CACDistas assistem aos jogos olímpicos?

Avatar


17/08/2016 | 19:18 Atualizado há 2141 dias

A TV exibe uma emocionante partida de vôlei ou uma luta de boxe e você, que está estudando sentado ou deitado em seu quarto, fica naquele velho dilema se deve ou não dar breve pausa em sua preparação para curtir um pouco do evento que só ocorre a cada quatro anos, ainda mais sendo inédito no Brasil. Esse sentimento de culpa é natural nos bons candidatos, que muitas vezes chegam ao extremo de achar que podem, ou ao menos devem, dedicar 100% de seu tempo aos estudos. Errado!

O bom rendimento intelectual depende muito do grau de atenção de quem estuda, mas fundamentalmente de seu estado de espírito (nenhuma inteligência é tão fora da média que dê a alguém vantagem que não possa ser compensada com dedicação). E é aí que entra a questão da administração do tempo. Nessa organização, imprescindível se torna a inclusão de válvulas de escape, como aquela que fica na tampa de uma panela de pressão.

O estresse acumulado atrapalha o desempenho acadêmico. E forçar longos períodos de estudo quando o corpo, principalmente a cabeça, pede descanso é como exercitar músculos fatigados pelo excesso de exercícios. O risco de lesão é alto e o rendimento despenca.

Claro que, como tudo na vida, muito mais fácil é o discurso do que sua execução. Quando se está no meio do furacão, a poucos dias de uma prova decisiva, a tendência é a candidata ou o candidato querer aumentar a carga, e aproveitar bem o escasso tempo que lhe resta. Os dias passam e a ansiedade aumenta. A resposta automática costuma ser estudar mais. Porém, estudar mais nem sempre significa estudar melhor e reter conteúdo com maior eficiência.

O uso das válvulas de escape, no entanto, deve ser feito na dose correta. Voltando ao exemplo da panela de pressão, toda vez que o vapor do lado de dentro atinge o limite, o pino levanta automaticamente e o excesso de pressão é liberado pela válvula. Se estiver entupida, é necessário fazer isso manualmente.

Assim como essa panela, você precisa aprender a identificar o limite da pressão que consegue suportar e abrir válvulas para liberar o excesso, evitando a explosão. Como o tempo é curto, não sugiro que tire um mês de férias em uma praia, mas parar para assistir a uma partida ou prova nos Jogos Olímpicos pode ser bem saudável.

O ideal é buscar atividades que não exijam muito do cérebro. Assim, ler um livro – ainda que muito prazeroso – não é opção tão recomendável quanto fazer uma leve caminhada. Para relaxar de uma estafante atividade intelectual, melhor optar por exercício físico e vice-versa. Desse modo, enquanto o corpo trabalha, a cabeça descansa.

Comer, jogar no celular ou assistir a um filme também podem ter o mesmo efeito para os mais preguiçosos (e normalmente eu também me enquadro nesse grupo).

Dica para identificar os momentos adequados para pausas? Não é muito difícil. Se você está lendo um texto ou assistindo a uma aula do Gran Cursos Online, por exemplo, e percebe que não está absorvendo o conteúdo, não adianta insistir em continuar. Ao prosseguir, perderá tempo precioso. Eis a ocasião perfeita para parar e relaxar.

E ainda que os atletas brasileiros das Olimpíadas não estejam no nível de excelência que gostaríamos de ver – mesmo que injustamente os comparemos a esportistas de países onde se recebe muito mais incentivo – vê-los em ação, em Jogos no Brasil, é oportunidade única para todos nós, inclusive para os candidatos em véspera de prova!

______________________________________________

Prof.Jean Marcel Fernandes – Coordenador Científico

Jean MarcelNomeado Terceiro Secretário da Carreira de Diplomata, em 14/07/2000. Serviu na Embaixada do Brasil em Paris, entre 2001 e 2002. Concluiu o Curso de Formação do Instituto Rio Branco, em julho de 2002. Lotado no Instituto Rio Branco como Chefe da Secretaria, em julho de 2002. Serviu na Embaixada do Brasil em Buenos Aires, Setor Político, entre 2004 e 2007. Promovido a Segundo Secretário, em dezembro de 2004. Concluiu Mestrado em Diplomacia, Instituto Rio Branco, em julho de 2005. Publicou o livro “A promoção da paz pelo Direito Internacional Humanitário”, Fabris Editor, Porto Alegre, em maio de 2006. Promovido a Primeiro Secretário, em junho de 2006. Concluiu o Curso de Aperfeiçoamento em Diplomacia do Instituto Rio Branco, em março de 2007. Concluiu o Curso de Doutorado em Direito Internacional pela Universidade de Buenos Aires, Argentina, em julho de 2007. Serviu na Embaixada do Brasil em Washington, Setores Econômico e de Promoção Comercial (Chefe), entre 2007 e 2010. Publicou o livro “La Corte Penal Internacional. Soberanía versus justicia universal”, Editoriales Reus/Zavalía/Temis/UBIJUS, Madrid/Buenos Aires/Bogotá/México, D.F., em novembro de 2008. Condecorado com a Ordem do Rio Branco, Grau de Oficial, em abril de 2010. Assessor do Embaixador Antonio Patriota, na Secretaria-Geral das Relações Exteriores, em junho de 2010. Chefe da Divisão de Operações de Promoção Comercial (MRE), desde agosto de 2011. Diretor do Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo (DFPIT – Ministério do Turismo), 2013-2014. Chefe da Divisão de Operações de Promoção Comercial (MRE), atualmente. A Divisão de Operações de Promoção Comercial do Itamaraty é responsável pela promoção de exportações brasileiras e promoção do turismo estrangeiro no Brasil. Graduado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP).

 

______________________________________________

Com o objetivo de preparar os candidatos para o concurso de Admissão à Carreira de Diplomata, um dos mais difíceis do país, o Gran Cursos Online lançou um novo curso de preparação extensiva para o CACD 2017, composto por teoria e exercícios. Nosso objetivo é ajudá-lo na consolidação de seu conhecimento e, consequentemente, na realização de uma excelente preparação para o próximo concurso. Além das orientações de uma equipe altamente qualificada (diplomatas e especialistas), que irá destacar e desvelar os principais tópicos de cada disciplina, você contará, ainda, com as preciosas dicas sobre as particularidades da banca CESPE, um ano de acesso ao conteúdo, visualizações ilimitadas e outros diferenciais. Com esse curso você se prepara de forma antecipada e eficaz!

diplomata-arte

Avatar

Coordenador-científico do projeto Gran Diplomata, Primeiro-Secretário e Chefe da Divisão de Operações de Promoção Comercial (MRE).
0

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.