Concurso PCDF: Portaria altera regulamento! VEJA!

Concurso PCDF: Foram alterados itens referentes a reserva de vagas, regras para lactantes e gestantes, TAF e prova de títulos

O diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal publicou a Portaria nº 49/2020, que altera o Regulamento dos Concursos Públicos para o provimento de cargos de Agente de Polícia, Agente Policial de Custódia, Escrivão de Polícia, Papiloscopista Policial, Perito Criminal e Perito Médico-Legista.

As alterações afetam a reserva legal de vagas para pessoas com deficiência e candidatos negros; regras para gestantes e mães lactantes; teste de aptidão física; e regras de pontuação da prova de títulos.

Reserva de vagas

  • Serão reservadas vagas para portadores de deficiência física, na forma da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e do Decreto nº 9.508, de 24 de setembro de 2018, vigente e suas alterações posteriores;
  • Ficam reservadas aos negros 20% (vinte por cento) das vagas oferecidas nos concursos públicos de que trata o presente Regulamento, nos termos da Lei nº 12.990, de 09 de junho de 2014;
  • A reserva de vagas a candidatos negros constará expressamente dos editais dos concursos públicos, que deverão especificar o total de vagas correspondentes à reserva para cada cargo oferecido;
  • Poderão concorrer às vagas reservadas a candidatos negros aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição no concurso público, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE;
  • Os candidatos negros concorrerão concomitantemente às vagas reservadas e às vagas destinadas à ampla concorrência, de acordo com a sua classificação no concurso;
  • Os candidatos negros aprovados dentro do número de vagas oferecido para ampla concorrência não serão computados para efeito do preenchimento das vagas reservadas. Em caso de desistência de candidato negro aprovado em vaga reservada, a vaga será preenchida pelo candidato negro posteriormente classificado;
  • Na hipótese de não haver número de candidatos negros aprovados suficiente para ocupar as vagas reservadas, as vagas remanescentes serão revertidas para a ampla concorrência e serão preenchidas pelos demais candidatos aprovados, observada a ordem de classificação.

 

Regras para gestantes e mães lactantes

  • Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em virtude de afastamento de candidato da sala de prova, salvo para as candidatas mães que, fizerem uso do direito de amamentarem seus filhos de até 6 (seis) meses de idade durante a realização de concursos públicos, nos termos do previsto no Art. 4, § 2º, da Lei nº 13.872, de 17 de setembro de 2019;
  • As candidatas mães que optarem por fazer uso do direito de amamentarem seus filhos de até 6 (seis) meses de idade durante a realização dos concursos públicos de que tratam a presente Portaria deverão proceder a prévia solicitação dirigida à instituição organizadora nos termos estabelecidos no respectivo edital normativo;
  • A mãe terá o direito de proceder à amamentação a cada intervalo de 2 (duas) horas, por até 30 (trinta) minutos, por filho. Durante o período de amamentação, a mãe será acompanhada por fiscal, preferencialmente
    do sexo feminino;
  • O tempo despendido na amamentação será compensado durante a realização da prova, em igual período;
  • Em nenhuma hipótese haverá uma segunda chamada para apresentação de exames e laudos, solicitados para a realização do exame biométrico e da avaliação médica, salvo nos casos de exame de raio-x e teste ergométrico em caso de candidata gestante, havendo contraindicação médica, cuja entrega posterior deverá ocorrer no prazo máximo de 120 (cento e vinte) dias, após o parto ou o fim do período gestacional, nos termos dos editais normativos dos concursos regidos por este Regulamento;
  • A gravidez não dispensa a realização da prova física, que deve ser realizada no prazo máximo de 120 (cento e vinte) dias, após o parto ou o fim do período gestacional, sem prejuízo da participação nas demais fases do concurso público.

 

Teste de aptidão física

  • A prova de capacidade física, regulamentada por edital, consistirá nos seguintes testes:
    I – teste de corrida de 12 (doze) minutos;
    II – teste de barra fixa;
    III – teste de flexão abdominal;
    IV – teste de meio-sugado, exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito Federal;
    V – teste de natação, exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito Federal;
    VI – corrida de ir e vir (Shuttle Run), exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito Federal.

 

Pontuação na prova de títulos

  • As pontuações obtidas pelos candidatos na Prova de Título somente poderão ser computadas nos resultados finais dos concursos regidos por este Regulamento.

 

Saiba tudo sobre o concurso PCDF clicando AQUI

Resumo do Concurso PCDF Escrivão

Concurso Polícia Civil do Distrito Federal (concurso PCDF Escrivão)
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção – Cebraspe
Cargos Escrivão de Polícia
Escolaridade Nível superior
Carreiras Policiais
Lotação Distrito Federal
Número de vagas 300 vagas
Remuneração R$ 8.698,78
Inscrições de 22/01/2020 a 11/02/2020
Taxa de inscrição R$ 199,00
Data da prova objetiva PROVAS ADIADAS
Link do edital Clique aqui para ver o edital

Resumo do concurso PCDF Agente

Concurso Polícia Civil do Distrito Federal (Concurso PCDF)
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção – Cebraspe
Cargos Agente de Polícia
Escolaridade Nível superior
Carreiras Policiais
Lotação Distrito Federal
Número de vagas 1.800 para Agente de Polícia
Remuneração de R$ 8.698,78  até R$ 13.751,51
Situação Agente BANCA DEFINIDA
Previsão para publicação do edital 2020
Link do último edital PCDF Agente Clique aqui para ver o edital de Agente – 2013

 

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
10 Comentários

10 Comentários

  1. Ana Maria

    13/05/2020 07:20em07:20

    Natação? Esse item não consta do edital.

    • Vinícius Xavier

      13/05/2020 11:31em11:31

      Não consta no edital de Escrivão, se não consta não será objeto de exigência, exceto se ocorrer alguma retificação. Mas pelo que entendi pode ser exigido a critério da “academia de polícia” nos próximos editais.
      Acho que sempre foi assim. Não estou certo dos efeitos ainda.

    • Amy

      13/05/2020 14:50em14:50

      Pois eh…isso pode?
      Isso é uma mudança muito grande para quem não sabe nadar…

  2. CAROLINE DANTAS PEREIRA

    13/05/2020 08:10em08:10

    Talvez fará parte para o concurso de agente.. :/

  3. Dário

    13/05/2020 09:41em09:41

    Essa alteração é válida para o concurso de escrivão q está em aberto?

  4. Vinícius Xavier

    13/05/2020 11:30em11:30

    Pelo que entendi, pode ser que não tenha natação, PODERÁ ser exigido. É isso? se for isso nada mudou.. antes já era assim.
    Alguém pode me esclarecer se é isso?

  5. Vinícius Xavier

    13/05/2020 11:52em11:52

    Redação anterior – Portaria n° 06/2016

    Art. 54. A prova de capacidade física, regulamentada por edital, consistirá nos seguintes testes:
    I – teste de barra fixa;
    II – teste de flexão abdominal;
    III – teste de meio-sugado;
    IV- teste de natação, exigido a critério da Academia de Polícia Civil do Distrito Federal;
    V- corrida de ir e vir (Shuttle Run), exigido a critério da Academia de Polícia Civil do Distrito Federal;
    VI – teste de corrida de 12 (doze) minutos.

    Nova redação:

    “Art. 54. A prova de capacidade física, regulamentada por edital, consistirá nos seguintes testes:
    I – teste de corrida de 12 (doze) minutos;
    II – teste de barra fixa;
    III – teste de flexão abdominal;
    IV – teste de meio-sugado, exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito
    Federal;
    V – teste de natação, exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito Federal;
    VI – corrida de ir e vir (Shuttle Run), exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do
    Distrito Federal.” (NR)

    a única mudança foi:

    IV – teste de meio-sugado, exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito Federal;

    agora pode ser exigido ou não o meio sugado.

    Caso eu esteja errado, alguém ajuda ai.

  6. Anderson

    13/05/2020 18:54em18:54

    Natação? A Partir de quando entra em vigor q essa portaria? Provavelmente no edital de escrivão não vai entrar pq as inscrições já foram feitas, deve entrar já nesse de agente…

  7. RUAN MARCIO SOUS

    13/05/2020 21:42em21:42

    Será que se aplica ao edital de Escrivão??

  8. Josi

    15/05/2020 14:19em14:19

    Isso mesmo! Os que serão obrigatórios: corrida, abdominal e barra.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo