Carreiras

Concurso Polícia Federal: SAIU O EDITAL com 500 vagas! Confira AQUI!

Concurso Polícia Federal: SAIU o edital com 500 vagas! Confira AQUI!

Polícia Federal divulga edital com 500 vagas para diversos cargos!

Acabou a espera! Acaba de sair o aguardado edital do Concurso Polícia Federal! O documento de abertura do certame foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 15 de junho.

São ofertadas 500 vagas imediatas, distribuídas entre os cargos de Delegado de Polícia Federal (150), Perito Criminal (60), Escrivão de Polícia Federal (80), Papiloscopista (30) e Agente de Polícia Federal (180).

Concurso Polícia Federal: Inscrições

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe receberá as inscrições dos interessados no período de 19 de junho de 2018 a 02 de julho de 2018, horário de Brasília/DF. O valor da taxa de participação é de R$ 180 para Agente e Escrivão e e Papiloscopista, R$ 250 para Perito e R$ 250 para Delegado de Polícia Federal. A data limite para o pagamento da taxa de inscrição é 20 de julho de 2018.

Concurso Polícia Federal: análise do edital e dicas de estudo

Os professores do Gran Cursos Online farão uma análise completa e gratuita do edital da Polícia Federal com muitas dicas de estudo para você conquistar a sua aprovação. A transmissão acontecerá ao vivo nesta sexta-feira, de junho, a partir das 19h para Agente, Escrivão, Perito e Papiloscopista  e 20h para Delegado. Preencha o formulário abaixo e participe!

Agente, Escrivão, Perito e Papiloscopista – 19h



Delegado de Polícia – 20h



Concurso Polícia Federal: Aulão de Revisão de Véspera – Gran Dicas

Realizaremos no dia 12 de junho, um dos nossos tradicionais Gran Dicas, aulão de revisão de véspera do Gran Cursos Online, desta vez com foco no concurso da Polícia Federal.  As opções são de eventos nos estados das regiões Norte ou Sul. Preencha o formulário abaixo e participe da votação!

Concurso Polícia Federal (PF): Requisitos e remunerações

Os cargos de agente e escrivão admitem graduados em qualquer área de formação. Os rendimentos iniciais para esses são de quase R$ 12 mil (também com o auxílio). Para os policiais lotados nas regiões de fronteira, a Lei 12.855 instituiu em 2013 o pagamento de uma indenização no valor de R$ 91 por dia de trabalho, podendo gerar ganhos adicionais de até R$ 2 mil por mês, aproximadamente.

Para delegado, é necessário o bacharelado em Direito, além de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. A remuneração oferecida para ambos é de R$ 22 mil no início da carreira, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458. 

Tabela com remunerações para o concurso polícia federal.

Tabela com remunerações para o concurso Polícia Federal.

Tabela com remunerações para o concurso Polícia Federal - cargos de nível médio.

Tabela com remunerações para o concurso Polícia Federal – cargos: Agente, Escrivão e Papiloscopista

Concurso Polícia Federal: Etapas

A seleção compreenderá duas etapas. A primeira composta de provas objetivas e discursivas, exame de aptidão física, exame médico, avaliação psicológica, prova prática de digitação (apenas escrivão), avaliação de títulos, prova oral (apenas delegado) e curso de formação profissional. Na segunda, os candidatos serão submetidos a um curso de formação profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, a ser realizado no DF.

As provas objetiva e discursiva estão previstas para o dia 19 de agosto de 2018. 

Para o cargo de Delegado a prova objetiva será composta de questões sobre Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Internacional Público e Cooperação Internacional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Direito Previdenciário e Direito Financeiro e Tributário.

Para Perito Criminal serão aplicadas questões sobre Língua Portuguesa, Informática, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos de acordo com a área do cargo.

Para Agente de Polícia Federal as questões serão sobre Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico, Informática e Contabilidade Geral 

Já para Escrivão de Polícia as questões serão sobre Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico, Informática, Contabilidade Geral e Arquivologia. 

Para o cargo de Papiloscopista as questões serão de Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico, Informática, Arquivologia, Biologia, Física e Química. 

As provas objetiva e discursiva  serão aplicadas em todas as capitais de estado e no Distrito Federal. Para a escolha de lotação serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados de  e em unidades de fronteira. No caso das provas orais, essas são realizadas apenas em Brasília.

Concurso Polícia Federal: Validade

O concurso terá a validade inicial de 30 dias, prorrogável uma única vez, pelo mesmo período, com a convocação imediata dos classificados.

Sobre a Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) é uma instituição policial brasileira, subordinada ao Ministério da Justiça, cuja função, de acordo com a Constituição de 1988, é exercer a segurança pública para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas, bem como dos bens e interesses da União, exercendo atividades de polícia marítima, aeroportuária e de fronteiras, repressão ao tráfico de entorpecentes,contrabando e descaminho, e exercendo com exclusividade as funções de polícia judiciária da União.

Detalhes concurso Polícia Federal:

  • Concurso: Departamento de Polícia Federal (Concurso Polícia Federal)
  • Banca organizadora: Cebraspe
  • Cargos: Agente; Escrivão; Delegado; Papiloscopista e Perito
  • Escolaridade: nível superior
  • Número de vagas: 500
  • Remuneração: até R$ 22 mil
  • Inscrições: 19 de junho a 02 de julho
  • Taxa: R$ 180 ou R$ 250
  • Data da prova objetiva: 19 de agosto de 2018 

Comece a sua preparação hoje mesmo com quem é imbatível em aprovação nas carreiras policiais.
O Gran Cursos aprovou mais de 7.300 alunos nos últimos concursos para o DEPEN,
PRF, Polícia Federal e PMDF.

Preparatórios online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!
Prepare-se com quem mais aprova e conquiste a sua vaga!

Matricule-se!

Cheguei Lá

17 Comentários

17 Comentários

  1. Vidigal

    15/06/2018 08:52 em 08:52

    Concurso com validade apenas de 30 dias, prorrogável por igual período? Muito curto…

  2. Nataniel Neves

    15/06/2018 09:37 em 09:37

    Prevejo nova seleção ano que vem!!!

    • herbert cleiton melo dos santos cleiton

      15/06/2018 11:54 em 11:54

      Vamos botar 2020.

  3. Juliana Sancho

    15/06/2018 09:55 em 09:55

    Não vi vaga para biólogo para perito. Ele entra em algum dos cargos ou não vai poder concorrer?

    • Fabricio

      15/06/2018 14:17 em 14:17

      Acho que não tem mesmo. Se bem que as disciplinas de engenharia florestal cabem ao biólogo tb. Quero ver o CRBIO brigar por isso.

  4. Larissa

    15/06/2018 13:36 em 13:36

    Absurdo o valor das taxas de inscrições. Concurso era pra ser algo que todos pudessem ter acesso. Tudo bem cobrar um valor, sabemos que tem custos ao se realizar uma prova, mas esses valores na realidade de muitos brasileiros não cabem no bolso.

    • Jonathan

      15/06/2018 13:58 em 13:58

      Concurso público é pra gente rica, Larissa. Qual pessoa que ganha um salário mínimo, ou até mesmo dois, nesse país vai ter condições de bancar uma inscrição dessas e, pagar por exames médicos, que custarão uns 2 mil reais e, ainda, comprar aquele monte de coisas, para o enxoval?

      • Julio Cesar Rolim

        15/06/2018 18:47 em 18:47

        Isso não é gasto…é INVESTIMENTO!

        • Jonathan

          15/06/2018 22:53 em 22:53

          Chame do que quiser, mas isso não muda o fato de que a maioria dos brasileiros, que vive de salário mínimo, jamais terá condições financeiras de INVESTIR num concurso desse.

    • Master

      16/06/2018 01:56 em 01:56

      Bem lembrado, Larissa !
      Na verdade concurso no Brasil é uma farsa, assim como quase tudo!
      Pra que diabos um agente precisa saber estatística ??? Nem o pessoal das graduações em exatas (engenharias etc) costumam usar estatística que dirá um agente de polícia. Então pra que serve?? Essa como tantas outras disciplinas que estão sendo colocadas ultimamente em concursos servem apenas pra forçar uma “elitização” nos concursos, da pior maneira possível! .. passa aquele que pode pagar cursinhos focados em bancas etc.
      Ou Seja, cria-se uma dificuldade pra sociedade em geral participar de tais certames, tanto pelo valor da inscrição mas pior ainda o valor dos cursinhos (R$ 1000, 2000 , 3000 …).
      Não se avalia capacidade, cultura, curriculum Lattes ou vitae, conhecimento nem nada de valor ou de útil, ou seja, é tão somente mais um instrumento de arrecadação pro Estado e pra algumas empresas “selecionadas” e de mantenimento do Status Quo social : Aquele que nasceu na merda fica na merda! (Uma espécie de Casta à brasileira.
      Depois analise-se os aprovados dos diversos concursos (inclusive os considerados “Tops”: Auditores, Magistratura, Mp, etc), Um bando de medíocres de baixa cultura e pouca capacidade intelectual. Verdadeiros robôs de resolução de “Bancas” (SIM! de Bancas, são treinados pra uma banca específica se fizerem pra outra em geral se dão mal). E saem alardeando por aí Toda sua (Pseudo)Meritocracia. Enfim, ainda somos a República das bananas, mais recentemente republiqueta ou menos que isso.

      • Elanne

        16/06/2018 13:13 em 13:13

        Apóio, tudo que você disse e além disso tudo existe denúncia de suicídio de certos agentes nesta área, são mandados para fronteira sem ter onde dormir e além de irem com dinheiro do seu bolso e também sem estadias sem munições sem nada jogam eles lá sem defesa nenhuma eles abafam toda essa denúncia. Bando de aproveitadores.

      • Decepador de mimizentos!

        19/06/2018 11:58 em 11:58

        mimimi concurso é isso.
        mimimi concurso é aquilo.
        Não tá gostando? vaza!
        O edital te surpreendeu? acredite, você não foi o único. No entanto, fazendo uma análise crítica deu pra perceber o que a PF quer. E não é uma pessoa como você que vai saber mais do que a PF.

  5. Eliane Cesar

    15/06/2018 15:02 em 15:02

    Valor Alto das inscrições e e validade do concurso absurda.
    Tão de brincadeira, só pode!!
    Eliane

  6. TIAGO R

    15/06/2018 15:32 em 15:32

    Esse edital veio motivacional kkkkkkkkkk#SQN#

  7. Alex

    15/06/2018 17:55 em 17:55

    Este concurso realmente está esquisito, é para não querer recrutar ninguém!!!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo