Norte

Concurso TRE TO: Saiu o edital para nível médio e superior! Até R$ 12 mil!

Concurso TRE TO 2016 é anunciado para oferta de nível médio e superior!

Concurso TRE TO é para oferta em carreiras de nível médio e superior. Inicial de até R$ 12 mil.

Concurso TRE TO oferece chances para nível médio e superior!

A previsão se confirmou! O Tribunal Regional Eleitoral do Estado (Concurso TRE TO) divulgou no Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 18 de agosto, o aguardado edital TR TO para abertura de concurso público para o provimento de cargos para técnicos e analistas. 

São oferecidas, inicialmente, 10 vagas imediatas, além das que surgirem na validade do certame, de dois anos, podendo dobrar.

As inscrições começam já na próxima às 10 horas do dia 4 de setembro de 2017 e seguem até 18 horas do dia 2 de outubro de 2017, observado o horário oficial de Brasília/DF, pelo site do Cebraspe. A taxa está fixada no valor de R$ 95 para Analista Judiciário e R$ 75 para Técnico Judiciário, devendo ser paga até o dia 30 de outubro de 2017.

Dicas de estudo e análise completa do edital TRE TO

Neste vídeo, que vai ao ar às 16h30, nossos professores explicam os detalhes do edital para o concurso TRE TO. A justiça eleitoral, depois de ficar responsável pela implantação do Registro Nacional do Cidadão, cadastro único que substituirá todos os demais documentos hoje vigentes (como o RG, CPF, título de eleitor e etc), precisará contratar mais servidores, em conjunto, com a alteração do Artigo 40 da Constituição Federal, que modificará a aposentadoria dos servidores públicos, haverá aumento de vacâncias nos órgãos públicos.

Veja abaixo todas as dicas de estudo de ambos os professores e comece a se preparar para seu novo futuro cargo público!

Vagas e requisitos do concurso TRE TO

Analista Judiciário – Área: Judiciária

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades privativas de bacharel em Direito, relacionadas com processamento de feitos e apoio a julgamentos.

Analista Judiciário – Área: Administrativa

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: executar atividades de nível superior, relacionadas com as funções de administração
de recursos humanos, administração de recursos materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, de controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e de suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais

Analista Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Contabilidade

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC e registro no órgão de classe específico.

Atribuições: executar atividades de planejamento, execução, controle e avaliação de operações
contábeis relacionadas com programação e execução financeira; etc.

Técnico Judiciário – Área: Administrativa

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Atribuições: executar atividades de nível médio relacionadas com as funções de administração
de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Programação

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, em conjunto com curso(s) de programação de sistemas, com carga horária total de, no mínimo, 120 horas-aula, admitida a soma da carga horária de cursos para cumprimento dessa exigência, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente, sendo também aceitas horas-aula das disciplinas de programação, banco de dados e engenharia de software, em curso técnico ou superior na área de Tecnologia da Informação, cursadas em instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Atribuições: executar atividades de nível médio relacionadas com a programação de sistemas informatizados.

Remunerações concurso TRE TO

O sonho de servir à sociedade em um órgão famoso por oferecer boas remunerações não é o único combustível que deverá atrair milhares candidatos. A estabilidade no emprego, por conta da contratação pelo regime estatutário, é outro atrativo dos cargos do concurso TRE TO. Os iniciais das carreiras podem alcançar a casa do R$ 12 mil para analistas.

A remuneração do Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades serão de R$ 11.007, somado aos auxílios-alimentação e saúde, chegam a R$ 11.921, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenham filho.

O valor de um Técnico Judiciário é de R$ 6.709, somados aos mesmos benefícios básicos, é de R$ 7.893, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenham filho.

Todos os valores mencionados estão de acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho deste ano pelo governo, onde são reajustados tanto o salário-base quanto a gratificação de atividade judiciária (GAJ). No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701.

Vagas e lotação dos aprovados no concurso TRE TO

Os candidatos nomeados para o cargo 2: Analista Judiciário – Área Administrativa; para o cargo 3: Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Contabilidade; e para o cargo 5: Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Programação de Sistemas, segundo a ordem de classificação no concurso, serão lotados na Secretaria do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins.

Os candidatos nomeados para o cargo 1: Analista Judiciário – Área Judiciária e para o cargo 4: Técnico Judiciário – Área Administrativa, segundo a ordem de classificação no concurso, serão lotados, a critério do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins, em cartório eleitoral no interior do Estado do Tocantins, em que haja disponibilidade de vagas, nos termos da Resolução TSE nº 23.391/2013.

Respeitados os empates na última colocação, serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados nas provas objetivas e classificados conforme quadro a seguir:

Vagas e lotação dos aprovados no concurso TRE TO

Vagas e lotação dos aprovados no concurso TRE TO

Etapas do concurso TRE TO

Os candidatos inscritos no concurso TRE TO serão avaliados pelas seguintes fases, para todos os cargos, de responsabilidade do Cebraspe: provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório; prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório.

As questões das provas objetivas serão do tipo múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E), sendo uma única resposta correta, de acordo com o comando da questão. Os exames serão aplicados na data provável de 3 de dezembro de 2017, no turno da manhã para nível superior, e à tarde para nível médio.

Etapas do concurso TRE TO

Etapas do concurso TRE TO

Será disponibilizada, no dia 8 de dezembro de 2017, relação das questões cujos gabaritos foram objetos de recurso.

Critérios para aprovação:  Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir: a) obtiver nota inferior a 5,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos gerais P1; b) obtiver nota inferior a 5,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2.

Prova discursiva do concurso TRE TO

A prova discursiva (P3) valerá 10,00 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, conforme especificações a seguir.

  •  Tema relacionado ao Direito Constitucional e(ou) Direito Eleitoral para o cargo 1 (Analista Judiciário – Área Judiciário);
  •  Tema relacionado à Administração Pública para o cargo 2 (Analista Judiciário – Área Administrativa);
  •  Tema relacionado(s) à Contabilidade Pública para o cargo 3 (Analista Judiciário – Área Administrativa – especialidade: Contabilidade);
  • Tema atual relacionado ao mundo contemporâneo divulgado pelos meios de comunicação para o cargo 4 Técnico Judiciário – Área: Administrativa);
  •  Tema relacionado aos conhecimentos específicos para o cargo 5 (Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas)

Será aprovado na prova discursiva o candidato que obtiver NP3 >= 6,00 pontos.

Matérias do concurso TRE TO

Técnico – Área Administrativa

  1. LÍNGUA PORTUGUESA;
  2. NOÇÕES DE INFORMÁTICA;
  3. NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS;
  4. REGIMENTO INTERNO DO TRE/TO;
  5. NOÇÕES SOBRE DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA;
  6. NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO;
  7. NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL;
  8. NOÇÕES DE DIREITO ELEITORAL;
  9. NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA;

Detalhes concurso TRE TO:

  • Concurso: Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins  (Concurso TRE-TO)
  • Organizador: Cebraspe
  • Cargo: Analista; Técnico
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: 10 + CR
  • Remuneração: Até R$ 12 mil
  • Inscrições: Entre 4 de setembro e 2 de outubro de 2017
  • Valor da inscrição: R$ 75 e R$ 95
  • Data da prova objetiva: 3 de dezembro de 2017

Edital

Gostou desta oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

Matricule-se!

garantia-de-satisfacao-30


tribunais grupo

Para o Topo