Concurso TJ PR Juiz: provas confirmadas! Inicial de R$ 28mil!

Concurso TJ PR Juiz: inscrições encerradas em 14 de julho de 2021. Provas em setembro. Confira!

Thais Souza


14/09/2021 | 10:34 Atualizado há 14 dias

O concurso TJ PR Juiz está com edital publicado. São 12 vagas destinadas ao Tribunal de Justiça do Paraná. A remuneração inicial do cargo de Juiz Substituto é de R$ 28.884,20.

A comissão examinadora do certame é composta por membros da Fundação Getúlio Vargas.

A inscrição pôde ser realizada até o dia 14 de julho de 2021, por meio do site da banca em www.fgv.com.br. A taxa de inscrição foi fixada em R$ 288,84.

A prova está marcada para o dia 19 de setembro, com início 8h e término 13h.

Navegue pela matéria utilizando o índice abaixo:

Outras notícias em destaque:

Concurso TJ PR Juiz: Situação Atual

  • 14 de setembro de 2021: retificação

O edital do concurso TJ PR Juiz foi retificado! O Tribunal de Justiça do Paraná alterou o edital para Juiz Substituto nos subitens que tratam sobre a comissão do concurso; a publicação dos gabaritos oficiais preliminares; e identificação com a impressão digital. Clique aqui e confira os detalhes da retificação.

  • 30 de agosto de 2021: orientações para realização da prova escrita objetiva

A prova escrita objetiva acontecerá no dia 19 de setembro, com início 8h e término 13h. O candidato deverá acessar o site da banca organizadora para verificar seu local de prova a partir do dia 13 de setembro. Os candidatos deverão levar caneta de tinta azul ou preta. Confira o documento.

  • 13 de julho de 2021: pedido de isenção de taxa deferido

Foi publicada a lista de deferimentos do pedido de isenção de taxa do concurso TJ PR Juiz. Confira aqui.

  • 07 de julho de 2021: Edital retificado novamente

Documento publicado no Diário Eletrônico do TJ PR em 07 de julho de 2021 informa a retificação do edital de abertura em três pontos: composição da comissão do concurso; questões relativas ao envio do requerimento de inscrição; e da pontuação da avaliação de títulos. Confira os detalhes clicando aqui.

  • 25 de junho de 2021: comissão examinadora definida

A comissão será composta pro membros da FGV. Clique aqui e confira o documento na íntegra.

  • 08 de junho de 2021: Edital retificado

O TJ PR retificou o edital de abertura. Segundo o documento, os portadores de visão monocular têm direito de concorrer, em concurso público, as vagas reservadas aos deficientes”, observados os dispositivos da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com deficiência e seu Protocolo Facultativo.

Além disso, haverá isenção do valor da taxa de inscrição somente para o candidato que comprovar:

a) estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007;
b) ser membro de família de baixa renda, nos termos da Lei Estadual nº 19.695/2018 e Decreto nº 6.135/2007;
c) ter prestado serviço eleitoral em conformidade com a Lei Estadual nº 19.196/2017;
d) ser doador de sangue ou de medula óssea de acordo com os requisitos dispostos na Lei Estadual nº 19.923/2017, com a redação dada pela Lei Estadual nº 20.310/2020.

A isenção mencionada no subitem 8.1 poderá ser solicitada no período entre 16h00min do dia 09 de junho de 2021 e 16h00min do dia 11 de junho de 2021, no momento da inscrição no endereço eletrônico www.fgv.br/fgvconhecimento/concursos/tjpr21.

  • 01 de junho de 2021: Edital publicado

O edital foi publicado! São ofertadas 12 vagas e a remuneração inicial do cargo de Juiz Substituto é de R$ 28.884,20.

  • 21 de maio de 2021: Provas podem acontecer em setembro

concurso TJ PR Juiz deve aplicar as provas objetivas em setembro deste ano. Segundo o Despacho 785/2021, a Fundação Getúlio Vargas, banca examinadora do concurso TJ PR Juiz, deve informar as datas disponíveis no mês de setembro de 2021, para aplicação da prova objetiva (primeira etapa do concurso) ressalvando-se, desde logo, a possibilidade de adiamento caso não haja condições sanitárias favoráveis em razão da pandemia da Covid-19, conforme decisão a critério do TJ PR.

A informação consta no Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.

  • 23 de abril de 2021: Banca contratada

O extrato do contrato com a Fundação Getúlio Vargas foi publicado no Diário Oficial Eletrônico na edição do dia. Clique aqui e confira o documento na íntegra.

  • 05 de abril de 2021: Banca definida

concurso TJ PR Juiz terá como banca examinadora a Fundação Getúlio Vargas. A informação consta no Despacho 508/2021, publicado no Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná. Segundo o documento, o valor global do contrato é de R$ 876.268,00.

  • 12 de março de 2021: Comissão alterada

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná alterou a composição da comissão do concurso para provimento de cargos de Juiz Substituto do Estado do Paraná. Segundo a publicação, foi revogada a participação da servidora Thayse Fedalto no cargo de secretária da comissão. Para o seu lugar foi designado o servidor Carlos Eduardo Larchier dos Reis.

Já para o cargo de suplente na secretaria da comissão, sai o servidor Jean Filipe Guimarães Stédile e entra Guilherme Cantero Nunes.

  • 23 de outubro de 2020: Regulamento aprovado

Foi aprovado, com unanimidade de votos, o Regulamento do concurso para provimento de cargo de Juiz Substituto do Estado do Paraná. O documento trata de todos os aspectos do certame, dentre eles:

– Comissão do Concurso e suas atribuições;
– Das vagas e reserva de vagas;
– Das etapas do concurso;
– Classificação e média final;
– Duração e validade do concurso;
– Inscrição e taxa;
– Conteúdo das provas;
– Detalhes sobre a homologação do certame.

  • 23 de setembro de 2020: Mudança no cronograma

O presidente da comissão do concurso público, Marco Antonio Antoniassi, afirmou que o edital está previsto para dezembro de 2020, com provas objetivas em abril de 2021.

Além disso, o representante apresentou tópicos para alteração no regulamento do certame. Todas as alterações foram aceitas por unanimidade pelos que estavam na Corte. Veja-as:

  • Prazos indicados em edital serão contados em dias úteis;
  • Facultado ao TJ PR fazer a contratação de empresa para auxiliar no concurso público;
  • Acréscimo de direito previdenciário como matéria obrigatória na seleção;
  • Prova será composta de 3 blocos de questões, ao invés de 4 blocos;
  • Prova discursiva, sendo a prova de sentenças, poderá ser aplicada por meios eletrônicos;
  • Aplicação de nota fracionada, principalmente, na Fase Oral do concurso público;
  • Nota mínima que o candidato deve atingir em cada matéria de arguição também na mesma fase indicada acima;
  • TJPR irá publicar informações de resultados do concurso público;
  • Todos os recursos deverão ser feitos por meios eletrônicos.

 

  • 21 de setembro de 2020: Comissão formada

Segundo a Resolução 270/2020, a comissão será composta pelos seguintes membros:

  1. Presidente: Marco Antônio Antoniassi (Desembargador);
  2. Membro: Lilian Romero (Desembargadora);
  3. Membro: Rogério Etzel (Desembargador);
  4. Membro: Elizabeth Maria de Franca Rocha (Desembargadora);
  5. Membro: Angela Maria Machado Costa (Juiza de Direito Substituta em 2º Grau);
  6. Indicada pela OAB: Rogéria Fagundes Dotti (Titular); e
  7. Indicado pela OAB: Carlos Eduardo Pianovski Ruzyk (Suplente).

 

  • 8 de julho de 2020: Assessoria confirma próximos passos

Novo certame foi autorizado pela presidência do Tribunal por meio de Decreto Judiciário. Com exclusividade à redação do Gran Cursos Online, a assessoria do órgão confirmou os próximos passos do concurso. São eles: a instalação de Comissão à critério da Presidência do Tribunal e, após esta etapa, a publicação do edital.

Concurso TJ PR Juiz: e-mail com as informações do certame

Concurso TJ PR Juiz: e-mail com as informações do certame

Concurso TJ PR Juiz: Remuneração e Benefícios

A remuneração inicial bruta do cargo de Juiz Substituto prevista no edital é de R$ 28.884,20. Veja abaixo a evolução salarial na magistratura:

Cargos Subsídio
Desembargador R$ 35.462,2
Juiz de Direito de 1º Grau de Entrância Final R$ 33.689,11
Juiz de Direito de 1º Grau de Entrância Intermediária R$ 31.916,00
Juiz de Direito de 1º Grau de Entrância Inicial R$ 30.142,89
Juiz Substituto R$ 28.884,20

 

Concurso TJ PR Juiz: Cargos e Vagas

Atualmente, o órgão possui um total de 28 cargos vagos entre os magistrados. Outro ponto importante é que o último concurso TJ PR, realizado em março de 2019, ainda possui 31 candidatos remanescente com possibilidade de nomeação.

No novo edital estão sendo ofertadas 12 vagas para o cargo de Juiz Substituto, sendo:

  • 9 vagas para ampla concorrência;
  • 2 vagas para candidatos negros e pardos;
  • 1 vaga para candidatos com deficiência.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deverá, entre outras coisas, ter até a data de encerramento da inscrição definitiva, o título de bacharel em Direito, graduado há pelo menos 3 anos, em instituição de ensino oficial ou reconhecida pelo MEC; e de exercício de atividade jurídica pelo mesmo período, de acordo com o disposto no art. 93, I, da Constituição Federal, e na Resolução nº 75/2009, do CNJ, e suas alterações.

Edital TJ PR Juiz: Etapas do Concurso

Os candidatos serão avaliados por meio de oito etapas. São elas:

  1. Prova Objetiva
  2. Prova Discursiva
  3. Prova Prática
  4. Inscrição Definitiva
  5. Exames de Sanidade Física e Mental
  6. Sindicância de Vida Pregressa
  7. Prova Oral
  8. Prova de Títulos

 

Prova Objetiva

A Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório está prevista para o dia 19 de setembro de 2021 e será composta por 100 questões de múltipla escolha, numeradas sequencialmente, com cinco alternativas e apenas uma resposta correta.

As questões de múltipla escolha valem 0,10 sendo 10 pontos a pontuação máxima obtida. As questões estarão divididas nos seguintes temas:

Bloco 1 (30 questões): Direito Civil, Processo Civil, Direito do Consumidor, Direito da Criança e do Adolescente.

Bloco 2 (40 questões): Direito Penal,  Direito Eleitoral, Direito Constitucional, Processo Penal,  Juizados Especiais, Código de Normas e Código de Organização e Divisão Judiciárias do Estado do Paraná.

Bloco 3 (30 questões): Direito Administrativo, Direito Ambiental, Direito Tributário, Direito Empresarial.

Será considerado habilitado na prova objetiva seletiva o candidato que obtiver o mínimo de 9 acertos no primeiro bloco de questões, 12 acertos no segundo bloco de questões e 9 acertos no terceiro bloco de questões e, satisfeita essa condição, alcançar, também, no mínimo, 60 acertos do total das questões dos três blocos.

Provas Discursiva e Prática

A segunda etapa do concurso será composta de duas provas escritas, uma discursiva e uma prática, sendo que a prova discursiva será realizada em um único dia e a prova prática será dividida em dois dias. O tempo de prova, em cada dia, será de 5 horas.

A prova discursiva consistirá de duas dissertações e de seis questões. As questões da prova discursiva serão pontuadas da seguinte forma:

a) valerá 2,00 pontos cada questão dissertativa;
b) valerá 1,00 ponto cada questão.

A nota final de cada prova será atribuída entre 0,00 e 10,00.

A prova prática consistirá na lavratura de duas sentenças, uma criminal e outra cível, em dias distintos. Na prova de sentença, exigir-se-á, para aprovação, nota mínima de 6 pontos em cada uma delas, sendo a nota de cada sentença atribuída entre 0,00 e 10,00 e a nota da prova escrita prática de sentença obtida pela média aritmética das notas obtidas nas sentenças criminal e cível.

Inscrição Definitiva

O requerimento de inscrição definitiva será dirigido ao Presidente da Comissão do Concurso, instruído com os seguintes documentos:

a) fotocópia autenticada do diploma de bacharel em Direito, devidamente registrado pelo Ministério da Educação;

b) certidão ou declaração idônea que comprove haver completado, à data da inscrição definitiva, 3 (três) anos de atividade jurídica, efetivo exercício da advocacia ou de cargo, emprego ou função, exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito;

c) cópia autenticada de documento que comprove a quitação de obrigações concernentes ao serviço militar, se do sexo masculino;

d) cópia autenticada de título de eleitor e de documento que comprove estar o candidato em dia com as obrigações eleitorais ou certidão negativa da Justiça Eleitoral;

e) certidão dos distribuidores criminais das Justiças Federal, Estadual ou do Distrito Federal e Militar dos lugares em que haja residido nos últimos 5 (cinco) anos;

f) folha de antecedentes da Polícia Federal e da Polícia Civil Estadual ou do Distrito Federal, onde haja residido nos últimos 5 (cinco) anos;

g) os títulos definidos no subitem 17.3 do Edital;

h) declaração firmada pelo candidato, com firma reconhecida, da qual conste nunca haver sido indiciado em inquérito policial ou processado criminalmente ou, em caso contrário, notícia específica da ocorrência, acompanhada dos esclarecimentos pertinentes;

i) formulário fornecido pela Comissão do Concurso, em que o candidato especificará as atividades jurídicas desempenhadas, com exata indicação dos períodos e locais de sua prestação, bem como as principais autoridades com quem haja atuado em cada um dos períodos de prática profissional, discriminados em ordem cronológica;

j) certidão da Ordem dos Advogados do Brasil com informação sobre a situação do candidato advogado perante a Instituição, inclusive atestando a existência ou não de qualquer punição disciplinar;

k) certidão do órgão disciplinar a que estiver sujeito o requerente, comprovando não ter sido punido por faltas no exercício da profissão, cargo ou função.

Exames de Sanidade Física e Mental

Os exames de saúde destinam-se a apurar as condições de higidez física e mental do candidato. O exame psicotécnico avaliará as condições psicológicas do candidato, devendo ser realizado por médico psiquiatra ou por psicólogo.

A Avaliação psicológica, de caráter eliminatório, será realizada por psicólogos do Tribunal de Justiça, ou por estes indicados, devidamente credenciados no CRP (Conselho Regional de Psicologia), e consistirá na análise das competências psicológicas dos candidatos, mediante o emprego de entrevista psicológica, testes psicológicos e outras técnicas de exame psicológico reconhecidos pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia).

A entrevista psicológica é técnica de exame psicológico, realizada através de perguntas diretas ou indiretas, dentro de princípios inerentes à ciência psicológica, utilizando-se eventualmente de situações-problema.

Serão aplicados, de forma coletiva, 2 (dois) testes psicológicos projetivos de personalidade, que objetivam avaliar aspectos cognitivos e afetivos da personalidade como produtividade, ritmo de trabalho, iniciativa, agressividade, organização, relacionamentos, uso de álcool e outras substâncias, funcionamento do pensamento lógico, capacidade de desempenho, objetividade, ansiedade, depressão, controle geral e emocional e transtornos psicológicos.

Sindicância de Vida Pregressa

O Presidente da Comissão do Concurso poderá ordenar ou repetir diligências sobre a vida pregressa, investigação social, exames de saúde e psicotécnico, bem como convocar o candidato para submeter-se a exames complementares.

A Comissão do Concurso poderá também obter informações relativas à pessoa do candidato junto a agentes públicos e privados. Durante a sindicância, os candidatos poderão ser solicitados a exibir documentos, justificar situações por escrito, ou ser convocados a prestar esclarecimentos pessoais à Comissão do Concurso.

Prova Oral

A prova oral será prestada em sessão pública, na presença de todos os membros da Comissão Examinadora, de forma individual para cada candidato.

Será feito sorteio público de ponto em cada disciplina para cada candidato com a antecedência de 24 horas. A arguição do candidato versará sobre conhecimento técnico acerca dos temas relacionados ao ponto sorteado, cumprindo à Comissão Examinadora avaliar-lhe o domínio do conhecimento jurídico, a adequação da linguagem, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo.

A nota da prova oral corresponderá à média aritmética das notas atribuídas pelos examinadores. Será considerado aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 6,00 pontos.

Prova de Títulos

A comprovação dos títulos far-se-á no momento da inscrição definitiva, considerados para efeito de pontuação os obtidos até então. Constituem títulos:

I – exercício de cargo, emprego ou função pública privativa de bacharel em Direito pelo período mínimo de um (1) ano:

a) Judicatura (Juiz): até 3 (três) anos – 2,0; acima de 3 (três) anos – 2,5 pontos;
b) Pretor, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia-Geral da União, Procuradoria (Procurador) de qualquer órgão ou entidade da Administração Pública direta ou indireta, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios: até 3 (três) anos – 1,5 ponto; acima de 3 (três) anos – 2,0 pontos.

II – exercício de Magistério Superior na área jurídica pelo período mínimo de cinco (5) anos:
a) mediante admissão no corpo docente por concurso ou processo seletivo público de provas e/ou títulos – 1,5 ponto;
b) mediante admissão no corpo docente sem concurso ou processo seletivo público de provas e/ou títulos – 0,5 ponto.

III – exercício de outro cargo, emprego ou função pública privativa de bacharel em Direito não previsto no inciso I, pelo período mínimo de um (1) ano:

a) mediante admissão por concurso: até 3 (três) anos – 0,5 ponto; acima de 3 (três) anos – 1,0 ponto;
b) mediante admissão sem concurso: até 3 (três) anos – 0,25 ponto; acima de 3 (três) anos – 0,5 ponto.

IV – exercício efetivo da advocacia pelo período mínimo de 3 (três) anos: até 5 (cinco) anos – 0,5 ponto; entre 5 (cinco) e 8 (oito) anos – 1,0 ponto; acima de 8 (oito) anos – 1,5 ponto;

V – aprovação em concurso público, desde que não tenha sido utilizado para pontuar no inciso I:

a) Judicatura (Juiz/Pretor), Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia-Geral da União, Procuradoria (Procurador) de qualquer órgão ou entidade da Administração Pública direta ou indireta de quaisquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios: 0,5 ponto;
b) outro concurso público para cargo, emprego ou função privativa de bacharel em Direito não constante do subitem acima: 0,25 ponto.

VI – diplomas em curso de Pós-Graduação:

a) doutorado reconhecido ou revalidado: em Direito ou em Ciências Sociais ou Humanas – 2,0 pontos;
b) mestrado reconhecido ou revalidado: em Direito ou em Ciências Sociais ou Humanas – 1,5 ponto;
c) especialização em Direito, na forma da legislação educacional em vigor, com carga horária mínima de 360 (trezentas e sessenta) horas-aula, cuja avaliação haja considerado monografia de final de curso: 0,5 ponto.

VII – graduação em qualquer curso superior reconhecido ou curso regular de preparação à Magistratura ou ao Ministério Público. Com duração mínima de 1 (um) ano, carga horária mínima de 720 (setecentas e vinte) horas-aula, frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) e nota de aproveitamento: 0,5 ponto;

VIII – curso de extensão sobre matéria jurídica de mais de 100 (cem) horas-aula, com nota de aproveitamento ou trabalho de conclusão de curso e frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) – 0,25 ponto;

IX – publicação de obras jurídicas:

a) livro jurídico de autoria exclusiva do candidato com apreciável conteúdo jurídico – 0,75 ponto;
b) art. ou trabalho publicado em obra jurídica coletiva ou revista jurídica especializada, com conselho editorial, de apreciável conteúdo jurídico – 0,25 ponto.

X – láurea universitária no curso de Bacharelado em Direito: 0,5 ponto;

XI – participação em banca examinadora de concurso público para o provimento de cargo da Magistratura, Ministério Público, Advocacia Pública, Defensoria Pública ou de cargo de docente em instituição pública de ensino superior: 0,75 ponto;

XII – exercício, no mínimo durante 1 (um) ano, das atribuições de conciliador nos Juizados Especiais, ou na prestação de assistência jurídica voluntária: 0,5 ponto.

Último Concurso TJ PR Juiz

O último concurso para o Tribunal foi anunciado em 2018 e teve provas aplicadas em março de 2019. A taxa de inscrição foi de R$ 240,00. A banca organizadora do certame foi o Cebraspe e para se inscrever, bastou acessar o site, fazer o cadastro e emitir o boleto.

Para se candidatar a uma das vagas, foi preciso ser bacharel em Direito e contar, na data da inscrição definitiva, com pelo menos três anos de atividade jurídica, exercida exclusivamente após a colação de grau. A remuneração inicial de um Juiz de Direito Substituto à época era de R$ 24.818,89.

Etapas do concurso TJ PR Juiz

O concurso para Juiz do TJ PR foi composto por cinco etapas. Sendo prova objetiva, duas provas escritas, sindicância da vida pregressa, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos.

prova objetiva teve 100 questões, que foram distribuídas por três blocos, sendo eles:

Bloco 1: Direito Civil, Processo Civil, Direito do Consumidor, Direito da Criança e do Adolescente

Bloco 2 : Direito Penal,  Direito Eleitoral, Direito Constitucional, Processo Penal,  Juizados Especiais, Código de Normas e Código de Organização e Divisão Judiciárias do Estado do Paraná.

Bloco 3:  Direito Administrativo, Direito Ambiental, Direito Tributário, Direito Empresarial

prova escrita contou com duas provas: uma discursiva e outra prática, que foram aplicadas em dia diferentes  máxima de 5 horas.  A prova discursiva foi composta por duas dissertações e seis questões discursivas  A prova prática consistiu na lavratura de duas sentenças, aplicadas em dois dias.

Após concluída a fase de inscrição definitiva, os candidatos foram convocados para as provas orais. Esta etapa do certame consistiu na arguição dos candidatos em sessão pública pelos membros da comissão examinadora do certame.

A última fase é a avaliação de títulos que aconteceu com a inscrição definitiva. Para esta etapa contaram pontos a aprovação em concurso público, exercício de cargo ou função público privativos de bacharel em Direito, mestrado, doutorado e especialização em Ciências Jurídicas, entre outros.

Curso Gratuito Imparável

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então este curso é para você!

Organizamos de forma objetiva e prática em um só material algumas das principais disciplinas e conteúdos cobrados em concursos públicos para intensificar as suas chances de aprovação, tudo preparado por nossa equipe de colaboradores e professores especialistas no assunto. E o melhor: todo o conteúdo é totalmente gratuito! Mesmo se você ainda não começou a estudar, não deixe essa oportunidade passar. Nunca é tarde! Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável! Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Último concurso TJ PR Juiz

O último concurso para o Tribunal foi anunciado em 2018 e teve provas aplicadas em março de 2019. A taxa de inscrição foi de R$ 240,00. A banca organizadora do certame foi o Cebraspe e para se inscrever, bastou acessar o site, fazer o cadastro e emitir o boleto.

Para se candidatar a uma das vagas, foi preciso ser bacharel em Direito e contar, na data da inscrição definitiva, com pelo menos três anos de atividade jurídica, exercida exclusivamente após a colação de grau. A remuneração inicial de um Juiz de Direito Substituto à época era de R$ 24.818,89.

Etapas do concurso TJ PR Juiz

O concurso para Juiz do TJ PR foi composto por cinco etapas. Sendo prova objetiva, duas provas escritas, sindicância da vida pregressa, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos.

A prova objetiva teve 100 questões, que foram distribuídas por três blocos, sendo eles:

Bloco 1: Direito Civil, Processo Civil, Direito do Consumidor, Direito da Criança e do Adolescente

Bloco 2 : Direito Penal,  Direito Eleitoral, Direito Constitucional, Processo Penal,  Juizados Especiais, Código de Normas e Código de Organização e Divisão Judiciárias do Estado do Paraná.

Bloco 3:  Direito Administrativo, Direito Ambiental, Direito Tributário, Direito Empresarial

A prova escrita contou com duas provas: uma discursiva e outra prática, que foram aplicadas em dia diferentes  máxima de 5 horas.  A prova discursiva foi composta por duas dissertações e seis questões discursivas  A prova prática consistiu na lavratura de duas sentenças, aplicadas em dois dias.

Após concluída a fase de inscrição definitiva, os candidatos foram convocados para as provas orais. Esta etapa do certame consistiu na arguição dos candidatos em sessão pública pelos membros da comissão examinadora do certame.

A última fase é a avaliação de títulos que aconteceu com a inscrição definitiva. Para esta etapa contaram pontos a aprovação em concurso público, exercício de cargo ou função público privativos de bacharel em Direito, mestrado, doutorado e especialização em Ciências Jurídicas, entre outros.

Saiba tudo sobre os concursos no Paraná clicando AQUI

Resumo edital do concurso TJ PR Juiz

Concurso Tribunal de Justiça do Paraná (concurso TJ PR Juiz)
Banca organizadora FGV
Cargos Juiz Substituto
Escolaridade Nível Superior
Carreiras Jurídica
Lotação Paraná
Número de vagas 12 vagas
Remuneração R$ 28.884,20
Inscrições de 09/06/2021 a 14/07/2021
Taxa de inscrição R$ 288,00
Data da prova objetiva 19/09/2021
Link dos últimos editais Faça download do edital aqui

 

 

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2021

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

 

Thais Souza

Equipe do Gran Cursos Online
0

2


Tudo que sabemos sobre:

Concurso TJ PR tj pr TJPR


Comentários (2)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *