Concurso TRF4: confira os detalhes das provas!

Concurso TRF4: saiba tudo sobre as etapas de provas.

Concurso TRF4: confira os detalhes das provas

Concurso TRF4: confira os detalhes das provas

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região publicou o aguardado edital de seu concurso público (Concurso TRF4).

A banca responsável pelo certame é a Fundação Carlos Chagas – FCC.

Concurseiro, no período que antecede a prova é importante ir se preparando com as informações e ferramentas já disponibilizadas.

Um ótimo guia a ser seguido é o edital do concurso. Este edital TRF4 deve ser utilizado como base para a organização e planejamento dos seus estudos.

Por isso, faça uma leitura atenta e minuciosa e retire dele as principais informações.

Fique atento às etapas de provas, veja quais matérias serão cobradas, o conteúdo que costuma cair, o quantitativo de questões, o tipo de questões (certo ou errado ou múltipla escolha), as pontuações atribuídas as provas, o peso de cada questão e a forma como serão estruturadas.

Observe, também, as regras que devem ser seguidas no dia da realização da prova.

Estudar e seguir um planejamento de forma antecipada é essencial para garantir um bom desempenho e conquistar a aprovação. Foi pensando em você, concurseiro, que elaboramos esta matéria detalhando todas as etapas de provas do concurso TRF4.

Etapas do concurso TRF4

O concurso TRF4 oferta vagas para os cargos de Analista Judiciário, distribuídas nas seguintes áreas e especialidades:

  • Analista Judiciário – área Judiciária;
  • Analista Judiciário – área Judiciária – Oficial de Justiça Avaliador Federal;
  • Analista Judiciário – Apoio Especializado – Sistemas de Tecnologia da Informação;
  • Analista Judiciário – Apoio Especializado – Infraestrutura em Tecnologia da Informação.

Também foram destinadas vagas para os cargos de Técnico Judiciário, conforme listados abaixo:

  • Técnico Judiciário – Administrativa;
  • Técnico Judiciário – Administrativa – Segurança e Transporte;
  • Técnico Judiciário – Apoio Especializado – Tecnologia da Informação.

Concurso TRF4 conta com as seguintes etapas:

  • prova objetiva;
  • estudo de caso;
  • discursiva-redação;
  • prova de capacidade física.

Provas objetivas do concurso TRF4

Todos os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas de múltipla escolha, de caráter habilitatório e classificatório, que versarão sobre os conteúdos de:

  • Português;
  • Raciocínio Lógico-matemático;
  • Conhecimentos Específicos;
  • Noções de Direito (somente para os cargos de Analista Judiciário-Apoio Especializado-Infraestrutura em Tecnologia da Informação, Analista Judiciário – Apoio Especializado – Sistemas de Tecnologia da Informação, Técnico Judiciário – Área Administrativa – Segurança e Transporte e Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação).

Prova de estudo de caso 

Serão aplicadas provas de estudo de caso para os candidatos aos seguintes cargos do concurso TRF4:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária;
  • Analista Judiciário- Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Infraestrutura em Tecnologia da Informação;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Sistemas de Tecnologia da Informação;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Segurança e Transporte.

As provas de estudo de caso ocorreram no mesmo dia e horário que as provas objetivas, 04 de agosto de 2019. Elas constarão de duas questões práticas, e os candidatos terão de apresentar as soluções por escrito.

Os temas abordados na prova de estudo de caso terão como base conteúdo pertinente aos conhecimentos específicos.

Critérios de avaliação da prova de estudo de caso

A prova de estudo de caso terá caráter eliminatório e classificatório. As questões serão avaliadas na escala de 0 a 10 pontos, e será considerado habilitado o candidato que obtiver, no conjunto das duas questões, média igual ou superior a 5 pontos.

A nota zero será atribuída a ocorrências dos seguintes casos:

  • Fuga do tema proposto;
  • Apresentação de texto de forma não articulada verbalmente, ou seja, desenhos, palavras soltas, números ou versos; e de textos em locais inapropriados;
  • Assinatura fora do local apropriado;
  • Prova em branco;
  • Escrita de forma ilegível ou incompreensível.

Prova discursiva-redação

Os candidatos a carreira de Técnico Judiciário – Área Administrativa serão submetidos à prova discursiva-redação.  A avaliação será aplicada no mesmo dia e horário das provas objetivas e consistirá na elaboração de um texto dissertativo, de no mínimo 20 linhas e máximo de 30 linhas, a partir de uma única proposta.

Critérios de avaliação da prova discursiva-redação

O texto da prova discursiva-redação será corrigido levando em consideração os critérios de:

  • Conteúdo – até 5 pontos;
  • Estrutura – até 4 pontos;
  • Expressão – até 1 ponto.

Será atribuída nota zero à prova discursiva-redação que:

  • Fugir da modalidade do texto exigido;
  • Apresentar textos de forma não articulada verbalmente;
  • Conter assinatura em local inapropriado;
  • Estiver em branco;
  • Apresentar letra incompreensível ou ilegível.

De caráter eliminatório e classificatório, a prova discursiva-redação será avaliada na escala de 0 a 10 pontos. Para ser considerado habilitado, o candidato precisa de obter nota igual ou superior a 5 pontos.

Prova prática de capacidade física

Para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte, haverá a aplicação de prova prática de capacidade física.

Serão convocados para realizar a prova os candidatos habilitados e mais bem classificados nos somatórios das notas das provas objetivas e do estudo de caso.

A prova prática de capacidade física submeterá os candidatos aos testes de flexão com cotovelo em 90º, teste abdominal e teste de corrida de doze minutos.

Para os homens é solicitado no mínimo 10 repetições, em 1 minuto, no teste de flexão com o cotovelo 90º, 17 abdominais, no mínimo, e corrida de até 2.300 metros em 12 minutos.

Já para as mulheres será cobrado no mínimo 4 repetições, em 1 minuto, no teste de flexão com cotovelo em 90º, 12 abdominais, no mínimo, e corrida de até 2.000 metros em 12 minutos.

Atenção: as repetições do teste de flexão com cotovelo em 90º e abdominais variam de acordo com a idade do candidato.

Aplicação das provas

Todas as provas objetivas, estudo de caso e discursiva-redação serão realizados em cidades dos três estados da Região Sul.

Confira:

  • Rio Grande do Sul:
    • Canoas, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Santo Ângelo e Uruguaiana.
  • Santa Catarina:
    • Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages.
  • Paraná:
    • Cascavel, Curitiba, Guarapuava, Londrina e Umuarama.

No período da manhã serão aplicadas as provas para os cargos de Técnico Judiciário, e no período da tarde para os cargos de Analista Judiciário.

Já a prova prática de capacidade física serão aplicadas nas cidades de Porto Alegre – RS, Florianópolis – SC e Curitiba – PR, na data prevista de 03 de novembro de 2019.

Gran Vade Mecum Concurso TRF4

Estudando para o concurso TRF4? O Gran Cursos Online disponibiliza gratuitamente o Gran Vade Mecum TR4 que tem como objetivo ajudá-lo(a) na memorização dos detalhes das normas e leis que serão cobradas nas provas do concurso TRF4 aliando teoria à prática por meio de resolução de questões de concursos anteriores.

Preencha o formulário abaixo e baixe seu e-book gratuito:

 


Detalhes do concurso TRF4

  • Concurso: Tribunal Regional Federal da 4ª Região (concurso TRF4)
  • Banca organizadora: FCC – Fundação Carlos Chagas
  • Cargos: Técnico e Analista
  • Escolaridade: nível médio e superior
  • Número de vagas: cadastro reserva
  • Remuneração: até R$ 12,4 mil
  • Período de inscrição: de 03/06/2019 a 26/06/2019
  • Taxa de inscrição: R$ 71 (superior) e R$ 61 (médio/técnico)
  • Data da prova: 04 de agosto de 2019

WHATSAPP GCO: receba gratuitamente notícias de concursos! Clique AQUI!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 920.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Anna Rodrigues
Anna Rodrigues
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
5 Comentários

5 Comentários

  1. Thays

    14/06/2019 11:16em11:16

    Alguém sabe me informar se é possível prestar concurso para o ensino superior e também para o médio?

    • Carlos

      19/06/2019 11:00em11:00

      Sim, é possível. Você precisa fazer (e pagar) as duas inscrições. O motivo da possibilidade é que o horário das provas de Ensino Médio e Superior serão realizadas em turnos diferentes.

  2. JONAS

    21/06/2019 17:27em17:27

    Alguém do DF querendo dividir carona pra fazer a prova no PARANÁ?

    • Cleidenya

      25/06/2019 20:06em20:06

      Vou fazer a prova. Mas estou em dúvida se compensa ir de carro.

  3. Luiz Cláudio Basilio de Oliveira

    22/06/2019 23:52em23:52

    Quantas questões caem por disciplina?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo