importa a quantidade de insucessos que você tenha obtido até agora. O que realmente deve ser questionado são seus hábitos e se eles estão, ou não, colocando-o(a) no caminho correto. Seus resultados de hoje são frutos de condutas habituais passadas. Não há como mudar isso. No entanto, se quiser prever qual será o destino de sua vida, tudo que precisa ser feito é seguir a curva das pequenas vitórias diárias e perceber como essas escolhas se acumularão daqui a 2 ou 3 anos. Certamente, você estará em uma posição muito melhor seja na vida pessoal ou profissional.

O sucesso é o resultado de tomadas de decisões diárias, e não de transformações únicas de um dia nas nossas vidas.

Marcelo Macintyre

Agente de Polícia da PCDF, pós-graduado em Investigação Policial e GranXpert
0

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *