BPM CBOK 4.0

A nova versão do Corpo Comum de Conhecimento em Gerenciamento de Processos de Negócios

Fernando Escobar


06/10/2021 | 16:34 Atualizado há 13 dias

Olá, Concurseir@!

Antes de mais nada, nossos anúncios paroquiais! A Associação de Profissionais de Gerenciamento de Processos de Negócios – ABPMP lançou a nova versão do Corpo Comum de Conhecimento em Gerenciamento de Processos de Negócios. Trata-se do BPM CBOK 4.0.

Desde já, informo que algumas coisas mudaram. Nesse sentido, atualmente, o CBOK 4.0 é um padrão globalmente reconhecido para a prática do Gerenciamento de Processos de Negócios. Além disso, a nova versão começa a ser cobrada nos editais.

Seja como for, o CBOK 4.0 descreve as áreas de conhecimento do gerenciamento de processos de negócios. Juntamente com conceitos-chave e melhores práticas geralmente aceitas, para orientar uma organização em uma jornada liderada por processos.

 

As Áreas de Conhecimento

Em síntese, as nove áreas de conhecimento estão ilustradas na figura a seguir e descritas na sequência.

Gerenciamento de Processos de Negócios

Primeiramente, apresenta os conceitos de BPM e os fatores-chave seu sucesso. Nesse sentido, tem como objetivo definir BPM e prover a base de entendimento para as demais áreas de conhecimento.

Modelagem de Processos

Segundo, provê visão geral das habilidades e técnicas da modelagem, junto com o repositório de processos. Ainda mais, serve para compreender, formalizar e comunicar os processos.

Análise de Processos

Em seguida, apresenta o propósito da análise, das atividades de apoio, papéis e escopo. Ou seja, tem o intuito de compreender o estado atual (AS-IS) com visão de melhorar o estado futuro (TO-BE).

Desenho de Processos

Logo depois, explora os papéis de desenho de processos, técnicas e princípios do bom desenho. Ao passo que tem o objetivo de criar estado futuro (TO-BE) para ligar a estratégia com os objetivos e as metas da organização.

Medição do Desempenho de Processos

Simultaneamente, aborda a importância e os benefícios da medição do desempenho. Com isso, serve para determinar a efetividade e a eficiência do processo.

Transformação de Processos

Discute a mudança no contexto do ciclo de vida BPM, com reengenharia, redesenho e melhoria. Do mesmo modo, busca tratar a mudança associada à transformação de processos.

Organização e Cultura de Gerenciamento de Processos

Discute o que define uma organização orientada a processos, juntamente com aspectos culturais e de desempenho multifuncional baseado em equipes. Como resultado, tem o intuito de definir papéis, responsabilidades e estruturas de reporte para apoiar as organizações orientadas a processos.

Gerenciamento Corporativo de Processos

Identifica ferramentas e métodos para aprimorar a maturidade em BPM. Dessa forma, tem o objetivo de maximizar os processos com a estratégia e com objetivos funcionais.

Tecnologia e Transformação

Finalmente, cobre as tecnologias que apoiam a transformação dos negócios. Assim, serve para apoiar planejamento, padronização, análise, operação e monitoramento de BPM.

 

Concluindo

Enquanto este texto vai para moderação, entro em home studio, para gravar esse novo CBOK 4.0, no curso que batizei como BPM 4.0. Com isso, meu material de gerenciamento de processos de negócios (BPM) aqui no Gran, que já tem os cursos de BPM/CBOK3 e de BPMN, se complementa com o novíssimo CBOK 4.0.

Por último, tracei uma estratégia casada. Simultaneamente, enquanto vou gravando as aulas de BPM 4.0, vou postar um artigo para cada área de conhecimento do CBOK 4.0. Nesse sentido, espero atualizar a área e trazer material complementar para sua preparação.

Vamos juntos, destruindo as bancas!

Fernando Escobar

Analista de TI no TRF 1 e professor de Governança, Gestão de TI nas Organizações Públicas e Gestão de Projetos
1

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *