Concurso Ministério da Economia: veja os gabaritos preliminares

Concurso Ministério da Economia: 100 vagas e iniciais de até R$ 6,1 mil

Avatar


7 de Junho 7 min. de leitura

Os gabaritos preliminares das provas objetivas do processo seletivo do Ministério da Economia (concurso Ministério da Economia) já estão disponíveis para consulta no site da banca IBFC.

As provas da seleção foram aplicadas neste último domingo, 06 de junho, nos períodos da manhã e da tarde.

O edital de processo seletivo do Ministério da Economia é destinado à contratação temporária de 100 profissionais de níveis médio e superior. O certame está sob a responsabilidade do IDIB.

O Ministério da Economia foi criado em 2019, por meio da Medida Provisória 870, de 1º de janeiro de 2019, que posteriormente foi convertida na Lei nº 13.844, de 18 de junho de 2019. A esta pasta foi integrada atribuições dos Ministérios da Fazenda, do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, e do Trabalho. Mas devido à sua recente criação ainda não há informações sobre um concurso do Ministério da Economia. Contudo, a pasta está realizando vários Processos Seletivos.

Confira ao longo desta matéria mais informações, para facilitar, navegue utilizando o índice abaixo:

Destaques:

Concurso Ministério da Economia: situação atual

  • 07/06/2021: Gabaritos preliminares

Confira aqui os gabaritos preliminares de acordo com o tipo de prova

Gabarito preliminar – Tipo A

Gabarito preliminar – Tipo B

Gabarito preliminar – Tipo C

Gabarito preliminar – Tipo D

  • Provas foram aplicadas no dia 06 de junho

Prova Manhã (8h) Tarde (15h)
Funções Atividades Técnicas de Formação Específica -Nível Intermediário – Técnico em Administração,
Contabilidade ou Informática
Atividades Técnicas de Suporte – Nível Superior II -Nível Superior – Qualquer área de formação II
Atividades Técnicas de Complexidade
Intelectual – Administração, Economia, Contabilidade ou Direito
Atividades Técnicas de Suporte – Nível Superior I – Nível Superior – Qualquer
área de formação I

  • Edital retificado

2ª retificação

A segunda retificação do edital de processo seletivo do Ministério da Economia foi publicada no Diário Oficial da União do dia 17 de março de 2021. Segundo o documento, foram alteradas as datas de inscrições e aplicação da prova da seleção.

1º retificação

No dia 11 de fevereiro foi publicada a primeira retificação do edital. De acordo com o documento, a data da aplicação da prova foi alterada para o dia 04 de abril de 2021.

  • 08/02/2021: edital de processo seletivo publicado

Concurso Ministério da Economia: remuneração

O novo processo seletivo ofertará remunerações de:

  • R$ 1.700,00 para Atividades Técnicas de Formação Específica – nível intermediário;
  • R$ 3.800,00 para Atividade Técnicas de Suporte – nível superior; e
  • R$ 6.130,00 para Atividades Técnicas de Complexidade Intelectual.

Concurso Ministério da Economia: cargos e vagas

A seleção ofertará vagas:

  • Administração, Economia, Contabilidade ou Direito
    Vagas: 4
  • Técnico em Administração, Contabilidade ou Informática
    Vagas: 8
  • Atividades Técnicas de Suporte – nível superior I
    Vagas: 48
  • Atividades Técnicas de Suporte – nível superior II
    Vagas: 40

Concurso Ministério da Economia: requisitos

Administração, Economia, Contabilidade ou Direito: Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior na área de administração, economia, contabilidade ou direito, e fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Experiência profissional superior a três anos em organizações públicas ou privadas na sua área de atuação; ou possuir título de pós-graduação lato sensu, mestrado ou doutorado na área.

Técnico em Administração, Contabilidade ou Informática: Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio técnico em Administração, Contabilidade ou Informática, ou nível superior equivalente, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atividades Técnicas de Suporte – nível superior I: Diploma, devidamente registrado,de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, e fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atividades Técnicas de Suporte – nível superior II: Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, e fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

Concurso Ministério da Economia: atribuições

Administração, Economia, Contabilidade ou Direito: Desenvolver atividades de coordenação de equipe quanto à análise de prestação de contas final dos instrumentos celebrados no âmbito da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego, com vistas a avaliar a boa e regular aplicação dos recursos repassados aos estados, municípios e organizações da sociedade civil, entre outros.

Técnico em Administração, Contabilidade ou Informática: Conceder apoio administrativo quanto à organização dos processos celebrados no âmbito da SPPE que serão submetidos à análise de prestação de contas final.

Atividades Técnicas de Suporte – nível superior I : Desenvolver atividades de análise de prestação de contas final dos instrumentos celebrados no âmbito da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego, com vistas a avaliar a boa e regular aplicação dos recursos repassados aos estados, municípios e organizações da sociedade civil.

Atividades Técnicas de Suporte – nível superior II: Desenvolver atividades relacionadas à formalização do processo de Tomada de Contas Especial – TCE, incluindo instrução processual no Sistema eTCE e consulta a sistemas estruturantes para a busca de informações necessárias à instrução processual, bem como emitir pareceres conclusivos.

Concurso Ministério da Economia: etapas

O processo seletivo compreenderá as etapas de:

  • prova objetiva; e
  • prova de títulos.

Concurso Ministério da Economia Prova objetiva

A prova objetiva foi aplicada no dia 06 de junho de 2021, na cidade de Brasília-DF, e teve a duração de 4 horas.

Disciplinas

Os candidatos foram avaliados por meio das disciplinas de:

  • Língua portuguesa – 15 questões
  • Ética na Administração Pública e Legislação – 5 questões
  • Informática Básica – 10 questões; e
  • Conhecimentos Específicos – 30 questões.

Estrutura da prova

A prova foi composta de 60 questões do tipo múltipla escolha, com 5 alternativas (A, B, C, D e E), para a escolha de uma opção.

Concurso Ministério da Economia Prova de títulos

Para a prova de títulos, serão aceitos os seguintes títulos abaixo:

a) Diploma de curso de pós-graduação em nível de doutorado (título de doutor) no perfil profissional a que concorre, exceto o eventualmente utilizado como requisito para o perfil profissional pretendido. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de Doutorado, desde que acompanhado de histórico escolar, no qual conste o número de créditos obtidos, as áreas em que foi aprovado e as respectivas menções, o resultado dos exames e do julgamento da tese ou da dissertação. Caso o histórico ateste a existência de alguma pendência ou falta de requisito de conclusão do curso, o certificado/declaração não será aceito(a). Todos os documentos devem ser expedidos por expedido por instituição reconhecida pelo MEC.

b) Diploma de curso de pós-graduação em nível de mestrado (título de mestre) no perfil profissional a que concorre, exceto o eventualmente utilizado como requisito para o perfil profissional pretendido. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de Mestrado, desde que acompanhado de histórico escolar;

c) Certificado do curso de pós-graduação em nível de especialização, com carga horária mínima de 360 h/a no perfil profissional a que concorre, exceto o eventualmente utilizado como requisito para o perfil profissional pretendido, atestando que o curso atende às normas da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), do Conselho Nacional de Educação (CNE) ou está de acordo com as normas do extinto Conselho Federal de Educação (CFE). Também será aceita a declaração de conclusão de curso de pós-graduação em nível de especialização, desde que acompanhada de histórico escolar, no qual conste a carga horária do curso, as disciplinas cursadas com as respectivas menções e a comprovação da apresentação e aprovação da monografia, atestando que o curso atende às normas da Lei nº 9.394/1996, do CNE ou está de acordo com as normas do extinto CFE;

d) Exercício de atividade profissional de nível superior na Administração Pública, em empregos/cargos/funções na temática a que concorre, exceto a eventualmente utilizada como requisito para o perfil profissional.

Últimos processos seletivos

Outros processos seletivos do Ministério da Economia já foram publicados, sendo:

  • o edital de processo seletivo simplificado do Ministério da Economia destinado a contratação de 350 profissionais da área da tecnologia da informação, publicado no dia 21 de agosto de 2020.
  • O edital de processo seletivo destinado a contratação temporária de 39 profissionais para desenvolver atividades técnicas especializadas no âmbito da Comissão Especial de Extintos Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima, publicado no dia 09 de outubro de 2020.

 

Último concurso do Ministério da Economia

O Ministério da Economia ainda não publicou edital de concurso para pasta.

Mas os extintos ministérios da Fazenda, do Trabalho, do Desenvolvimento e Comércio Exterior e do Planejamento que agora compõem o Ministério da Economia realizaram concursos anteriormente.

Motivos para o concurso Ministério da Economia

  • O Ministério da Economia tem vários cargos vagos.
  • Oportunidade de estar inserido do mercado de trabalho.

Trâmites realizados antes da publicação do edital

03/02/2021 – Projeto Básico

O Ministério da Economia disponibilizou o Projeto Básico do seu próximo processo seletivo destinado à contratação de 100 profissionais de níveis médio e superior.

De acordo com o documento, os profissionais contratados serão alocados em subunidades da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade – SEPEC – Secretaria de Políticas Públicas de Emprego – SPPE e Subsecretaria de Supervisão e Estratégia – SUPE – para desempenhar, entre outras, atividades relacionadas à apoio, coordenação e exame, referente a todas as etapas que compõe o processo de análise de prestação de contas, relativas aos instrumentos firmados e/ou celebrados pela Secretaria de Políticas Públicas de Emprego, e à instrução e formalização de processos de Tomada de Constas Especial – TCE , expedindo manifestação conclusiva acerca do assunto.

O processo seletivo será composto de exames de conhecimentos gerais e específicos.

A prova objetiva será aplicada em Brasília-DF e versará sobre as disciplinas de:

  • Língua portuguesa;
  • Legislação e Ética na Administração Pública;
  • Informática Básica; e
  • Conhecimentos específicos.

A remuneração dos servidores temporários irá variar de R$ 1.700,00 a R$ 6.130,00.

13/01/2021

Foi publicado no Diário Oficial da União o Extrato de Contrato entre o Ministério da Economia o IDIB.

31/12/2020: Banca definida

O Extrato de Dispensa de Licitação foi publicado no Diário Oficial da União do dia 31 de dezembro de 2020 definindo o IDIB como banca organizadora do próximo processo seletivo do Ministério da Economia:

26/11/2020: Comissão formada

O Ministério da Economia formou a Comissão Especial do seu próximo processo seletivo simplificado destinado a contratar por tempo determinado o quantitativo máximo de 100 profissionais temporários para desenvolver atividades relacionadas à Prestação de Contas e à Tomada de Contas Especial no âmbito da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade e da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do Ministério da Economia.

06/10/2020: Autorização

A autorização desta seleção ocorreu no dia 06 de outubro de 2020.

Histórico do concurso:

  • Banca definida: 31/12/2021
  • Comissão formada: 26/11/2020
  • processo seletivo autorizado: 06/10/2020

Concurso Ministério da Economia: cursos gratuitos

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então estes curso são para você!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Resumo do concurso Ministério da Economia – atividades relacionadas à prestação de contas

concurso Ministério da Economia Ministério da Economia
Banca organizadora Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro – IDIB
Cargos diversos
Escolaridade nível médio e superior
Carreiras Administrativa e tecnologia da informação
Número de vagas 100 vagas
Remuneração de R$ 1.700,00 a R$ 6.130,00
Inscrições de 08/02/2021 a 08/04/2021
Taxa de inscrição de R$ 36,00 a R$38,00
Data da prova objetiva 06/06/2021
Situação EDITAL PUBLICADO
Link do edital Clique aqui para ver o edital Ministério da Economia

Resumo do concurso Ministério da Economia – TI

Concurso Ministério da Economia Ministério da Economia
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe
Cargos diversos
Escolaridade Nível superior
Carreiras Tecnologia da Informação
Lotação
Número de vagas 350 vagas
Remuneração R$ 8.300,00
Inscrições de 21/08/2020 a 06/09/2020 (prorrogadas)
Taxa de inscrição R$ 60,00
Data da prova objetiva 11/10/2020
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do edital do Ministério da Economia – TI

Resumo do concurso Ministério da Economia – Atividades Técnicas

Concurso Ministério da Economia Ministério da Economia
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – CEBRASPE
Cargos Arquivologia e Direito
Escolaridade nível superior
Carreiras jurídica e administrativa
Lotação Rondônia, Amapá e Roraima
Número de vagas 39 vagas
Remuneração R$ 6.130,00
Inscrições de 14/10/2020 a 19/10/2020
Taxa de inscrição R$ 100,00
Data da prova objetiva 08/11/2020
Link do edital Clique aqui para ver o edital Ministério da Economia- Atividades Técnicas

Quer conquistar a sua aprovação no concurso Ministério da Economia?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Comece a estudar no Gran Cursos

Depoimentos relacionados

Em busca de estabilidade e conforto para a família, Isabella Modesto estudou por três anos para conquistar uma vaga para…

Natural de Aracaju, a professora Érika Ramos decidiu ingressar na conquista pelo cargo público por 2 principais razões: a busca…

Persistência e dedicação sempre foram palavras que permearam a vida de Elisa da Silva Gomes Lana, natural de Costa Verde…

Daniele Laís saiu de seu emprego no SENAC DF aproveitando um momento de mudança no seu cargo, hoje extinto, e…

Evelyn Rodrigues é natural de Brasília/DF, mas hoje mora em Aracaju/SE, onde realizou e foi aprovada no Concurso Prefeitura Barra…

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

1


Tudo que sabemos sobre:

Concurso Ministério da Economia


Comentários (1)

Avatar Bianca 12 de Fevereiro

Bom dia. Não vi no edital o tempo da contratação temporária, alguém poderia me informar?
Obrigada!

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *