Nacional

Concurso Caixa: Candidato alega terceirização irregular e Caixa terá que nomeá-lo!

Concurso Caixa

Caixa terá que nomear candidato aprovado no cadastro de reserva!

Um candidato a técnico bancário novo da Caixa Econômica Federal (Concurso Caixa) conseguiu ter direito à nomeação e posse após entrar com ação na Justiça. Nilo Silvério convenceu o juiz Raul de Amorim, da 2ª Vara Federal, de que o banco contratou pessoal temporário para realizar as mesmas funções de um concursado, dentro do prazo de validade da seleção. Ele passou na 884ª posição do cadastro de reserva aberto em 2014, para lotação em Brasília.

Prepare-se para o próximo concurso da caixa. Saiba +

De acordo com o magistrado, “é por demais conhecida a dedicação e o afinco dos ‘concurseiros’ na busca de seu intento, a sonhada aprovação e posse em cargo/emprego público. Privam-se de horas de sono, da convivência familiar e social, tudo na expectativa de ter alcançado esse desejo. Para o caso dos autos, aprovado o reclamante no concurso público, ainda que, inicialmente, apenas em cadastro de reserva, viu-se ele desrespeitado quando o réu passa a contratar pessoal a título precário, para idênticas atribuições, em burla a todo o processo seletivo a que se submeteu”, determinou.

Segundo o advogado da ação e membro da Comissão de Fiscalização de Concursos Públicos da OAB-DF, Max Kolbe, trata-se da primeira ação judicial ganha no país com relação ao concurso de 2014. “Esse candidato foi um dos últimos classificados do concurso – a Caixa contratou cerca de cem aprovados-, o que demonstra que todos os demais que passaram na frente dele tem direito a ser nomeado também”, analisa.

Apostila em versão digital por apenas R$ 19,90

caixa-apostila

Ex-aluna é aprovada no concurso da Caixa!

Ex-aluna-do-Gran-é-aprovada-no -oncurso- da-Caixa-Faculdade-dos-concursos-fez-a-diferença

Com apenas 18 anos, Bruna D’armada Azevedo já é uma vitoriosa. A jovem foi aprovada em 17ª lugar no concurso da Caixa Econômica Federal (CEF). “Desde muito nova minha mãe me incentivou a fazer concursos públicos, pois seria o melhor caminho para o sucesso e a estabilidade financeira. Acabei colocando isso na cabeça como única verdade, não importava o curso de nível superior que eu faria, sabia que queria ser servidora pública”, destaca.Leia+

caixa

Cheguei Lá

1 comentário

1 Comentário

  1. marcos krieger filho

    05/02/2016 14:13 em 14:13

    Vocês saberiam me informar se tem algo que eu consiga fazer para tentar assumir o cargo de Escriturário na CEF?.
    Fui aprovado em 71º, sendo que tinha 159 vagas para região de Balneário Camboriú, e chamaram apenas 2 candidatos.
    Considerando que isso é um absurdo gostaria de algum auxílio neste sentido.

    Eu agradeço a atenção, desanima muito saber que passamos mais de ano estudando e os órgão da administração indireta não cumprem a expectativa que nos causam, como consequência permanecemos estudando mesmo tendo sido aprovados em uma excelente qualificação, fiquei no concurso abaixo de 50% do cadastro de reserva.
    Portanto, tem algo que eu consiga fazer para tentar assumir o cargo de Escriturário na CEF?.
    Att. Marcos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo