Nacional

Concurso PRF – Policial: Saiba mais sobre a fascinante carreira!

Concurso PRF - Policial Rodoviário

Concurso PRF – Policial Rodoviário é excelente oportunidades para candidatos com nível superior em qualquer área. Veja os detalhes da carreira!

O Departamento de Polícia Rodoviário Federal (DPRF) é uma instituição policial federal ostensiva brasileira, subordinada ao Ministério da Justiça, cuja principal função é garantir a segurança com cidadania nas rodovias federais e em áreas de interesse da União. Assim, combate as mais variadas formas de crimes nas rodovias federais do Brasil e também monitora e fiscaliza o trânsito de veículos, bens e pessoas.

Até 1990, era subordinada ao antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), cujas atribuições foram divididas, após sua extinção, entre os atuais Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Com a publicação da Lei nº 8.028, de 12 de abril de 1990, passou a ser subordinada ao Ministério da Justiça (Brasil).

Suas competências são definidas pela Constituição Federal no artigo 144, pela Lei nº 9.503/97 (Código de Trânsito Brasileiro), pelo Decreto nº 1.655, de 3 de outubro de 1995 e pelo seu regimento interno, aprovado pela Portaria Ministerial nº 1.375, de 2 de agosto de 2007.

Hoje, a PRF vive uma alarmante situação por falta de pessoal. Até o ano que vem, mais de 3 mil policiais se aposentarão e a  importância do reforço do controle das fronteiras, onde a falta de efetivo já foi realçada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em auditoria sobre a fiscalização nessa parte do território, deixará a situação ainda mais complicada.

Mas o órgão não está de braços cruzados e já iniciou a elaboração de um novo edital de concurso público. Segundo a Portaria nº 2734/2016 (ACESSE AQUI), que instituiu o grupo, a minuta do edital já ficou pronta.

Se você tem nível superior (inclusive tecnólogo), procura uma oportunidade de trabalho com estabilidade, boa remuneração, assistência médica pra você e pra sua família, ascensão funcional e muitos outros benefícios, inicie agora mesmo a sua preparação para um dos concursos mais almejados pelos concurseiros/as que desejam ingressar na área policial. Esse é o momento ideal para você iniciar seus estudos!

Os iniciais da carreira chegam a R$ 10.357,88, já acrescido de R$ 458 referente ao auxílio-alimentação  e R$ 205 de auxílio saúde (valor atualizado conforme aumento concedido recentemente pelo executivo e que valerá a partir de 2017).

Profissional gabarito da área policial, convidamos o professor Vinícius Moraes Godinho para participar do nosso Gran Carreiras. Godinho ingressou na corporação em 2004 e já atuou em operações especiais, foi chefe da unidade operacional, chefe de policiamento de Brasília, atuou na corregedoria até 2011, cedido ao Senado até 2015 e atualmente está na assessoria parlamentar da PRF.

Ele deu todos os detalhes sobre o cargo e a possibilidade de um novo concurso. Conheça esta trajetória de sucesso e fique por dentro de uma carreira promissora.

Inicialmente, ele conta sua trajetória para ingresso no órgão. “Um grande amigo ingressou na PRF em 2002, estudávamos juntos na UnB, e ele foi me falando da rotina, do trabalho, enfim, me estimulou a fazer o concurso. Na época eu buscava um pouco mais de estabilidade, um bom salário e por estar mais próximo de outras carreiras de estado, eu me interessei bastante e resolvi estudar, ingressando em 2004”.

O tempo de estudos de Vinícius foi curto, de acordo com ele menos de seis meses o levaram a aprovação. “No meu caso, o tempo efetivo foi de cinco meses e onze dias, eu me lembro bem, pois foram cinco meses e onze dias de segunda a segunda”.

Sobre métodos de estudos, ele prezou pela letra da lei. “Eu pegava apostilas que na verdade tinham a letra da lei, eu gosto da apostila comentada, mas sempre prezei pela letra da lei, além de resolver bastantes exercícios, assim é possível entender como a banca cobra cada assunto e tal”.

De acordo com o professor, o Cespe entende que apenas 20% dos inscritos estão disputando as vagas. “ Eu acredito que esses 20% são os perseverantes, a perseverança é a característica do concurseiro/a que vai conseguir o seu objetivo. Então assim, eu não estudei cinco meses e onze dias, não foi fácil, você se abdica de muitas coisas,  convívio social, viagens, etc., mas foi um período que eu não me arrependo de forma alguma”.

Ele comenta as etapas do certame. “ Primeiramente os candidatos precisam fazer as provas (objetiva e discursiva), sendo aprovado será avaliado psicologicamente, fará um exame médico,  e um TAF (Teste de Aptidão Física), passando essas etapas será realizada uma investigação social. Obviamente que a polícia não tem interesse que pessoas da criminalidade entrem. Passando todas essas fases, será realizado o curso de formação, que é a última etapa, sendo aguardada apenas a nomeação”.

Ele comenta sobre a previsão para um próximo concurso. “ Infelizmente não, nós temos as vagas aprovadas. Hoje a PRF tem , se não me engano, 13 mil cargos criados, sendo que desse quantitativo só 10.250 estão ocupados, ou seja, temos 3 mil vagas em aberto. Temos a expectativa para um próximo concurso, já havia sido aprovado pelo Planejamento, mas ainda não há uma data”.

Falando objetivamente da carreira, Vinícius fala sobre o diferencial da progressão na carreira de policial. “ A PRF é, hoje, a única policia da rodoviária federal da União que tem uma carreira única, ou seja, você sabe que vai ingressar como policial terceira classe e vai se aposentar como policial. E isso, guardadas as devidas proporções, é como se você entrasse na PM e se aposentasse como coronel sem precisar fazer nenhum concurso para isso”.

Por fim, ele deixa uma mensagem de motivação para quem está decidido a fazer o concurso da PRF. “Se você tem perseverança, vocação para ser policial, o fato de você poder trabalhar em quase todas as áreas dentro da corporação é um fator interessante e motivacional. Então se uma pessoa tem o sonho de ser piloto de helicóptero da PRF, batedor, enfrentar a criminalidade, enfim atuar nas mais diversas áreas, se você tem essa vocação a PRF é um excelente órgão para se trabalhar.

Vinícius comenta ainda as funções da PRF, treinamentos específicos para, por exemplo, ser piloto de helicóptero, batedor (moto), lotação dos aprovados, vocação para ingresso na carreira, o curso de formação, áreas de atuação (médicos, enfermeiros e outros).

Veja todos os detalhes

O Concurso PRF – Policial (Polícia Rodoviária Federal) deverá contar mais uma vez com a logística do Cebraspe (antigo Cespe/UnB) para aplicação das etapas iniciais do certame, como provas objetivas, discursivas, exames médicos, TAF e demais. Como demonstra o histórico, desde 2002 o organizador elabora as provas e demais etapas do certame para a carreira de policial rodoviário federal, com exceção do penúltimo, realizado em 2009 e sob supervisão da FunRio.

Sendo assim, a dica de especialistas é de que os candidatos preparem-se neste momento pré-edital com foco no Cespe. A banca tem um estilo tradicional de cobrança e é temida pelo fato de anular uma questão em caso de erro, exigindo do candidato certeza no momento de marcar um item, sob pena de penalização por “chute”.

Outro dado importantes que trazemos para quem deseja ingressar em uma das corporações mais importantes e respeitadas do nosso país é o histórico de vagas das seleções, sempre acima da expectativa. Com exceção do ano de 2008, todos os outros concursos abertos até hoje tiveram mais de 500 vagas, chegando a mil no último edital e 2,2 mil em 2004.

Os concursos da PRF sempre atraem quantitativo alto de inscritos e isso é mais um dos motivos pelos quais você deve iniciar imediatamente sua preparação p/ o próximo concurso PRF – Policial. No último, por exemplo, a concorrência foi de 110 candidatos por vaga. O que pode te ajudar neste momento são os estudos pré-edital. Assim, todo conteúdo estará consolidado até a publicação do mesmo, sobrando tempo para revisar e aprofundar possíveis inclusões.

O concurseiro/a profissional sabe que o que o separa efetivamente da aprovação não são grandes deficiências de conteúdo, nem erros absurdos, mas pequenos detalhes que usualmente são desprezados no dia a dia da preparação. Assim, o concurseiro/a que quer ser aprovado se atém aos mínimos detalhes, e estuda com método, disciplina e planejamento. Um desses métodos é a resolução de provas anteriores. Acesse abaixo as avaliações dos últimos certames da Anvisa. 

Policial 2013:     Prova  –   Gabarito

Policial 2008Prova  –   Gabarito

Além de resolver provas das seleções passadas, o edital do último concurso é base de estudos para os candidatos que iniciam a preparação. A fim de personalizar sua preparação, elaboramos e disponibilizamos gratuitamente o ‘’Edital Verticalizado’’ da seleção de 2013 para o cargo de Policial Rodoviário Federal. Com ele, você vai poder maximizar seus estudos, pondo fim à falta de organização, e ganhando orientação do que estudar dia a dia. Para ter acesso, basta clicar no link abaixo.

PRF – Policial – Último edital

Detalhes concurso PRF:

  • Concurso: Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF 2016)
  • Banca organizadora: Em breve
  • Cargos: Policial
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: 1.300 
  • Remuneração: R$ 9 mil
  • Situação: Comissão interna definida
  • Previsão p/ publicação do edital: Em breve
  • Link do último edital

O Gran Cursos Online preparou um curso exclusivo para o certame, abordando toda a parte teórica do último edital, com professores (delegados federais, policiais rodoviários federais, juízes,promotores, procuradores, doutores, mestres, especialistas) renomados no mercado educacional.

Matricule-se!

carreiras policiais

Cheguei Lá

1 comentário

1 Comentário

  1. wellington

    19/05/2017 05:40 em 05:40

    O gabarito da prova de 2013 e a prova e gabarito de 2008 estão com link errados.
    Direciona para gabaritos e provas de agente técnico da anvisa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo