Divã do Concurseiro

Decifra-me ou te devoro. Por: Juliana Gebrim

Fala-se tanto em autoconhecimento. “Conhece-te a ti mesmo”. Há séculos falamos nisso. E as respostas para vocês não estão escancaradas. Mas, para nós, profissionais da área de saúde, está tudo muito claro. Não há nenhuma forma de autoconhecimento, de mudança, se não for analisada a história de vida do indivíduo. Sem esse nível de profundidade, é impossível. Sim, temos memória emocional.

Vamos falar sobre emoções?

Só vejo pessoas que são bem resolvidas de forma permanente, profunda e com segurança a partir do momento em que conhecem as suas emoções. Aqui estamos falando de equilíbrio emocional. CONSTÂNCIA. Não há excesso de positivismo ou negativismo. São pessoas e as suas peculiaridades. Sim, somos humanos. Temos altos e baixos e precisamos de informações sobre os motivos pelos quais estamos agindo na construção ou destruição de nossas vidas.

Quando não conhecemos algo, estamos predispostos a querer uma ajuda rápida. Como fast food. Mas, com emoções, não é bem assim. Tudo que é fast preenche de forma momentânea, e a longo prazo adoece. É tapar um buraco com isopor. Algumas serão silenciosas, maldefinidas e desembocarão em algo muito mais grave.

A PhD em Psicologia Susan David, contra a ditadura da positividade, que faz com que tenhamos a aparência de tudo estar muito bem o tempo todo (vide as redes sociais), esclarece a história de vida do indivíduo em uma fala: “A agilidade emocional é a ausência de fingimento e atuação, o que confere às nossas ações um poder maior, porque elas emanam dos nossos valores básicos e da nossa força essencial. Uma coisa sólida, genuína e REAL”.

Questões graves como uma depressão ou uma anemia se confundindo com falta de motivação, “ajuda” com concepções superficiais, denominações equivocadas de termos psicológicos. Isso tem feito as pessoas adoecerem cada vez mais e serem devoradas pelo aspecto emocional. De uma forma geral, existe uma incompreensão de que estão se deparando com emoções, que aquilo deve passar rápido. Como passar rápido se eu não controlo ? Se não sei a causa?

Pesquisas em Psicologia demonstram que tudo que bloqueamos tende a crescer com o tempo de forma exponencial, em um fenômeno que chamo de “inundar com as emoções”.

Isso quem está falando não sou eu. São pesquisas sobre ansiedade que estão com números altíssimos, índices de suicídio batendo recordes. Pessoas vazias e deprimidas. São exames de neuroimagem cerebral, níveis de serotonina, dopamina, cortisol. Check-ups de forma geral. Sim! É comprovado.

Cinco dicas em 1 hora, 3 passos em 2 horas, 60 horas em uma semana. Promessas em números. Contas de emoções.  Faz sentido para vocês?  Para mim, nenhum.

Ansiedade não contabiliza horas, pelo contrário, o tempo escoa. Nem quero olhar relógio, pois me deixa mais ansiosa. Depressão não se soma em horas: aqui é contagem regressiva. Quanto mais estiver perto do final do dia, melhor. O tempo passa lentamente. Na síndrome do pânico, por exemplo, segundos parecem horas. Assim como nas fobias. A autoestima pode ser destruída em segundos no espelho. Ou com uma crítica “construtiva”. E a autossabotagem, a desmotivação e as doenças psicossomáticas não são frescura ou sinal de fraqueza.

Quem é você, depressão? Tenho sentimentos de tristeza, desesperança e inutilidade. E me confundem com falta de motivação ou coragem….

Quem é você, ansiedade? Trago-lhe paralisia, frustrações, falta de produtividade, insônia, pensamentos repetitivos. E me confundem com “piti”…

Quem é você, pânico? Trago-lhe em segundos a sensação de que você irá morrer….

Quem é você, autossabotagem? Trago-lhe a sensação de paralisia, muitas vezes por uma vida inteira, trazendo danos que podem ser irreversíveis na vida…

Quem é você, baixa autoestima? Trago-lhe uma sensação de ser o único a se sentir inadequado e incapaz…

Quem é você, estresse? Trago-lhe doenças graves com o tempo, uma mania, a sensação de que tudo que faço não é o suficiente…

Esses só foram alguns exemplos de “sensações”. Ao identificá-las, você se reconcilia com a sua história e suas emoções. Dê um nome a elas. Trate-as sempre com um profissional da área da saúde.

Se deixar levar a vida te levar, uma hora ou outra, ela resolverá essa parada te devorando. E a deglutição pode ser silenciosa, lenta e progressiva. Algumas vezes, irreversível.

Juliana Gebrim

Psicóloga clínica e neuropsicóloga conhecida e reconhecida por seu trabalho e palestras em todo o Brasil. Inúmeras especializações. Psicóloga clínica (UNB – Universidade de Brasília). Mestrado (UNB). Trabalho de 2 anos com o gênio Luiz Pasquali (LABPAM-UNB). Neuropsicóloga (IPAF-Instituto de Psicologia Aplicada e Formação de Portugal). Terapeuta com certificado internacional pelo Institute EMDRIA e EMDR Ibero-Americano-Francine Shapiro-(EUA). Terapeuta especialista em Brainspotting com David Grand(CA-EUA). Psicóloga perita(UNB-CEFTRU). Psicóloga especialista em Play of Life com CarlosRaimundo (Austrália). Terapeuta especialista em Barras de Access Conciousness com Jeffrey L. Fannin. Especialista em Thetahealing com Leonardo Codignoli(Brasília). Especialista em PMK(Psicodiagnóstico Miocinético). Experiência de 20 anos em psicoterapia,sendo 10 anos atuando em ambulatório e hospital-dia psiquiátrico(CAAP-VIDA). PRIMEIRA e ÚNICA psicóloga no BRASIL a fazer uma teoria usada em clínica , e patenteada em 5 esferas, sobre EQUILÍBRIO EMOCIONAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS. Trabalho com dezenas de resultados e amplamente divulgado em todo o Brasil, pelos pacientes. Palestrante, professora de EQUILÍBRIO EMOCIONAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS,em vários cursinhos preparatórios. Palestra já vista por mais de 20 mil pessoas. Programa na plataforma do Gran Cursos Online: Divã do Concurseiro.


 

WHATSAPP GCO: receba gratuitamente notícias de concursos! Clique AQUI!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

 

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 920.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Cheguei Lá

4 Comentários

4 Comentários

  1. Flávio César

    30/05/2019 16:16 em 16:16

    Essa mulher tem 10 artigos aqui no gran cursos. Todos eles te dá um tapa na cara e você não sabe nem de onde vem. Parabéns pelo seu trabalho.

    • Ju

      08/06/2019 15:58 em 15:58

      Kkkkkkk obrigada!!!

  2. Lana

    02/06/2019 10:27 em 10:27

    Parabéns pelo artigo, já me senti assim em quase todas situações, sei bem como é essa sensação, vc conseguiu descrever o sentimento real de cada uma das situações.

    • Juliana Gebrim

      04/06/2019 18:32 em 18:32

      Obrigada!!!!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo