Concurso ANM para 40 vagas está autorizado. CONFIRA

Concurso ANM: vagas serão distribuídas em cinco estados: DF, MG, PA, MT e SP. O edital deve ser lançado até o final de 2021

Avatar


29 de Julho 8 min. de leitura

O Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Mario Paes, autorizou a realização do concurso ANM para provimento de 40 cargos de Especialista em Recursos Minerais do quadro da Agência Nacional de Mineração.

A portaria contendo a autorização foi publicada no Diário Oficial da União no dia 19 de julho de 2021.

De acordo com informações da ANM, as vagas serão distribuídas em cinco estados: DF, MG, PA, MT e SP. “A expectativa é que o edital seja publicado até o final de 2021, provavelmente no mês de dezembro”.

Atualmente, está em andamento um processo seletivo para a contratação temporária de 40 Técnicos em Segurança de Barragens.

Anteriormente, em abril a ANM confirmou a equipe do Gran Cursos Online que solicitara uma nova seleção para o Ministério da Economia (ME). O pedido é de 598 vagas para os cargos de Especialista em recursos minerais, Analista Administrativo, Técnico em atividades de mineração e Técnico administrativo.

Veja ao longo desta matéria mais informações sobre a seleção, para facilitar a sua leitura, navegue utilizando o índice abaixo:

Outras notícias em destaque:

Concurso ANM: situação atual

19/07/2021: concurso ANM autorizado

O concurso ANM foi autorizado por meio da Portaria nº 8.619, de 15 de julho de 2021. Confira o documento publicado no Diário Oficial da União abaixo:

Concurso ANM autorizado

Concurso ANM autorizado

04/2021: solicitada autorização ao Ministério da Economia para novo concurso

Para que o concurso público seja publicado, é necessário a autorização do ME. Confira logo abaixo o detalhamento da distribuição de vagas:

Denominação do cargo Quantitativo de vagas disponíveis no SIAPE Quantidade de vagas solicitadas
Especialista em Recursos Minerais 565 290
Técnico em Atividades de Mineração 424 135
Analista Administrativo 122 118
Técnico Administrativo 130 55
Total 1.241 598

10/2019: Acordo Judicial

Em outubro de 2019, o Ministério Público Federal e a Agência Nacional de Mineração firmaram um Acordo Judicial, em que diz:

“Como forma de reestruturação inicial da ANM, a União dotará o Setor de Segurança de Barragens de Mineração da Agência de 40 servidores públicos efetivos adicionais, sendo 20 até 2020 e 20 até 2021, com qualificação mínima em segurança de barragem definida pela ANM”.

02/2019: Sinagências solicita audiência com Ministro

Em fevereiro de 2019, o Sinagências protocolou ofício ao Ministério de Minas e Energia solicitando audiência com o Ministro para tratar de questões de fiscalização e temas das Agências Reguladoras vinculadas à pasta.

No documento a Sinagências relatou como estava o atual cenário da ANM e explicou como o déficit de servidores dificulta a realização do trabalho. De acordo com o ofício, na Regional do estado de Rondônia, há nove servidores, para fiscalizar 13 barragens em todo o estado e apenas um dos servidores é Engenheiro de Minas. Outros três servidores iriam se aposentar.

O Sinagências relatou que gostaria de debater na audiência a realização de concurso público para o preenchimento de pelo menos 590 vagas.

A solicitação foi enviada logo após o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, Minas Gerais. De acordo com o sindicato falta pessoal, estrutura de trabalho e recursos para que a agência funcione com capacidade total.

Segundo o TCU, só na superintendência de Minas Gerais, onde aconteceu dois rompimentos de barragem, eram necessários pelo menos 384 servidores para atender a unidade.

Concurso ANM: remuneração e benefícios

Segundo a Lei nº 11.046, de 27 de dezembro de 2004, a estrutura remuneratória da carreira de Especialista em Recursos Minerais é composta de:

  • Vencimento básico;
  • Gratificação de Desempenho de Atividades de Recursos Minerais – GDARM; e
  • Gratificação de Qualificação – GQ.
GDARM GQ Ativo

Total (em R$) – 80 pontos

Ativo

Total (em R$) – 100 pontos

Classe Padrão VB 80 pontos 100 pontos Nível I

10%

Nível II

20%

Sem GQ 10% 20% Sem GQ 10% 20%
A B C D E F=(A+B) G=(A+B+D) H=(A+B+E) I=(A+C) J+(A+C+D) K=(A+C+E)
Especial III 7.104,55 6.916,00 8.645,00 710,46 1.420,91 14.020,55 14.731,01 15.441,46 15.749,55 16.460,01 17.170,46
II 6.831,29 6.830,40 8.538,00 710,46 1.420,91 13.661,69 14.372,15 15.082,60 15.369,29 16.079,75 16.790,20
I 6.568,55 6.747,20 8.434,00 710,46 1.420,91 13.315,75 14.026,21 14.736,66 15.002,55 15.713,01 16.423,46
B V 6.026,19 6.613,60 8.267,00 710,46 1.420,91 12.639,79 13.350,25 14.060,70 14.293,19 15.003,65 15.714,10
IV 5.794,42 6.532,00 8.165,00 710,46 1.420,91 12.326,42 13.036,88 13.747,33 13.959,42 14.669,88 15.380,33
III 5.571,55 6.450,40 8.063,00 710,46 1.420,91 12.021,95 12.732,41 13.442,86 13.634,55 14.345,01 15.055,46
II 5.357,26 6.370,40 7.963,00 710,46 1.420,91 11.727,66 12.438,12 13.148,57 13.320,26 14.030,72 14.741,17
I 5.151,21 6.292,80 7.866,00 710,46 1.420,91 11.444,01 12.154,47 12.864,92 13.017,21 13.727,67 14.438,12
A V 4.725,88 6.168,80 7.711,00 710,46 1.420,91 10.894,68 11.605,14 12.315,59 12.436,88 13.147,34 13.857,79
IV 4.544,11 6.092,80 7.616,00 710,46 1.420,91 10.636,91 11.347,37 12.057,82 12.160,11 12.870,57 13.581,02
III 4.369,34 6.018,40 7.523,00 710,46 1.420,91 10.387,74 11.098,20 11.808,65 11.892,34 12.602,80 13.313,25
II 4.201,29 5.944,00 7.430,00 710,46 1.420,91 10.145,29 10.855,75 11.808,65 11.631,29 12.341,75 13.052,20
I 4.039,70 5.869,60 7.337,00 710,46 1.420,91 9.909,30 10.619,76 11.808,65 11.376,70 12.087,16 12.797,61

 

Concurso ANM: cargos e vagas

O concurso ofertará vagas para:

Especialista em Recursos Minerais

Vagas: 40
Requisitos: nível superior
Lotação: DF, MG, PA, MT e SP

Cargos vagos

Atualmente, há na ANM 1.365 cargos vagos, sendo:

  • 600 de Especialista em Recursos Minerais;
  • 122 de Analista Administrativo;
  • 466 de Técnico em Atividade de Mineração;
  • 131 de Técnico Administrativo; e
  • 46 de PEC.

Concurso ANM: carreira

Segundo a Lei nº 11.406, de 27 de dezembro de 2004, para a progressão dos servidores, são observados os seguintes princípios:

  • interstício mínimo de 1 ano entre cada progressão;
  • avaliação de desempenho;
  • competência e qualificação profissional;
  • existência de vaga.

Para a promoção às classes dos cargos de nível superior, serão observados:

Para a Classe B:

  • possuir certificação em eventos de capacitação, que totalizem no mínimo 360 horas, e experiência mínima de 5 anos, ambas no campo específico de atuação de cada carreira; ou
  • possuir certificação em eventos de capacitação, que totalizem no mínimo 240 horas, e experiência mínima de 8 anos, ambas no campo específico de atuação de cada carreira;

Para a Classe Especial:

  • ser detentor de certificado de conclusão de curso de especialização de no mínimo 360 horas e ter experiência mínima de 14 anos, ambos no campo específico de atuação de cada carreira;
  • ser detentor de título de mestre e ter experiência mínima de 12 anos, ambos no campo específico de atuação de cada carreira; ou
  • ser detentor de título de doutor e ter experiência mínima de 10 anos, ambos no campo específico de atuação de cada carreira.

Processo Seletivo ANM

16/07/2021 resultado final na prova de títulos

No dia 16 de julho de 2021 foi publicado o resultado final na prova de títulos do processo seletivo da ANM.

18/05/2021: Gabarito preliminar disponível

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas já estão disponíveis para consulta no endereço eletrônico: www.cebraspe.org.br/concursos/ANM_21_PSS.

Os candidatos que desejarem interpor recursos contra os gabaritos oficiais preliminares disporá dos dias 19 e 20 de maio para fazê-los.

15/03/2021: Provas adiadas

As provas objetiva e discursiva que estava marcada para serem aplicadas no 21 de março de 2021 foram adiadas em razão das medidas restritivas adotadas pelos estados e municípios, em decorrência da pandemia de COVID-19.

O edital com a informação de adiamento foi publicado no Diário Oficial da União do dia 15 de março.

Edital retificado

17/02/2021

O Diretor-Geral da ANM, Victor Hugo Froner, publicou a segunda retificação do edital de processo seletivo da ANM. De acordo com o documento, o item 7.4.1 foi retificado.

Os candidatos terão de optar pela localidade da vaga que deseja concorrer na ocasião da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

02/02/2021

A ANM publicou a primeira retificação do seu processo seletivo incluindo alguns subitens no edital e retificando os requisitos do cargo. O documento foi publicado no Diário Oficial da União no dia 02 de fevereiro de 2021.

Remuneração

De acordo com o edital, a remuneração ofertada para o cargo de Técnico em Segurança de Barragens será de R$ 8.300,00.

Inscrições

As inscrições do processo seletivo puderam ser realizadas entre os dias 1º e 12 de fevereiro de 2021 por meio do endereço eletrônico: www.cebraspe.org.br/concursos/anm_21_pss.

O valor da inscrição é de R$ 102,00.

A seleção oferta vagas para:

Cargos e vagas

Técnico em Segurança de Barragens

Vagas: 40
Requisitos: para a seleção de Técnico em Segurança de Barragens, é necessário ter: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Geologia, Engenharia Geológica, Engenharia de Minas, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Engenharia Sanitária, Engenharia Sanitária e Ambiental e Geofísica, fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), acrescido de experiência profissional superior a cinco anos na área de formação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área de formação.
Atribuições: o Técnico em Segurança de Barragens é responsável pela:

  • fiscalização de segurança de barragens de mineração em todo território nacional, abrangendo seus aspectos de projeto, construção, manutenção, operação e gerenciamento de riscos, compreendendo: verificação das características hidráulicas, estruturais da barragem de mineração, assim como das características físicas, químicas e mineralógicas dos constituintes no reservatório;
  • verificação referente à geotecnia, incluindo geologia regional e local, sismicidade natural e induzida, dados geológicos e geotécnicos da base/fundação da estrutura;
  • verificação concernente a parâmetros de fundação (dreno de fundo, geologia do substrato e condições de permeabilidade);
  • verificação das informações de estabilidade, parâmetros geotécnicos e metodologia utilizadas para obtenção do Fator de Segurança, em consonância com o que prevê a Norma ABNT NBR 13.028/2017;
  • verificação dos dados referentes a operacionalidade dos instrumentos de inspeção e monitoramento, confrontando o levantamento de dados referentes a coerência dos níveis de controle da instrumentação (carta de risco) e os respectivos cenários para fatores de segurança;
  • verificação dos cenários de falha e modelagem da brecha de falha da barragem (vertimento máximo, galgamento, ruptura da barragem em volume mais provável);
  • verificação das informações dos registros de monitoramento e instrumentação;
  • verificação de dados e informações referentes a manuais, planos de operação, inspeção e monitoramento da estrutura de barragem;
  • verificação acerca da caracterização do rejeito ou do sedimento depositado no reservatório da barragem de mineração, compreendendo os dados do adensamento dos rejeitos e as características físico-químicas; verificações das informações contidas nos Plano de Segurança das Barragens;
  • monitoramento remoto via Sistema Integrado de Gestão de Barragens de Mineração (SIGBM), assim como o monitoramento remoto via Dashboards; controle e gerenciamento de risco das barragens de mineração brasileiras.

Jornada de trabalho: 35 horas semanais

Etapas

O processo seletivo compreendeu as seguintes etapas:

  • provas objetivas e prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; e
  • prova de títulos, de caráter classificatório.

As provas objetivas foram realizadas em Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Cuiabá/MT, Distrito Federal e São Paulo/SP no dia 16 de maio de 2021 e tiveram a duração de 5 horas.

Os candidatos foram avaliados por meio das disciplinas de:

  • Conhecimentos básicos
    Língua portuguesa
    Língua inglesa
    Noções de Direito Constitucional
    Noções de Direito Administrativo
    Ética no Serviço Público
  • Conhecimentos específicos
    Mecânica dos Solos Aplicada
    Geologia de Engenharia Aplicada
    Hidrologia e Hidráulica de Barragens
    Investigação Geológico-Geotécnica
    Ruptura Hipotética de Barragens
    Estruturas de Disposição de Rejeitos
    Modelagem Numérica em Barragens
    Instrumentação
    Geofísica Aplicada a Barragens
    Legislação e Normas sobre Barragens

As provas objetivas valeram 100,00 pontos e foi constituída de 100 itens para serem julgados como CERTO ou ERRADO.

Prova discursiva

A prova discursiva consistiu em um parecer, de até 60 linhas, relacionado ao temas de conhecimentos específicos do edital.

Esta prova valerá 20,00 pontos.

Avaliação de títulos

Para a prova de títulos, foram convocados os candidatos aprovados na prova discursiva.

A L Í N EA T Í T U LO VALOR DE CADA TÍTULO VALOR MÁXIMO DOS TÍTULOS
A Diploma de curso de pós-graduação em nível de doutorado (título de doutor) nas áreas de Geotecnia
e(ou) Segurança de barragens e(ou) Hidrologia; exceto o eventualmente especificado neste edital como
requisito para o perfil profissional pretendido. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de
curso de Doutorado, desde que acompanhado de histórico escolar
4,80 4,80
B Diploma de curso de pós-graduação em nível de mestrado (título de mestre) nas áreas de Geotecnia e(ou)
Segurança de barragens e(ou) Hidrologia, exceto o eventualmente especificado neste edital como
requisito para o perfil profissional pretendido. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de
curso de Mestrado, desde que acompanhado de histórico escolar.
2,40 2,40
C Certificado de curso de pós-graduação em nível de especialização, com carga horária mínima de 360 h/a
nas áreas de Geotecnia e(ou) Segurança de barragens e(ou) Hidrologia. Também será aceita a declaração
de conclusão de pós-graduação em nível de especialização, desde que acompanhada de histórico
escolar.
1,20 2,40
D Exercício de atividade autônoma e(ou) profissional de nível superior na Administração Pública ou na
iniciativa privada, em empregos/cargos/funções nas áreas de Geotecnia e(ou) Segurança de barragens
e(ou) Hidrologia, exceto a eventualmente especificado neste edital como requisito para o perfil
profissional.
1,30 p/ano completo, sem sobreposição de tempo 10,40
TOTAL MÁXIMO DE PONTOS 20,00

 

Último concurso ANM

O último concurso promovido pelo Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM ocorreu em 2009, organizado pelo Instituto Movens.

Na ocasião, foram ofertadas 256 vagas para lotação nas unidades regionais e na sede do DPNM.

A remuneração ofertada variou de R$ 1.517,35 a R$ 5.209,00, além de gratificação de produtividade.

Concurso ANM: etapas

O certame foi composto por:

  • provas objetivas para todos os cargos; e
  • prova discursiva para os cargos de nível superior.

Concurso ANM: prova objetiva

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi aplicada no dia 7 de março de 2010, no  período da manhã para os cargos de nível médio e no período da tarde para os cargos de nível superior.

Disciplinas

Os candidatos foram avaliados por meio das seguintes disciplinas:

Cargos de nível superior

  • Língua portuguesa
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo
  • Legislação específica

Cargos de nível médio

  • Língua portuguesa
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo
  • Legislação Específica

Estrutura da prova

A prova compreendeu 40 questões de múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E).

Concurso ANM: prova discursiva

A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, valeu 4 pontos e versou sobre conhecimento técnico a respeito do conteúdo de temas relacionados às áreas de conhecimentos.

Esta prova foi avaliada quanto ao domínio do conteúdo do tema abordado, demonstração de conhecimento técnico aplicado e quanto ao domínio da modalidade escrita da Língua portuguesa.

Motivos para fazer o concurso ANM

  • Estabilidade financeira e profissional;
  • Boa remuneração;

Sobre a ANM

Segundo informações do site da ANM, a Agência Nacional de Mineração é uma autarquia federal sob regime especial, criada pela Lei nº 13.575, de 26 de dezembro de 2017, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, tem sede em Brasília, Distrito Federal, e circunscrição em todo o território nacional.

As principais atribuições da ANM são de regular, outorgar e fiscalizar:

A Pesquisa Mineral;
Lavra de Substâncias;
Garimpos;
Extração de Materiais para construção Civil;
Fósseis;
Água Mineral; e
Emissão do Certificado Kimberley (Exploração de Diamantes).

Concurso ANM: cursos gratuitos

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então estes cursos são para você!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Resumo do concurso ANM

Concurso ANM AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO 
Situação atual Autorizado
Banca organizadora A definir
Cargos Especialista em Recursos Minerais
Escolaridade Nível superior
Lotação A definir
Número de vagas 40 vagas
Remuneração A definir
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do último edital de processo seletivo ANM

Resumo do processo seletivo ANM

Concurso ANM Agência Nacional de Mineração 
Banca organizadora Cebraspe
Cargos Técnico em Segurança de Barragens
Escolaridade nível superior
Lotação Belo Horizonte/BH, Belém/PA, Cuiabá/MT, São Paulo/SP e Distrito Federal
Número de vagas 40 vagas
Remuneração R$ 8,300,00
Inscrições de 01/02/2021 a 12/02/2021
Taxa de inscrição R$ 102,00
Data da prova objetiva 16/05/2021
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do edital do processo seletivo da ANM 2021

 


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2021

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Quer conquistar a sua aprovação no concurso ANM?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Comece a estudar no Gran Cursos

Depoimentos relacionados

Natural de Aracaju, a professora Érika Ramos decidiu ingressar na conquista pelo cargo público por 2 principais razões: a busca…

Persistência e dedicação sempre foram palavras que permearam a vida de Elisa da Silva Gomes Lana, natural de Costa Verde…

Daniele Laís saiu de seu emprego no SENAC DF aproveitando um momento de mudança no seu cargo, hoje extinto, e…

Evelyn Rodrigues é natural de Brasília/DF, mas hoje mora em Aracaju/SE, onde realizou e foi aprovada no Concurso Prefeitura Barra…

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

3


Tudo que sabemos sobre:

autorizado concurso anm edital anm


Comentários (3)

Avatar Feliçe 12 de Janeiro de 2019

Como ficou estruturado o plano de carreira dos servidores da ANM? Manteve-se da forma como era no DNPM ou entrou no formato de subsídio, como nas demais agências regulamentadoras?

 Responder

Avatar Douglas M 22 de Fevereiro de 2019

Continuamos no plano de carreira do extinto DNPM

 Responder

Avatar Felipe 12 de Janeiro de 2019

Como ficou a estrutura de carreira dos servidores da ANM? Manteve-se da forma do DNPM ou igualou-se às demais agências regulamentadoras?

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *