Concurso Senado: entenda a situação do certame!

Concurso Senado Federal continua autorizado, apesar de comissão organizadora ter sido revogada. Veja!

Avatar


27 de Agosto de 2020 4 min. de leitura

Os concurseiros que estão se preparando para o Senado Federal podem estar confusos com toda a reviravolta que aconteceu na última quarta-feira, 26 de agosto, com a revogação da comissão organizadora do concurso.

Para auxiliar no entendimento da atual situação do certame, e passar uma visão sobre o que esperar para o futuro, entrevistamos Gabriel Dezen, Consultor Legislativo do Senado Federal e professor do Gran Cursos Online nas áreas de Direito Constitucional, Processo Legislativo, Técnica Legislativa, Regimento Comum, Regimento Interno do Senado Federal e Regimento Interno da Câmara dos Deputados.

Navegue no índice abaixo:

Concurso Senado Federal: situação atual

Com a publicação no Diário Oficial da União da revogação da comissão organizadora do concurso do Senado Federal, muitos de nossos alunos enviaram mensagens nos perguntando sobre a situação atual do certame e os impactos da decisão na realização do concurso. Confira abaixo a resposta para os principais questionamentos:

Qual é a atual situação do concurso? 

O concurso Senado Federal continua autorizado pelo ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 2 de 2019 e assinada pelo presidente da Casa, senador Davi Alcolumbre, e publicada no Diário Oficial da União no dia 03 de outubro de 2019. Cabe salientar que a publicação do edital está ligada a definição de uma nova comissão para o concurso, o que deve levar um tempo.  Confira AQUI na íntegra o Ato da Comissão Diretora nº 02/2019.

A comissão organizadora do concurso foi revogada, e agora?

Sim. A comissão organizadora do concurso foi revogada e você pode checar nesta matéria todas as informações sobre a revogação da portaria nº 20/2019, publicada no Diário Oficial da União no dia 07 de outubro de 2019.

O importante é entender que, com a revogação da comissão organizadora, o novo concurso do Senado Federal agora está sob a responsabilidade da presidência da Casa.

O Cebraspe será realmente a banca organizadora do concurso Senado Federal?

Tudo indica que sim. O próprio Cebraspe anunciou em contato com a equipe de Comunicação do Gran Cursos Online que a Comissão Organizadora do concurso no Senado Federal informou às bancas concorrentes, em junho, de que o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e Promoção de Eventos foi o vencedor da disputa.

Em contato com a assessoria de Comunicação do Gran Cursos Online, a assessoria de imprensa do Senado Federal confirmou que o projeto básico do concurso foi finalizado e que a banca organizadora foi escolhida. Clique neste link para saber mais sobre a escolha do Cebraspe como banca organizadora.

Concurso Senado Federal: entrevista com o Consultor Legislativo do Senado e professor Gabriel Dezen

1. Qual o palpite do senhor para o futuro do concurso, agora que foi revogada a portaria que preza o trabalho da comissão organizadora do concurso do senado?

R.: Qualquer opinião minha sobre isso será meramente exploratória, sem grande utilidade, mas há elementos mais objetivos que devem ser considerados: o primeiro deles é que não há possibilidade de o Senado Federal não realizar esse concurso, pois a necessidade de pessoal para diversas áreas vitais é enorme e urgente. O segundo elemento é que com o que houve hoje, os nossos alunos ganharam mais tempo para uma preparação mais adequada e efetiva para um dos concursos mais disputados do País. O terceiro elemento, e que interessa muito, é que essa protelação certamente vai permitir ao Senado rever a quantidade de vagas e os cargos que iriam ser colocados em disputa, com grandes chances de haver aumento tanto nas vagas quanto nos cargos.  Como exemplo deste último aspecto devo citar que a previsão de uma única vaga para a área de Processo Legislativo é irreal, e que não haver vaga para Consultor Legislativo é situação que também deverá ser revista. 

2. Essa medida vai atrasar o andamento do certame?

R.: O argumento central da decisão do Presidente do Senado, Senador Davi Alcolumbre, é o cenário de incertezas orçamentárias gerado pela epidemia de Covid-19, que certamente deve impactar a disponibilidade orçamentária da Casa. Creio que as incógnitas dessa situação não demorarão a ser superadas, sendo bastante realista pensar em edital já para 2021.

3. O senhor crê que o certame saia este ano ainda, como os responsáveis pelo concurso já haviam prometido?

R.: Não há como ter certeza, mas não me parece crível. O fato de o Senado ter insistido até ontem na realização do concurso, e ter recuado hoje, por questões ligadas ao orçamento, mostra que essa decisão foi tomada por ser absolutamente necessária. Não me parece razoável que a seriedade da causa do adiamento possa ser revertida nesses poucos meses que restam. É muito mais realista, a meu juízo, considerar o edital e as provas para 2021.

4.Qual a mensagem que o senhor deixa para os aspirantes a funcionários do Senado, empenhados em se preparar para a prova em 2020?

R.: Fácil.

1) agradeçam pelo acréscimo de tempo que esse adiamento proporciona, e que irá permitir uma preparação mais adequada e mais efetiva.
2) refaçam seus cronogramas de estudo, aumentando a carga horária de cada matéria prevista no projeto básico já divulgado.
3) mantenha-se absolutamente focado e concentrado na preparação, pois as decisões que você tomar nestes dias irão com certeza impactar suas chances no concurso.
4) a pior atitude é “dar um tempo”, pois isso vai dissolver toda a vantagem estratégica que o candidato construiu por ter estudado até hoje.
5) na reformulação do cronograma e da estratégia de estudo, reduzir um pouco a pressão, já que não há uma data prevista, para reduzir o stress e a tensão com a expectativa, mas em hipótese nenhuma parar ou reduzir muito os estudos.
6) usar um método de estudo moderno e eficiente. Sobre esse método, deve ser registrado que eu, em breve, ministrarei um pequeno curso pelo Gran Cursos Online sobre a forma correta de preparação em todas as fases e o uso eficiente das melhores ferramentes de aprendizagem.

5. Uma nota de divulgação enviada hoje cedo à imprensa explica os principais fatores para a revogação da portaria, entre eles, os riscos sanitários da pandemia, além da falta de recursos para tratar a situação atual. O senhor crê que existem outros fatores externos para tal medida? Tal como as mudanças em consequência da votação da Reforma Administrativa?

R.: A propagada reforma administrativa é hoje apenas um vulto de contorno indefinido, que nem no âmbito do Poder Executivo, que é autor da proposta, tem uma cara. Além disso, a negociação política e as batalhas ao longo do processo legislativo afastam qualquer prognóstico sobre o resultado. Além disso, com ou sem essa reforma, o Senado precisa, e precisa muito, de servidores em áreas vitais ao seu funcionamento. Por isso, não creio que tenha sido essa a razão. Parece-me mais convincente o argumento orçamentário, pois são grandes as incertezas no âmbito da União sobre os reais impactos orçamentários da epidemia, principalmente em função da atuação errática do Executivo. 

6. Sobre o anúncio da banca organizadora no mesmo dia da revogação da comissão organizadora o que devemos entender?

R: É bem claro que todos devem ficar otimistas sobre o concurso, pois já é um sinal que haverá uma nova movimentação sobre o certame. Seria mais preocupante se não houvesse nenhuma novidade, logo devemos aproveitar ao máximo esse “sinal” de que o edital está próximo e nossos alunos devem continuar se preparando, sem desanimar. 

Quer saber mais sobre o concurso Senado Federal? Clique AQUI!

Resumo do concurso Senado Federal

Concurso Senado Federal (concurso Senado)
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – CEBRASPE
Cargos Diversos
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Legislativo
Lotação Brasília
Número de vagas 40
Remuneração de R$ 18.591,18 a R$ 35.114,14
Situação AUTORIZADO
Links dos últimos editais  Consultor   –   Analista    –  Técnico    –  Policial 
0

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Comece a estudar no Gran Cursos

Depoimentos relacionados

Gilson José
Concurso Polícia Civil RS

Em busca de estabilidade e de melhores salários para dar uma melhor condição de vida para a família, Gilson José…

Eduardo de Sousa Menezes
Polícia Federal

Eduardo Sousa de Menezes foi aprovado na primeira etapa do Concurso PF para o cargo de papiloscopista e agora está…

Daniele Laís
Concurso IBGE

Daniele Laís saiu de seu emprego no SENAC DF aproveitando um momento de mudança no seu cargo, hoje extinto, e…

Ernesto Luiz Lima
Concurso IFPE

Ernesto Luiz Lima é de Limoeiro, interior de Pernambuco. Sua trajetória não foi nada fácil, mas hoje ele pode dizer…

Diego Barroso
Concurso UFPA

Natural da terra do Caruru e da Maniçoba, o belenense Diego Barroso sempre sonhou em ingressar no serviço público por…

Pedro Higor Faustino
Concurso Polícia Federal

Pedro Higor Faustino é natural de Juazeiro/BA, mas reside desde pequeno em Brasília/DF, onde mais tarde começaria a sonhar com…

Éder Gomes
Concurso Ministério da Economia

Éder Gomes é de Ceilândia-DF e foi aprovado no concurso de temporários do Ministério da Economia para o cargo de…

Wallace Batista
Concurso ALESE

Wallace Batista dos Santos é de Aracaju, capital do Estado de Sergipe. De família humilde, quando adolescente, ele chegou a…

Avatar

Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
0

0


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *