BPM – Perspectivas 2022

O que esperar (e como se preparar) para BPM no novo ano

Avatar


13/01/2022 | 17:14 Atualizado há 166 dias

Olá, Concurseir@!

Antes de mais nada, FELIZ ANO NOVO!

Desde já, aviso: esse ano, resolvi inovar. Ao contrário de anos anteriores, com nossas tradicionais “retrospectivas” – as quais costumam “olhar para trás”, neste ano, vamos “olhar para frente” e atender ao desafio de propor uma Perspectiva 2022.

Além disso, você já sabe: se gostar do post, dá uma curtida ai! Ajuda a melhorar a life do professor aqui! 🙂

Retrovisor

Primordialmente, 2021 foi um ano de retomada de certames, ainda impactado pela pandemia, mas com certa flexibilização. Nesse sentido, merecem destaque na disciplina de BPM as provas elaboradas por CEBRASPE, Quadrix, FGV e IADES.

Dentre esses, os concursos “mais pesados” foram: (1) TCE-AM, a cargo da FGV, que cobrou conceitos de BPM e da notação BPMN. (2) SEFAZ-AL, sob responsabilidade do CEBRASPE, cobrando conceitos, BPMN e a área de conhecimento do desenho de processos.

Do mesmo modo, olhando mais focado no CEBRASPE, podemos destacar os certames da Apex e Banese. Igualmente, cobrando conceitos, BPMN e automação de processos. De alguma forma, conseguimos caracterizar o viés da banca.

Tal qual, a Quadrix também merece destaque, com relevantes certames, entre eles CRMV-RO, Crefito e Core-PR. Nestes, o viés da banca também emerge. Basicamente, conceitos de BPM e notação BPMN (muita notação BPMN).

A estrada à frente

Olhando para frente, devemos lembrar que o novo CBOK 4.0 foi lançado em 2021 (AQUI), com suas novidades destacadas AQUI. Analogamente, quando novas versões de padrões são lançadas, as bancas demoram de 1 a 2 anos para incorporar suas “novidades” em seus bancos de questões.

Então, se prepare. Em 2022 devemos ver as primeiras questões exclusivas do CBOK 4.0. Nesse sentido, eu destaco o ciclo de vida BPM (associado a conceitos de BPM). Em seguida, merece atenção o repositório de processos (associado a área de conhecimento da modelagem).

Sobretudo, chamo atenção para a transformação digital. Em outras palavras, é a integração da tecnologia digital em todas as áreas de um negócio, mudando radicalmente a maneira como a organização opera. Nesse sentido, no CBOK 4.0 são discutidos RPA, blockchain, IA, ML e IoT.

Essas inovações ressaltam a importância de minhas novas aulas sobre o CBOK 4.0. Atualmente, estou em home studio, correndo com a gravação das aulas da matriz Gerência de Processos (2021) CBOK 4, com todo este novo conteúdo, enriquecido de exemplos, diagramas, e outros recursos educacionais, para potencializar ainda mais sua preparação.

BPM em 2022

Por fim, evidenciando a importância de BPM e dos processos de negócios, e de sua cada vez maior centralidade nas operações e nos concursos, vale lembrar do certame da PETROBRAS que, se inovou com uma posição de Ciência de Dados, reconheceu a importância de BPM com o cargo de Processos de Negócios!

Vamos juntos ao sucesso neste 2022!!

Avatar

Analista de TI no TRF 1 e professor de Governança, Gestão de TI nas Organizações Públicas e Gestão de Projetos
0

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.