Concurso PM SP: saiba mais sobre as provas e as etapas!

Avatar


12/08/2019 | 13:28 Atualizado há 775 dias

Concurso PM SP: 2.700 vagas para soldado!

Atenção, concurseiros! Vem aí o concurso PM SP!  As inscrições iniciam no dia 15 de agosto, próxima quinta-feira e estendem-se até 25 de setembro de 2019.

São 2.700 vagas para soldado! A banca organizadora é a Fundação Vunesp! O certame terá validade de 4 meses, contados a partir da data de homologação do mesmo, podendo ser prorrogado, por mais 4 meses.

Aqui você confere todos os detalhes do Concurso PM SP

Navegue pela matéria utilizando o índice:

Concurso PM SP: Etapas de prova

O certame será composto por prova objetiva, prova dissertativa, exames de aptidão física, exames de saúde, exames psicológicos, avaliação de conduta social, de reputação e de idoneidade, análise de documentos.

Concurso PM SP: Prova Objetiva

A prova objetiva e a prova dissertativa do concurso PM SP serão aplicadas simultaneamente no dia 24 de novembro e terão caráter eliminatório e classificatório. Ambas terão duração total de 4 horas.

O exame será composto por 60 questões das disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática;
  • Conhecimentos Gerais;
  • Noções Básicas de Informática;
  • Noções de Administração Pública.

Saiba mais sobre os conteúdos das provas objetivas:

LÍNGUA PORTUGUESA

  1. Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários e não literários).
  2. Sinônimos e antônimos.
  3. Sentido próprio e figurado das palavras.
  4. Pontuação.
  5. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem.
  6. Concordância verbal e nominal.
  7. Regência verbal e nominal.
  8. Colocação pronominal.
  9. Crase.

MATEMÁTICA

  1. Números inteiros: operações e propriedades.
  2. Números racionais, representação fracionária e decimal: operações e propriedades.
  3. Mínimo múltiplo comum.
  4. Razão e proporção.
  5. Porcentagem.
  6. Regra de três simples.
  7. Média aritmética simples.
  8. Equação do 1º grau.
  9. Sistema de equações do 1º grau.
  10. Sistema métrico: medidas de tempo, comprimento, superfície e capacidade.
  11. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos.
  12. Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, teorema de Pitágoras.
  13. Raciocínio lógico.
  14. Resolução de situações-problema.

CONHECIMENTOS GERAIS

  1. HISTÓRIA GERAL

1.1. – Primeira Guerra Mundial.

1.2. – O nazifascismo e a Segunda Guerra Mundial.

1.3. – A Guerra Fria.

1.4. – Globalização e as políticas neoliberais.

  1. HISTÓRIA DO BRASIL

2.1. A Revolução de 1930 e a Era Vargas.

2.2. – As Constituições Republicanas.

2.3. – A estrutura política e os movimentos sociais no período militar. 2.4. A abertura política e a redemocratização do Brasil.

  1. GEOGRAFIA GERAL

3.1. – A nova ordem mundial, o espaço geopolítico e a globalização.

3.2. – Os principais problemas ambientais.

  1. GEOGRAFIA DO BRASIL

4.1. – A natureza brasileira (relevo, hidrografia, clima e vegetação).

4.2. – A população: crescimento, distribuição, estrutura e movimentos.

4.3. – As atividades econômicas: industrialização e urbanização, fontes de energia e agropecuária.

4.4. – Os impactos ambientais.

  1. ATUALIDADES Questões relacionadas a fatos políticos, econômicos, sociais e culturais, nacionais e internacionais, ocorridos a partir de 6 (seis) meses anteriores à publicação deste Edital, divulgados na mídia local e/ou nacional.

NOÇÕES BÁSICAS DE INFORMÁTICA

  1. MS-Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2010.
  2. MS-Word 2010: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto.
  3. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados.
  4. MS-PowerPoint 2010: estrutura básica das apresentações, conceitos de slides, anotações, régua, guias, cabeçalhos e rodapés, noções de edição e formatação de apresentações, inserção de objetos, numeração de páginas, botões de ação, animação e transição entre slides.
  5. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos.
  6. Internet: navegação na Internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

  1. CONSTITUIÇÃO FEDERAL

1.1. Título II – Dos Direitos e Garantias Fundamentais:

1.1.1. Capítulo I – Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos;

1.1.2. Capítulo IV – Dos Direitos Políticos.

1.2. Título III – Da Organização do Estado:

1.2.1. Capítulo VII – Da Administração Pública:

1.2.1.1. Seção I – Disposições Gerais;

1.2.1.2. Seção III – Dos Militares dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.

1.3. Título V – Da Defesa do Estado e das Instituições Democráticas:

1.3.1. Capítulo III – Da Segurança Pública.

  1. CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

2.1. Título II – Da Organização e Poderes:

2.1.1. Capítulo III – Do Poder Executivo;

2.1.2. Capítulo IV – Do Poder Judiciário:

2.1.2.1. Seção V – Do Tribunal de Justiça Militar e dos Conselhos de Justiça Militar. 2.3. Título III – Da Organização do Estado:

2.3.1. Capítulo I – Da Administração Pública:

2.3.1.1. Seção I – Disposições Gerais;

2.3.2. Capítulo II – Dos Servidores Públicos do Estado:

2.3.2.1. Seção I – Dos Servidores Públicos Civis;

2.3.2.2. Seção II – Dos Servidores Públicos Militares;

2.3.3. Capítulo III – Da Segurança Pública:

2.3.3.1. Seção I – Disposições Gerais;

2.3.3.2. Seção III – Da Polícia Militar.

  1. LEI FEDERAL Nº 12.527/11 – Lei de Acesso à Informação;

3.1. DECRETO nº 58.052/12 – Regulamenta a Lei nº 12.527/11, que regula o acesso a informações, e dá providências correlatas.

As provas objetivas serão aplicadas nos municípios:

  • Araçatuba;
  • Bauru;
  • Campinas;
  • Piracicaba;
  • Presidente Prudente;
  • Ribeirão Preto;
  • Santos;
    São José do Rio Preto;
  • São José dos Campos;
  • São Paulo;
  • Sorocaba.

Concurso PM SP: Prova Dissertativa

A prova dissertativa será aplicada simultaneamente à prova objetiva no dia 24 de novembro de 2019. Consistirá em uma redação. Serão corrigidas as Provas Dissertativas dos candidatos que obtiverem, no mínimo, 30 pontos na Prova Objetiva.

Na prova dissertativa serão avaliados critérios, como:

  • Estrutura (gênero/tipo de texto e coerência);
  • Expressão (coesão e modalidade);

Estrutura (gênero/tipo de texto e coerência): consideram-se aqui, conjuntamente, os aspectos referentes ao gênero/ tipo de texto proposto e à coerência das ideias.

A fuga completa ao gênero/tipo de texto é motivo suficiente para que a redação não seja corrigida em qualquer outro de seus aspectos, recebendo nota 0 (zero).

Avalia-se aqui como o candidato sustenta sua tese em termos argumentativos e como essa argumentação está organizada, considerando-se a macroestrutura do texto dissertativo (introdução, desenvolvimento e conclusão).

No gênero/tipo de texto, avalia-se também o tipo de interlocução construída: por se tratar de uma dissertação, deve-se prezar pela objetividade, sendo assim, o uso de primeira pessoa do singular e de segunda pessoa (singular e plural) poderá ser penalizado.

Será considerado aspecto negativo a referência direta à situação imediata de produção textual (ex.: como afirma o autor do primeiro texto/da coletânea/do texto I; como solicitado nesta prova/proposta de redação).

Na coerência, será observada, além da pertinência dos argumentos mobilizados para a defesa do ponto de vista, a capacidade do candidato de encadear as ideias de forma lógica e coerente (progressão textual).

Serão considerados aspectos negativos a presença de contradições entre as ideias, a falta de partes da macroestrutura dissertativa, a falta de desenvolvimento das ideias ou a presença de conclusões não decorrentes do que foi previamente exposto.

Expressão (coesão e modalidade): consideram-se neste item os aspectos referentes à coesão textual e ao domínio da norma-padrão da língua portuguesa.

Na coesão, avalia-se a utilização dos recursos coesivos da língua (anáforas, catáforas, substituições, conjunções etc.) de modo a tornar a relação entre frases e períodos e entre os parágrafos do texto mais clara e precisa.

Serão considerados aspectos negativos as quebras entre frases ou parágrafos e o emprego inadequado de recursos coesivos.

Na modalidade, serão examinados os aspectos gramaticais como ortografia, morfologia, sintaxe e pontuação, bem como a escolha lexical (precisão vocabular) e o grau de formalidade/ informalidade expressa em palavras e expressões.

Concurso PM SP: Exames de Aptidão Física

A aplicação dos Exames de Aptidão Física será realizada sob responsabilidade da Escola de Educação Física da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

O candidato deve apresentar atestado médico expedido por órgão público ou particular de saúde, no qual conste estar apto para realização dos Exames de Aptidão Física.

Serão válidos apenas os atestados médicos emitidos no período de 45 dias anteriores à data marcada para a realização dos Exames de Aptidão Física.

As concurseiras gestantes têm de apresentar atestado médico com a finalidade específica para realização de testes de esforços físicos na Polícia Militar, com indicação do período de validade da referida autorização.

Dica importante: o alongamento/aquecimento para a realização dos Exames de Aptidão Física será de responsabilidade do candidato.

O candidato deverá trajar, em todos os testes, vestimenta adequada para a prática desportiva, ou seja, shorts (masculino), vestimenta esportiva tipo “legging”, bermuda com tecido esportivo tipo suplex ou lycra (feminino), tênis ou sapatilhas, meias e camiseta regata ou de manga curta, sendo facultado o uso de bermuda térmica, recomendando-se às candidatas do sexo feminino a utilização de top esportivo sob a camiseta.

Os Exames de Aptidão Física, terão caráter eliminatório e serão compostos, além da aferição de altura, pelos seguintes testes:

  1. Apoio de frente sobre o solo (flexão e extensão de cotovelos), em decúbito ventral, para o público masculino e apoio de frente no solo (flexão e extensão de cotovelos), em decúbito ventral, apoiando os joelhos sobre o banco, para o público feminino;
  2. Resistência abdominal, em decúbito dorsal (tipo remador);
  3. Corrida de 50 metros;
  4. Corrida de 12 minutos.

Concurso PM SP: Exames de Saúde

Os Exames de Saúde, de caráter eliminatório, serão realizados por Junta Médica do Centro Médico da Polícia Militar. O candidato, após preencher um questionário sobre sua saúde, será submetido a exames médicos, odontológicos e toxicológicos.

Exames Médicos:

  • Exame Clínico Geral: será avaliado peso, altura, relação peso-altura através do Índice de Massa Corpórea (IMC), que deverá estar entre 18 e 25. Candidatos que apresentem IMC entre 25 e 30, porém, decorrente de hipertrofia muscular, serão avaliados individualmente a critério da Junta Médica de Saúde, observando-se frequência cardíaca, frequência respiratória, pulsos periféricos, pressão arterial, presença de cianose (central ou periférica), presença de palidez cutâneo-mucosa (anemias), icterícias; Serão realizadas inspeções gerais e específicas, sendo avaliados os sistemas: vascular, osteomuscular, cardiorrespiratório, digestório, pele e anexos, genito-urinário, neurológico, endócrino e cabeça/pescoço;

Concurso PM SP: Exames Psicológicos

Os Exames Psicológicos, de caráter eliminatório, serão realizados pelo Órgão de Pessoal da Polícia Militar e terão a finalidade de avaliar se o candidato apresenta características cognitivas e de personalidade favoráveis para o desempenho adequado das atribuições inerentes ao cargo público pretendido, descritas no preâmbulo do edital PM SP, de acordo com os parâmetros do perfil psicológico estabelecido, em vigor na Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Os exames deverão obedecer aos ditames da ciência psicológica em conformidade com as normas do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e do Conselho Regional de Psicologia (CRP) e com as técnicas reconhecidas pela comunidade científica, que orientam a Avaliação Psicológica em concurso público e processos seletivos da mesma natureza.

Os Exames Psicológicos serão realizados pela Banca Examinadora composta exclusivamente por profissionais com registro válido no CRP-SP. 4.

O perfil psicológico do cargo objeto do concurso público é constituído por um rol de características psicológicas necessárias à adaptação e desempenho adequado do cargo de Soldado PM de 2ª Classe.

Os Exames Psicológicos consistirão na avaliação objetiva e padronizada de características cognitivas e de personalidade dos candidatos, mediante o emprego de técnicas científicas.

O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização da avaliação psicológica munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, lápis preto nº 2 e borracha.

A Banca Examinadora procederá à análise conjunta, qualitativa e quantitativa, dos resultados dos procedimentos, observando as orientações e os parâmetros contidos nos respectivos manuais técnicos dos instrumentos utilizados nas avaliações, de modo a verificar adequação a todos os itens do perfil psicológico, assim como a ausência das características previstas no contraperfil.

O resultado final dos Exames Psicológicos será obtido a partir da análise técnica global do material produzido pelo candidato no transcorrer desta etapa do concurso público, avaliando-se a compatibilidade de seu desempenho com as características do perfil psicológico estabelecido para o cargo a ser provido, em vigor na Instituição.

A publicação do resultado da avaliação psicológica será feita por meio de relação nominal, constando os candidatos aptos, de acordo com o previsto no artigo 6º da Resolução CFP nº 002/2016. 10.

A inaptidão nos Exames Psicológicos não pressupõe a existência de transtornos mentais. Indica, tão somente, que o avaliado não atendeu, à época dos exames, aos parâmetros exigidos para o exercício das funções do cargo de Soldado PM de 2ª Classe.

Concurso PM SP: Avaliação de Conduta Social, de Reputação e de Idoneidade

Esta etapa, de caráter eliminatório, será realizada por órgão técnico da Polícia Militar do Estado de São Paulo. O objetivo desta etapa é averiguar a vida pregressa e atual do candidato, em seus aspectos social, moral, profissional e escolar, impedindo que pessoa que não apresente boa conduta social, reputação e idoneidade ilibadas ingresse na Instituição.

O próprio candidato fornecerá os dados para tal averiguação, autorizando sua realização e se responsabilizando pela veracidade das informações, dados, fatos e documentos por ele apresentados durante as etapas do concurso, de modo que irregularidades, inconsistências ou omissões constatadas implicam sua reprovação e consequente eliminação do certame.

Nesta etapa, o candidato preencherá formulário próprio e colará em sua capa:

  • 1 foto no tamanho 5×7 centímetros recente e datada com no máximo 6 meses (não será aceita fotografia do candidato vestindo uniformes militares, escolares, empresariais e similares);
  • 1 cópia simples e legível dos seguintes documentos:
  1. Cédula de Identidade (RG) ou do Registro de Identidade Civil (RIC);
  2. Certidão de Distribuição Criminal, emitida pela Justiça Estadual, das comarcas dos municípios em que residiu a partir dos 18 (dezoito) anos de idade;
  3. Atestado de antecedentes criminais (emissão online imediata e gratuita no endereço eletrônico – www.poupatempo. sp.gov.br);
  4. Certidão (documento exigido somente para quem é servidor público civil ou militar) expedida pelo órgão público em que estiver servindo, informando: sua atual situação disciplinar ou comportamento, se responde ou já respondeu a processo disciplinar, se responde ou já respondeu procedimento disciplinar, punições sofridas;
  5. Certidão (documento exigido somente para quem foi servidor público civil ou militar), expedida pelos órgãos públicos em que serviu, informando: comportamento ou situação disciplinar quando foi exonerado ou licenciado, se respondeu processo administrativo, se respondeu processo disciplinar, punições sofridas;
  6. Certificado de Reservista ou Certificado de Dispensa de Incorporação (candidatos do sexo masculino);
  7. Histórico Escolar e o Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou grau equivalente, expedido por estabelecimento de ensino público ou particular, devidamente reconhecido pela legislação vigente. Candidatos com ensino médio realizado por meio de cursos à distância para educação básica de jovens e adultos (EaD), deverão apresentar Certidão de Conclusão emitida pela Secretaria de Educação do próprio Estado em que foi realizado o referido curso;
  8. Certidão Negativa de Débitos no Serviço Central de Proteção ao Crédito (emissão imediata e gratuita na Rua Boa Vista, nº 62, Centro – São Paulo/SP) ou do Extrato de Consulta, caso exista débito; 2.9. Certidão de Nascimento ou Casamento.

O parecer da etapa de Avaliação da Conduta Social, da Reputação e da Idoneidade, que atesta a aprovação pelo órgão técnico da Polícia Militar, é uma das condições para a posse do candidato.

A avaliação se pauta nos valores morais e éticos imprescindíveis ao exercício da profissão policial-militar, cujas atividades visam à realização do bem comum, tais como o patriotismo, o civismo, a hierarquia, a disciplina, o profissionalismo, a lealdade, a constância, a verdade real, a honra, a dignidade humana, a honestidade e a coragem.

A avaliação será realizada no intuito de identificar condutas inadequadas e reprováveis do candidato, nos mais diversos aspectos da vida em sociedade, incompatíveis com o exercício da profissão policial-militar, impedindo a aprovação, dentre outras hipóteses possíveis, de candidato:

  • Alcoólatra ou alcoolista;
  • Toxicômano ou drogadicto;
  • Possuidor de antecedente criminal desabonador à conduta ilibada, à reputação e à idoneidade moral;
  • Possuidor de registro policial nas condições de averiguado, autor ou indiciado, desabonador à conduta ilibada, à reputação e à idoneidade moral;
  • Envolvido com a prática de contravenção penal;
  • Envolvido com a prática ou exploração de atividade ligada ao jogo de azar;
  • Envolvido com a exploração de atividade ligada à prostituição;
  • Envolvido com a incitação, exaltação ou apologia a atos de vandalismo;
  • Envolvido com a incitação ou prática de atos de perturbação de sossego;
  • Envolvido com a incitação, exaltação ou apologia a atos criminosos;
  • Autor de ato infracional desabonador à conduta ilibada, à reputação e à idoneidade moral;
  • Autor de infração penal de menor potencial ofensivo, nos termos do artigo 61 da Lei nº 9.099/95, desabonador à conduta ilibada, à reputação e à idoneidade moral;
  • Pessoa que mantenha relação de amizade, convivência ou conivência com indivíduos envolvidos em práticas delituosas, sabidamente lançadas à ambiência criminosa ou que possam induzir ao cometimento de crimes;
  • Envolvido com infração originada em posicionamento intransigente e divergente de indivíduo ou grupo em relação a outra pessoa ou grupo, e caracterizado por convicções ideológicas, religiosas, raciais, culturais, sexuais, étnicas e esportivas, visando a exclusão social;
  • Possuidor de postura e/ou comportamento que atentem contra a moral e os bons costumes;
  • Contumaz em cometer atos de indisciplina;
  • Envolvido em práticas de atos que possam importar em repercussão social de caráter negativo;
  • Possuidor de comportamento que possa comprometer a função de segurança pública ou confiabilidade da Polícia Militar do Estado de São Paulo;
  • Contumaz em infringir o Código de Trânsito Brasileiro, ter sido autuado ou visto cometendo infração que coloque em risco a integridade física ou a vida de outrem;
  • Com histórico de conduta violenta e/ou agressiva;
  • Frequentador de local incompatível com o decoro, cujas características das atividades ali desenvolvidas ofendam os valores e deveres éticos inerentes aos integrantes da Polícia Militar;
  • Possuidor de comportamento que atente contra a organização, hierarquia e a disciplina em estabelecimentos de ensino;
  • Possuidor de certificado escolar inidôneo, inválido, falsificado ou não reconhecido pelo órgão federal ou estadual de educação, quando identificado em atividade de diligência própria junto a estabelecimento de ensino frequentado pelo candidato;
  • Possuidor de atestado médico falso ou declaração falsa de trabalho em seu prontuário escolar ou profissional, quando identificado em atividade de diligência própria junto a estabelecimento de ensino e/ou profissional;
  • Possuidor de punição grave ou comportamento desabonador em seus locais de trabalho;
  • Demitido por justa causa nos termos da legislação trabalhista;
  • Demitido de cargo público, no exercício da função em qualquer órgão da administração direta ou indireta, nas esferas federal, estadual e municipal;
  • Em desacordo com o serviço militar obrigatório ou que tenham utilizado meio fraudulento para se esquivar de sua prestação;
  • Possuidor de comportamento desabonador nas Forças Armadas ou em qualquer uma das Forças Auxiliares;
  • Excluído ou licenciado a bem da disciplina nas Forças Armadas ou em qualquer uma das Forças Auxiliares;
  • Inadimplente em compromissos financeiros por fraude ou má-fé, ou habituais em descumprir obrigações legítimas;
  • Que apresente dados com inexatidão, omita dados relevantes, declare informações inverídicas ou revele desídia no preenchimento do Formulário desta etapa.

Concurso PM SP: Análise de Documentos

Esta fase do certame tem caráter eliminatório. o candidato deverá fazer a entrega dos documentos necessários à confirmação dos requisitos para a inscrição e comprovação das condições para a posse no cargo de Soldado PM de 2ª Classe.

Assim o candidato deverá acessar o site www.policiamilitar.sp.gov.br, no link “Concursos”, e realizar impressão dos formulários disponíveis (Relação de Documentos e Declarações).

O candidato deverá fornecer 1 cópia simples e legível dos seguintes documentos:

  • Cédula de Identidade (RG) ou Registro de Identidade Civil (RIC);
  • Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);
  • Comprovante de PIS/PASEP;
  • Título de Eleitor;
  • Certidão de Quitação Eleitoral, emitida pelo cartório eleitoral ou por meio do site www.tse.jus.br;
  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento, para quem possuir;
  • Certidão ou Diploma de Conclusão do Ensino Médio ou equivalente, expedido por estabelecimento de ensino público ou particular, devidamente reconhecido pela legislação vigente. Não serão aceitas declarações ou atestados de conclusão de curso ou das respectivas disciplinas. Nos cursos realizados na modalidade “à distância” para educação básica de jovens e adultos (EaD), deverá ser apresentada Certidão de Conclusão emitida pela Secretaria de Educação do próprio Estado em que foi realizado o referido curso;
  • Histórico Escolar do Ensino Médio ou equivalente, expedido por estabelecimento de ensino público ou particular, devidamente reconhecido pela legislação vigente;
  • Documento militar que comprove estar o candidato em dia com suas obrigações militares ou certidão expedida pela Junta do Serviço Militar, devidamente assinada por autoridade competente da respectiva Força Armada, assegurando que o candidato está quite com o Serviço Militar inicial, apenas nos casos em que não houve tempo hábil para expedição do documento militar definitivo;
  • O engajado nas Forças Armadas deverá observar as normas contidas na legislação do Serviço Militar;
  • Cópia da última declaração de Imposto de Renda apresentada à Secretaria da Receita Federal, acompanhada do respectivo recibo de entrega e das atualizações e/ou complementações ou apresentação de declaração de bens e valores firmada por ele próprio, nos termos da Lei nº 8.730/93, da Lei nº 8.429/92, do Decreto Estadual nº 41.865/97, com as alterações do Decreto nº 43.199/98, e do Decreto nº 54.264/09 (modelo disponível para download no link “CONCURSOS” na página da Polícia Militar do Estado de São Paulo);
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH), entre as categorias “B” e “E”.

Detalhes do Concurso PM SP

  • Concurso: Polícia Militar do Estado de São Paulo (Concurso PM SP)
  • Banca organizadora: Fundação Vunesp
  • Cargos: Soldado
  • Escolaridade: Nível Médio
  • Número de vagas: 2.700
  • Remuneração: R$ 3.164,58
  • Data das inscrições: De 15/08/2019 a 25/09/2019
  • Taxa de inscrição: R$ 50,00
  • Data da prova: 24/11/2019
  • Edital PM SP Completo

Quer garantir a sua aprovação no concurso PM SP? Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

Cursos Online para o Concurso PM SP

Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

WHATSAPP GCO

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
0

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *