Concurso da Polícia Civil do Pará (PCPA): Últimas horas para inscrições! Oferta de 650 vagas e até R$ 12 mil!

Concurso da Polícia Civil do Pará

Concurso da Polícia Civil (PC-PA) oferta de 650 vagas para delegado, investigador, escrivão e papiloscopista! Últimas horas de inscrições e até R$ 12.250,00!

Se você deseja uma oportunidade de ingressar em uma das áreas mais cobiçadas pelos concurseiros/as, a policial, fique atento/a. É que a Polícia Civil do Pará (PCPA) encerra hoje, dia 21 de agosto, às 23h59, as inscrições de seu concurso público voltado ao preenchimento de 650 vagas e inicial de R$ 5.204,05 para investigador, escrivão e papiloscopista e R$ 12.250,00 para delegado.

As participações são aceitas no site da organizadora, a Fundação Professor Carlos Augusto Bitencourt (Funcab), até 23h59, com taxas no valor de R$ 110 para os cargos de investigador, escrivão e papiloscopista, e R$ 140 para delegado, que deverão ser pagas entre os dias 20 de julho a 22 de agosto, em toda a rede bancária.

Até o momento, aproximadamente 22 mil pessoas realizaram o pagamento de suas inscrições, incluindo aí os isentos que tiveram as respostas aos recursos e o resultado definitivo dos pedidos de isenção do valor da taxa de inscrição, publicados no Diário Oficial do estado da última sexta-feira, 19. As respostas aos recursos contra o indeferimento dos pedidos de isenção encontram-se disponíveis para consulta no site da Funcab.

A missão número um da Polícia Civil do Estado do Pará é promover a paz. E a estratégia de ação passa pelo minucioso trabalho da investigação policial, realizada por peritos no assunto. O trabalho é como um imenso quebra-cabeças, que se revela à medida em que as peças se encaixam. E os profissionais são as peças que integram a corporação.

O investigador, como o nome indica, é incansável na busca de respostas que ajudem a elucidar um crime. O escrivão faz o registro completo de todo o processo. O papiloscopista é especialista em identificar pessoas através da impressão digital e de outros elementos. Já o delegado deve ter formação em Direito e possui a delicada missão de conduzir as investigações, além de acompanhar ocorrências, colher depoimentos e decidir sobre prisões em flagrante.

A esses profissionais soma-se o trabalho de dezenas de outros, de diversos setores, indispensáveis ao perfeito funcionamento da Polícia Civil. Defender a Justiça, a legalidade e os direitos humanos é alicerçar a construção da cultura da paz. O desafio da nossa Polícia Civil é imenso. Tão grande quanto a vontade de vencê-lo.

Para concorrer a função de delegado, é necessário apenas diploma de curso de nível superior completo de bacharel em Direito, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação. Já os demais, nível superior em qualquer área de formação é aceito. 

A carga de trabalho é integral, com exclusiva dedicação às atividades do cargo, com jornada semanal de quarenta e quatro horas, respeitadas as peculiaridades do cargo, podendo ser convocado a qualquer tempo, a critério da Administração da Polícia Civil-PA.

Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório; prova de capacitação física, de caráter eliminatório; exame médico, de caráter eliminatório; exame psicológico, de caráter eliminatório;  e investigação criminal e social, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade da Polícia Civil do Pará. A objetiva está prevista para o dia 11 de setembro, no turno matutino, para as carreiras de investigador, escrivão e papiloscopista e 25 do mesmo mês para delegado, nos Municípios de Belém, nos Municípios  de Belém, Marabá, Altamira e Santarém. Candidatos ao posto de delegado terão ainda que elaborar uma peça processual, de caráter eliminatório e classificatório.

As disciplinas para que comporão a objetiva de delegado são as de Língua Portuguesa (5 questões), Direito Administrativo (10), Direito Ambiental (5), Direito Civil/Empresarial (10), Direito Constitucional (10), Direitos Humanos (5), Direito Penal (10), Direito Processual Penal (10), Medicina Legal (5) e Legislação Especial (10). Total de 80 itens de múltipla escolha. Na discursiva, o candidato deverá elaborar 01 (uma) Peça Processual de Representação.

Já para as carreiras de Investigador de Polícia Civil e Escrivão terão a objetiva compostas por questões de Língua Portuguesa (10), Noções de Informática (5), Raciocínio Lógico (5), Noções de Direito Administrativo (10), Noções de Direito Constitucional (10), Noções de Direito Penal (10), Noções de Direito Processual Penal (10), Legislação Especial (10) e Noções de Medicina Legal (10), num total de 80 questões. A prova de papiloscopista versará ainda sobre Noções de Identificação, Noções Básicas de Química e Noções de Medicina Legal.

Sobre o organizador

A banca tem um estilo bem tradicional e tem um nível de dificuldade mediana nas provas que aplica. Recentemente foi responsável pelos certames da ANS e, em 2014, da PRF, tornando-se mais conhecida em âmbito nacional.

As questões da Funcab são de complexidade relativamente baixa, valorizando a memorização. Além disso, nas disciplinas de Direito, a banca se baseia no texto literal da lei. O número de questões costuma ser relativamente alto, aproximadamente 60 questões, o que faz do tempo de realização da prova um fator limitante para o candidato. A contrapartida é que as questões são resolvidas mais rapidamente.

Em quase todas as provas de Língua Portuguesa, por exemplo, ela inicia com um texto e, a partir dele, extrai os enunciados de cada questão e suas respectivas assertivas. Além do conhecimento, o candidato pode contar com o bom senso para eliminar vários itens da questão antes de escolher a resposta, já que as questões são de múltipla escolha. Isso torna a prova menos pesada.  No entanto, é essencial que o candidato saiba interpretar e compreender o enunciado de cada questão, para reduzir as chances de se confundir com alternativas parecidas e ambíguas. Esse modelo possibilita que o candidato tenha oportunidades maiores no chute. Porém fica uma dica: Só é aprovado o candidato mais preparado.

Detalhes:

  • bullet1.gif (844 bytes)Concurso: Polícia Civil 2016 (PC-PA)
  • bullet1.gif (844 bytes)Banca organizadora: Funcab
  • bullet1.gif (844 bytes)Cargos: Delegado; Investigador;Escrivão; e Papiloscopista,
  • bullet1.gif (844 bytes)Escolaridade: Nível Superior
  • bullet1.gif (844 bytes)Número de vagas: 650
  • bullet1.gif (844 bytes)Inscrições: de 15 de julho de 2016 a 21 de agosto de 2016
  • bullet1.gif (844 bytes)Taxa: R$ 140 ou R$ 110
  • bullet1.gif (844 bytes)Remuneração: Até R$ 12.250
  • bullet1.gif (844 bytes)Prova objetiva: 25 de setembro ou  11 de setembro (demais) de 2016

edital

Prepare-se para a Polícia Civil de Goiás com quem é imbatível em aprovação nas carreiras policiais.
O Gran Cursos aprovou mais de 7.300 alunos nos últimos concursos para o DEPEN,
PRF, Polícia Federal e PMDF.

Preparatórios online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!
Prepare-se com quem mais aprova há 26 anos e conquiste a sua vaga!

matricule-se 3

carreiras policiaisPRF: Gran Cursos em primeiro lugar!

Antecipe sua preparação e saia na frente!assinatura-ilimitada-20-dias-garantia

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:
CHEGUEI-LÁ2        CHEGUEI-LÁ     CHEGUEI-LÁ2       CHEGUEI-LÁ-Natálial    CHEGUEI-LÁ (7)

delegado-pcdf-2

Willian Chimiti
Willian Chimiti
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

Principais de Pará

1 comentário

1 Comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo