Concurso Senado ofertará 19 vagas; comissão atualizada! Veja

Concurso Senado Federal vai ofertar vagas de nível superior. Iniciais até R$ 33 mil. Confira aqui todos os detalhes

Avatar


13/05/2022 | 11:40 Atualizado há 7 dias

O concurso Senado está mais perto do que nunca! O Senado Federal designou servidores para compor a Comissão Examinadora do concurso público. O próximo passo é a definição da banca organizadora.

A Comissão Examinadora do concurso Senado foi divulgada no dia 13 de abril de 2022 no Diário Oficial da União. Posteriormente, em maio um novo membro foi adicionado ao grupo.

O certame ofertará 19 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva. Vale destacar que a Lei Orçamentária Anual para o ano de 2022 já previa essa relação de vagas. A remuneração a ser ofertada varia entre R$ 19.427,79 a R$ 33.461,68. Contudo, pode ter aumento com a publicação do reajuste salarial no Diário Oficial da União.

Saiba todos os detalhes do concurso Senado:

Concurso Senado Federal: situação atual

Histórico do concurso

13/05/2022 – Reajuste salarial dos servidores públicos definido
4/05/2022 – Novo servidor é inserido na comissão examinadora
2/05/2022 – Estrutura da comissão é alterada
28/04/2022 – Página oficial do concurso divulgada
13/04/2022 – Nova comissão examinadora
8/04/2022 – Nova autorização
7/04/2022 – Mudança de escolaridade para policial legislativo
2022 – Orçamento federal para o ano indica concurso
26/08/2020 – Tratativas para escolha da banca
26/08/2020 – Suspensão da comissão examinadora
29/07/2020 – Primeiro projeto básico divulgado
7/10/2019 – Primeira comissão examinadora
3/10/2019 – Primeira autorização

Reajuste salarial aos servidores

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, definiram em um encontro o reajuste em 5% dos salários dos servidores públicos federais de todas as categorias.

A decisão foi tomada em reunião conjunta com a pasta e deve ser oficializada na semana que vem no Diário Oficial da União. O aumento significativo dos salários pode ter pagamento iniciado a partir de junho ou julho deste ano.

Entenda a situação nesta matéria

Alteração na comissão do concurso

Saiu no Diário Oficial da União nos dias 2 e 4 de maio de 2022 alterações na comissão designada.

A alteração na estrutura da comissão indica a adição de um novo membro, sendo da secretaria-geral da mesa.

Posteriormente, foi divulgado o servidor designado para ocupar a posição.

Confira nos documentos abaixo:

Página do concurso

A página oficial para acompanhamento do concurso pré e pós-edital foi criada pela Casa. Lá poderá ser encontrado os trâmites de autorização, comissão e materiais de estudo. Aproveite, concurseiro(a)!

Confira em https://www.senado.gov.br/institucional/datasenado/STRANS/hotsite_concurso/

Comissão Formada

Foi designada a Comissão Examinadora do concurso Senado Federal. A comissão é composta por seis servidores públicos. Confira abaixo:

  • Thiago Fernandes Rodrigues Teixeira (presidente)
  • Evandro Aparecido Baldutti (vice-presidente)
  • Membros:
    Rafael Pimenta Weitzel
    Rodrigo Galha
    Beatriz Balestro Izzo
    Hélio Rodrigues Figueiredo Júnior

O documento publicado no Diário Oficial na data de 13 de abril de 2022. Veja AQUI o documento na íntegra.

Nova autorização do concurso

A autorização do concurso público foi divulgado no Diário Oficial da União, na edição do dia 8 de abril de 2022. O concurso ofertará 19 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva de nível superior para os cargos de:

  • Advogado (01);
  • Consultor Legislativo – áreas de Assessoramento em Orçamentos (01), Assessoramento Legislativo (01);
  • Analista Legislativo – áreas de Administração (01), Arquivologia (01), Assistência Social (01), Contabilidade (01), Enfermagem (01), Informática Legislativa (01), Processo Legislativo (01), Registro e Redação Parlamentar (01), Engenharia do Trabalho (01), Engenharia Eletrônica e Telecomunicações (01); e
  • Técnico Legislativo – especialidade Policial Legislativo (06).

Veja o documento na íntegra clicando aqui

De acordo com ata de reunião da Comissão Diretora, realizada no dia 7 de abril de 2022, o cargo de Técnico Legislativo/Policial Legislativo não cobrará nível médio e passa a ser de nível superior.

Confira abaixo a decisão:

concurso-senado-escolaridade-policial

Concurso Senado: cargo de Técnico/Policial Legislativo tem escolaridade alterada.

LOA 2022: vagas e nomeações

Foi divulgada a Lei Orçamentária Anual para 2022 do Governo Federal. No documento está previsto a nomeação de 19 novos profissionais para o quadro efetivo.

A receita estimada para o ano vigente é de R$ 4,8 trilhões. Para consultar o documento clique aqui.

Veja abaixo:

concurso-senado-federal-loa-2022

Concurso Senado Federal: provimentos constam na LOA 2022.

Reforma Administrativa Interna

A Fundação Instituto de Administração (FIA) conta com um cronograma de formulação e implementação do projeto de Reforma Administrativa Interna no prazo de 06 (seis) meses. A informação foi passada pela Assessoria de Imprensa do Senado em setembro de 2020.

Confira aqui os detalhes

Volte ao topo

Banca Definida? Entenda

Apenas algumas horas depois da suspensão da comissão, a banca foi definida: Cebraspe será o responsável. Segundo a assessoria da empresa, o instituto está pronto para organizar o concurso ainda este ano ou no próximo.

A informação foi divulgada no dia 26 de agosto de 2020.

Veja os detalhes clicando aqui.

Também ficou confuso? Veja nossa entrevista com Gabriel Dezen, Consultor Legislativo do Senado Federal e professor do Gran Cursos Online nas áreas de Direito Constitucional, Processo Legislativo, Técnica Legislativa, Regimento Comum, Regimento Interno do Senado Federal e Regimento Interno da Câmara dos Deputados. Nela, ele explica a situação do concurso.

Veja os detalhes clicando aqui.

Suspensão da comissão

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, suspendeu a comissão examinadora do certame por meio da Portaria 5/2020. O documento foi publicado no dia 26 de agosto de 2020.

Segundo ele, a medida foi tomada num momento de incertezas relativas às questões decorrentes da pandemia do Covid-19, bem como a possibilidade de que seja necessária a alocação prioritária de recursos para adoção de medidas de prevenção e combate ao coronavírus.

Veja os detalhes clicando aqui.

Volte ao topo

Projeto básico

No dia 29 de julho de 2020 foi divulgado o projeto básico do certame, que contém todas as informações referentes para a contratação da banca examinadora e etapas do certame. Confira aqui o projeto na íntegra.

As análises das propostas das empresas que organizam e realizam concurso público já foram finalizadas e o Senado Federal informou que apenas 3 (três) empresas continuam na disputa.

A banca examinadora do concurso do Senado Federal recebeu 8 (oito) propostas através do chamamento público que aconteceu em maio, que foram elas: CEBRASPE, INSTITUTO ACESSO, INSTITUTO AOCP, IBFC, IDECAN, INSTITUTO MAIS, FGV e FUNRIO.

Havia a expectativa que o anúncio da empresa responsável pelo certame fosse publicada no mês de junho de 2020, mas de acordo com o Senado Federal a comissão organizadora ainda estava analisando as propostas recebidas e ainda não há um data definida para o fim da atividade.

Volte ao topo

Concurso Senado Federal será publicado pós-pandemia

Devido a crise do novo coronavírus que chegou no Brasil, a comissão examinadora do concurso Senado Federal divulgou que o novo edital será publicado quando as atividades do país voltar a normalidade. Em nota enviada para o Gran Cursos Online foi informado pelo Presidente da Comissão Organizadora do Concurso Público, Roberci Ribeiro de Araujo, que:

“A Comissão Examinadora está desenvolvendo os trabalhos preparatórios e não recebeu nenhum comunicado oficial para interromper ou suspender suas atividades. Em razão da situação epidemiológica decorrente dos quadros de infecção humana pelo Novo Coronavírus (SARS-COV2), o lançamento em praça do edital aguardará o pleno restabelecimento da normalidade no País”.

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: autorização

O Senado Federal divulgou a autorização para realização de um novo concurso no dia 03 de outubro de 2019, com a publicação da autorização no Diário Oficial da União. O novo certame vai ofertar 40 vagas para cargos de níveis médio e superior. As remunerações que podem variar de R$ 13.763,45 a R$ 35.114,14.

Confira o documento completo no link abaixo.

Autorização do Concurso para o Senado

No dia 7 de outubro de 2019, foi publicado no DOU a retificação da comissão examinadora do concurso Senado. Serão sete servidores que serão responsáveis por acompanhar os trâmites do concurso, auxiliar na elaboração do projeto básico e na escolha da banca organizadora.

Confira aqui e veja na íntegra o documento publicado

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: remuneração

Atualmente, as maiores remunerações de um servidor do Senado Federal, segundo a Estrutura Remuneratória dos cargos efetivos, de 1º de janeiro de 2018, publicada no site do Senado, são para os cargos de consultor e advogado.

De acordo com o documento, esses cargos têm remunerações que chegam a R$ 32.787,36, já somados os benefícios e no padrão 43. Confira abaixo as remunerações, já com os benefícios, de todos os cargos efetivos do Senado Federal no padrão inicial e final:

Consultor e Advogado

  • Inicial: R$ 33.461,68
  • Final: R$ 35.114,14
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Advogado

Analista Legislativo

  • Inicial: R$ 25.897,76
  • Final: R$ 29.351,82
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Analista Legislativo

Técnico Legislativo

  • Inicial: R$ 19.647,95
  • Final: R$ 23.260,88
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Técnico Legislativo

Auxiliar Legislativo

  • Inicial: R$ 14.382,79
  • Final: R$ 20.253,69
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Auxiliar Legislativo

Caso queira conferir, veja o documento completo com a estrutura remuneratória de todos os cargos.

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: benefícios

Além dos vencimentos básicos do Senado Federal, os servidores podem contar com excelentes benefícios. Confira abaixo os benefícios que os servidores recebem:

Benefício Valor Descrição
Auxílio-Alimentação 982,28 Valor per capita vigente a partir de janeiro de 2017
Assistência Pré-Escolar 831,19
Auxílio Transporte 163,36 O valor per capita varia de acordo com o local em que o servidor reside e com o número de conduções que utiliza, nos termos da
legislação. O valor indicado no demonstrativo é resultado da divisão entre a despesa executada na respectiva programação (ação “2011”)
e a quantidade de beneficiários no mês de referência do relatório.
Exames Períodicos 0 Em virtude da oscilação mensal no número de servidores que realizam os exames periódicos, a
quantidade de beneficiários indicada refere-se à média mensal de servidores atendidos entre janeiro e o mês de referência do relatório e o
valor per capita é resultado da divisão entre a despesa anual prevista com os exames e a quantidade estimada de beneficiários no ano.
Não houveram gastos com os exames periódicos entre janeiro e o mês de referência do relatório
Assistência Médica e Odontológica 676,00 Em virtude da oscilação na despesa paga mensalmente, o valor per capita indicado é apurado após o encerramento do exercício
financeiro e corresponde à divisão entre a despesa anual executada na respectiva programação (ação “2004”) e a quantidade de
beneficiários, ambos relativos ao último exercício fechado.

Quer saber mais sobre os benefícios que os servidores efetivos do Senado recebem? Clique no link abaixo:

Remuneração e benefícios Senado Federal

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: cargos e vagas

De acordo com a nova autorização de 2022 divulgada no Diário Oficial, as vagas serão divididas da seguinte forma:

  • Advogado (01);
  • Consultor Legislativo para as áreas de Assessoramento em Orçamentos (01), Assessoramento Legislativo (01);
  • Analista Legislativo para as áreas de Administração (01), Arquivologia (01), Assistência Social (01), Contabilidade (01), Enfermagem (01), Informática Legislativa (01), Processo Legislativo (01), Registro e Redação Parlamentar (01), Engenharia do Trabalho (01), Engenharia Eletrônica e Telecomunicações (01); e
  • Técnico Legislativo na especialidade Policial Legislativo (06).

Cargos vagos

O número de cargos vagos do concurso Senado só vem crescendo após o anúncio de um novo certame.

De acordo com informações do Portal da Transparência, do Quadro de Pessoal do Senado Federal (referência: 12 de abril de 2022), há 1513 cargos vagos.

Confira abaixo:

Categoria Especialidade Cargos
vagos em
2022
ADVOGADO
Nível III
ADVOCACIA 5
Total na   Categoria 5
ANALISTA   LEGISLATIVO
Nível III
ADMINISTRAÇÃO 113
ARQUITETURA 3
ARQUIVOLOGIA 7
ASSISTÊNCIA   SOCIAL 3
BIBLIOTECONOMIA 15
COMUNICAÇÃO   SOCIAL 38
CONTABILIDADE 7
ENFERMAGEM 5
ENGENHARIA 4
ENGENHARIA   DO
TRABALHO
3
ENGENHARIA
ELETRÔNICA E
TELECOMUNICAÇÕES
3
ANALISTA LEGISLATIVO
Nível III
ESTATÍSTICO 2
FARMÁCIA 1
FISIOTERAPIA   (*) 0
INFORMÁTICA LEGISLATIVA 73
MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS GRÁFICAS 2
MEDICINA 7
NUTRIÇÃO (*) 0
ORÇAMENTO PÚBLICO 10
PESQUISADOR DE OPINIÃO 5
PROCESSO INDUSTRIAL GRÁFICO 4
PROCESSO LEGISLATIVO 231
PSICOLOGIA 0
REDAÇÃO E   REVISÃO 19
ANALISTA   LEGISLATIVO
Nível III
REGISTRO E REDAÇÃO PARLAMENTAR 38
TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO 3
Total na Categoria 596
AUXILIAR LEGISLATIVO (*)
Nível I
PROCESSO INDUSTRIAL GRÁFICO 0
Total na Categoria 0
CONSULTOR LEGISLATIVO
Nível III
ASSESSORAMENTO EM ORÇAMENTOS 10
ASSESSORAMENTO LEGISLATIVO 47
Total na   Categoria 57
SECRETÁRIO PARLAMENTAR (*)
Nível II
SECRETÁRIO PARLAMENTAR 0
Total na   Categoria 0
TECNICO   LEGISLATIVO
Nível II
ADMINISTRAÇÃO 172
ARQUIVOLOGIA 1
ASSISTÊNCIA A PLENÁRIOS E PORTARIA (*) 0
TECNICO LEGISLATIVO
Nível II
COMUNICAÇÃO   SOCIAL 4
EDIFICAÇÕES (*) 0
ELETRÔNICA   E TELECOMUNICAÇÕES (*) 0
ENFERMAGEM 9
INFORMÁTICA LEGISLATIVA 83
POLICIAL LEGISLATIVO  FEDERAL 189
PROCESSO   INDUSTRIAL GRÁFICO 141
PROCESSO LEGISLATIVO 256
RADIOLOGIA (*) 0
Total na Categoria 855
Total Geral 1513

 

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: carreira

Conheça abaixo os requisitos por cargo:

Advogado
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de Direito e inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil.

Consultor Legislativo na área de Assessoramento em Orçamentos
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em qualquer área de atuação.

Consultor Legislativo na área de Assessoramento Legislativo
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em qualquer área de atuação.

Analista Legislativo – Administração
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC.

Analista Legislativo – Arquivologia
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Arquivologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC

Analista Legislativo – Assistência Social
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional.

Analista Legislativo – Contabilidade
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC, e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional.

Analista Legislativo – Enfermagem
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Enfermagem, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC, e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional.

Analista Legislativo – Informática Legislativa
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Tecnologia da Informação, Ciências Exatas ou qualquer formação de nível superior acrescida de pós-graduação na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC.

Analista Legislativo – Processo Legislativo
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC

Analista Legislativo – Registro e Redação Parlamentar
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Letras e/ou Comunicação Social, na modalidade correspondente à subárea pretendida, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC.

Analista Legislativo – Engenharia do Trabalho
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Engenharia, na modalidade correspondente à subárea pretendida, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC, e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional.

Analista Legislativo – Engenharia Eletrônica e Telecomunicações
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Engenharia, na modalidade correspondente à subárea pretendida, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC, e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional.

Técnico Legislativo – especialidade Policial Legislativo
Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em qualquer área de atuação*.

*A mudança da escolaridade da ocupação foi alterada em abril de 2022.

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: etapas de provas

De acordo com o projeto básico, o concurso será constituído das seguintes etapas:

  1. Prova objetiva,
  2. Prova discursiva,
  3. Prova Prática para o cargo de Analista Legislativo / Registro e Redação Parlamentar
  4. Exame de Sanidade Física e Mental,  Teste de Aptidão Física e Exame Psicotécnico, Sindicância de vida pregressa e investigação social  para o cargo de Técnico Legislativo / Policial Legislativo,
  5. Prova Oral para o cargo de Advogado,
  6. Prova de Títulos para todos os cargos.

Locais de provas e lotação

O Senado Federal, confirmou através de seu perfil em uma rede social, que as provas acontecerão em todo o país.

No entanto, os nomeados serão lotados exclusivamente em Brasília/DF.

Volte ao topo

Prova objetiva

As avaliações objetiva serão aplicadas em todas as capitais do país e no Distrito Federal, já as demais etapas serão aplicadas somente em Brasília.

A prova objetiva será constituída de 200 questões e será aplicada para todos os cargos. Confira as disciplinas cobradas para cada cargo:

Advogado

  •  Língua, literatura nacional e redação;
  • Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol;
  • Direito constitucional;
  • Direito administrativo: geral e noções de administração;
  • Direito administrativo: licitações e contratos;
  • Direito administrativo: legislação de pessoal civil;
  • Direito civil e empresarial;
  • Direito processual civil;
  • Direito penal;
  • Direito processual penal;
  • Direito do trabalho, processual do trabalho e da seguridade social;
  • Direito eleitoral; Direito financeiro e tributário;
  • Direito internacional público e privado;
  • Direito digital; Legislação complementar;
  • Atualidades

Analista Legislativo

  • Língua, literatura nacional e redação;
  • Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol;
  • Raciocínio lógico;
  • Noções de direito constitucional;
  • Noções de direito administrativo; Atualidades;
  • Conhecimentos específicos na área de atuação.

Técnico Legislativo – Policial Legislativo

  • Língua, literatura nacional e redação;
  • Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol;
  • Raciocínio lógico;
  • Noções de direito constitucional;
  • Noções de direito administrativo;
  • Noções de direito civil e processual civil;
  • Noções de direito penal e processual penal;
  • Noções de criminalística;
  • Noções de direito digital;
  • Noções de direitos humanos;
  • Noções de administração;
  • Noções de informática;
  • Atualidades;
  • Conhecimentos específicos na área de atuação.

Volte ao topo

Prova discursiva

As provas discursivas serão aplicadas para todos os cargos sendo dividida da seguinte forma:

  •  Técnico Legislativo – Policial Legislativo: será uma redação de texto dissertativo aplicada no mesmo dia da prova objetiva
  • Analista Legislativo: duas questões teóricas ou práticas e uma redação de texto dissertativo. Também será aplicada no mesmo dia da avaliação objetiva.
  • Advogado: a avaliação será aplicada apenas para os candidatos aprovados na prova objetiva e terá 4 (quatro) questões teóricas ou práticas e redação de um parecer ou uma peça judicial.

Prova oral

Os candidatos ao cargo de Advogado, aprovados na avaliação discursiva,  serão submetidos a uma prova oral que terá os seguintes conteúdos: Direito Constitucional, Direito Digital, Direito Administrativo – Geral, Direito Administrativo – Licitações e Contratos, Direito Administrativo – Legislação de Pessoal Civil, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal e Direito Processual Penal.

Prova prática

Haverá também prova prática de taquigráfica e revisão de textos e também teste de aptidão física.

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: último edital

O edital do último concurso Senado foi publicado no dia 22 de dezembro de 2011, sendo a Fundação Getúlio Vargas a banca responsável pelo concurso. O certame ofertou 260 vagas para os seguintes cargos:

  • Analista Legislativo (diversas áreas) – ‭142 vagas
  • Consultor Legislativo (diversas áreas) – 9 vagas
  • Técnico Legislativo (diversas áreas) – 84 vagas
  • Técnico Legislativo, na área de Polícia Legislativa – 25 vagas

Provas aplicadas

No último concurso do Senado Federal, cada cargo teve etapas e níveis de provas diferentes. Confira:

Analista Legislativo

As provas para os cargos da carreira de analista legislativo foram realizadas em 2 (duas etapas).

1ª etapa: Prova objetiva e discursiva, constituídas de 100 questões, de caráter classificatório e eliminatório.
2ª etapa: Foi aplicada apenas para a especialidade de Taquigrafia.

Confira abaixo as disciplinas cobradas.

Disciplina Número de Questões
Língua Potuguesa 20
Língua Inglesa 10
Conhecimentos Gerais 10
Conhecimentos Específicos 40

 

Consultor Legislativo

Para os cargos da carreira de Consultor Legislativo, o certame foi constituído de 3 (três) etapas.

1ª etapa: Prova objetiva, de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, com 80 questões. Confira as disciplinas cobradas.

Disciplinas Números de questões
Língua Portuguesa 15
Conhecimentos Gerais 10
Direito Constitucional e Administrativo 10
Administração e Políticas Públicas 5
Raciocínio Lógico 6
Língua Inglesa 4
Conhecimentos Específicos 30

 

2ª etapa: Prova discursiva de caráter eliminatório e classificatório

Textos Mínimo de Linhas Máximo de linhas
Dissertação 45 60
Resumo       
   
   
20   
Tradução (inglês para   português) 60
Tradução (espanhol para português)       
   
   
60   
Parecer (todas as subáreas, exceto subárea de pronunciamentos)
Discurso (apenas para a subárea de Pronunciamentos)
70 90
Questão dissertativa (todas as subáreas, exceto subárea de Pronunciamentos)
 Discurso (apenas para a subárea de Pronunciamentos)   
   
70   
   
90   

 

3ª etapa: Avaliação de Títulos

Os títulos avaliados foram os de doutorado, mestrado e pós-graduação.

Técnico Legislativo

Para os cargos da carreira de Técnico Legislativo, o certame foi constituído de uma única etapa, com provas objetivas e discursivas. Apenas para o cargo de Policial Legislativo o concurso foi constituído de 5 (cinco) etapas.

Prova objetiva: múltipla escolha, com 70 questões, de caráter eliminatório e classificatório

Disciplinas Número de    Questões Pontos por    questão
Conhecimentos   Específicos 30 2
   
Conhecimentos   Gerais   
   
10   
   
1   
Língua Portuguesa 20 2
   
Noções de   Informática   
   
10   
   
1   

Prova discursiva: foi composta de uma redação e uma questão discursiva, de caráter eliminatório e classificatório.

Textos Mínimo de Linhas Máximo de Linhas Total de Pontos
Redação 25 30 20
Questão Discursiva 30 20

Polícia Legislativa

Os candidatos que se inscreveram no cargo de Policial Legislativo, passaram por 5 (cinco) etapas do concurso. Foram elas:

1ª etapa:

Prova objetiva: de caráter classificatório e eliminatório, com 70 questões de múltipla escolha

Disciplina Número de Questões
Língua Portuguesa 20
   
Conhecimentos Gerais   
   
10   
Noções de Informática 10
   
Conhecimentos Específico   
   
30   

Prova discursiva: de caráter eliminatório e classificatório

Textos Mínimo de Linhas Máximo de Linhas
Redação 25 30
   
Questão discursiva   
   
   
   
30   

2ª etapa: aptidão física (TAF), apenas eliminatória

Testes Tempo Máximo Desempenho Mínimo Tentativas
Flexão de Braços 1 minuto Masculino – 20 repetições
Feminino – 15 repetições
2
Abdominal 1 minuto Masculino – 25 repetições
Feminino – 20 repetições
2
Barra Masculino – 5 repetições
Feminino – 15 segundos em suspensão
2
Corrida 12 minutos Masculino – 2.400 metros
Feminino – 2.000 metros
1

3ª etapa: avaliação psicológica, constituída de aplicação de teste psicológicos, dinâmica de grupo e anamnese, que visa apurar as condições necessárias para um bom desempenho do candidato.

4ª etapa: Investigação social, com convocação dos candidatos para fazer a investigação social documental, verificando a conduta irrepreensível e idoneidade moral.

5ª etapa: Para o curso de formação foram convocados os aprovados em todas as etapas anteriores. O curso foi de 80 horas/aulas, de caráter eliminatório.

Volte ao topo

Análise de Provas

Vamos analisar as provas para os cargos que obtiveram mais participações (inscrições e nomeações) no último concurso.

Analista – Apoio Técnico ao Processo Legislativo – Processo Legislativo

Concurso Senado Federal

Concurso Senado Federal: Composição da Prova de Analista (por disciplina).

Língua Portuguesa (P1), Conhecimentos Gerais (P2) e Língua Inglesa (P3): O candidato precisa ficar atento para a prova de Língua Portuguesa, que teve 20 questões, enquanto foram apenas 10 nas demais disciplinas de conhecimentos gerais e língua inglesa. Na parte de conhecimentos gerais os candidatos resolveram questões de Raciocínio Lógico, Mundo Contemporâneo, Cultura internacional, Cultura e sociedade brasileira, Panorama da economia nacional, entre outras. Já na parte de Língua Inglesa o objetivo foi auferir se os candidatos tinham Estratégias de leitura, Estratégias discursivas e Aspectos gramaticais.

O total de questões é 40 e com o peso 1 – essa parte da prova é responsável por quase 36% da nota total do concurso.

Conhecimentos específicos (P4): Essas matérias são compostas por 40 questões, mas com peso dobrado (2). O percentual dessas questões, com a pontuação total de 80 pontos, é cerca de 60%. Dentre as disciplinas desta área estão Direito Constitucional, Regimento Interno do Senado Federal, Regimento Comum, Direito Administrativo, Projeto de Lei Orçamentária, Apreciação de Matérias em Regime de Urgência, Atribuições Privativas, Ética profissional e outros.

Importante: Somente são considerados aprovados os candidatos que alcançarem o mínimo de 54% (cinquenta por cento) de aproveitamento do total de pontos de cada prova (P1, P2, P3 e P4).

Técnico – Apoio Técnico ao Processo Legislativo – Todas as Especialidades

Concurso Senado Federal: composição da prova de técnico.

Concurso do Senado Federal: composição da prova de técnico (por disciplina).

Volte ao topo

Língua Portuguesa (P1), Conhecimentos Gerais (P2) e Noções de Informática (P3): O candidato precisa ficar atento para a prova de Língua Portuguesa, que teve 20 questões com peso 2, enquanto foram apenas 10 nas demais disciplinas de Conhecimentos Gerais e Noções de Informática. Na parte de Conhecimentos Gerais os candidatos resolveram questões de:

  1. Mundo Contemporâneo,
  2. Cultura internacional,
  3. Noções de Direito Administrativo,
  4. Direito Constitucional,
  5. Regimento Interno do Senado Federal,
  6. Regimento Comum e outras.

O total de questões é de 40 com o peso 1 – essa parte da prova é responsável por quase 46% da nota total do concurso.

Conhecimentos específicos (P4) – Processo Legislativo: São 30 questões divididas por 8 matérias com peso dobrado (2). O percentual dessas questões, com a pontuação total de 60 pontos, é cerca de 54%. Dentre as disciplinas desta área estão:

  1. Direito Constitucional,
  2. Regimento Interno do Senado Federal,
  3. Regimento Comum,
  4. Direito Administrativo,
  5. Apreciação de Matérias em Regime de Urgência,
  6. Atribuições Privativas,
  7. Ética profissional,
  8. Princípios Gerais do Processo Legislativo e outras.

Conhecimentos específicos (P4) – Policial Legislativo: São 30 questões, mas com peso dobrado (2). O percentual dessas questões, com a pontuação total de 60 pontos, é cerca de 54%. Dentre as disciplinas desta área estão Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal, ECA, Direito Administrativo, Regimento Interno do Senado Federal e Regimento Comum, Ética profissional e outras.

Importante: Somente são considerados aprovados os candidatos que alcançarem o mínimo de 50% (cinquenta por cento) de aproveitamento do total de pontos de cada prova (P1, P2, P3 e P4).

Volte ao topo

Concorrência Senado

O Senado Federal sempre se sobressai no número de participações. Com 42.967 cadastros registrados para 150 vagas em 2008 e concorrência média de 286,4 candidatos por vaga, o certame registrou recorde na seleção aberta em 2012, quando obteve total de 157.939 inscritos para 246 vagas.

Para o cargo de consultor legislativo foram 8.607 inscritos para 9 vagas, para policial legislativo foram 23.435 inscrições para 25 vagas, no cargo de analista legislativo eram 63.194 candidatos para 133 vagas e o posto de técnico legislativo teve 62.703 inscrições para 79 vagas.

  • Ano 2008: 157.939 inscritos
  • Ano 2012: 42.967 inscritos

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: recomendações pré-edital

O edital do concurso Senado ainda não foi publicado, mas existem diversas formas de se preparar com antecedência. De acordo com o professor Diego Fontes, uma delas é estudar com base nas bancas organizadoras anteriores.

“Eu me prepararia para duas bancas: ou FGV, por conta do histórico do senado, ou CESPE que também já fez concurso do Senado.”

Ainda segundo ele, a Língua Portuguesa costuma ter grande peso nessas provas. Português é fundamental para qualquer prova do Legislativo (…) e se for FGV, estude muito gramática.” 

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: nomeações

Confira a quantidade de nomeações que o Senado Federal realizou no seu último concurso. Foram convocados 615 aprovados, mais do que o dobro de vagas ofertadas. Veja:

Cargo Especialidade Total
Consultor Legislativo Assessoramento Legislativo 76
Consultor Legislativo Assessoramento em orçamentos 15
Analista Legislativo Processo Legislativo 73
Analista Legislativo Administração 80
Analista Legislativo Arquitetura 4
Analista Legislativo Engenharia 19
Analista Legislativo Medicina 13
Analista Legislativo Nutrição 1
Analista Legislativo Farmácia 1
Analista Legislativo Assistência Social 1

Volte ao topo

Concurso Senado Federal: material gratuito

O Gran Cursos Online preparou alguns editais verticalizados para ajudar na preparação dos alunos. Baixe o conteúdo clicando nos links abaixo. Totalmente gratuito e ajudará muito na sua preparação e a alcançar a tão aguardada nomeação no Senado Federal.

Para os alunos que irão concorrer no cargo de advocacia, o edital verticalizado não está disponível pois no último edital não houve vagas para o cargo.

Todo o conteúdo do edital verticalizado foi preparado conforme o conteúdo do último edital do Senado Federal.

Volte ao topo

Motivos para fazer o concurso do Senado Federal

O Senador Lasier Martins gravou um vídeo exclusivo para o Gran Cursos Online, onde ele relata os benefícios de ser um servidor efetivo do Senado Federal.

Confira o recado e comece já a se preparar para o certame mais concorrido do país.

Volte ao topo

5 motivos para fazer o concurso senado

O Gran Cursos Online separou cincos pontos que fazem do Senado Federal um sonho de concurso para qualquer estudante que sonha em mudar de vida. Confira cada um dos motivos e acesse o texto completo CLICANDO AQUI!

Volte ao topo

Resumo do concurso Senado Federal

concurso Senado Senado Federal
Situação atual Comissão formada
Banca organizadora A definir
Cargos Advogado, Consultor Legislativo, Analista Legislativo e Técnico Legislativo (Policial)
Escolaridade Nível superior
Carreiras Legislativo e Policial
Lotação Brasília/DF
Número de vagas 19 + CR
Remuneração de R$ 19.427,79 a R$ 33.461,68
Links dos últimos editais Senado:  Consultor   –   Analista    –  Técnico    –  Policial

 


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
24

90


Tudo que sabemos sobre:

comissão formada destaque


Comentários (90)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.