Concurso Polícia Federal: MPF recomenda reabrir inscrições

Concurso Polícia Federal: MPF pede alterações no edital de abertura e novo prazo de aceite de candidaturas às pessoas com deficiência

Avatar


25 de Fevereiro 2 min. de leitura

A Procuradoria da República no Estado de Minas Gerais representada pelo Ministério Público Federal realizou uma recomendação ao diretor-geral da Polícia Federal e à direção-geral do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção – Cebraspe em relação ao concurso Polícia Federal.

O MPF recomenda retificações no edital de abertura, esse publicado em 15 de janeiro, e a tomada de providências aos interessados em concorrer às vagas para pessoas com deficiência. Isso porque, de acordo com o texto, há a dificuldade (financeira, burocrática, de acesso, entre outras) que candidatos podem enfrentar para cumprir a exigência disposta no edital, uma vez que grande parte dos cidadãos brasileiros não dispõe de convênio na rede particular de saúde e a marcação de consultas no Sistema Único de Saúde – SUS – pode ser devagar, devido à grande demanda, que inclusive se encontra acentuada, atualmente, no contexto da pandemia de Covid-19.

Confira o documento na íntegra

As recomendações são:

  • Excluir a exigência prevista no item 5.2 quanto à apresentação, pelos candidatos com deficiência, de parecer emitido por equipe multiprofissional e interdisciplinar formada por três profissionais;
  • Possibilitar que sejam aceitos laudos médicos que atestem a espécie e o grau ou nível da deficiência do candidato (mantendo-se a expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças – CID, bem como a provável causa da deficiência) subscritos por médico inscrito no Conselho Regional de Medicina, com o número da sua inscrição;
  • Reabrir o prazo para a inscrição de candidatos com deficiência, de modo a possibilitar a inscrição daqueles que não a realizaram em virtude de tal exigência, mantendo-se a validade dos pareceres que já tenham sido apresentados nos termos do edital, por quem o tenha feito.

Concurso PF

O período de aceite de inscrições foi entre 22 de janeiro e 09 de de fevereiro de 2021 no site do organizador Cebraspe. A seleção oferta 1.500 vagas para provimento imediato, sendo 77 destinadas às pessoas com deficiência. As ocupações indicadas são: Agente, Escrivão, Papiloscopista e Delegado. As provas estão previstas para serem aplicada no dia 21 de março de 2021 (domingo).

 

Saiba tudo sobre o concurso Polícia Federal

Resumo do Concurso Polícia Federal 2021

Concurso Polícia Federal
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos – CEBRASPE
Cargos Delegado, Papiloscopista, Agente e Escrivão de Polícia
Escolaridade Nível superior
Carreiras Policial e segurança pública
Lotação Nacional
Número de vagas 1.500 para provimento imediato e 500 para formação do cadastro de reserva
Remuneração iniciais de R$ 12,5 mil a R$ 23,6 mil
Inscrições de 22 de janeiro até às 18h do dia 11 de de fevereiro de 2021 (inscrições encerradas)
Taxa de inscrição de R$ 180,00 a R$250,00
Data da prova objetiva 21 de março de 2021 (domingo)
Link do edital Clique aqui para ver o edital Polícia Federal 2021

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Comece a estudar no Gran Cursos

Depoimentos relacionados

Natural de Aracaju, a professora Érika Ramos decidiu ingressar na conquista pelo cargo público por 2 principais razões: a busca…

Persistência e dedicação sempre foram palavras que permearam a vida de Elisa da Silva Gomes Lana, natural de Costa Verde…

Daniele Laís saiu de seu emprego no SENAC DF aproveitando um momento de mudança no seu cargo, hoje extinto, e…

Evelyn Rodrigues é natural de Brasília/DF, mas hoje mora em Aracaju/SE, onde realizou e foi aprovada no Concurso Prefeitura Barra…

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

3

Comentários (3)

Avatar Rafael 25 de Fevereiro

Com todo respeito aos portadores de deficiência mas penso que esta decisão estaria ferindo o princípio da igualdade e tratando de forma privilegiada e desigual os portadores de necessidades especiais.

 Responder

Avatar Maria Nilva Pimentel Oliveira 25 de Fevereiro

Decisão correta e justa. Valeu obrigada.

 Responder

Avatar Edmilson Oliveira Nascimento 25 de Fevereiro

Louvável decisão da procuradoria, é MPF.

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *