Concurseiro Saudável

Atividade física: como iniciar e como manter o hábito

A prática de atividade física vem ganhando adeptos nas últimas décadas, seja por questões de saúde, seja por questões estéticas. Bom, o que realmente importa é a prática do exercício físico, independentemente de qual seja o objetivo, pois de qualquer forma ela fará bem para a mente e para o corpo, podendo contribuir para a perda de peso. A prática do exercício físico transcende essas perspectivas (estéticas – saúde) para algo muito além, digo, prepara o corpo humano para uma terceira idade com maior vigor, qualidade de vida e funcionalidade, além de prevenir sobremaneira doenças relacionadas à hipertensão, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, diabetes, câncer de mama e de cólon, depressão e diversas outras.

Da mesma forma, precisamos levar em consideração que o exercício físico deve estar associado a nossas atividades diárias, pois os benefícios que ele pode proporcionar vão além da questão de saúde. Assim, a atividade física deve estar aliada à rotina diária de todo e qualquer estudante (Os benefícios já foram relatados em posts anteriormente publicados no quadro Concurseiro Saudável.).

Vivemos num mundo em que a cobrança exsurge por todos os lados e, como se não bastasse, temos de conciliar trabalho, família, vida social, pessoal e outras situações com o nosso cotidiano. A vida do concurseiro é tão complicada quanto de qualquer outro profissional. Há a rotina de acordar cedo, trabalhar, estudar, ir ao cursinho e por aí vai. Vale ressaltar que essa intensidade, muitas vezes, permanece no final de semana. A dica para conciliar todas essas atribuições foi abordada pelo Diretor-Presidente do Gran Cursos Online, Gabriel Granjeiro, em post recente, curtam lá!

O difícil mesmo não é iniciar a prática de atividade física, mas sim se manter nela. Os fatos que levam as pessoas a desistir são inúmeros, porém o que as fazem permanecer são a força de vontade, as metas, os objetivos, as necessidades e outros fatores. Mas, para que isso possa acontecer, deve haver uma rotina criada para além dessas circunstâncias que os faça aderir ao programa de atividade física.

Bom, como podemos iniciar a prática de atividade física aliada aos estudos? Ou melhor, como manter a rotina e fazer disso um hábito?

Seguem algumas dicas de como iniciar a atividade física:

  1. Tente exercitar-se no primeiro período da manhã, porque assim você cumprirá essa meta, aumentará a disposição para o longo do dia e deixará seu metabolismo mais acelerado (dependendo da alimentação, pode-se ter uma maior oxidação de gordura pós-exercício). Além disso, não faltará ao compromisso (não inventará nenhuma desculpa) se por ventura estiver cansado e tiver programado o exercício físico para o final do dia;
  2. Comece com uma atividade que não exige tanto preparo físico (caminhada, andar de bicicleta, musculação ou outras atividades ao ar livre) e inicie o treinamento por duas vezes na semana e, assim, progressivamente – crie a meta de se exercitar duas vezes e, conforme a adaptação, aumente a frequência gradativamente;
  3. Pratique atividade física perto de casa ou no caminho de deslocamento para o seu destino, como cursinho, trabalho, biblioteca ou seu local de estudo;
  4. Procure realizar atividades em grupo, se possível. Caso se trate de um esporte individual, estabeleça metas, por exemplo: caminhar ou correr dois quarteirões, andar de bicicleta por poucos quilômetros, nadar por “x” metros;
  5. Tenha uma alimentação saudável. Mude seus hábitos alimentares. Evite produtos industrializados. Com isso você perceberá uma melhora significativa na disposição no seu dia a dia.

Como visto, iniciar atividade física talvez não seja o problema, mas sim continuar a prática dela. A importância do exercício físico para quem está estudando é muito grande, pois os benefícios auxiliam na memória e na cognição.

Pois bem, como qualquer outro propósito na vida, a gente faz algo ou porque é obrigado, mesmo não gostando, ou porque a gente gosta, ou porque realmente aquele fato tornou-se um hábito na vida.

Mudar um hábito é um processo muito difícil para a maioria das pessoas, porque exige muita dedicação e disciplina. Quantas promessas são feitas e não são cumpridas (Vou iniciar os estudos na segunda-feira. Vou começar a dieta na segunda. Não vou mais isso. Não vou mais aquilo…).

Existe um livro chamado “O Poder do Hábito”, escrito por Charles Duhigg, que há duas décadas pesquisou como os hábitos funcionam e como podem ser transformados. O autor descreve que os hábitos surgem porque o cérebro está o tempo todo procurando maneiras de poupar esforço. Seria impossível adquirir hábitos novos todos os dias e, por isso, uma vez aprendidos, eles jamais desaparecem de fato. Um hábito é uma escolha que em algum momento tomamos deliberadamente e que, depois de pararmos de pensar a respeito, continuamos a fazer, às vezes todo dia.

O autor menciona que o hábito funciona como se fosse um loop, isto é, um ciclo. Seria assim:

  • começaria por um gatilho (deixa): estímulo que manda o cérebro entrar em modo automático e indica qual hábito deve ser usado. Por exemplo: acordar, tomar café da manhã e fazer atividade física;
  • esse ato nos levaria a uma rotina, que é a forma de executarmos a deixa (gatilho) para não nos sentirmos decepcionados. Ou seja, fazer isso todos os dias. Observação importante: não se preocupe, neste primeiro momento, se está tendo resultado, mas sim em estabelecer uma rotina para fixação desse hábito;
  • Após a realização da atividade física, haveria uma recompensa: isso ajudaria o cérebro a saber se vale a pena memorizar esse loop para o futuro. Por exemplo, coma uma comida saudável que você mais goste ou tome um banho quente ou faça alguma coisa que você tenha prazer, mas lembre-se de que isso seria uma recompensa pela atividade física feita.

Dessa forma, tudo o que você faz repetidamente e em um padrão específico na sua vida se torna um hábito. Ele ressalta que não se pode eliminar um velho hábito, mas tão somente mudá-lo. Duhigg comenta ainda sobre os chamados “hábitos mestres”, que são capazes de desencadear uma série de reações no modo de a pessoa organizar sua própria vida. Por coincidência, o autor cita, por exemplo, o exercício físico e afirma: “Quando as pessoas começam a se exercitar regularmente, começam a mudar outros comportamentos que não estão relacionados ao exercício físico. Passam a comer melhor e a levantar da cama mais cedo. Fumam menos e se tornam mais pacientes.”

Dentro dessa ideia abordada pelo autor, tente criar esse gatilho, manter essa rotina e recompensar aquilo que você está incluindo como um novo hábito. Tente fazer isso. Para aquele que possa fazer atividade física logo pela manhã, ao levantar, tome seu café da manhã e vá fazer seu exercício físico. Em seguida, recompense-se por isso. Caso seu horário não possa ser pela manhã, crie essa sistemática no momento mais adequado da sua rotina de estudo. Inicialmente, faça isso sem a preocupação de bater metas ou obter resultado. Inicie os exercícios somente para estabelecer a rotina, a fim de instituir o novo hábito.

Por fim, é isso. Atividade física faz bem para o corpo e para a mente, previne doenças e melhora a parte cognitiva. Aliá-la à sua rotina de estudo agregará muito em seu estilo de vida. Tenha uma alimentação saudável e durma bem, isso é importantíssimo (já falamos em posts anteriores sobre a importância do sono). Ademais, dedique-se àquilo que você se propõe a fazer.

 


Rafael Costa – Educador físico. Coach em saúde, bem-estar e emagrecimento. Treinador de atletas campeões mundiais e brasileiros. Graduado em Direito, militante em Direito Penal, Processo Penal e Criminologia. Servidor público federal. Gestor público na área de Política Criminal, Execução Penal e Segurança Pública. Concursando de carreira jurídica. Aluno do Gran Cursos Online.

 

 


 

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

Matricule-se!

garantia-de-satisfacao-30

Para o Topo