Concurso TJ MG Cartório: Edital previsto para 2021! Confira!

Concurso TJ MG Cartório: último edital extrajudicial foi publicado em 2019. Consulplan será a banca do próximo certame. Saiba mais.

Yara Lima


06/08/2020 | 13:00 Atualizado há 44 dias

Atenção! Um novo Concurso TJ MG Cartório está previsto. Com a banca Consulplan já contratada, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais aguarda apenas as deliberações do 2º vice-presidente para definir sobre a abertura do processo de recrutamento e seleção para a delegação de serviços de tabelionato e de registro do estado de Minas Gerais. As informações foram passadas pela assessoria de comunicação do órgão.

O último edital do Concurso TJ MG foi publicado em abril de 2019. Foram ofertadas 696 vagas para serventias, sendo 457 para novos provimentos e outros 239 para remoções. A remuneração varia de acordo com a rentabilidade de cada serventia.

Em julho de 2021, foi publicado as novas vacâncias dos serviços notariais do Estado de Minas Gerais. A lista indica uma necessidade de realização de um novo certame. Confira!

Navegue pelo índice abaixo e saiba mais sobre o certame:

Situação atual

Vacâncias em 2021

No dia 30 de julho de 2021, foi publicada a lista com a vacância relativa aos meses de janeiro a julho de 2021. São cargos vagos que necessitam de um novo certame para preenchimento das vagas. Confira aqui, a listagem na íntegra!

Concurso TJ MG Cartório: Cargos e Vagas

O último concurso, referente a 2019, foram ofertadas o seguinte quantitativo de vagas

Critério   de Ingresso Número de Vagas Vagas PCD
Provimento 457 46
Remoção 239 24

 

Concurso TJ MG Cartório: Requisitos

De acordo com o último edital a outorga da Delegação depende:

Para o candidato ao concurso de provimento:

  • Ter nacionalidade brasileira;
  • Estar em exercício pleno dos direitos civis e políticos;
  • Estar quite com as obrigações do serviço militar, se do sexo masculino;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições da delegação;
  • Não possuir antecedentes criminais e cíveis incompatíveis com a outorga da delegação;
  • Ser bacharel em Direito ou ter completado dez anos de exercício de função, até a data da primeira publicação do Edital do Concurso, em serviço notarial ou de registro;
  • Comprovar conduta condigna para o exercício da atividade delegada.

Para o candidato ao concurso de remoção:

  • Estar no exercício da titularidade de outra delegação, de notas ou de registro, no Estado de Minas Gerais, por mais de dois anos, na data da primeira publicação deste Edital;
  • Comprovar conduta condigna para o exercício da atividade delegada.
  • Estar no exercício da titularidade de outra delegação, de notas ou de registro, no Estado de Minas Gerais até a data da outorga

Concurso TJ MG Cartório: Etapas

O Concurso para cada um dos critérios de ingresso (provimento e remoção) compreende das seguintes fases:

  • Prova Objetiva de Seleção;
  • Prova Escrita e Prática;
  • Comprovação dos Requisitos para Outorga de Delegações;
  • Prova Oral;
  • Exame de Títulos

Concurso TJ MG Cartório: Provas Objetivas

A Prova Objetiva de Seleção, para cada um dos critérios de ingresso (provimento e remoção), teve duração máxima de cinco horas e constará de cem questões de múltipla escolha, cada uma com quatro opções de resposta, das quais apenas uma correta, assim distribuídas:

Concurso TJ MG Cartório Disciplinas

Concurso TJ MG Cartório: Disciplinas

Concurso TJ MG Cartório: Prova Escrita e Discursiva

A Prova Escrita e Prática, para cada critério de ingresso (provimento e remoção), teve duração máxima de quatro horas e consistirá na elaboração de uma dissertação, de uma peça prática e de respostas a quatro questões discursivas. A Prova Escrita e Prática valeu dez pontos e terá peso quatro. Nesta etapa foi permitida a consulta a textos legais não anotados, comentados ou comparados.

Foram distribuídos três pontos para a dissertação, três pontos para a peça prática e um ponto para a resposta de cada uma das quatro questões discursivas. Para não ser eliminado do certame, é necessário ao candidato de ambos os critérios de admissão alcançar a nota mínima de 5 pontos.

Concurso TJ MG Cartório: Prova Oral

A Prova Oral foi realizada após a análise dos documentos, certidões e informações sobre o candidato, a critério da Comissão Examinadora, bem como depois de aplicados os exames de personalidade. A Prova Oral, precedida de entrevista individual do candidato pela Comissão Examinadora, foi distinta para cada critério de ingresso (provimento e remoção) e teve caráter eliminatório e classificatório.

A Prova Oral teve pontuação máxima de dez pontos e com peso quatro.

Concurso TJ MG Cartório: Prova de Títulos

O Exame de Títulos teve, no máximo, dez pontos, com peso dois, desprezando-se a pontuação superior, e terá caráter apenas classificatório. Confira a lista de títulos aceitos:

Concurso TJ MG Cartório: Resumo

Concurso Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais
Banca organizadora Consulplan
Cargos Cartório
Escolaridade Níveis superior
Carreiras jurídica
Lotação Minas Gerais
Número de vagas a definir vagas
Remuneração varia de acordo com a rentabilidade de cada serventia
Inscrições A definir
Taxa de inscrição A definir
Situação Banca DEFINIDA
Link do edital Clique AQUI para ver o edital

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2021

Receba gratuitamente no seu celular as novidades do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Yara Lima

Equipe do Gran Cursos Online
0

1


Tudo que sabemos sobre:

direito tj-mg Vagas


Comentários (1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *