Concurseiro Saudável

Preparação para o TAF – Parte I

Preparação para o TAFO Teste de Aptidão Física, mais conhecido como TAF, é uma das etapas dos concursos públicos da área de segurança pública (polícias federal, civil, militar, rodoviária federal; bombeiros; agentes do Detran, penitenciários; e outros). O intuito da aplicação do TAF é avaliar a capacidade física dos candidatos a esses cargos, uma vez que esta é inexorável ao exercício da função.

O TAF envolve diversas valências físicas (força, resistência, coordenação, velocidade, agilidade etc.), bem como as de natureza fisiológicas (cardiovascular, respiratória, endócrina), que, se não estiverem desenvolvidas na hora do teste, poderão ocasionar uma profunda tristeza àqueles que não conseguiram o tão almejado cargo.

Para o desenvolvimento dessas qualidades, exige-se certo tempo de treinamento, até mesmo para aqueles que já praticam atividade física. Digo isso porque existe o princípio da especificidade do treinamento, no qual o treinamento deve ser montado, baseando-se nos requisitos específicos do esporte que está sendo treinado.

As adaptações decorrentes do treinamento variam de acordo com o nível de aptidão de cada indivíduo (iniciante, intermediário e avançado). Dependendo do candidato, serão necessários, no mínimo, três meses treinamento.

O aluno iniciante na prática de exercícios físicos, normalmente, tem uma resposta rápida nas três ou quatro primeiras semanas, mas isso não é nada além de uma mera adaptação neural e morfológica do corpo sob o estímulo que vem recebendo. De fato, não há um ganho efetivo ou melhora real das qualidades físicas, há somente adaptações.

O indivíduo que se exercita há alguns meses já tem resposta mais concreta do treinamento, ou seja, um resultado real, e não meras adaptações. Por outro lado, exige-se, de certa forma, um empenho mais efetivo nos treinos para alcançar os resultados.

Quanto às pessoas que possuem alguns anos de treinamento (avançadas), as valências físicas estão mais desenvolvidas do que em níveis anteriores, entretanto a evolução nessas pessoas é mais difícil, visto que o corpo já está acostumado com as intensidades do treino.

De toda forma, torna-se imprescindível um planejamento adequado de treino a fim de se obter a aprovação no TAF.

A organização do planejamento vai desde a leitura do edital até as microssessões diárias de treinamento, controlando, contudo, as curvas de volume e intensidade. Importante dizer que não há um protocolo padrão de TAF, cada concurso para área de segurança pública pode cobrar (e cobra) certas modalidades, como, por exemplo, natação. Nem todos os TAF’s exigem esse teste.

Um treinamento bem planejado ofertará qualidade e eficiência nos ganhos dos resultados evitando, por conseguinte, os riscos de lesões decorrentes do mau planejamento da preparação inicial. Quanto antes iniciar a preparação, maior será a chance de aprovação.

Inicie os treinos resistidos voltados especificamente para os testes do TAF (barra, flexão de braço, abdominal etc.); programe o treino de corrida voltado para os dozes minutos, atentando-se para a distância exigida no edital. Comece a treinar as modalidades não comuns aos editais. Simule semanalmente todos os testes do edital. É de suma importância o candidato criar a situação real do dia do TAF. Uma coisa é você correr três vezes por semana e alternar os outros dias com demais exercícios. Outra é você correr, nadar, fazer flexão de braço, abdominal, saltar etc. no mesmo dia.

É importante ressaltar que o concurseiro deve se alimentar de forma saudável a fim de se manter no peso ideal/normal, evitando, assim, o sobrepeso. Isso facilitará a execução dos exercícios. Ademais, há editais (como, por exemplo, o da Polícia Civil do Estado do Mato Grosso do Sul, que está com as inscrições abertas), exigindo o índice de massa corporal (IMC).

Crie, portanto, o hábito de comer comida saudável, pois, além de trazer benefícios para seus estudos, irá ajudá-lo na prova do TAF. Além disso, descanse e durma bem.

Não subestime o edital do concurso. Não espere a classificação para a próxima fase ou o resultado da redação para começar a treinar, pois você não poderá conseguir cumprir as exigências do edital. Se você não treina, então comece; se você já treina, então direcione seus treinamentos para as modalidades que serão exigidas no seu certame.

Para quaisquer dúvidas, estamos à disposição. Reúnam seus amigos e amigas e venham treinar conosco. Somos uma equipe especializada.

Fique atento aos próximos artigos do #ConcurseiroSaudável, pois detalharemos sobre os principais testes exigidos nos TAF’s.

Rafael Costa

Instagram: @saudavelv

 Email: rafaellsousa1@hotmail.com

 Tel.: (61) 98334-1747


Rafael Costa – Educador físico; coach em saúde, bem-estar e emagrecimento; treinador de atletas campeões mundial e brasileiro. Graduado em Direito; militante em direito penal, processo penal e criminologia. Servidor Público Federal. Gestor público na área de política criminal, execução penal e segurança pública. Concursando de carreira jurídica. Aluno do Gran Cursos Online.

 

 


 

Estudando para concursos públicos ? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

Matricule-se!

garantia-de-satisfacao-30

Cheguei Lá

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo