TST: Câmara analisa criação de 324 cargos!

23 de dezembro de 2014 às 12:27

fb-tst

A Câmara analisa a criação de 270 cargos de analista judiciário, área judiciária, e de 54 cargos em comissão de assessor de ministro, nível CJ-3, no quadro de pessoal do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Os novos cargos estão previstos no Projeto de Lei 7902/14.

A proposta prevê ainda a extinção de 117 cargos efetivos de técnico judiciário, de várias áreas, à medida que se tornarem vagos. Segundo o presidente do TST, ministro Antonio Levenhagen, que assina o projeto, “as atividades a eles inerentes tornaram-se obsoletas ou vêm sendo executadas de forma indireta”.

Sobre a criação dos cargos de assessor de ministro, Levenhagen afirma que “a atual estrutura funcional dos gabinetes de ministros encontra-se carente de pessoal qualificado em Direito para atender ao significativo aumento da demanda processual”.

O ministro sustenta ainda que o atual número de analistas da área judiciária (382) é insuficiente, e que é necessário aumentar a quantidade desses profissionais que possuem graduação em Direito e, segundo ele, atendem a atividade fim do tribunal.
De acordo com Levenhagen, dos 2.125 cargos de provimento efetivo do TST, apenas 382 (18%) são de analista judiciário, área judiciária.

Tramitação
O projeto será analisado conclusivamente pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Gostou desta oportunidade? Prepare-se com o Gran Cursos e conquiste a sua vaga. Ao longo de 25 anos foram mais de 600 mil aprovados em concursos públicos. 

Cursos Online – Início Imediato 

Quer ficar por dentro de todas as novidades deste e de outros concursos para tribunias? Então participe de nosso grupo de estudos direcionado no facebook

tribunais grupo

Um Comentário

  1. Pingback: Ano promissor: Tribunais oferecerão mais de 12 mil vagas em 2016! Oferta para nível médio e superior com ganhos acima de R$ 6 mil! - Blog Gran Cursos Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *