Robotic Process Automation – RPA

O que é essa tecnologia, que começa a ser cobrada nos certames

Fernando Escobar


18 de Junho 2 min. de leitura

Olá, Concurseir@!

Em primeiro lugar, quero destacar o que eu vejo como uma tendência, inaugurada com o concurso da SEFAZ-CE. Foi o primeiro certame de grande visibilidade que cobrou a temática de RPA, ou Robotic Process Automation. Nesse sentido, RPA veio dentro do bloco de Análise, Desenho e Automação de Processos, cobrado para o cargo de Auditor Fiscal de Tecnologia da Informação.

ANÁLISE, DESENHO E AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS: 1 BPM (business process management). 1.1 conceitos básicos. 1.2 identificação e delimitação de processos de negócio. 1.3 técnicas de mapeamento de processos (modelos as-is). 1.4 técnicas de análise e simulação de processos. 1.5 construção e mensuração de indicadores de processos. 1.6 técnicas de modelagem de processos (modelos to-be). 1.7 modelagem de processos em BPMN: notação, artefatos e atividades. 1.8 gerenciamento de processos de negócio (BPM). 2 RPA (robotic process automation). 2.1 Conceitos, fundamentos, características, estratégias. 2.2 Padronização de processos, formatação, validação e operação.

RPA já está no mercado profissional há alguns anos. Em resumo, RPA ou Automação Robótica de Processos é uma tecnologia de software fácil de usar para automatizar tarefas digitais. Em outras palavras, RPA é a aplicação de robôs de software que imitam tarefas repetitivas geralmente executadas por seres humanos. Assim, RPA é útil para automatizar processos, com base em regras que exigem interação com múltiplos sistemas ou soluções de TI.

RPA e a Transformação Digital

Atualmente, esse assunto vem ganhando relevância e eu o classifico como uma tendência em virtude da, na minha opinião, chegada do CBOK v4.0 – o Guia para BPM ou Corpo Comum de Conhecimento, em sua versão 4.0.

Na nova versão, o CBOK expandiu uma de suas áreas de conhecimento, Tecnologias de BPM, renomeando-a para Tecnologia e Transformação, reconhecendo a existência dos iBPMS (BPMS inteligente) e listando plataformas de TI mais recentes.

Ao mesmo tempo que, entre essas plataformas, destaque não apenas para o RPA, mas também para Blockchain, IA e Machine Learning, IoT e otras cositas mais – mas, isso será assunto para outro post.

A Comissão Europeia nomeou essas plataformas como “tecnologias digitais essenciais” abrangendo mídia social, serviços móveis, computação em nuvem, internet das coisas (IoT), soluções de segurança cibernética, automação de processos por robôs (RPA), big data e analytics.

Se você conferiu meu post sobre Transformação Digital [LINK], vai constatar que em meu capítulo Implementando a Transformação Digital, parte integrante do livro Reconstrução do Brasil pela Transformação Digital no Setor Público, a automação de processos por robôs (RPA) é uma das práticas recomendadas, dentro da dimensão de tecnologia.

Como funciona?

Em síntese, RPA aplica recursos de inteligência artificial e aprendizado de máquina para lidar com tarefas repetitivas de alto volume. Essas tarefas podem incluir consultas, cálculos e manutenções de registros e transações.

Igualmente, o robô desenvolvido com a tecnologia de RPA pode ser “treinado” para realizar uma sequência de passos e ações nos sistemas como se fosse um usuário.  Assim, com o treinamento é gerado um script que o robô seguirá a cada execução.

Logo, o robô então pode ser agendado para executar os passos como se fosse uma pessoa operando o sistema, mas até 5x mais rápido que uma pessoa normal, com menos erros e com total rastreabilidade das ações.

BPM e RPA

Como resultado, RPA promete aumentar a eficiência das equipes, liberando os funcionários das tarefas rotineiras e demoradas para que eles se concentrem no trabalho mais relevante. Por isso, RPA é ideal para uma estratégia de automação do gerenciamento de processos de negócios. Por último, com uma abordagem de automação que inclua o BPM e a RPA, é possível otimizar e aprimorar completamente os processos de negócios da organização.

Finalmente, devido ao ineditismo da cobrança, irei abordar a temática de RPA em uma live específica para o concurso da SEFAZ-CE. Vou apresentar conceitos, características, vantagens e benefícios, além das melhores práticas em RPA e uma compilação das causas de falhas de projetos de RPA.

Vamos juntos. Bons estudos!

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Comece a estudar no Gran Cursos

Depoimentos relacionados

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

A estabilidade que a carreira pública proporciona foi o grande atrativo que Weberti Silva teve para começar a estudar para…

A estabilidade profissional e financeira foi o que levou Pedro J. a buscar com tanto afinco a carreira pública e…

O sonho de ser policial desde criança, fez com que Maria C. firmasse um compromisso de estudos diariamente desde 2018…

Em busca de estabilidade e para dar um futuro melhor para esposa e filha, Regis B. estudou bastante para ser…

Fernando Escobar

Analista de TI no TRF 1 e professor de Governança, Gestão de TI nas Organizações Públicas e Gestão de Projetos

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *