Concurso Senado: Com 1.477 cargos vagos, certame segue previsto!

Concurso Senado Federal: certame prevê 40 vagas para o próximo edital. Remuneração de até R$ 34 mil

Avatar


19 de Julho 17 min. de leitura

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, revogou em agosto de 2020 a Portaria 20/2019, que criou a comissão do concurso Senado e, no mesmo dia, apenas algumas horas, depois, foi divulgado que a banca do certame foi definida! Isso mesmo: Cebraspe será o responsável em realizar uma das seleções mais aguardadas do país.

Ficou confuso? Todos nós! Para facilitar o entendimento quanto a situação do certame, entrevistamos o Consultor Legislativo do Senado Federal e também professor do Gran Cursos Online, Gabriel Dezen. Clique aqui! É bom lembrar que a banca ainda não foi contratada oficialmente. O anúncio oficial só poderá ocorrer após a aprovação do projeto básico, de acordo com o advogado do Senado. A assessoria de imprensa do Cebraspe, porém, disse que estão prontos para organizar o concurso ainda este ano ou no próximo.

O Senado hoje possui 1.477 cargos vagos, de acordo com o portal de Transparência de 19 de julho de 2021. Com uma das melhores remunerações do serviço público brasileiro — que pode chegar a R$ 35 mil —, além de um série de benefícios, o Senado, sem dúvidas, é um dos certames mais aguardados. Então, concurseiro imparável, mantenha o foco nos estudos para o concurso do Senado Federal.

O certame do Senado Federal vai ofertar 40 vagas imediatas, nas carreiras de níveis médio e superior, nos cargos de Técnico Legislativo – Polícia Legislativa, Advogado, Analista Legislativo – Administração, Arquivologia, Assistente Social, Contabilidade, Enfermagem, Informática Legislativa, Processo Legislativo, Registro e Redação Parlamentar, Engenharia do Trabalho e Engenharia Eletrônica e Telecomunicações.

Além dessas grandes movimentações, o Senado passará por Reforma Administrativa Interna.

Saiba todos os detalhes do concurso mais aguardado do país navegando no índice abaixo:

Concurso Senado Federal: Situação Atual

Linha do Tempo

  • 19/07/2021: Quadro de Cargos Efetivos Vagos atualizado

Senado Federal divulgou seu quadro de Cargos Efetivos e apontou 1.477 cargos vagos. Dentre as vagas estão cargos de nível superior e técnico.

  • 5/11/2020 – Quadro de Cargos Efetivos Vagos

Senado Federal divulgou seu quadro de Cargos Efetivos e apontou 1.467 cargos vagos. Dentre as vagas estão cargos de nível superior e técnico.

  • 18/09/2020 – Reforma Administrativa Interna

A Fundação Instituto de Administração (FIA) conta com um cronograma de formulação e implementação do projeto de Reforma Administrativa Interna no prazo de 06 (seis) meses. A informação foi passada pela Assessoria de Imprensa do Senado. Confira aqui os detalhes!

  • 26/08/2020 – Banca Definida

Apenas algumas horas depois da suspensão da comissão, a banca foi definida: Cebraspe será o responsável. Segundo a assessoria da empresa, o instituto está pronto para organizar o concurso ainda este ano ou no próximo.

Veja os detalhes clicando aqui.

Também ficou confuso? Veja nossa entrevista com Gabriel Dezen, Consultor Legislativo do Senado Federal e professor do Gran Cursos Online nas áreas de Direito Constitucional, Processo Legislativo, Técnica Legislativa, Regimento Comum, Regimento Interno do Senado Federal e Regimento Interno da Câmara dos Deputados. Nela, ele explica a situação do concurso.

Veja os detalhes clicando aqui.

  • 26/08/2020 – Suspensão da comissão

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, suspendeu a comissão examinadora do certame por meio da Portaria 5/2020. Segundo ele, a medida foi tomada num momento de incertezas relativas às questões decorrentes da pandemia do Covid-19, bem como a possibilidade de que seja necessária a alocação prioritária de recursos para adoção de medidas de prevenção e combate ao coronavírus.

Veja os detalhes clicando aqui.

  • 29/07/2020 – Divulgação do Projeto básico

Na quarta-feira (29) de julho, foi divulgado o projeto básico do certame, que contém todas as informações referentes para a contratação da banca examinadora e etapas do certame. Confira aqui o projeto na íntegra.

As análises das propostas das empresas que organizam e realizam concurso público já foram finalizadas e o Senado Federal informou que apenas 3 (três) empresas continuam na disputa. Confira trecho da nota enviada pela assessoria de comunicação do órgão:

Concurso Senado Federal

Nota sobre o Concurso Senado Federal

 

A banca examinadora do concurso do Senado Federal recebeu 8 (oito) propostas através do chamamento público que aconteceu em maio, que foram elas:

  • CEBRASPE
  • INSTITUTO ACESSO
  • INSTITUTO AOCP
  • IBFC
  • IDECAN
  • INSTITUTO MAIS
  • FGV
  • FUNRIO

Havia a expectativa que o anúncio da empresa responsável pelo certame fosse publicada no mês de junho, mas de acordo com o Senado Federal a comissão organizadora ainda estava analisando as propostas recebidas e ainda não há um data definida para o fim da atividade. Veja:

  • 19/06/2020 – Publicação do Edital somente após efeitos do Covid-19

No último dia 19 de junho, o presidente da comissão organizadora do certame, Roberci Araújo, concedeu uma entrevista à Rádio Senado e voltou a reafirmar que a publicação do edital só acontecerá quando a normalidade do país for restabelecida. Roberci afirmou também, que após as análises dos critérios fiscais, jurídicos e econômicos definirá a banca responsável pelo certame.

Confira a entrevista completa:

  • 18/05/2020 – Chamamento das bancas examinadoras

Conforme publicado no Diário Oficial da União, foi iniciada a escolha da banca organizadora do próximo concurso do Senado Federal. Confira abaixo o aviso de chamamento na íntegra:

Concurso Senado Federal

Concurso Senado : chamamento público de bancas

Concurso Senado Federal: Edital será publicado após a pandemia

Devido a crise do novo coronavírus que chegou no Brasil, a comissão examinadora do concurso Senado Federal divulgou que o novo edital será publicado quando as atividades do país voltar a normalidade. Em nota enviada para o Gran Cursos Online foi informado pelo Presidente da Comissão Organizadora do Concurso Público, Roberci Ribeiro de Araujo, que:

“A Comissão Examinadora está desenvolvendo os trabalhos preparatórios e não recebeu nenhum comunicado oficial para interromper ou suspender suas atividades. Em razão da situação epidemiológica decorrente dos quadros de infecção humana pelo Novo Coronavírus (SARS-COV2), o lançamento em praça do edital aguardará o pleno restabelecimento da normalidade no País”.

O Senado Federal divulgou no dia 27 de fevereiro, uma nota sobre a publicação do novo edital. Confira abaixo a nota na íntegra divulgada pela Agência Senado:

Nota da Comissão Examinadora acerca do concurso público do Senado

A Comissão Examinadora tem empreendido esforços para concluir a instrução do processo de contratação da instituição especializada que executará as etapas de exames e avaliação do concurso público.

A demora no lançamento do edital de abertura deve-se a vários fatores.

O concurso realizado pelo Senado em 2012 reproduziu praticamente a íntegra do edital do certame de 2008. E provavelmente a instrução de 2008 deve ter tomado como base documentos de concursos anteriores.

A comissão se deparou, então, com a necessidade de promover uma série de ajustes nos modelos até então adotados para adequá-los à legislação vigente.

Além de atualizarmos o conteúdo programático com as inovações legislativas, desde o último concurso tivemos o advento de leis e reiteradas decisões judiciais acerca de regras de acessibilidade e de inclusão social, como o Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015) e a Lei que reserva aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos (Lei 12.990/2014).

Tanto o projeto básico como o edital de abertura precisam contemplar regras claras e objetivas que assegurem a implementação dessas políticas públicas de cotas. O concurso deve ser o mais inclusivo e participativo possível, assegurando um conjunto de tecnologias assistivas para os candidatos que demandem atendimento especial. No caso das cotas para negros, devemos ter um procedimento de heteroidentificação para averiguar a veracidade da autodeterminação do candidato. Trata-se de um importante mecanismo de controle e combate à fraude na reserva de vagas.

No início do mês de dezembro realizamos uma audiência pública que contou com a participação de inúmeras instituições especializadas interessadas em operacionalizar o concurso do Senado. Os representantes das organizadoras, a partir da experiência advinda da realização de outros certames, apresentaram várias sugestões e disponibilizaram farto material impresso com informações relevantes. Foi preciso, então, depurar o material apresentado para identificar os dados e os aspectos que poderíamos adotar para o aprimoramento do processo em curso.

De maneira inovadora, adotamos o rito de submeter os critérios de recrutamento e seleção dos candidatos às secretarias da Casa que serão responsáveis pela acolhida e lotação dos futuros servidores. Afinal de contas, os parâmetros de avaliação de desempenho e o conteúdo programático mínimo das provas devem ser definidos a partir da análise dos requisitos básicos à investidura no cargo e do perfil profissional desejado para o bom desempenho das competências e atribuições do cargo. Diante das manifestações das secretarias e unidades consultadas, estamos reformulando o conteúdo programático, priorizando as matérias mais recorrentes na atuação profissional e realizando o balanceamento das questões em razão das disciplinas de maior relevância.

Diante da grande expectativa dos candidatos com a data de lançamento do edital de abertura, podemos assegurar que estamos trabalhando intensamente para a sua publicação o mais breve possível.

Fonte: Agência Senado

O edital Senado Federal ofertará 40 vagas nos cargos de níveis médio e superior, nas carreiras de Técnico Legislativo – Policial Legislativo, Advocacia, Analista Legislativo – Administração, Arquivologia, Assistência Social, Contabilidade, Enfermagem, Informática Legislativa, Registro e Redação Parlamentar, Engenharia do Trabalho, Engenharia Eletrônica e Telecomunicações e Processo Legislativo.

Orçamento para o concurso presente na LOA 2020

No dia 20 de janeiro de 2020, o Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei Orçamentária Anual de 2020 e no documento consta o orçamento para a realização do novo certame. A LOA de 2020 prevê orçamento para a realização do novo concurso do Senado Federal. De acordo com o documento publicado no Diário Oficial da União, o Senado terá cerca de R$16 milhões para o provimento de 40 vagas!

Audiência pública com as bancas organizadoras

No dia 05 de dezembro de 2019, a Comissão Organizadora do concurso do Senado Federal convocou empresas que organizam concursos públicos para participarem de uma audiência pública, a fim de apresentar pontos e subsídios para a elaboração do próximo edital do certame.

Na ocasião foram abordados temas sobre segurança, locais de prova, acessibilidade, realização das provas, armazenamento, transparência, interferências externas, atendimentos especiais, inclusão social, fase recursal, formação de preços.

Confira as bancas que estiveram na audiência:

  • Fundação Getúlio Vargas – FGV,
  • Fundação Cesgranrio,
  • Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional – IDECAN,
  • Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação – IBFC,
  • Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – CEBRASPE,
  • Instituto AOCP,
  • Instituto Americano de Desenvolvimento – IADES.

Concurso Senado Federal: projeto básico

O Senado Federal divulgou o projeto básico do certame e consta no documento a distribuição de vagas, etapas do certame, forma de contratação da banca examinadora e demais cronogramas de atividades do concurso.

O certame ofertará 40 vagas imediatas e serão distribuídas da seguinte forma:

Cargos ofertadosDistribuição das vagas
Advocacia 4 vagas
Analista Legislativo - Administração2 vagas
Analista Legislativo - Arquivologia1 vaga
Analista Legislativo - Assistência Social1 vaga
Analista Legislativo - Contabilidade1 vaga
Analista Legislativo - Contabilidade1 vaga
Analista Legislativo - Enfermagem 1 vaga
Analista Legislativo - Informática Legislativa1 vaga
Analista Legislativo - Processo Legislativo2 vagas
Analista Legislativo - Registro e Redação Parlamentar1 vaga
Analista Legislativo - Engenharia do Trabalho1 vaga
Analista Legislativo - Engenharia Eletrônica e Telecomunicações 1 vaga
Técnico Legislativo - Polícia Legislativo24 vagas

O concurso será constituído das seguintes etapas:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva
  • Prova Prática para o cargo de Analista Legislativo / Registro e Redação Parlamentar
  • Exame de Sanidade Física e Mental,  Teste de Aptidão Física e Exame Psicotécnico, Sindicância de vida pregressa e investigação social  para o cargo de Técnico Legislativo / Policial Legislativo
  • Prova Oral para o cargo de Advogado
  • Prova de Títulos para todos os cargos

As avaliações objetiva serão aplicadas em todas as capitais do país e no Distrito Federal, já as demais etapas serão aplicadas somente em Brasília.

A prova objetiva será constituída de 200 questões e será aplicada para todos os cargos. Confira as disciplinas cobradas para cada cargo:

Advogado

  •  Língua, literatura nacional e redação;
  • Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol;
  • Direito constitucional;
  • Direito administrativo: geral e noções de administração;
  • Direito administrativo: licitações e contratos;
  • Direito administrativo: legislação de pessoal civil;
  • Direito civil e empresarial;
  • Direito processual civil;
  • Direito penal;
  • Direito processual penal;
  • Direito do trabalho, processual do trabalho e da seguridade social;
  • Direito eleitoral; Direito financeiro e tributário;
  • Direito internacional público e privado;
  • Direito digital; Legislação complementar;
  • Atualidades

Analista Legislativo

  • Língua, literatura nacional e redação;
  • Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol;
  • Raciocínio lógico;
  • Noções de direito constitucional;
  • Noções de direito administrativo; Atualidades;
  • Conhecimentos específicos na área de atuação.

Técnico Legislativo – Policial Legislativo

  • Língua, literatura nacional e redação;
  • Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol;
  • Raciocínio lógico;
  • Noções de direito constitucional;
  • Noções de direito administrativo;
  • Noções de direito civil e processual civil;
  • Noções de direito penal e processual penal;
  • Noções de criminalística;
  • Noções de direito digital;
  • Noções de direitos humanos;
  • Noções de administração;
  • Noções de informática;
  • Atualidades;
  • Conhecimentos específicos na área de atuação

As provas discursivas serão aplicadas para todos os cargos sendo dividida da seguinte forma:

  •  Técnico Legislativo – Policial Legislativo: será uma redação de texto dissertativo aplicada no mesmo dia da prova objetiva
  • Analista Legislativo: duas questões teóricas ou práticas e uma redação de texto dissertativo. Também será aplicada no mesmo dia da avaliação objetiva.
  • Advogado: a avaliação será aplicada apenas para os candidatos aprovados na prova objetiva e terá 4 (quatro) questões teóricas ou práticas e redação de um parecer ou uma peça judicial.

Os candidatos ao cargo de Advogado, aprovados na avaliação discursiva,  serão submetidos a uma prova oral que terá os seguintes conteúdos: Direito Constitucional, Direito Digital, Direito Administrativo – Geral, Direito Administrativo – Licitações e Contratos, Direito Administrativo – Legislação de Pessoal Civil, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal e Direito Processual Penal.

Haverá também prova prática de taquigráfica e revisão de textos e também teste de aptidão física.

De acordo com o Projeto Básico, as inscrições terão um valor máximo de R$334,61  para Advogado, R$258,97 para Analista Legislativo e de R$194,27 para Técnico Legislativo.

Os professores do Gran Cursos Online, Erico Palazzo e Fernando Mesquita realizaram um Plantão GCO analisando ponto a ponto do projeto básico do concurso Senado. Vem conferir e começar sua preparação para o certame.

Concurso Senado Federal: elaboração do Concurso

As expectativas para o novo edital do concurso só aumentam. Vale lembrar que o órgão informou no dia 22 de outubro de 2019 que havia iniciado a elaboração do projeto básico, onde constarão todas as informações e cronograma do certame.

O órgão atualizou o quantitativo de cargos vagos na maior casa do poder legislativo. Agora são 1.477 cargos possíveis de preenchimento, o que reforça a tese de haver mais nomeações do que a quantidade de vagas que serão ofertadas no edital.

Após a elaboração do projeto básico, será feita a escolha da banca e somente após a contratação da empresa o edital será publicado.

Concurso Senado Federal: autorização

O Senado Federal divulgou a autorização para realização de um novo concurso no dia 03 de outubro de 2019, com a publicação da autorização no Diário Oficial da União. O novo certame vai ofertar 40 vagas para cargos de níveis médio e superior. As remunerações que podem variar de R$ 13.763,45 a R$ 35.114,14. Confira o documento completo no link abaixo.

Autorização do Concurso para o Senado!

No dia 7 de outubro de 2019, foi publicado no DOU a retificação da comissão examinadora do concurso senado! Serão sete servidores que serão responsáveis por acompanhar os trâmites do concurso, auxiliar na elaboração do projeto básico e na escolha da banca organizadora. Confira abaixo a íntegra do documento publicado:

Concurso Senado Federal: Portaria Nº 20.

Concurso Senado Federal: Portaria Nº 20.

Concurso Senado Federal: remuneração

Atualmente, as maiores remunerações de um servidor do Senado Federal, segundo a Estrutura Remuneratória dos cargos efetivos, de 1º de janeiro de 2018, publicada no site do Senado, são para os cargos de consultor e advogado. De acordo com o documento, esses cargos têm remunerações que chegam a R$ 32.787,36, já somados os benefícios e no padrão 43. Confira abaixo as remunerações, já com os benefícios, de todos os cargos efetivos do Senado Federal no padrão inicial e final:

Consultor e Advogado

  • Inicial: R$ 33.461,68
  • Final: R$ 35.114,14
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Advogado

Analista Legislativo

  • Inicial: R$ 25.897,76
  • Final: R$ 29.351,82
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Analista Legislativo

Técnico Legislativo

  • Inicial: R$ 19.647,95
  • Final: R$ 23.260,88
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Técnico Legislativo

Auxiliar Legislativo

  • Inicial: R$ 14.382,79
  • Final: R$ 20.253,69
Concurso Senado Federal

Concurso Senado : tabela remuneração Auxiliar Legislativo

Concurso Senado Federal: benefícios

Além dos vencimentos básicos do Senado Federal, os servidores podem contar com excelentes benefícios. Confira abaixo os benefícios que os servidores recebem:

BenfícioValorDescrição
Auxílio-Alimentação982,28Valor per capita vigente a partir de janeiro de 2017
Assistência Pré-Escolar831,19-
Auxílio Transporte163,36O valor per capita varia de acordo com o local em que o servidor reside e com o número de conduções que utiliza, nos termos da
legislação. O valor indicado no demonstrativo é resultado da divisão entre a despesa executada na respectiva programação (ação "2011")
e a quantidade de beneficiários no mês de referência do relatório.
Exames Períodicos0 Em virtude da oscilação mensal no número de servidores que realizam os exames periódicos, a
quantidade de beneficiários indicada refere-se à média mensal de servidores atendidos entre janeiro e o mês de referência do relatório e o
valor per capita é resultado da divisão entre a despesa anual prevista com os exames e a quantidade estimada de beneficiários no ano.
Não houveram gastos com os exames periódicos entre janeiro e o mês de referência do relatório
Assistência Médica e Odontológica 676,00Em virtude da oscilação na despesa paga mensalmente, o valor per capita indicado é apurado após o encerramento do exercício
financeiro e corresponde à divisão entre a despesa anual executada na respectiva programação (ação "2004") e a quantidade de
beneficiários, ambos relativos ao último exercício fechado.

Quer saber mais sobre os benefícios que os servidores efetivos do Senado recebem? Clique no link abaixo:

Remuneração e benefícios Senado Federal

Concurso Senado Federal: cargos e Vagas

De acordo com o Ato publicado no Diários Oficial, as vagas serão divididas da seguinte forma:

ÁreaTipoNívelPadrãoRequisitoVagas
Policial LegislativoTécnico LegislativoII21Nível Médio24
AdvocaciaAdvogadoIII41Nível Superior4
AdministraçãoAnalista LegislativoIII36Nível Superior2
ArquivologiaAnalista LegislativoIII36Nível Superior1
Assistência SocialAnalista LegislativoIII36Nível Superior1
ContabilidadeAnalista LegislativoIII36Nível Superior1
EnfermagemAnalista LegislativoIII36Nível Superior1
InformáticaAnalista LegislativoIII36Nível Superior1
Processo LegislativoAnalista LegislativoIII36Nível Superior2
Registro e Redação ParlamentarAnalista LegislativoIII36Nível Superior1
Engenharia do TrabalhoAnalista LegislativoIII36Nível Superior1
Engenharia Eletrônica e TelecomunicaçõesAnalista LegislativoIII36Nível Superior1

Cargos Vagos

O número de cargos vagos do concurso Senado só vem crescendo após o anúncio de um novo certame.

De acordo com o Portal da Transparência do órgão, existem hoje, 1.477 cargos disponíveis para serem ocupados.

Confira:

Categoria Especialidade Total de cargos em 2021 Cargos Ocupados Cargos vagos Variação percentual
Cargos Ocupados em 2020 Cargos ocupados em 2021 Cargos vagos em 2020 Cargos vagos em 2021 Variação ocupados 2020/2021 Variação vagos 2020/2021
ADVOGADONível III ADVOCACIA 35 29 30 6 5 3,4% -16,7%
Total na Categoria 35 29 30 6 5 3,4% -16,7%
ANALISTA LEGISLATIVONível III ADMINISTRAÇÃO 232 120 120 112 112 0,0% 0,0%
ARQUITETURA 7 4 4 3 3 0,0% 0,0%
ARQUIVOLOGIA 12 5 5 7 7 0,0% 0,0%
ASSISTÊNCIA SOCIAL 4 1 1 3 3 0,0% 0,0%
BIBLIOTECONOMIA 37 22 22 15 15 0,0% 0,0%
COMUNICAÇÃO SOCIAL 225 187 187 38 38 0,0% 0,0%
CONTABILIDADE 29 22 22 7 7 0,0% 0,0%
ENFERMAGEM 12 7 7 5 5 0,0% 0,0%
ENGENHARIA 22 18 18 4 4 0,0% 0,0%
ENGENHARIA   DO TRABALHO 3 0 0 3 3 0,0% 0,0%
ENGENHARIA ELETRÔNICA E TELECOMUNICAÇÕES 3 0 0 3 3 0,0% 0,0%
Categoria Especialidade Total de cargos em 2021 Cargos Ocupados Cargos vagos Variação percentual
Cargos Ocupados em 2020 Cargos ocupados em 2021 Cargos vagos em 2020 Cargos vagos em 2021 Variação ocupados 2020/2021 Variação vagos 2020/2021
ANALISTA   LEGISLATIVONível   III ESTATÍSTICO 2 0 0 2 2 0,0% 0,0%
FARMÁCIA 2 1 1 1 1 0,0% 0,0%
FISIOTERAPIA   (*) 1 1 1 0 0 0,0% 0,0%
INFORMÁTICA   LEGISLATIVA 250 180 181 70 69 0,6% -1,4%
MANUTENÇÃO DE   MÁQUINAS GRÁFICAS 2 1 1 1 1 0,0% 0,0%
MEDICINA 30 25 25 5 5 0,0% 0,0%
NUTRIÇÃO   (*) 1 1 1 0 0 0,0% 0,0%
ORÇAMENTO   PÚBLICO 15 6 6 9 9 0,0% 0,0%
PESQUISADOR   DE OPINIÃO 5 0 0 5 5 0,0% 0,0%
PROCESSO   INDUSTRIAL GRÁFICO 5 1 1 4 4 0,0% 0,0%
PROCESSO   LEGISLATIVO 414 183 183 231 231 0,0% 0,0%
PSICOLOGIA 5 5 5 0 0 0,0% 0,0%
REDAÇÃO   E REVISÃO 25 6 6 19 19 0,0% 0,0%
Categoria Especialidade Total de cargos em 2021 Cargos Ocupados Cargos vagos Variação percentual
Cargos Ocupados em 2020 Cargos ocupados em 2021 Cargos vagos em 2020 Cargos vagos em 2021 Variação ocupados 2020/2021 Variação vagos 2020/2021
ANALISTA   LEGISLATIVONível   III REGISTRO E   REDAÇÃO PARLAMENTAR 90 54 53 36 37 -1,9% 2,8%
TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO 6 3 3 3 3 0,0% 0,0%
Total na Categoria 1439 853 853 586 586 0,0% 0,0%
AUXILIAR   LEGISLATIVO (*)Nível   I PROCESSO   INDUSTRIAL GRÁFICO 30 31 30 0 0 -3,2% 0,0%
Total na Categoria 30 31 30 0 0 -3,2% 0,0%
CONSULTOR   LEGISLATIVONível   III ASSESSORAMENTO EM ORÇAMENTOS 50 40 40 10 10 0,0% 0,0%
ASSESSORAMENTO   LEGISLATIVO 232 189 188 43 44 -0,5% 2,3%
Total na Categoria 282 229 228 53 54 -0,4% 1,9%
SECRETÁRIO   PARLAMENTAR(*)

Nível   II

SECRETÁRIO PARLAMENTAR 4 4 4 0 0 0,0% 0,0%
Total na Categoria 4 4 4 0 0 0,0% 0,0%
TECNICO   LEGISLATIVONível   II ADMINISTRAÇÃO 361 198 195 162 166 -1,5% 2,5%
ARQUIVOLOGIA 8 7 7 1 1 0,0% 0,0%
Categoria Especialidade Total de cargos em 2021 Cargos Ocupados Cargos vagos Variação percentual
Cargos Ocupados em 2020 Cargos ocupados em 2021 Cargos vagos em 2020 Cargos vagos em 2021 Variação ocupados 2020/2021 Variação vagos 2020/2021
TECNICO   LEGISLATIVONível   II ASSISTÊNCIA A PLENÁRIOS E PORTARIA(*) 5 5 5 0 0 0,0% 0,0%
COMUNICAÇÃO   SOCIAL 71 67 67 4 4 0,0% 0,0%
EDIFICAÇÕES   (*) 12 12 12 0 0 0,0% 0,0%
ELETRÔNICA E TELECOMUNICAÇÕES (*) 44 44 44 0 0 0,0% 0,0%
ENFERMAGEM 20 12 13 8 7 8,3% -12,5%
INFORMÁTICA   LEGISLATIVA 105 24 24 81 81 0,0% 0,0%
ODONTOLOGIA 0 1 0 1 0 -100,0% -100,0%
POLICIAL   LEGISLATIVO FEDERAL 360 180 178 180 182 -1,1% 1,1%
PROCESSO   INDUSTRIAL GRÁFICO 240 100 100 140 140 0,0% 0,0%
PROCESSO   LEGISLATIVO 420 170 169 250 251 -0,6% 0,4%
RADIOLOGIA (*) 1 1 1 0 0 0,0% 0,0%
Total na Categoria 1647 821 815 827 832 -0,7% 0,6%
Total Geral 3437 1967 1960 1472 1477 -0,4% 0,3%

 

Clique aqui e confira todos os cargos vagos no Senado Federal

Hoje, no Senado, existem mais de mil funções comissionadas ocupadas. Essas funções estão previstas no Regulamento Administrativo do órgão. Confira a tabela abaixo com emissão no dia de hoje 04 de outubro de 2019.

Concurso Senado Federal

Concurso Senado: Funções comissionadas.

Concurso Senado Federal: locais de Provas

O Senado Federal, confirmou através de seu perfil em uma rede social, que as provas acontecerão em todo o país. No entanto, os nomeados no concurso exercício do cargo acontecerá apenas em Brasília/DF.

Concurso Senado Federal: provas

Concurso Senado Federal: provas

Concurso Senado Federal: Último Concurso

O edital do último concurso Senado foi publicado no dia 22 de dezembro de 2011, sendo a Fundação Getúlio Vargas a banca responsável pelo concurso. O certame ofertou 260 vagas para os seguintes cargos:

  • Analista Legislativo (diversas áreas) – ‭142 vagas
  • Consultor Legislativo (diversas áreas) – 9 vagas
  • Técnico Legislativo (diversas áreas) – 84 vagas
  • Técnico Legislativo, na área de Polícia Legislativa – 25 vagas

Provas

No último concurso do Senado Federal, cada cargo teve etapas e níveis de provas diferentes. Confira:

Analista Legislativo

As provas para os cargos da carreira de analista legislativo foram realizadas em 2 (duas etapas).

1ª etapa: Prova objetiva e discursiva, constituídas de 100 questões, de caráter classificatório e eliminatório.

2ª etapa: Foi aplicada apenas para a especialidade de Taquigrafia.

Confira abaixo as disciplinas cobradas.

DisciplinaNúmero de Questões
Língua Potuguesa20
Língua Inglesa10
Conhecimentos Gerais10
Conhecimentos Específicos 40

Consultor Legislativo

Para os cargos da carreira de Consultor Legislativo, o certame foi constituído de 3 (três) etapas.

1ª etapa: Prova objetiva, de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, com 80 questões. Confira as disciplinas cobradas.

DisciplinasNúmeros de questões
Língua Portuguesa15
Conhecimentos Gerais10
Direito Constitucional e Administrativo10
Administração e Políticas Públicas5
Raciocínio Lógico6
Língua Inglesa4
Conhecimentos Específicos30

2ª etapa: Prova discursiva de caráter eliminatório e classificatório

TextosMínimo de LinhasMáximo de linhas
Dissertação4560
Resumo-20
Tradução (inglês para português)-60
Tradução (espanhol para português)-60
Parecer (todas as subáreas, exceto subárea de pronunciamentos)

Discurso (apenas para a subárea de
Pronunciamentos)
7090
Questão dissertativa (todas as subáreas,
exceto subárea de Pronunciamentos)

Discurso (apenas para a subárea de
Pronunciamentos)
7090

3ª etapa: Avaliação de Títulos

Os títulos avaliados foram os de doutorado, mestrado e pós-graduação.

Técnico Legislativo

Para os cargos da carreira de Técnico Legislativo, o certame foi constituído de uma única etapa, com provas objetivas e discursivas. Apenas para o cargo de Policial Legislativo o concurso foi constituído de 5 (cinco) etapas.

Prova objetiva: múltipla escolha, com 70 questões, de caráter eliminatório e classificatório

DisciplinasNúmero de QuestõesPontos por questão
Língua Portuguesa202
Conhecimentos Gerais101
Noções de Informática 101
Conhecimentos Específicos302

Prova discursiva: foi composta de uma redação e uma questão discursiva, de caráter eliminatório e classificatório.

TextosMínimo de LinhasMáximo de LinhasTotal de Pontos
Redação253020
Questão discursiva-3020

Polícia Legislativa

Os candidatos que se inscreveram no cargo de Policial Legislativo, passaram por 5 (cinco) etapas do concurso. Foram elas:

1ª etapa:

Prova objetiva: de caráter classificatório e eliminatório, com 70 questões de múltipla escolha

DisciplinasNúmero de Questões
Língua Portuguesa20
Conhecimentos Gerais10
Noções de Informática10
Conhecimentos Específico 30

Prova discursiva: de caráter eliminatório e classificatório

TextosMínimo de LinhasMáximo de Linhas
Redação2530
Questão discursiva-30

2ª etapa: aptidão física (TAF), apenas eliminatória

TestesTempo Máximo Desempenho Mínimo Tentativas
Flexão de Braços1 minutoMasculino - 20 repetições
Feminino - 15 repetições
2
Abdominal1 minutoMasculino - 25 repetições
Feminino - 20 repetições
2
Barra-Masculino - 5 repetições
Feminino - 15 segundos em suspensão
2
Corrida12 minutosMasculino - 2.400 metros
Feminino - 2.000 metros
1

3ª etapa: avaliação psicológica, constituída de aplicação de teste psicológicos, dinâmica de grupo e anamnese, que visa apurar as condições necessárias para um bom desempenho do candidato.

4ª etapa: Investigação social, com convocação dos candidatos para fazer a investigação social documental, verificando a conduta irrepreensível e idoneidade moral.

5ª etapa: Para o curso de formação foram convocados os aprovados em todas as etapas anteriores. O curso foi de 80 horas/aulas, de caráter eliminatório.

Análise de Provas

Vamos analisar as provas para os cargos que obtiveram mais participações (inscrições e nomeações) no último concurso.

Analista – Apoio Técnico ao Processo Legislativo – Processo Legislativo

Concurso Senado Federal

Concurso Senado Federal: Composição da Prova de Analista (por disciplina).

Língua Portuguesa (P1), Conhecimentos Gerais (P2) e Língua Inglesa (P3): O candidato precisa ficar atento para a prova de Língua Portuguesa, que teve 20 questões, enquanto foram apenas 10 nas demais disciplinas de conhecimentos gerais e língua inglesa. Na parte de conhecimentos gerais os candidatos resolveram questões de Raciocínio Lógico, Mundo Contemporâneo, Cultura internacional, Cultura e sociedade brasileira, Panorama da economia nacional, entre outras. Já na parte de Língua Inglesa o objetivo foi auferir se os candidatos tinham Estratégias de leitura, Estratégias discursivas e Aspectos gramaticais.

O total de questões é 40 e com o peso 1 – essa parte da prova é responsável por quase 36% da nota total do concurso.

Conhecimentos específicos (P4): Essas matérias são compostas por 40 questões, mas com peso dobrado (2). O percentual dessas questões, com a pontuação total de 80 pontos, é cerca de 60%. Dentre as disciplinas desta área estão Direito Constitucional, Regimento Interno do Senado Federal, Regimento Comum, Direito Administrativo, Projeto de Lei Orçamentária, Apreciação de Matérias em Regime de Urgência, Atribuições Privativas, Ética profissional e outros.

Importante: Somente são considerados aprovados os candidatos que alcançarem o mínimo de 54% (cinquenta por cento) de aproveitamento do total de pontos de cada prova (P1, P2, P3 e P4).

Técnico – Apoio Técnico ao Processo Legislativo – Todas as Especialidades

Concurso Senado Federal: composição da prova de técnico.

Concurso do Senado Federal: composição da prova de técnico (por disciplina).

Língua Portuguesa (P1), Conhecimentos Gerais (P2) e Noções de Informática (P3): O candidato precisa ficar atento para a prova de Língua Portuguesa, que teve 20 questões com peso 2, enquanto foram apenas 10 nas demais disciplinas de Conhecimentos Gerais e Noções de Informática. Na parte de Conhecimentos Gerais os candidatos resolveram questões de:

  1. Mundo Contemporâneo,
  2. Cultura internacional,
  3. Noções de Direito Administrativo,
  4. Direito Constitucional,
  5. Regimento Interno do Senado Federal,
  6. Regimento Comum e outras.

O total de questões é de 40 com o peso 1 – essa parte da prova é responsável por quase 46% da nota total do concurso.

Conhecimentos específicos (P4) – Processo Legislativo: São 30 questões divididas por 8 matérias com peso dobrado (2). O percentual dessas questões, com a pontuação total de 60 pontos, é cerca de 54%. Dentre as disciplinas desta área estão:

  1. Direito Constitucional,
  2. Regimento Interno do Senado Federal,
  3. Regimento Comum,
  4. Direito Administrativo,
  5. Apreciação de Matérias em Regime de Urgência,
  6. Atribuições Privativas,
  7. Ética profissional,
  8. Princípios Gerais do Processo Legislativo e outras.

Conhecimentos específicos (P4) – Policial Legislativo: São 30 questões, mas com peso dobrado (2). O percentual dessas questões, com a pontuação total de 60 pontos, é cerca de 54%. Dentre as disciplinas desta área estão Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal, ECA, Direito Administrativo, Regimento Interno do Senado Federal e Regimento Comum, Ética profissional e outras.

Importante: Somente são considerados aprovados os candidatos que alcançarem o mínimo de 50% (cinquenta por cento) de aproveitamento do total de pontos de cada prova (P1, P2, P3 e P4).

Concorrência

O Senado Federal sempre se sobressai no número de participações. Com 42.967 cadastros registrados para 150 vagas em 2008 e concorrência média de 286,4 candidatos por vaga, o certame registrou recorde na seleção aberta em 2012, quando obteve total de 157.939 inscritos para 246 vagas. Para o cargo de consultor legislativo foram 8.607 inscritos para 9 vagas, para policial legislativo foram 23.435 inscrições para 25 vagas, no cargo de analista legislativo eram 63.194 candidatos para 133 vagas e o posto de técnico legislativo teve 62.703 inscrições para 79 vagas.

 Concurso Senado Federal: Gráfico com a quantidade de candidatos inscritos em 2012 e 2008.

Concurso Senado Federal: Gráfico com a quantidade de candidatos inscritos em 2012 e 2008.

Concurso Senado Federal: Recomendações Pré-edital

O edital do concurso Senado ainda não foi publicado, mas existem diversas formas de se preparar com antecedência. De acordo com o professor Diego Fontes, uma delas é estudar com base nas bancas organizadoras anteriores.

“Eu me prepararia para duas bancas: ou FGV, por conta do histórico do senado, ou CESPE que também já fez concurso do Senado.”

Ainda segundo ele, a Língua Portuguesa costuma ter grande peso nessas provas.Português é fundamental para qualquer prova do Legislativo (…) e se for FGV, estude muito gramática.” 

Concurso Senado Federal: nomeações

Confira a quantidade de nomeações que o Senado Federal realizou no seu último concurso. Foram convocados 615 aprovados, mais do que o dobro de vagas ofertadas. Veja:

Cargo EspecialidadeTotal
Consultor LegislativoAssessoramento Legislativo76
Consultor LegislativoAssessoramento em orçamentos15
Analista LegislativoProcesso Legislativo73
Analista LegislativoAdministração80
Analista LegislativoArquitetura4
Analista LegislativoEngenharia19
Analista LegislativoMedicina13
Analista LegislativoNutrição1
Analista LegislativoFármacia1
Analista LegislativoAssistência Social 1
Analista LegislativoPsicologia 5
Analista LegislativoFisioterapia1
Analista LegislativoEnfermagem5
Analista LegislativoComunicação Social17
Analista LegislativoInformática Legislativa38
Analista LegislativoRegistro e Redação Parlamentar (Taquigrafia)28
Analista LegislativoArquivologia5
Analista LegislativoBiblioteconomia7
Analista LegislativoContabilidade12
Analista LegislativoRedação e Revisão7
Técnico LegislativoProcesso Legislativo45
Técnico LegislativoAdministração 40
Técnico LegislativoArquivologia8
Técnico LegislativoEnfermagem6
Técnico LegislativoOdontologia1
Técnico LegislativoEletrônica e Telecomunicações16
Técnico LegislativoProcesso Industrial Gráfico23
Técnico LegislativoPolicial Legislativo Federal68

Concurso Senado Federal: material Gratuito

O Gran Cursos Online preparou alguns editais verticalizados para ajudar na preparação dos alunos. Baixe o conteúdo clicando nos links abaixo. Totalmente gratuito e ajudará muito na sua preparação e a alcançar a tão aguardada nomeação no Senado Federal.

Para os alunos que irão concorrer no cargo de advocacia, o edital verticalizado não está disponível pois no último edital não houve vagas para o cargo.

Todo o conteúdo do edital verticalizado foi preparado conforme o conteúdo do último edital do Senado Federal.

 Curso Gratuito Imparável 2020

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então este curso é para você!

Organizamos de forma objetiva e prática em um só material algumas das principais disciplinas e conteúdos cobrados em concursos públicos para intensificar as suas chances de aprovação, tudo preparado por nossa equipe de colaboradores e professores especialistas no assunto. E o melhor: todo o conteúdo é totalmente gratuito! Mesmo se você ainda não começou a estudar, não deixe essa oportunidade passar. Nunca é tarde! Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável 2020!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Comentários sobre o Concurso do Senado Federal

Confira AQUI o vídeo com os comentários do professor Diego Fontes sobre o novo certame do Senado Federal.

Motivos para fazer o Concurso do Senado Federal

O Senador Lasier Martins gravou um vídeo exclusivo para o Gran Cursos Online, onde ele relata os benefícios de ser um servidor efetivo do Senado Federal. Confira o recado e comece já a se preparar para o certame mais concorrido do país.

5 motivos para você inciar HOJE a sua preparação para o concurso senado 2021!

O Gran Cursos Online serparou cincos pontos que fazem do Senado Federal um sonho de concurso para qualquer estudante que sonha em mudar de vida. Confira cada um dos motivos e acesse o texto completo CLICANDO AQUI!

Resumo do concurso Senado Federal

Concurso Senado Federal Senado Federal
Situação Previsto
Banca organizadora Cebraspe
Cargos Diversos
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Legislativo
Lotação Brasília
Número de vagas 40 previstas
Remuneração de R$ 18.591,18 a R$ 35.114,14
Links dos últimos editais  Consultor   –   Analista    –  Técnico    –  Policial 

Quer conquistar a sua aprovação no concurso do Senado Federal?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

COMECE A ESTUDAR NO GRAN

Depoimentos relacionados

Em busca de estabilidade e conforto para a família, Isabella Modesto estudou por três anos para conquistar uma vaga para…

Natural de Aracaju, a professora Érika Ramos decidiu ingressar na conquista pelo cargo público por 2 principais razões: a busca…

Persistência e dedicação sempre foram palavras que permearam a vida de Elisa da Silva Gomes Lana, natural de Costa Verde…

Daniele Laís saiu de seu emprego no SENAC DF aproveitando um momento de mudança no seu cargo, hoje extinto, e…

Evelyn Rodrigues é natural de Brasília/DF, mas hoje mora em Aracaju/SE, onde realizou e foi aprovada no Concurso Prefeitura Barra…

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Comentários (89)

Avatar Cleide 19 de Abril de 2020

Olá!
Nesse próximo concurso para o Senado, não haverá vagas para médicos? Há previsão? Obrigada!

 Responder

Gabrielly Kristian Gabrielly Kristian 27 de Maio de 2020

Boa tarde, Cleide!

O novo concurso do Senado Federal não contemplará vagar para médico e também não há uma previsão para esta vaga, uma vez que o novo concurso ainda não teve seu edital publicado.

O edital que será publicado terá vagas para polícia legislativa, Advogado, Analista Legislativo – Administração, Arquivologia, Assistente Social, Contabilidade, Enfermagem, Informática Legislativa, Processo Legislativo, Registro e Redação Parlamentar, Engenharia do Trabalho e Engenharia Eletrônica e Telecomunicações.

Na área da saúde terá vagas apenas para enfermagem.

Atenciosamente,
– Comunicação Gran Cursos Online

 Responder

Avatar Gabriel Rezende 9 de Junho de 2020

É possível que o Senado escolha uma banca que não seja entre essas que estiveram na audiência? Pois o CESPE não estava, e tinha muita gente apostando na FGV ou no CESPE.
Se essa for a lista final, já sabemos que não haverá CESPE.

 Responder

Avatar Celso heder cordeiro campos 25 de Agosto de 2020

Passar no senado para realizar minhas obgetividade

 Responder

Avatar Escritório de advocacia 22 de Abril

Parabéns Excelente artigo!

 Responder

Gran Cursos Online Gran Cursos Online 22 de Abril

💙❤️

 Responder

Avatar Renata Barbosa 12 de Maio

É possível saber se irá ter cadastro reserva para o cargo de técnico legislativo? E os cargos pra analista precisa ter graduação e na área específica do cargo?

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *