Concurso TJDFT em estudos para polícia judiciária! Confira

Concurso TJDFT ofertou vagas para técnico e analista judiciário em diversas áreas

Avatar


08 de fevereiro15 min. de leitura

Novidades sobre o concurso TJDFT! É muito provável que o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios realize mais nomeações neste ano! O motivo para isso é a previsão de orçamento para o provimento e criação de cargos pelo LOA 2024.

A seleção está homologada. A publicação foi feita em novembro de 2022. São 112 vagas nos cargos de Técnico e Analista Judiciário em diversas especialidades.

Em fevereiro de 2024, o órgão informou que há estudos em andamento para viabilizar a abertura de novo certame para técnico judiciário – polícia judiciária.

Navegue pelo índice e confira todas as informações sobre o concurso TJDFT:

A oportunidade do século: não perca as mais de 100 mil oportunidades em 2024! Assinatura Ilimitada a partir de R$ 52,16 por mês. Confira!

Concurso TJDFT: situação atual

Veja abaixo todo o histórico da seleção:

O documento foi publicado pela banca FGV. Confira a tabela abaixo:

CargoVagasCand.Cand./Vaga
Analista Judiciário –   Administração335131171
Analista   Judiciário – Análise de Dados5676135,2
Analista Judiciário – Análise de   Sistemas51154230,8
Analista   Judiciário – Área Judiciária3640 1951 116,53
Analista Judiciário –   Arquivologia1368368
Analista   Judiciário – Contabilidade31624541,33
Analista Judiciário – Engenharia   Elétrica2444222
Analista   Judiciário – Estatística216482
Analista Judiciário – Medicina –   Psiquiatria216984,5
Analista   Judiciário – Medicina do Trabalho216381,5
Analista Judiciário – Oficial de   Justiça Avaliador Federal51707341,4
Analista   Judiciário – Psicologia43031757,75
Analista Judiciário – Segurança   da Informação5786157,2
Analista   Judiciário – Serviço Social92461273,44
Analista Judiciário – Suporte em   Tecnologia da Informação4918229,5
Técnico   Judiciário – Área Administrativa2069 3793 468,95
Técnico Judiciário – Enfermagem457111 427,75
TOTAL112132 463

Concurso TJDFT: remuneração e benefícios

A remuneração dos cargos de provimento efetivo das Carreiras dos Quadros de Pessoal do Poder Judiciário é composta pelo: Vencimento Básico do cargo e pela Gratificação Judiciária (GAJ), acrescida das vantagens pecuniárias permanentes estabelecidas em lei.

Técnico Judiciário

Remuneração inicialRemuneração final
(Classe A, padrão 1)(Classe C, padrão 13)
Vencimento: R$ 3.554,02Vencimento: R$ 5.336,35
GAJ: R$ 4.975,63GAJ: R$ 7.470,89
Total: R$ 8.529,65Total: R$ 12.807,24

Analista Judiciário

Remuneração inicialRemuneração final
(Classe A, padrão 1)(Classe C, padrão 13)
Vencimento: R$ 5.831,16Vencimento: R$ 8.755,43
GAJ: R$ 8.163,62GAJ: R$ 12.257,60
Total: R$ 13.994,78Total: R$ 21.013,03

Estrutura Remuneratória

Confira nas tabelas a seguir o detalhamento dos valores do vencimento básico, Gratificação de Atividade Judiciário (GAJ), Gratificação de Atividade de Segurança (GAS) e Gratificação de Atividade Externa – GAE, conforme cada classe e padrão.

Os valores estão atualizados de acordo com a tabela prevista para fevereiro de 2024.

Analista Judiciário

CARGO/ESCOLARIDADECLASSE/PADRÃOVENCIMENTO BÁSICOGAJ (140%)GAE (Válido somente para Oficial de Justiça Avaliador Federal) **
Analista/SuperiorA1R$ 5.831,16R$ 8.163,62+ (35%)
Analista/SuperiorA2R$ 6.006,09R$ 8.408,53+ (35%)
Analista/SuperiorA3R$ 6.186,28R$ 8.660,79+ (35%)
Analista/SuperiorA4R$ 6.538,91R$ 9.154,47+ (35%)
Analista/SuperiorA5R$ 6.735,06R$ 9.429,08+ (35%)
Analista/SuperiorB6R$ 6.937,12R$ 9.711,97+ (35%)
Analista/SuperiorB7R$ 7.145,23R$ 10.003,32+ (35%)
Analista/SuperiorB8R$ 7.359,59R$ 10.303,43+ (35%)
Analista/SuperiorB9R$ 7.779,09R$ 10.890,73+ (35%)
Analista/SuperiorB10R$ 8.012,46R$ 11.217,44+ (35%)
Analista/SuperiorC11R$ 8.252,83R$ 11.553,96+ (35%)
Analista/SuperiorC12R$ 8.500,42R$ 11.900,59+ (35%)
Analista/SuperiorC13R$ 8.755,43R$ 12.257,60+ (35%)

Técnico Judiciário

CARGO/ESCOLARIDADECLASSE/PADRÃOVENCIMENTO BÁSICOGAJ (140%)GAS (Válido somente para cargos na área de segurança) **
Técnico/SuperiorA1R$ 3.554,02R$ 4.975,63+ (35%)
Técnico/SuperiorA2R$ 3.660,66R$ 5.124,92+ (35%)
Técnico/SuperiorA3R$ 3.770,47R$ 5.278,66+ (35%)
Técnico/SuperiorA4R$ 3.985,39R$ 5.579,55+ (35%)
Técnico/SuperiorA5R$ 4.104,96R$ 5.746,94+ (35%)
Técnico/SuperiorB6R$ 4.228,11R$ 5.919,35+ (35%)
Técnico/SuperiorB7R$ 4.354,94R$ 6.096,92+ (35%)
Técnico/SuperiorB8R$ 4.485,59R$ 6.279,83+ (35%)
Técnico/SuperiorB9R$ 4.741,26R$ 6.637,76+ (35%)
Técnico/SuperiorB10R$ 4.883,52R$ 6.836,93+ (35%)
Técnico/SuperiorC11R$ 5.030,02R$ 7.042,03+ (35%)
Técnico/SuperiorC12R$ 5.180,92R$ 7.253,29+ (35%)
Técnico/SuperiorC13R$ 5.336,35R$ 7.470,89+ (35%)

** Gratificação de Atividade de Segurança (GAS) válida somente para cargos na área de segurança.

** Gratificações de Atividade Externa (GAE), devida exclusivamente para ocupantes do cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal.

🟡 Entendendo as gratificações

A Lei n.º 11.416, de 15 de dezembro de 2006, que dispõe sobre as carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União, instituiu as Gratificações de Atividade Externa (GAE), Gratificação de Atividade de Segurança (GAS).

É importante entender como funciona as gratificações, pois, nem todos os cargos recebem todas as gratificações disponíveis. 

  • Gratificação de Atividade Judiciária GAJ é devida para todos os cargos independente da área de atuação;
  • Gratificação de Atividade de Segurança (GAS) é devida exclusivamente para os ocupantes dos cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário na área de segurança;
  • Gratificação de Atividade Externa (GAE) é devida exclusivamente para os ocupantes do cargo de Analista Judiciário – área judiciária – Oficial de justiça.

Benefícios

No dia 1º de fevereiro de 2024 foi divulgada uma portaria conjunta (para todos os tribunais) reajustando o auxílio-alimentação e a assistência pré-escolar. Os valores atualizados são:

  • Auxílio Alimentação – R$ 1.393,10; e
  • Assistência pré-escolar – R$ 1.178,82.

Adicionais

Além da remuneração (vencimento básico + GAJ), benefícios e gratificações, os servidores ainda têm acesso ao Adicional de Qualificação.

O Adicional de Qualificação é destinado aos servidores das Carreiras dos Quadros de Pessoal do Poder Judiciário, em virtude dos conhecimentos adicionais adquiridos em ações de treinamento, títulos, diplomas ou certificados de cursos de pós-graduação, em sentido amplo ou estrito, em áreas de interesse dos órgãos do Poder Judiciário.

O AQ é dividido em:

  • Adicional de Qualificação AQ Treinamento – Benefício voltado para o cumprimento dos treinamentos internos dentro do órgão de atuação.
  • Adicional de Qualificação AQ Títulos – benefício voltado para servidores com certificados de Especialização, título de Mestre e título de Doutor.

O AQ Treinamento equivale a 1% (um por cento) ao servidor que possuir conjunto de ações de treinamento que totalize pelo menos 120 (cento e vinte) horas, observado o limite de 3% (três por cento), limitado a 4 anos, mas podendo ser renovado.

O AQ Título incide sobre o vencimento básico do servidor, por prazo indeterminado, da seguinte forma:

  •  12,5% – em se tratando de título de Doutor;
  •  10% – em se tratando de título de Mestre; e
  • 7,5% – em se tratando de certificado de Especialização.
  • 5% (cinco por cento) para os Técnicos Judiciários portadores de diploma de curso superior.

Reajuste progressivo

Em janeiro de 2023 foi publicado o reajuste das remunerações dos profissionais dos quadros de pessoal do Poder Judiciário da União. Serão reajustados em parcelas sucessivas e cumulativas, da seguinte forma:

I – 6% (seis por cento), a partir de 1º de fevereiro de 2023;
II – 6% (seis por cento), a partir de 1º de fevereiro de 2024;
III – 6,13% (seis inteiros e treze centésimos por cento), a partir de 1º de fevereiro de 2025.

Entenda como ficarão os valores abaixo:

Técnico Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
Ano20242025
Remuneração inicialR$ 8.529,67R$ 9.052,54
Remuneração finalR$ 12.807,24R$ 13.592,33

Analista Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
Ano20242025
Remuneração inicialR$ 13.994,78R$ 14.852,66
Remuneração finalR$ 21.013,03R$ 22.301,14

Teletrabalho

Nos últimos anos foi implementado o Teletrabalho, onde o servidor do Tribunal realiza o expediente remotamente de casa. O regime é regulamentado pela Resolução Nº 227 de 15/06/2016, que sofreu alterações com a Resolução 14 de 06/10/2021.

O atual regulamento determina que o teletrabalho é facultativo. Os servidores que ainda estão no estágio probatório, apresentam contraindicação por motivo de saúde ou tenha sofrido penalidade nos dois últimos anos, não podem solicitar.

Não existe um número máximo de servidores que podem trabalhar nesta modalidade. No entanto, o regulamento determina que em caso de impossibilidade de adesão de toda a equipe, terão prioridade os servidores com as seguintes características:

  • pessoas com deficiência, com mobilidade reduzida, portador de doença grave ou idoso;
  • servidores com dependentes com deficiência ou doença grave especificada em lei;
  • gestantes e lactantes;
  • servidores que atendam aos requisitos legais para concessão de licença para acompanhamento de cônjuge ou companheiro.

Concurso TJDFT: cargos e vagas

O concurso TJDFT ofertou 112 vagas que estão distribuídas da seguinte maneira:

CargoEspecialidadeACPcDNegrosTotal de vagas
Analista JudiciárioAdministração2013
Analista JudiciárioAnálise de Dados3115
Analista JudiciárioAnálise de Sistemas3115
Analista JudiciárioÁrea Judiciária272736
Analista JudiciárioArquivologia1001
Analista JudiciárioContabilidade2013
Analista JudiciárioEngenharia Elétrica2002
Analista JudiciárioEstatística2002
Analista JudiciárioMedicina do Trabalho2002
Analista JudiciárioMedicina (Psiquiatria)2002
Analista JudiciárioOficial de Justiça Avaliador Federal3115
Analista JudiciárioPsicologia3014
Analista JudiciárioSegurança da Informação3115
Analista JudiciárioServiço Social6129
Analista JudiciárioSuporte em Tecnologia da Informação3014
Técnico JudiciárioÁrea Administrativa151420
Técnico JudiciárioEnfermagem3014

O detalhamento dos cargos ofertados é o seguinte:

Concurso TJDFT: Analista Judiciário

Administração

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso superior de bacharelado em Administração, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no Conselho Regional da categoria, ou conforme publicação em Edital de Concurso Público
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior relativas às funções de planejamento, execução e controle relacionadas à governança e gestão estratégica, à gestão de pessoas, materiais e patrimônio, orçamentários e financeiros, desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, controle interno e auditoria, dentre outras.

Análise de dados

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), ou de graduação em qualquer curso superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação de, no mínimo, 360 horas, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, ou conforme publicação em Edital de Concurso Público.
  • Atribuições: Atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas à gestão, assessoramento, pesquisa e desenvolvimento, que envolverá tarefas inerentes às seguintes áreas de atuação: administração de dados; modelagem de data warehouses; extração, transformação e carga de dados; aplicações de automação e inteligência artificial; processamento de dados massivos; qualidade de dados; painéis de business intelligence.

Análise de Sistemas

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), ou de graduação em qualquer curso superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação de, no mínimo, 360 horas, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, ou conforme publicação em Edital de Concurso Público.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas à gestão, assessoramento, pesquisa e desenvolvimento, que envolverá tarefas inerentes às seguintes áreas de atuação: desenvolvimento e manutenção de sistemas de informação e processo eletrônico, plataformas e metodologias de gestão de projetos e produtos.

Área Judiciária

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Direito, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida; ou conforme publicação em Edital de Concurso Público.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, organização, coordenação, supervisão, assessoramento, estudo, pesquisa, além da execução de tarefas que envolvam processamento de feitos, apoio a julgamentos, análise e pesquisa de legislação, de doutrina e de jurisprudência nos vários ramos do Direito, estudo e pesquisa do Poder Judiciário brasileiro, bem como elaboração de laudos, pareceres, atos e informações jurídicas.

Arquivologia

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Arquivologia, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida; Registro no Conselho Regional da categoria; ou conforme publicação em Edital de Concurso Público.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, à organização, à orientação e controle do tratamento de processos, expedientes e documentos, bem como as concernentes à gestão informacional, à guarda, à preservação da memória arquivística, à conservação e à recuperação de documentos de interesse administrativo e/ou histórico.

Contabilidade

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Ciências Contábeis, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida e Registro no Conselho Regional da categoria.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, à coordenação, à supervisão e à execução de trabalhos que envolvam administração orçamentária e financeira, patrimonial, controle interno e auditoria, entre outras atividades.

Engenharia Elétrica

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Engenharia Elétrica, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida e Registro no Conselho Regional da categoria.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior relacionadas à elaboração e ao acompanhamento de projetos de engenharia elétrica, manutenção, prevenção e correção de instalações e equipamentos elétricos, bem como à emissão de pareceres técnicos, entre outras.

Estatística

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Estatística, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida e Registro no Conselho Regional da categoria.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, relativas ao planejamento, coordenação e execução de atividades que envolvam a obtenção, a organização, o tratamento estatístico e a análise de dados e informações.

Medicina do Trabalho

Jornada de trabalho: Período de 20 (vinte) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de Bacharel em Medicina e certificado(s) de especialização na(s) área(s), registrado no MEC e expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida e Registro no Conselho Regional da categoria.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior relacionadas ao planejamento, à coordenação, à supervisão e à execução de trabalhos que envolvam medicina do trabalho, bem como programas de prevenção e/ou tratamento da saúde e perícias médicas.

Medicina Psiquiatria

Jornada de trabalho: Período de 20 (vinte) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de Bacharel em Medicina e certificado(s) de especialização na(s) área(s), registrado no MEC e expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior relacionadas ao planejamento, à coordenação, à supervisão e à execução de trabalhos que envolvam a assistência médica psiquiátrica individual e coletiva, bem como programas de prevenção e/ou tratamento da saúde mental e perícias médicas.

Oficial de Justiça Avaliador Federal

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Direito, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida; ou conforme publicação em Edital de Concurso Público.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, como citações, notificações, intimações, execuções de medidas preventivas e assecuratórias, penhoras, arrestos, sequestros, despejos, buscas e apreensões, avaliações de bens e valores, praça de bens imóveis, reintegrações e imissões de posse e demais diligências ordenadas pelo juízo e inserção dos respectivos termos nos processos.

Psicologia

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Psicologia, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida e Registro no Conselho Regional da categoria.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas à elaboração de diagnósticos, estudos e intervenções que subsidiem a prestação jurisdicional, à assistência e acompanhamento psicológico, à promoção de saúde e de qualidade de vida no trabalho, à formação de políticas de gestão de pessoas e de desenvolvimento organizacional.

Segurança da informação

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), ou de graduação em qualquer curso superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação de, no mínimo, 360 horas, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições: Atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas à gestão, assessoramento, pesquisa e desenvolvimento, que envolverá tarefas inerentes às seguintes áreas de atuação: segurança da informação, proteção de dados, análise de vulnerabilidades, defesa cibernética, resposta a incidentes, auditoria e forense digital, planos de continuidade de negócio e infraestrutura de segurança computacional.

Serviço Social

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma de nível superior em Serviço Social, registrado no MEC, expedido por instituição oficial ou legalmente reconhecida e Registro no Conselho Regional da categoria.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas à elaboração de diagnósticos, estudos e intervenções que subsidiem a prestação jurisdicional, à assistência e acompanhamento psicossocial, à promoção de saúde e de qualidade de vida e à condução de ações socioeducativas de acordo com o público-alvo.

Suporte em Tecnologia da Informação

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), ou de graduação em qualquer curso superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação de, no mínimo, 360 horas, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições: Atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas à gestão, assessoramento, pesquisa e desenvolvimento, envolvendo tarefas inerentes às seguintes áreas de atuação: infraestrutura de tecnologia da informação, redes de computadores, banco de dados, sistemas operacionais e suporte a microinformática.

Concurso TJDFT: Técnico Judiciário

Área Administrativa

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Certificado, devidamente registrado, de conclusão de ensino médio ou equivalente expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), devidamente registrado na Secretaria de Educação.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível intermediário de apoio à atividade judiciária e de suporte técnico e administrativo às funções de gestão de pessoas, material e patrimônio, licitações e contratos, orçamentária e financeira, auditoria e controle, gestão da informação, entre outras.

Enfermagem

Jornada de trabalho: Período de 40 (quarenta) horas semanais, distribuído de acordo com o funcionamento do TJDFT.

  • Requisitos: Certificado de conclusão de 2º grau e curso profissionalizante de Auxiliar de Enfermagem (Decreto 5.154 de 23/07/2004), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), devidamente registrado na Secretaria de Educação.
  • Atribuições: Realizar atividades de nível intermediário, relacionadas ao apoio à assistência de enfermagem preventiva e curativa.

Concurso TJDFT: cargos vagos

De acordo com o Portal da Transparência do órgão, atualizado em janeiro de 2024, os cargos vagos são os seguintes:

  • 77 cargos vagos para Analista Judiciário;
  • 82 cargos vagos para Técnico Judiciário.
  • TOTAL: 159 cargos vagos.

Concurso TJDFT: carreira

Os selecionados no concurso TJDFT serão contratados sob o regime jurídico único dos servidores civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais conforme a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

O documento aponta que após a nomeação, o servidor ficará sujeito a estágio probatório por período de 24 (vinte e quatro) meses, sendo observado fatores como: assiduidade, disciplina, capacidade de iniciativa, produtividade e responsabilidade.

Após o período de estágio probatório, o servidor poderá ser promovido de acordo com a progressão salarial do TJDFT.

Concurso TJDFT: etapas de prova

O concurso TJDFT contou com duas etapas de avaliação: provas objetiva e discursiva, ambas foram aplicadas no mesmo dia e possuem caráter eliminatório e classificatório. A duração da prova foi de 5h para o cargo de Analista e 4h para Técnico.

Prova objetiva

A prova objetiva do concurso TJDFT foi composta por 60 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas e apenas uma resposta correta.

Disciplinas

Confira no quadro abaixo o quantitativo de questões para as especialidades de Análise de Dados, Análise de Sistemas, Segurança da Informação e Suporte em Tecnologia da Informação do cargo de Analista Judiciário, Área de Apoio Especializado:

DISCIPLINAS 

QUANTIDADE DE QUESTÕES 

Língua Portuguesa

10 questões 
Língua Inglesa

05 questões

Noções de Direito Administrativo e de Direito Constitucional

05 questões
Ética no Serviço Público, Regimento Interno e Lei de Organização Judiciária

05 questões

Conhecimentos Específicos

35 questões

O quadro a seguir apresenta as disciplinas e o número de questões para o cargo de Analista Judiciário, Área Judiciária: Sem Especialidade e Oficial de Justiça Avaliador Federal:

DISCIPLINAS 

QUANTIDADE DE QUESTÕES 
Língua Portuguesa

10 questões

Ética no Serviço Público, Regimento Interno, Lei de Organização Judiciária, Provimento Geral da Corregedoria e Provimento Judicial Aplicado ao Processo Judicial Eletrônico

10 questões
Conhecimentos Específicos

40 questões

Confira as disciplinas e o número de questões para o cargo de Analista Judiciário, Área de Apoio Especializado, todas as especialidades (exceto Análise de Dados, Análise de Sistemas, Segurança da Informação e Suporte em Tecnologia da Informação):

DISCIPLINAS 

QUANTIDADE DE QUESTÕES 
Língua Portuguesa

10 questões

Noções de Direito Administrativo e de Direito Constitucional

05 questões
Ética no Serviço Público, Regimento Interno e Lei de Organização Judiciária

05 questões

Conhecimentos Específicos

40 questões

O quadro a seguir apresenta as disciplinas e o número de questões para o cargo de Técnico Judiciário (Área Administrativa: Sem Especialidade):

DISCIPLINAS 

QUANTIDADE DE QUESTÕES 
Língua Portuguesa

10 questões

Ética no Serviço Público, Regimento Interno, Lei de Organização Judiciária, Provimento Geral da Corregedoria e Provimento Judicial Aplicado ao Processo Judicial Eletrônico10 questões
Conhecimentos Específicos

40 questões

Por fim, confira as disciplinas e o número de questões para o cargo de Técnico Judiciário (Área de Apoio Especializado, Especialidade: Enfermagem):

DISCIPLINAS 

QUANTIDADE DE QUESTÕES 
Língua Portuguesa

10 questões

Ética no Serviço Público, Regimento Interno e Lei de Organização Judiciária10 questões
Conhecimentos Específicos

40 questões

Classificação concurso TJDFT

Será considerado aprovado na Prova Escrita Objetiva do concurso TJDFT:

Para o cargo de Analista Judiciário Área de Apoio Especializado em Análise de Dados, Análise de Sistemas, Segurança da Informação e Suporte em Tecnologia
da Informação, o candidato que, cumulativamente:

  • acertar, no mínimo, 17 (dezessete) questões de Conhecimentos Específicos; e
  • acertar, no mínimo, 30 (trinta) questões do total da Prova Escrita Objetiva.

Para o cargo de Analista Judiciário – Área Judiciária: Sem Especialidade e Oficial de Justiça Avaliador Federal, o candidato que, cumulativamente:

  • acertar, no mínimo, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos; e
  • acertar, no mínimo, 30 (trinta) questões do total da Prova Escrita Objetiva.

Para o cargo de Analista Judiciário – Área de Apoio Especializado em todas as especialidades (exceto Análise de Dados, Análise de Sistemas, Segurança da Informação e Suporte em Tecnologia da Informação), o candidato que, cumulativamente:

  • acertar, no mínimo, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos; e
  • acertar, no mínimo, 30 (trinta) questões do total da Prova Escrita Objetiva.

Para o cargo de Técnico Judiciário (ambas as especialidades), o candidato que, cumulativamente:

  • acertar, no mínimo, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos; e
  • acertar, no mínimo, 30 (trinta) questões do total da Prova Escrita Objetiva.

Prova Discursiva

A prova discursiva do concurso TJDFT para os cargos de Analista Judiciário (todas as áreas e todas as especialidades) constou de duas questões discursivas relativas aos Conhecimentos Específicos. A prova valerá 30 pontos.

Para o cargo de Técnico Judiciário a prova discursiva constou de uma redação valendo 30 pontos. A redação deverá ser redigida em gênero dissertativo-argumentativo, com número mínimo de 15 e máximo de 20 linhas.

Último concurso TJDFT

No último concurso TJDFT foram ofertadas 80 vagas. O edital foi publicado em 2015.

As vagas foram para o cargo de Analista Judiciário, as vagas oferecidas foram nas seguintes áreas de especialidade:

  • Análise de Sistemas (1);
  • Biblioteconomia (1);
  • Psicologia (1);
  • Tecnologia da informação(1);
  • Medicina no ramo de clínica médica (1);
  • Medicina no ramo de ginecologia-obstetrícia (1);
  • Medicina no ramo de neurologia (1);
  • Medicina no ramo de pediatria (1);
  • Medicina no ramo de psiquiatria (1);
  • Medicina no ramo odontológico (1);
  • Oficial de Justiça Avaliador Federal (2);
  • Área Judiciária (31).

Já para os cargos de Técnico Judiciário, foram oferecidas vagas nas áreas:

  • Administrativa (35);
  • apoio especializado com especialidade em Enfermagem (1);
  • apoio especializado em Programação de Sistemas (1).

O salário para cargo de técnico judiciário, na época foi de R$ 5.425,79, já para analista judiciário a remuneração R$ 8.863,84.

Concurso TJDFT: nomeações

Além das boas remunerações e das vantagens de ser servidor do TJDFT, aqueles que desejam ingressar no judiciário brasiliense devem se atentar ao quadro de nomeados do último concurso TJDFT, que teve sua validade expirada em abril de 2018. É que, conforme consta no site do órgão, o concurso que oferecia apenas 80 vagas imediatas em edital obteve um número muito expressivo de nomeações.

Foram 750 candidatos convocados, ou seja, o número é quase 10 vezes maior que as vagas ofertadas no edital de abertura. Confira o detalhamento:

Cargo 

Vagas ofertadas no edital de 2015

Última Classificação Convocada

Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Psicologia

1 vaga3º (Lista geral) + 1º (Negro)
Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Biblioteconomia1 vaga

2º (Lista geral)

Analista Judiciário, Área Judiciária

31 vagas205º (Lista geral) + 49º (Negro) + 12º (PcD)
Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Medicina, Ramo: Psiquiatria1 vaga

1º (Lista geral)

Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Análise de Sistemas

1 vaga1º (Lista geral)
Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Medicina, Ramo: Neurologia1 vaga

1º (Lista geral)

Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Medicina, Ramo: Pediatria

1 vaga1º (Lista geral)
Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Odontologia, Ramo: Dentística1 vaga

5º (Lista geral) + 1º (Negro)

Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Medicina, Ramo: Clínica Médica

1 vaga8º (Lista geral) + 2º (Negro)
Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Medicina, Ramo: Ginecologia/Obstetrícia1 vaga

2º (Lista geral)

Analista Judiciário, Área: Judiciária, Especialidade: Oficial de Justiça Avaliador Federal

2 vagas13º (Lista geral) + 3º (Negro) + 1º (PcD)
Analista Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Suporte em Tecnologia da Informação1 vaga

3º (Lista geral)

Técnico Judiciário, Área: Administrativa

35 vagas463º (Lista geral) + 31º (PcD) + 115º (Negro)
Técnico Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Enfermagem1 vaga

3º (Lista geral) + 1º (Negro)

Técnico Judiciário, Área: Apoio Especializado, Especialidade: Programação de Sistemas

1 vaga

17º (Lista geral)

As convocações não indicam posse, porque os candidatos podem desistir ou até mesmo solicitar um reposicionamento para tentar assumir o cargo em outro momento.

Observe que durante a vigência do concurso as convocações podem ser feitas. No caso do TJDFT, o candidato ainda poderá ser chamado para trabalhar em outros órgãos, como:

  • Tribunal Regional Federal da 1ª região – TRF1,
  • Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal – TRE DF,
  • Tribunal Regional do Trabalho da 10ª região – TRT10,
  • Tribunal Superior do Trabalho -TST,
  • Tribunal Superior Eleitoral – TSE,
  • Superior Tribunal Militar – STM,
  • Superior Tribunal de Justiça – STJ e
  • Conselho Nacional de Justiça – CNJ.

Concurso TJDFT: materiais gratuitos

Edital Verticalizado TJDFT

O modelo de edital verticalizado desenvolvido pelo Gran Cursos Online, organiza todo o conteúdo programático de forma vertical, facilitando a visualização das disciplinas, de modo simplificado, dinâmico e prático.

O editais verticalizados disponíveis são os seguintes:

  • Analista Judiciário – Área: Administração – BAIXE AQUI
  • Analista Judiciário – Conhecimentos Básicos para Todas as Especialidades – Exceto Jurídica e TI – BAIXE AQUI
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – BAIXE AQUI
  • Técnico Judiciário – Enfermagem – BAIXE AQUI

Gran Vade Mecum TJDFT

O Gran Vade Mecum do Gran, é um compilado das leis que serão cobradas nas provas objetivas. A ideia é que você se prepare ainda mais em busca da aprovação.

Veja os materiais disponíveis:

  • Gran Vade Mecum TJDFT Pós-edital: Analista Judiciário – Área: Judiciária – Download
  • Gran Vade Mecum: TJDFT Pós-edital – Analista Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador Federal – Download
  • Gran Vade Mecum TJDFT Pós-edital: 3 em 1 Apoio Especializado – Análise de Dados, Análise de Sistemas e Suporte em Tecnologia da Informação – Download
  • Gran Vade Mecum TJDFT Pós-edital: Apoio Especializado – Segurança da Informação – Download
  • Gran Vade Mecum: TJDFT Pós-edital – Técnico Judiciário – Enfermagem – Download

Concurso TJDFT: motivos para fazer o certame

O concurso TJDFT tem um bom retrospecto no número de nomeações. E de acordo com aos dados do portal da transparência, o quadro de cargos vagos já soma 394.

Servidores do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Território são servidores federais, isso porque o órgão integra o Poder Judiciário da União. Além disso, a remuneração é bastante atrativa, analistas podem receber até R$ 12.455,30.

Confira abaixo 10 motivos para participar do concurso TJDFT:

1. Remunerações altas no início das carreiras;
2. Por padrão, a carga horária de trabalho é de sete horas diárias. Dependendo da unidade, pode ser necessário que trabalhe pela manhã ou num horário diferente. Algo muito importante: servidor estudante tem direito à jornada especial, de forma que sua jornada seja compatível com o horário de estudos. Via de regra, a jornada é aferida por meio eletrônico, e não costuma ser difícil faltar, sob compensação das horas não trabalhadas, para resolver problemas particulares, de qualquer natureza;
3. Regime estatutário, ou seja, estabilidade;
4. Auxílio alimentação;
5. Benefícios básicos como plano de saúde, auxílio-creche e auxílio-transporte;
6. Gratificação de Atividade Judiciária – GAJ (90% sobre os vencimentos); Adicional de Qualificação e Treinamento, entre outras.
7. O TJDFT é conhecido pelo alto índice de convocações de aprovados, ou seja, o interesse da administração é aproveitar ao máximo os candidatos que se mostrarem aptos no concurso.
8. Retribuição pelo exercício de função comissionada ou cargo em comissão.
9. Para concorrer no concurso TJDFT ao cargo de técnico judiciário administrativo é necessário apenas o ensino médio completo. Já para analistas da área jurídica e oficial de justiça, é necessário nível superior em Direito e outras especialidades é necessário possuir graduação em outras especialidades.
10. Ascensão, crescimento profissional e desenvolvimento na carreira após aprovação no concurso TJDFT.

Gran Aluna aprovada no concurso TJDFT

Fabíola Melo estudou para o concurso TJDFT inspirada na jornada do seu avô que era servidor do órgão. Ela enfrentou muitos desafios e reprovações e com a ajuda do Gran conquistou a tão sonhada aprovação. Veja:

Prepare-se com o Gran: Assinatura Ilimitada 9.0

Alô, concurseiros! Quer todo o suporte para estudar com confiança e facilidade? Conheça a nossa Assinatura Ilimitada 9.0. Confira as grandes novidades que aceleram a sua aprovação nos concursos públicos e, o melhor, com a Maia, a Inteligência Artificial do GRAN que veio para revolucionar como você estuda.

Confira os principais recursos da nossa Assinatura Ilimitada para acelerar a sua aprovação:

:caixa_de_entrada:  Download ilimitado das videoaulas e dos PDFs para estudar offline;
:anotações:  Banco com mais de 2,6 milhões de questões de concurso;
:fones_de_ouvido:  Mais de 28.000 audiolivros;
:folhas_marcadas:  PDF Turbinado – o mais moderno e-book com anotações e audiobooks;
:calendário_espiral:  Cronograma de estudos automático, individual e personalizado;
:gráfico_tendência_subindo:  Simulado inédito com ranking;
:balança:  Legislação em Destaque;
:robô_cabeça:  Cursos recomendados por Inteligência Artificial;
:mapa_múndi:  Guias da Aprovação e mapas mentais;
:página_enrolada:  Programa de Estudos 100% focado no edital;
:avanço_rápido:  Acelerador de videoaulas;
:seta_esquerda_direita: Garantia de atualização pós-edital;
:computador: Método de ensino aliado à tecnologia;
:professor_neutro:  Salas particulares;
:mulher_em_posição_de_lótus::tom-de-pele-2:  Gran bem-estar
:círculo_vermelho_preenchido:  Entre outros.

Está esperando o quê para se tornar um GRAN Aluno e garantir a sua aprovação em 2024? Tenha acesso IMEDIATO à nossa plataforma. Faça o teste e ganhe 30 dias de garantia ou seu dinheiro de volta!

Resumo do concurso TJDFT

Concurso TJDFTTribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios
Situação atualestudo em andamento
Banca organizadoraa definir
Cargostécnico judiciário – polícia judiciária
Escolaridadenível superior
Carreirastribunais e segurança pública
LotaçãoDistrito Federal
Número de vagasa definir
RemuneraçãoTécnico Judiciário: de R$ 8.529,65 a R$ 12.807,24 + benefícios (Auxílio-alimentação, Auxílio pré-escolar, AQ Treinamento e AQ Títulos) + GAS paga apenas para os cargos na área de segurança
Clique aqui para ver o edital TJDFT 2022

Concurso TJDFTTribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios
Situação atualhomologado
Banca organizadoraFundação Getúlio Vargas (FGV)
CargosTécnico e Analista
Escolaridadeníveis médio e superior
Carreirastribunais e administrativa
LotaçãoDistrito Federal
Número de vagas112 vagas
RemuneraçãoTécnico Judiciário: de R$ 8.529,65 a R$ 12.807,24 + benefícios (Auxílio-alimentação, Auxílio pré-escolar, AQ Treinamento e AQ Títulos) + GAS paga apenas para os cargos na área de segurança.
Analista Judiciário: de R$ 13.994,78 a R$ 21.013,03 + benefícios (Auxílio-alimentação, Auxílio pré-escolar, AQ Treinamento e AQ Títulos) + GAS apenas para os cargos na área de segurança + GAE apenas para analista judiciário – área judiciária – Oficial de justiça.
Inscriçõesde 7 de fevereiro a 14 de março de 2022
Taxa de inscriçãode R$ 80 a R$ 120
Data da prova objetiva29/05/2022
Clique aqui para ver o edital TJDFT 2022

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
clique nos links abaixo:

Concursos Abertos

Concursos 2024

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

Telegram

Avatar


08 de fevereiro15 min. de leitura