Concurso PC PA com 1.088 vagas teve provas em junho e julho!

Concurso PC PA: saiu resultado preliminar para a prova de Delegado. Confira todos os detalhes do edital: vagas, requisitos, remunerações, etapas e mais

Yara Lima


13 de Julho 16 min. de leitura

O concurso público da Polícia Civil do Estado do Pará já teve a primeira etapa concluída. As datas das avaliações foi de 20 de junho de 2021 para delegado e 4 de julho de 2021 para os demais cargos. Os resultados das avaliações começaram a ser divulgados e nós vamos elencar as novidades aqui.

O edital da PC PA oferta um total de 1.088 vagas para os cargos de Delegado, Escrivão, Investigador e Papiloscopista. A realização do concurso PC PA está sob responsabilidade do Instituto AOCP.

Saiba todos os detalhes sobre o novo edital PC PA navegando no índice:

Destaques:

 

Concurso PC PA: análise do Edital

Os mestres do Gran Cursos Online, Érico Palazzo e Fernando Mesquita fizeram uma análise do edital da Polícia Civil do Pará.

Confira como se preparar e garanta a sua vaga!

Concurso PC PA: situação atual

RESULTADO PRELIMINAR PARA DELEGADO DIVULGADO

Foi divulgado nesta terça-feira, 13 de julho, o resultado preliminar da primeira fase do concurso PC PA Delegado. Os candidatos que fizeram a prova no dia 20 de junho, já podem fazer a conferência da listagem, clicando no link a seguir.

RESULTADO_PRELIMINAR_PCPA_DELEGADO_2021

LOCAIS E HORÁRIOS DE PROVA DIVULGADOS

No dia 16 de junho de 2021 foi liberada a consulta individual de locais e horários para o Concurso PC PA nos cargos de escrivão, investigador e papiloscopista. Confira abaixo a tabela de de horários para as avaliações que serão realizadas no dia 4 de julho de 2021.

Para realizar a consulta, o candidato deverá acessar o site do Instituto AOCP ou acessar diretamente a página do concurso PC PA, disponível no endereço eletrônico: <https://www.institutoaocp.org.br/concurso.jsp?id=302>.  Em seguida deverá clicar no link específico “Cartão de Informação do Candidato” e preencher os dados requisitados pelo sistema para realizar a consulta.

Cargo Turno Horário de abertura dos portões Horário de fechamento dos portões
Investigador de Polícia CIvil Manhã 07h00min 08h00min
Escrivão da Polícia Civil Tarde 14h30min 15h30min
Papiloscopista Tarde 14h30min 15h30min

Concurso PC PA: retificações

3ª retificação

No dia 30 de abril de 2021 foi divulgado um novo documento referente à modificações no cronograma do Concurso PCPA. Confira aqui as alterações e novas datas. 

2ª retificação

No dia 09 de fevereiro de 2021 foi divulgado documento que retifica partes do edital: conteúdo programático, exame toxicológico e perícia médica para PcD. Confira aqui todos os detalhes das alterações.

1ª retificação

No dia 4 de dezembro, houve uma retificação no documento publicado inicialmente. Foram dados referente ao pedido de isenção, que serão julgados exclusivamente pela banca organizadora, a necessidade de impressão digital e fotográfica de todos alunos, além de alteração de exigências no TAF. Confira mais detalhes AQUI. 

Concurso PC PA: Inscrições

As inscrições para este concurso público ficaram abertas entre 7 de dezembro e 4 de fevereiro de 2021. As inscrições foram aceitas somente por meio do site da banca organizadora, o Instituto AOCP (www.institutoaocp.org.br).

A taxa de inscrição foi fixada em R$ 140,00 (Delegado) e R$ 70,00 (demais cargos).

Houve isenção total da taxa de inscrição para o candidato que:

a) for pessoa com deficiência, nos termos da Lei Estadual nº. 6.988/2007;
b) estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico, até a data da inscrição no Concurso Público, nos termos do Decreto Federal nº 6.135, de 26 de junho de 2007.

A solicitação de isenção da taxa de inscrição foi realizada via internet no período entre 7 a 10 de dezembro de 2020, mediante preenchimento do Formulário de solicitação de Isenção da Taxa de Inscrição, disponível no endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br.

Confira AQUI a lista de candidatos que tiveram a isenção deferida para os cargos de Investigador, Escrivão e Papiloscopista

Confira AQUI a lista de candidatos com isenção deferida para Delegado

Importante: O pagamento da taxa de inscrição poderá ser efetuado somente nos bancos Basa, Banpará, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Itaú, até a data de seu vencimento.

Concurso PC PA: remuneração e benefícios

Antes da publicação do edital, o Gran Cursos Online recebeu, por meio da lei de acesso à informação, as remunerações atualizadas para os cargos de Delegado, Investigador, Escrivão e Papiloscopista. Os valores foram confirmados no edital publicado da Polícia Civil PA. Confira:

  • Delegado: R$ 18.050,00
  • Escrivão, Investigador e Papiloscopista: R$ 6.893,57

A  carga horária é tida como Integral, com exclusiva dedicação às atividades do cargo, com jornada semanal de quarenta e quatro horas, respeitadas as peculiaridades do cargo, podendo ser convocado a qualquer  tempo, a  critério da Administração da Polícia Civil-PA.

De acordo com a tabela remuneratória, com última atualização de outubro de 2019, a estrutura de valores da PC PA é dividida da seguinte maneira, tento a sua soma o valor integral:

  • Vencimento Base;
  • Gratificação por Tempo Integral (70% do VB);
  • Gratificação por Dedicação Exclusiva (70% do VB);
  • Gratificação de Risco de Vida (100% do VB);
  • Gratificação de Polícia Judiciária (70% do VB);
  • Gratificação por Exercício de Atividade de Polícia Judiciária (10% do VB);
  • Gratificação de Escolaridade (80% do VB).

Além disso, todos os servidores nomeados nos concursos PC PA possuem um Auxílio Alimentação de R$ 732,69.

Veja como é a progressão de cada um dos cargos:

Delegado

Investigador, Escrivão e Papiloscopista

Concurso PC PA: cargos e vagas

Confira abaixo o quantitativo de cargos ofertados no concurso PC PA:

Cargos Ampla Concorrência Vagas PcD Total de Vagas Remuneração
Delegado de Polícia Civil 251 14 265 R$ 18.050,00
Escrivão 239 13 252 R$ 6.893,57
Investigador 480 26 506 R$ 6.893,57
Papiloscopista 61 4 65 R$ 6.893,57
Total 1.031 57 1.088

Importante ressaltar que o delegado-geral da PC PA, Alberto Teixeira foi bastante enfático ao mencionar que a legislação pertinente à PC PA não o prevê.  “Segundo a Lei Orgânica da Polícia Civil do Pará não há previsão de cadastro reserva no concurso PC PA para o provimento dos cargos policiais, conforme descrito no Art. 48, § 4º”, destacou.

Confira o atual quantitativo de cargos vagos da PC PA:

  • Delegado: 265 cargos vagos
  • Escrivão: 252 cargos vagos
  • Investigador: 818 cargos vagos
  • Papiloscopista: 160 cargos vagos

Concurso PC PA: carreira

A PC PA possui um Estatuto que detalha diversos pontos sobre a carreira. Confira abaixo o número de cargos disponíveis em cada uma das classes.

Classe A Classe B Classe C Classe D Total
DELEGADO 420 315 210 105 1.050
INVESTIGADOR 1,120 915 610 305 3.050
ESCRIVÃO 420 315 210 105 1.050
PAPILOSCOPISTA 180 135 90 45 450

Clique AQUI e conheça um pouco mais sobre a Carreira

Concurso PC PA: requisitos

São requisitos comuns a todos os cargos:

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do artigo 12, § 1º, da Constituição Federal;
  • ter idade mínima de 18 (dezoito) anos, não havendo limite de idade;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais e, no caso do candidato do sexo masculino, também com as militares;
  • Possuir diploma de Graduação de Nível Superior Completo fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo MEC;
  • possuir a escolaridade exigida e os demais requisitos para o exercício do cargo;
  • ser considerado apto física e mentalmente para o exercício do cargo no exame médico pré-admissional, realizado pela perícia médica oficial, devendo o candidato apresentar os exames clínicos e laboratoriais, os quais correrão às suas expensas;
  • declarar expressamente o exercício ou não de cargo, emprego ou função pública nos órgão ou entidade dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios;
  • não ter sido condenado criminalmente por sentença judicial transitada em julgado ou sofrido sanção impeditiva do exercício de cargo público por qualquer órgão público ou entidade dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios;
  • Estar em pleno exercício dos direitos políticos;
  • Ter conduta pública e privada irrepreensível, não possuindo antecedentes criminais;
  • Ter reputação ilibada;
  • atender às demais exigências contidas neste Edital

São requisitos específicos a cada um dos cargos:

Delegado de Polícia Civil

Diploma em curso de nível superior completo de bacharel em Direito, fornecido por  Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Escrivão de Polícia Civil, Papiloscopista de Polícia Civil

Graduação de nível superior completo em qualquer área do conhecimento.

Investigador de Polícia Civil

Graduação de nível superior completo em qualquer área do conhecimento e Possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, categoria B, apenas Investigador da Polícia Civil;

Concurso PC PA: atribuições

Delegado de Polícia Civil

  • Dirigir, coordenar, supervisionar e fiscalizar as atividades administrativas e operacionais do órgão ou unidade policial sob sua direção;
  • cumprir e fazer cumprir, no âmbito de sua competência, as funções institucionais da Polícia Civil;
  • planejar, dirigir e coordenar, com base na estatística policial e no conhecimento produzido pela atividade de inteligência policial, as operações policiais no enfrentamento efetivo à criminalidade, na área de sua competência;
  • exercer poderes discricionários afetos ao cargo que objetivem proteger os direitos inerentes à pessoa humana e resguardar a segurança pública e a justiça criminal;
  • praticar todos os atos da polícia, na esfera de sua competência, visando à diminuição da criminalidade e da violência;
  • zelar pelo cumprimento dos princípios e funções institucionais da Polícia Civil;
  • zelar pelos direitos e garantias constitucionais fundamentais;
  • instaurar e presidir inquéritos policiais e outros procedimentos administrativos no âmbito de sua competência, cabendo-lhe, privativamente, o indiciamento decorrente do livre convencimento jurídico penal, fundamentado nos elementos informativos de prova colhidos no Inquérito Policial;
  • promover diligências, requisitar informações, determinar exames periciais, remoções e documentos necessários à instrução do inquérito policial ou outros procedimentos decorrentes das funções institucionais da Polícia Civil e manter o sigilo necessário à elucidação do fato e às investigações a seu cargo, incluídas todas aquelas estabelecidas no art. 34 e demais disposições contidas na LC nº 22/94 e no Regimento Interno da Policia Civil do Estado do Pará – RIPC/PA, aprovado pelo Decreto n° 2.690 de 18 de Dezembro de 2006.

Escrivão de Polícia Civil

  • Participar na formação de inquéritos Policiais e procedimentos administrativos, sob a presidência da autoridade Policial competente;
  • expedir, mediante requerimento deferido pela autoridade  Policial competente, certidões e translado;
  • executar tarefas administrativas atinentes à atividade cartorária;
  • responder pela guarda de objetos apreendidos, dando-lhes destinação legal, de acordo com a determinação da autoridade competente, bem como a escrituração dos livros de registro prisional;
  • manter o controle do inventário dos bens patrimoniais da Unidade Policial, promovendo cargo e baixa dos mesmos, incluídas todas aquelas estabelecidas no art. 40 e demais disposições contidas na LC nº 22/94 e no RIPC/PA, aprovado pelo Decreto n° 2690 de 18 de Dezembro de 2006.

Papiloscopista

  • Desempenhar atividades relacionadas ao cumprimento das formalidades legais necessárias aos inquéritos, aos processos e aos demais serviços cartorários;
  • colher as impressões digitais no vivo e no morto, para fins de identificação civil e criminal;
  • proceder à identificação papiloscópica e necroscopapiloscópica com a elaboração do respectivo laudo técnico; proceder à perícia iconográfica e ao retrato falado, com a elaboração do respectivo laudo técnico;
  • planejar e desenvolver pesquisa na busca de aperfeiçoamento e na especialização na área;
  • desempenhar outras atividades de interesse do órgão incluídas todas aquelas estabelecidas no art. 41e demais disposições contidas na LC nº 22/94 e no RIPC/PA, aprovado pelo Decreto n° 2690 de 18 de Dezembro de 2006.

Investigador de Polícia Civil

  • Proceder, mediante determinação da autoridade Policial, às  diligências e investigações Policiais com o fim de coletar elementos para a elucidação de infrações penais ou administrativas para instrução dos respectivos procedimentos legais;
  • efetuar prisões em flagrantes ou mediante mandato (conduzir e escoltar presos);
  • cumprir mandados expedidos pela autoridade Policial ou judiciária competente;
  • operar equipamento de comunicações;
  • conduzir veículos automotores e outros meios de transporte, desde que habilitado;
  • executar outras determinações emanadas da autoridade Policial ou chefia competente, efetuar registro de ocorrência policial, de forma concorrente com os demais agentes da autoridade, confeccionar relatório de diligencias relacionado a atos de rotina do procedimento de polícia judiciária, elaborar relatório de investigação, cuja finalidade consiste na descrição das informações obtidas no curso das diligencias realizadas, visando à elucidação da infração penal, acessar bando de dados em geral específico disponível na área de segurança pública através da rede mundial de computadores e outros meios de consulta, objetivando subsidiar a percepção penal, incluídas todas aquelas estabelecidas no art. 39 e demais disposições contidas na LC nº 22/94 e no RIPC/PA, aprovados pelo Decreto n° 2690 de 18 de Dezembro de 2006.

Concurso PC PA: etapas de provas

O edital do Concurso PC PA trouxe duas fases, sendo que a primeira delas será composta por seis etapas:

  1. Prova Objetiva (eliminatória e classificatória)
  2. Prova Discursiva ou Peça Processual (eliminatória e classificatória)
  3. Prova de Capacidade Física (eliminatória)
  4. Exame Médico (eliminatório)
  5. Exame Psicológico (eliminatório)
  6. Investigação Social e Criminal (eliminatório)

Já na segunda etapa, será apenas o curso de formação de Policial Civil, esse ministrado pela Academia de Polícia Civil.

Além disso, o certame contará com outros cinco pontos. Confira:

  • Confirmação de entrevista na fase de avaliação psicológica;
  • Não haverá linha de corte para aplicação das subfases;
  • As publicações oficiais ficarão a cargo da contratante;
  • Confirmação de exame médico para PcD, sob responsabilidade da contratante;
  • Necessidade de ambulância com UTI em todas as subfases, exceto a investigação criminal e social.

Concurso PC PA: prova objetiva

Conforme a nota divulgada pela Seplad/PA, a avaliação acontecerá nas datas abaixo:

  • Delegado – 20 de junho de 2021
  • Demais cargos – 4 de julho de 2021

A Prova Objetiva será composta de 60 questões distribuídas por áreas de conhecimento, com cinco alternativas cada uma. O valor máximo é de 10  pontos. Para ser considerado habilitado à próxima fase, o candidato deve obter no mínimo a pontuação de seis pontos na prova objetiva.

As provas ocorrerão de forma descentralizada, nos municípios de Altamira, Belém, Itaituba, Marabá, Redenção e Santarém. Todos os protocolos de segurança no combate à Covid-19 serão seguidos de acordo com informações da pasta.

Disciplinas

Confira abaixo as disciplinas e as suas respectivas pontuações:

Delegado

Investigador

Papiloscopista

Escrivão

Concurso PC PA: prova discursiva

Somente será corrigida a Prova Discursiva do candidato que obter a pontuação mínima de 6,0 pontos na prova objetiva e que estar classificado na Prova Objetiva até o limite disposto abaixo:

Investigador de Polícia Civil (IPC)

  • Classificação máxima para correção (ampla concorrência) – 960ª posição
  • Classificação máxima para correção (pessoas com deficiência) – 52ª posição

Escrivão de Polícia Civil (EPC)

  • Classificação máxima para correção (ampla concorrência) – 478ª posição
  • Classificação máxima para correção (pessoas com deficiência) – 26ª posição

Papiloscopista

  • Classificação máxima para correção (ampla concorrência) – 183ª posição
  • Classificação máxima para correção (pessoas com deficiência) – 12ª posição

Para o caso de Delegado, as regras são as mesmas, sendo classificados para a correção da Peça Processual os 502 primeiros colocados em ampla concorrência e até a 28º posição em PcD na Prova Objetiva. A nota mínima para este cargo de Delegado, segundo o edital do concurso PC PA, é de 7,0 pontos.

Confira como será distribuída a pontuação:

  • Atendimento ao tema proposto na questão – pontuação máxima (2,0)
  • Conhecimento técnico-científico sobre a matéria – pontuação máxima (5,0)
  • Clareza de argumentação/senso crítico em relação ao tema proposto na questão – pontuação máxima (1,5)
  • Utilização adequada da Língua Portuguesa – pontuação máxima (1,5)
  • Total máximo de pontos da prova discursiva (10)

Concurso PC PA: Teste de Aptidão Física – TAF

Somente será convocado para participar desta fase do certame o candidato que obtiver a pontuação estabelecida na Prova Objetiva e na Peça Processual.

A prova de capacidade física será estruturada da seguinte forma:

Teste de flexão de braço com o apoio de frente ao solo:

Não haverá contagem de tempo. O mínimo de de repetições exigidas será de:

  • 12 para o sexo feminino (6 apoios)
  • 15 para o sexo masculino (4 apoios)

Flexão Abdominal:

O tempo mínimo é de um minutos para que os candidatos façam o seguinte número de repetições:

  • 20 repetições para o sexo feminino
  • 25 repetições para o sexo masculino

Corrida:

Durante 12 minutos, os candidatos deverão efetuar um deslocamento mínimo, seja correndo ou andando, desde que contínuo, de:

  • 1.600 metros para o sexo feminino;
  • 2.000 metros para o sexo masculino.

A contagem oficial de tempo, de distância percorrida e do número de repetições efetuadas pelos candidatos em cada teste, será feita exclusivamente por componente da banca examinadora.

Vale lembrar que recentemente foi sancionada uma nova lei que estabelece normas gerais para a realização de testes de aptidão física nos concursos de âmbito estadual, o que engloba, também, a Polícia Civil. Os editais devem contem o tipo de avaliação, as técnicas admitidas e os índices mínimos, além de atenção as condições físicas para o dia da prova física.

Outro ponto destacado pela lei é que as mulheres gravidas poderão requerer a remarcação dos testes, comprovando o estado da gravidez. As provas acontecerão após 30 ou 90 dias do término da gravidez. Em caso de falsidade, a candidata, sem prejuízo das sanções cíveis e criminais, estará sujeita a:

  • I – à exclusão sumária do concurso público;
  • Il – ao ressarcimento ao órgão público estadual ou à entidade pública estadual realizadora do concurso público de todas as despesas havidas com a realização dos testes de aptidão física remarcados; e
  • III – se já nomeada, empossada ou em exercício, à anulação do ato administrativo, com a devolução de todos os valores recebidos.

Clique AQUI e confira a íntegra da Lei

Concurso PC PA: exames médico e psicológico

O Exame Médico, de caráter eliminatório, para avaliação de exame médico e laboratoriais, está de acordo com os termos da Lei Complementar nº 022, de 15 de março de 1994 e suas alterações. A avaliação médica será composta de avaliação clínica, realizada  por junta médica e de exames complementares (médicos e laboratoriais). Somente será convocado para participar desta etapa do certame o candidato que for considerado APTO no Teste de Aptidão Física, além de não estar eliminado por outros critérios estabelecidos neste Edital. Os considerados serão considerados aptos ou inaptos.

O candidato deverá apresentar, no dia do exame médico, os seguintes exames, obrigatoriamente acompanhados dos respectivos laudos:

  • Exame de Sangue
  • Exame de Urina e Fezes
  • Exame Radiográfico do Tórax e Perfil
  • Exames Cardiológicos
  • Avaliação Psiquiátrica
  • Exames Antidrogas

Já o Exame Psicológico, nos quais são serão convocados a participar desta fase do certame o candidato que for considerado APTO na etapa de Exame Médico, terá caráter unicamente eliminatório, e o candidato será considerado recomendado ou não recomendado para o desempenho eficiente das atividades do cargo de Delegado de Polícia Civil. Para efeitos deste Edital considera-se Avaliação Psicológica o processo realizado mediante o emprego de um conjunto de procedimentos científicos, que permite identificar aspectos psicológicos do candidato compatíveis com as atribuições/perfil do cargo.

Concurso PC PA: Investigação Criminal de Social

Será de responsabilidade da Polícia Civil do Estado do Pará – PCPA, a realização da Investigação Criminal e Social, que consiste na verificação de antecedentes pessoais, na coleta e análise de informações sobre a vida pregressa e atual e a conduta individual e social do candidato. Ela possui caráter eliminatório e visa apurar se o candidato ao cargo apresenta procedimento social e tem idoneidade moral compatíveis com a dignidade do cargo pretendido, conforme as informações coletadas e processadas pelos órgãos competentes, verificando se os padrões ético-morais são consentâneos com a realização das funções inerentes ao cargo pretendido.

A investigação terá início por ocasião da inscrição do candidato no concurso público e terminará com o ato de nomeação.

O candidato deverá apresentar, em momento definido em Edital de convocação específico, os seguintes documentos, todos indispensáveis ao prosseguimento no certame:

  • Certidões negativas da Justiça Comum Estadual, da Justiça Comum Federal e da Justiça Militar, das cidades da Jurisdição onde reside e onde residiu nos últimos 5 (cinco) anos;
  • Certidão de quitação eleitoral;
  • Antecedente criminal da Polícia Federal;
  • Antecedente criminal da Polícia Civil;
  • Declaração, firmada pelo candidato, em que conste não haver sofrido condenação definitiva por crime ou contravenção, nem penalidade disciplinar no exercício da advocacia, da magistratura, de função pública qualquer, que o inabilite ao serviço público ou que seja considerada impeditiva ao exercício de cargo e emprego público, observados os prazos prescricionais aplicáveis, de acordo com o modelo de declaração disponibilizado no endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br ;
  • Declarações de magistrados, professores universitários, autoridades outras, advogados, somando, no mínimo, três declarantes que atestem a idoneidade moral e o escorreito comportamento social do candidato.

Concurso PC PA: Curso de Formação

O Curso de Formação será de responsabilidade da Polícia Civil do Estado do Pará e será ministrado pela Academia de Polícia Civil/IESP, no Município de Marituba (PA). Para a matrícula do curso de Formação Profissional serão convocados os candidatos aprovados em todas as etapas da 1ª Fase deste concurso e classificados dentro do número de vagas oferecidas para o cargo.

Caso o candidato esteja aprovado em mais de um cargo, ele deverá optar em qual cargo prosseguirá no Concurso Público. As informações referentes a opção serão repassados em momento e edital a ser oportunamente divulgado. Os candidatos não convocados para cursar a Academia de Polícia serão eliminados do concurso.

O Curso de Formação Profissional, de caráter classificatório e eliminatório, será regido pelas normas inerentes à categoria funcional do cargo, vigentes à época, por este Edital e pelo Edital de convocação para a matrícula. O candidato matriculado no Curso de Formação Profissional receberá bolsa mensal, correspondente ao valor salário-mínimo vigente, que servirá para arcar com transporte, hospedagem e alimentação, que ficam a cargo do candidato.

A carga horária mínima será de 680 horas/aula, distribuídas em aulas técnicas e práticas e em estágios supervisionados nas unidades policiais, no horário matutino e vespertino, exigindo-se do aluno frequência obrigatória mínima de 85% (oitenta e cinco por cento) por disciplina e obediência a todas as demais regras regimentais da Academia de Polícia.  As disciplinas ministradas, no Curso de Formação, são de caráter eliminatório e classificatório, a avaliação em cada disciplina valerá no máximo 10 (dez) pontos, tendo o candidato que obter nota mínima 7,0 (sete) em cada disciplina, caso contrário será reprovado e consequentemente eliminado do Certame

Concurso PC PA: carreira administrativa

Além dos concurso PC PA para a carreira fim, a Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) publicou recentemente a possibilidade de um concurso público para a carreira meio, área administrativa.

“Trabalhamos sempre em busca de mais excelência nos serviços públicos oferecidos à nossa população, além de incentivarmos o ingresso de novos servidores, por meio de concurso público, o que possibilita mais desenvolvimento e notoriedade ao nosso Estado”, destaca a secretária de Estado de Planejamento e Administração, Hana Ghassan.

A publicação foi feita durante o anuncio de vagas para outras diversas carreiras. A previsão é de um edital ainda em 2021. 

Último concurso PC PA

O último concurso PC PA foi organizado pela banca Funcab. As provas foram aplicadas nas cidades de Belém, Marabá, Altamira e Santarém.  A segunda etapa correspondeu ao Curso de Formação, de responsabilidade da Polícia Civil do Estado do Pará. Os candidatos fizeram todo o curso na Academia de Polícia Civil/IESP, no Município de Marituba/PA.

Concurso PC PA Administrativo

Além deste, em 2018 o órgão realizou um certame para as carreiras administrativas, para nível médio, que ainda está em andamento. O certame também foi organizado pelo Instituto AOCP. Foram ofertadas à época um total de 11 cargos de Técnico assim divididos:

  • Técnico em Gestão Pública
    • Assistente Social: 9 vagas
    • Contador: 1 vaga
  • Técnico em Gestão de Informática
    • Engenharia de Sistemas: 1 vaga

Concurso PC PA: nomeações

A Secretaria de Estado de Planejamento e Administração do Estado do Pará, por meio do eSIC, respondeu o Gran Curso Online sobre o número de candidatos nomeados no último Concurso PC PA. Ao todo, foram 620 nomeados, assim separados:

  • Delegado: 148 nomeados
  • Investigador: 287 nomeados
  • Escrivão: 166 nomeados
  • Papiloscopista: 19 nomeados.

Concurso PC PA: concorrência

O último concurso PC PA registrou um total de 27.664 inscrições. Veja abaixo o quantitativo por vaga:

  • Investigador: 18.205 inscritos (média de 61 candidatos por vaga);
  • Escrivão: 7.709 inscritos (média de 43 candidatos por vaga);
  • Papiloscopista: 1.750 inscritos (média de 87 candidatos por vaga).

Concurso PC PA: Nota de Corte

Também por meio do eSIC, o Gran Cursos Online obteve as seguintes notas de corte referente ao último Concurso PC PA:

  • Delegado: 7,45 pontos
  • Investigador: 7,00 pontos
  • Escrivão: 6,70 pontos
  • Papiloscopista: 6,80 pontos

Concurso PC PA: materiais gratuitos

Com o novo edital publicado, você sabia que pode se preparar com quem mais entende do assunto? O Gran Cursos Online disponibiliza, de forma gratuita, diversos materiais com professores especializados do mercado. Confira abaixo:

  • E-books e apostilas,
  • Editais verticalizados,
  • Cursos gratuitos,
  • Questões, Simulados e Provas comentadas.

Acesse nossa página de materiais gratuitos para concursos públicos (clique aqui), estude e saia na frente da concorrência.

Concurso PC PA: Plano de estudos

O nosso coordenador de carreiras policiais Erico Palazzo e o diretor de mentoria e coaching Fernando Mesquita elaboraram o Plano de Estudos para a PC PA. Você pode conferir o caminho das pedras para conquistar a sua aprovação clicando AQUI

Concurso PC PA: Verticalizados

Com o Edital PC PA verticalizado, você poderá organizar e maximizar seus estudos. Nossa equipe preparou os editais verticalizados para as especialidades de Delegado, Escrivão, Investigador, Papiloscopista. E o melhor de tudo: DE GRAÇA!

Edital  Verticalizado – Delegado



Edital Verticalizado – Escrivão



Edital Verticalizado – Investigador



Edital  Verticalizado – Papiloscopista



Motivos para fazer o concurso PC PA

Nós do Gran Cursos Online preparamos para você uma lista de dez motivos para que você possa estudar e motivá-lo para estudar para esse concursos público em questão. Principalmente após um ano muito complicado e com pouquíssimas provas em função da Covid-19. Veja abaixo alguns motivos que listamos para você fazer o Concurso PC PA:

  • É Carreira Típica de Estado. Um dos pontos da reforma administrativa a ser realizada pelo Governo Federal aponta que a estabilidade será para uma classe restrita de servidores, entre eles as carreiras policiais.
  • Uma boa estabilidade profissional e financeira. Após o curso de formação, o aprovado, após nomeado para o cargo escolhido, terá três anos de estágio probatório e, logo depois, torna-se estável, podendo ser demitido somente pelas regras previstas na Constituição.
  • Provas em dias e turnos diferentes. Para o cargo de Investigador, as provas serão aplicadas no dia 28 de março de 2021, no período matutino. No mesmo dia, na parte da tarde, acontecerão as provas para Escrivão e Papiloscopista. Já para aqueles que possuem os requisitos necessários para o cargo de Delegado, as provas acontecem no dia 21 de março.

Quer saber outros sete motivos para participar deste Concurso PC PA? Clique AQUI e saiba mais!

 

Resumo do Concurso PC PA

Concurso Polícia Civil do Estado do Pará (Concurso PC PA)
Banca organizadora Instituto AOCP
Cargos Delegado, Escrivão, Investigador e Papiloscopista
Escolaridade Nível superior
Carreiras Segurança Pública e Policial
Lotação Estado do Pará
Número de vagas Delegado – 265 vagas
Escrivão – 252 vagas
Investigador – 506 vagas
Papiloscopista – 65 vagas
Total de vagas – 1.088
Remuneração de R$ 6.791,69 até R$ 18.050,00
Inscrições de 07 de dezembro de 2020 a 04 de fevereiro de 2021 (encerradas)
Taxa de Inscrição R$ 70,00 ou R$ 140,00
Prova objetiva
  • Delegado – 20 de junho de 2021
  • Escrivão, Investigador e Papiloscopista – 4 de julho de 2021
Link do edital

Quer conquistar a sua aprovação no concurso PC PA?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

COMECE A ESTUDAR NO GRAN

Depoimentos relacionados

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

A estabilidade que a carreira pública proporciona foi o grande atrativo que Weberti Silva teve para começar a estudar para…

A estabilidade profissional e financeira foi o que levou Pedro J. a buscar com tanto afinco a carreira pública e…

O sonho de ser policial desde criança, fez com que Maria C. firmasse um compromisso de estudos diariamente desde 2018…

Em busca de estabilidade e para dar um futuro melhor para esposa e filha, Regis B. estudou bastante para ser…

Comentários (11)

Avatar MATHEUS AQUINO 22 de Junho de 2020

“Ou seja : graduação de nível superior completo, com a sua comprovação no momento do curso de formação.”
Essa exigência de comprovação de curso superior não deve ser no momento da posse? Conforme diz a Súmula n° 266 do STJ:”O diploma ou a habilitaçã legal para o exercício do cargo deve ser exigido na posse e não na inscrção para o concurso público”
Me tirem essa dúvida por favor.

 Responder

Avatar Fábio Silva 26 de Junho de 2020

Olá, Matheus!Vou citar como exemplo o caso da PRF para lhe ajudar.

“Não há necessidade de apresentar o certificado para o ato de inscrição no concurso. Entretanto, o documento (diploma ou certificado de conclusão do curso) é exigido para a matrícula no Curso de Formação Profissional”

Bons estudos

 Responder

Avatar Sandro Brügger Novaes 26 de Junho de 2020

Correra a Apresentação de todos os documentos solicitados em edital, na data da apresentação da Acadepol (fui policial civil no Pará e cursei academia em 2010), mas pedi exoneração em 2012 para poder continuar estudando. Não há nada de errado em exigir os documentos antes do início da Academia, ao contrário, este é o procedimento correto! Se a pessoa não possui o certificado de conclusão na data da sua apresentação para participar do curso de Formação, obviamente estará em desacordo com o edital, tendo sua participação não permitida na Acadepol. Uma dica: estudem! Muitos nem ingressaram e já querem discutir fases…isso não funciona! E outra: mandados de segurança também não funcionam por muito tempo! Ou o candidato está qualificado e possui as habilitações necessárias ou não haverá mandado de segurança que o mantenha no certame!

 Responder

Avatar Sandro Brügger Novaes 26 de Junho de 2020

Editais possuem validade pública e não é porque é uma súmula que possuirá “poder absoluto”, pois nada é absoluto no Direito…óbvio que tal súmula não condiz com a realidade, posto que não se poderia investir em um candidato apenas para descobrir na data da posse, que o mesmo, possa não ter a qualificação exigida…tem de se apresentar os documentos antes de iniciar a Acadepol! Caso contrário, perde-se a vaga e chama-se outro candidato na ordem de aprovação!

 Responder

Avatar Gleiton da Silva Batista 23 de Novembro de 2020

Ta interessante espero que seja uns bons estudos

 Responder

Avatar Ricardo Monteiro 7 de Dezembro de 2020

vai poder ou não o mesmo candidato inscrever para 2 cargos?

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *