Concurso PC-DF 2016: Confira 10 dicas para a prova de Perito Criminal! Prova no domingo, 19 de junho!

Concurso PC-DF 2016

No próximo domingo, 19 de junho, concurseiros(as) participarão da 1ª fase do concurso público para o cargo de Perito Criminal da Polícia Civil do Distrito Federal. (Concurso PC-DF 2016 – Perito Criminal).

O certame oferta 100 vagas, sendo 20 vagas para preenchimento imediato e 80 para formação de cadastro de reserva. O subsídio inicial do Perito Criminal é de R$ 16.830,85 por jornada de trabalho de 40 horas semanais. São requisitos para participar da seleção, ter mais de 18 anos e nível superior completo nas áreas informadas no edital. Candidatos de ambos os sexos poderão participar.

As provas objetivas e discursivas serão aplicadas na data provável de 19 de junho de 2016, no turno da tarde, e terão duração de cinco horas. Os locais, datas e horários de aplicação das provas objetivas e discursiva já estão disponíveis no site da organizadora www.iades.com.br.

Os candidatos serão avaliados em duas etapas, a primeira composta por 7 fases e a segunda composta por Curso de Formação Profissional.

Agora, o momento é de colocar em prática todo o conhecimento adquirido ao longo desse período. Não há receita, cartilha ou manual, quando o candidato está a um passo da realização. A prova nada mais é do que uma lista de exercícios, que você já fez com os nossos professores. E falando nisso, nossos professores listaram 10 dicas importantes que poderão fazer a diferença no domingo. Confira abaixo as dicas para aqueles que prestarão o concurso:

Legislação PC-DF – Professor Mauro Chaves

De acordo com o Decreto nº. 30.490/2009 – Regimento Interno da PCDF, tivemos a criação de novas unidades e a mudança de nomenclatura de outras. Devemos nos atentar para:
– CH – Coordenação de Repressão a Homicídios (Substituiu a antiga CORVIDA): coordena as investigações de crimes contra a vida;
– DCPIM – Delegacia de Combate aos Crimes contra a Propriedade Imaterial: compete investigar e reprimir violações de direitos autorais e das marcas; e
– DECRIN – Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual, ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência: compete investigar os crimes por discriminação racial, religiosa ou por orientação sexual, ou contra a pessoa idosa ou com deficiência.
Além disso, devemos nos atentar para as competências do IC – Instituto de Criminalística (Arts. 70 a 74) – e do Perito Criminal (Art. 96).

Direito Penal – Paulo Igor

Estado de necessidade Supralegal (Exculpante): trata-se de causa de exclusão da culpabilidade, que ocorre sempre que o sujeito, com a finalidade de proteger-se de uma situação de perigo, ataca bem jurídico de terceiro, cujo valor é maior ou igual ao bem jurídico por ele protegido.
Atenção: tal instituto não é admitido pelo Código Penal Brasileiro.
Exemplo: cidadão que mata um terceiro para resguardar seu carro de uma situação de perigo.

Gramática – Elias Santana
Para a prova de Perito Criminal da PCDF, tenha cuidado com os seguintes assuntos: tipologias textuais, crase, acentuação (conforme a nova ortografia), semântica das conjunções, funções do QUE e do SE. Esses assuntos são sempre muito bem quistos pela IADES. Outro ponto que a IADES abordou consideravelmente em provas recentes é o paralelismo sintático. Não seria novidade e nem surpresa se esse assunto fosse cobrado novamente. Ademais, comece pelas questões de gramática, e só depois se dedique à prova de análise de textos! Muita calma e paciência: entre os conhecimentos gerais, o Português é a disciplina com maior quantidade de questões. Espero te ver em ação em breve, colaborando com a segurança pública do DF! Um forte abraço!

Direito Constitucional – Wellington Antunes
Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem, ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração de infrações penais, EXCETO as militares.

 

 

Aspectos Geopolíticos – Rebecca Guimarães

Você sabia?
* Que o DF é a 8ª unidade da Federação com o maior número de homicídios com uso de arma de fogo? O estado de Goiás ocupa a 6ª colocação.
* Que a 60 quilômetros de Brasília encontra-se uma das cidades mais perigosas do Brasil? Com 190 mil habitantes, Luziânia aparece no ranking do Mapa da Violência como o 15º município com mais assassinatos no País.
* Que a análise de dados georreferenciados permite a obtenção de informações úteis para a tomada de decisão por autoridades policiais? O conhecimento geoespacial obtido apoia não somente as autoridades policiais em ações táticas de curto, médio e longo prazos, mas também em nível de gestão de governo.
Demografia DF:
* População: maioria adulta e feminina;
* Economia: principal setor terciário;
* Hidrografia: 7 bacias – a principal é Bacia do Descoberto;
* Renda: a maior do Brasil.

Direito Processual Penal – Deusdedy Solano

Todas as provas têm valor relativo, tendo em vista o princípio adotado para a valoração, que é o da persuasão racional, tendo o juiz livre convencimento fundamentado, inclusive em relação à prova pericial. Expressamente, no Código de Processo Penal, é descrito que o juiz não está adstrito ao laudo, podendo aceitá-lo ou rejeitá-lo, total ou parcialmente.

Matemática – Josimar Padilha

Em Matemática, é importante observar que, nas questões de análise combinatória, quando a ordem dos elementos altera a natureza dos agrupamentos, temos que aplicar arranjos e permutações. Porém, se a ordem dos elementos não altera, teremos uma combinação. Nas questões de probabilidade, é importante ressaltar que, se tivermos uma condição, o espaço amostral será reduzido à própria condição.
Em geometria analítica, deve-se perceber que uma circunferência é uma elipse em que os eixos são iguais, assim, é necessário saber as equações reduzidas das duas figuras. Em relação à geometria espacial, observe a relação entre espaço e capacidade, em que 1 m3 equivale a 1000 litros e que o volume corresponde ao espaço ocupado, ou seja, a área da base será multiplicada pela altura. Porém, nas pirâmides e nos cones, será 1/3 do resultado.

Lei Orgânica do Distrito Federal (LODF) – Rodrigo Francelino

Segundo o STF, a Polícia Civil do Distrito Federal NÃO POSSUI AUTONOMIA FUNCIONAL. Porém, aos integrantes das categorias de Perito Criminal, Médico-Legista e Datiloscopista Policial é garantida a independência funcional na elaboração de laudos periciais, bem como ao Delegado de Polícia nas atribuições de Polícia Judiciária. Portanto, não confunda independência com autonomia funcional. Independência, sim! Autonomia, não!

Legislação Extravagante – Flávio Milhomem

Lei n. 11.340/2006 (Lei Maria da Penha): o STF entende que, em se tratando de lesões corporais, mesmo que de natureza leve ou culposa, praticadas contra a mulher em âmbito doméstico, a ação penal cabível é pública incondicionada. Essa interpretação, no entanto, não se estende a outros crimes praticados no contexto de violência doméstica, a exemplo da ameaça (CP, art. 147), ou do estupro (CP, art. 213, caput). Estes continuam sendo crimes de ação penal pública condicionada à representação da vítima.

Redação Discursiva – Vânia Araújo

A questão discursiva pressupõe a análise de uma situação-problema: a banca apresenta uma situação hipotética, sobre a qual o candidato deverá fazer um estudo, uma análise – à luz de um conteúdo específico do edital:
* Como o IADES disponibilizará 15 linhas para cada questão, você poderá abrir até três parágrafos;
* Leia a situação hipotética e abra um parágrafo para responder cada pergunta que a Banca fizer;
* Procure responder, de modo bastante objetivo, às perguntas elaboradas pelo examinador;
* Como é um texto meramente conceitual, esclareça o conteúdo sem emitir nenhum tipo de abonação ou juízo de valor;
* O número de parágrafos ficará condicionado ao número de respostas a serem fornecidas;
* Quando terminar de esclarecer/responder à última pergunta, dê por finalizado o texto (não faça conclusão).

Detalhes:

  • bullet1.gif (844 bytes)Concurso: Polícia Civil do DF (Concurso PCDF – Perito Criminal 2016)
  • bullet1.gif (844 bytes)Banca organizadora: Iades
  • bullet1.gif (844 bytes)Cargos: Perito Criminal
  • bullet1.gif (844 bytes)Escolaridade: Nível Superior 
  • bullet1.gif (844 bytes)Número de vagas: 100
  • bullet1.gif (844 bytes)Inscrições: Prorrogadas até 16 de maio de 2016
  • bullet1.gif (844 bytes)Taxa: R$ 210,00
  • bullet1.gif (844 bytes)Remuneração: Até R$ 16.830,85 
  • bullet1.gif (844 bytes)Data da prova objetiva: 19 de junho de 2016

edital

Comece a sua preparação hoje mesmo com quem é imbatível em aprovação nas carreiras policiais.
O Gran Cursos aprovou mais de 7.300 alunos nos últimos concursos para o DEPEN,
PRF, Polícia Federal e PMDF.

Preparatórios online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!
A coordenação pedagógica do Gran Cursos Online já está trabalhando na formatação de novos preparatórios, bem como a reestruturação dos cursos existentes. Ao adquirir um de nossos cursos online você terá a garantia de preparatórios conforme o novo edital. Prepare-se com quem mais aprova há 26 anos e conquiste a sua vaga!
matricule-se 3

carreiras policiaisPRF: Gran Cursos em primeiro lugar!

Antecipe sua preparação e saia na frente!

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:
CHEGUEI-LÁ2        CHEGUEI-LÁ     CHEGUEI-LÁ2       CHEGUEI-LÁ-Natálial    CHEGUEI-LÁ (7)
CHEGUEI-LÁ-Felipe    CHEGUEI-LÁ2 (4)
Anna Rodrigues
Anna Rodrigues
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo