#PergunteaoGG

#PergunteaoGG (7): Qual é a melhor forma de revisar tudo quando se tem pouco tempo disponível para isso?

Olá, mestre Gabriel Granjeiro!

Minha dúvida é em relação à revisão do conteúdo quando a data da prova se aproxima. Qual é a melhor forma de revisar tudo quando se tem pouco tempo disponível para isso, cerca de 2 ou 3 horas por dia, apenas?
Everton, Passo Fundo – Rio Grande do Sul

Oi, caro Everton!

De fato, a recomendação que os nossos professores dão e os nossos alunos seguem – e com muitos relatos de aprovação – é de aproveitar os dois meses que antecedem a prova para fazer o maior número possível de revisões do conteúdo estudado.

Há uma fórmula sugerida por muitos dos nossos mestres que garante que o candidato tire o máximo proveito dessas revisões. Ela começa pela escolha da carreira, que deve ser feita sempre de acordo com a vocação do candidato. Em seguida, este deve separar o material que usará como fonte de consulta durante a preparação. Esse material será a base para os resumos, os esquemas, os gráficos, os mnemônicos etc. (veja AQUI nosso artigo sobre as técnicas de estudo mais eficientes). Na sequência, o concurseiro deve se inscrever em um curso preparatório – presencial e/ou online (confira AQUI os nossos cursos) – e começar a assistir às aulas.

Agora, Everton, vêm os passos que podem fazer toda a diferença no fim, por isso peço sua especial atenção: à medida que progride nos estudos, o candidato tem de ir elaborando inúmeros resumos, ao mesmo tempo que resolve tantas questões de provas anteriores quantas conseguir; no mínimo 50 por dia.

Explico: a revisão que você deve fazer nos últimos meses antes da realização do concurso consiste na leitura desses resumos, mais especificamente dos relativos às disciplinas básicas – aquelas que caem em todo concurso público. Quando já tiver dominado essas disciplinas, o estudante deve atacar com muita vontade as matérias específicas que têm maior peso na nota final do concurso e, portanto, representam um grande diferencial como critério de desempate.

Uma técnica excelente para potencializar os efeitos dessa revisão é ir aprimorando e complementando os resumos (veja AQUI um artigo sobre eles) à medida que eles são lidos e que o candidato resolve as questões de certames anteriores. Durante esse processo, é comum identificar assuntos que não se chegou a estudar. Quando o aluno depara com um item ou uma questão cobrada cujo tema não está contido no resumo, deve voltar ao material de apoio, estudar a lição que ficou pendente e incluí-la no resumo, para ser revisada – de novo – nas duas semanas que antecedem o dia “D”.

Mas veja bem: o maior diferencial do candidato é como ele aproveita o escasso tempo de preparação. Ele precisa ter muito foco e dedicar-se de corpo e alma. Deve apaixonar-se verdadeiramente pela rotina e pelo caminho até a aprovação.

Então, Everton, de forma bem objetiva e sincera, meu conselho é: programe-se para aproveitar esses dois meses que antecedem a prova para devorar o conteúdo e dominar aqueles pontos mais cobrados por seu maior inimigo atual, a banca examinadora (veja AQUI a série “Quebrando a Banca Cespe e AQUI sobre a FCC) e conheça profundamente quem você está enfrentando.

Espero que esta resposta, embora breve, tenha sido útil.

Bons estudos e GRAN sucesso,

PS: Siga-me em minha página do Facebook e em meu perfil do Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.


Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e fundador do Gran Cursos Online e da GG Educacional. Sempre soube que a sua missão de vida era ser empreendedor. Por força do destino, ingressou no mercado de concursos muito novo, há mais de 10 anos. Acumulou experiências de grande valia ao acompanhar as atividades empresariais de seus pais, ambos ex-servidores com quase 3 décadas de experiência no mercado de concursos. Em 2013, decidiu que queria montar sua própria empresa e convidou o amigo Rodrigo Calado, também muito experiente na área, para ser o seu sócio. Nasceu ali a GG Educacional, uma organização totalmente dedicada à educação a distância, cujo lema é: “Ensino aliado à tecnologia”. Esse foco, em conjunto com o trabalho de colaboradores e professores dedicados e altamente especializados, resultou em crescimento exponencial ao longo dos últimos 2 anos. Atualmente, o Gran Cursos Online, principal marca da empresa, está entre as maiores do País e é referência em sua esfera de atuação.

É formado em Administração e Marketing pela New York University Stern School of Business, instituição de grande destaque no mundo corporativo. Nela, estudaram empreendedores de sucesso, como Jack Dorsey (fundador do Twitter) e John Paulson (fundador e presidente de um dos maiores fundos de investimento do mundo). Lá, participou de projetos desafiadores, interagindo com alunos do mundo inteiro e de visões muito diferentes da sua. Essa educação global e empreendedora hoje faz parte do DNA de Gabriel e da empresa que ele lidera, onde busca oferecer aos alunos o que há de melhor; tudo para ajudá-los a atingir os seus objetivos e a mudar de vida.

Para o Topo