Centro-Oeste

Concurso TJDFT: VALIDADE encerrada abre caminho para NOVO edital TJDFT!

Concurso TJDFT

Concurso TJDFT programa novo edital para 2018! Prepare-se AGORA!

Concurso TJDFT ofertará chances para técnicos e analistas!

Excelente notícias para concurseiros/as de Brasília e para aqueles que desejam ingressar na área de tribunais! O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (Concurso TJDFT) finalizou no dia 19 de abril, a validade do concurso público aberto em 2015, sem possibilidade de prorrogação. O TJDFT já informou ao Gran Cursos Online Blog que foi aberto processo administrativo para analisar a viabilidade de realização de novo concurso público para provimento de cargos vagos de Analista e Técnico Judiciário. No momento, no entanto, não há decisão quanto à realização ou não de novo certame.

Até o momento, o TJDFT convocou 754 aprovados, sendo 570 para a carreira de Técnico Judiciário – Área: Administrativa e 244 para Analista Judiciário – Área: Judiciária.

Próximo Passo TJDFT

Cargos vagos concurso TJDFT

O tribunal está com 212 cargos vagos — 106 para analistas e 106 para técnicos. No primeiro caso, há maior carência de pessoal na área judiciária — faltam 60 oficiais de justiça avaliadores federais e 24 analistas judiciários sem especialidade; e, no segundo caso, a carência é maior na área administrativa, o TJDFT precisa de 84 novos técnicos judiciários também sem especialidade.

Informações repassadas ao Gran Cursos Online Blog sobre o novo concurso TJDFT

Informações repassadas ao Gran Cursos Online Blog sobre o novo concurso TJDFT

Caso seja deflagrado, o que é quase certo, é uma excelente oportunidade para candidatos com nível médio completo, nível superior em direito e áreas especializadas que desejam seguir carreira em um tribunal de grande destaque no cenário nacional, pois os inicias do concurso TJDFT são de R$ 7, R$ 12 ou R$ 14 mil em início de carreira, valores atualizados e que valerão a partir do segundo semestre do ano que vem, quando está previsto o ingresso dos novos servidores.

A remuneração do Analista Área Judiciária, Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, por exemplo, é composta por R$ 11.007, somada a gratificação de atividade, no valor de R$ 1.670,43, mais R$ 884 de auxílio-alimentação e R$ 300 de auxílio saúde pode chegar a R$ 13.861, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho.

Agora o valor de uma Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades passam a ser de R$ 11.007, somado aos auxílios-alimentação e saúde, chegam a R$ 11.921, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho. O valor de um Técnico Judiciário é de R$ 6.709, somados aos mesmos benefícios básicos, é de R$ 7.893, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho.

Todos os valores mencionados estão de acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho de 2017 pelo governo, onde são reajustados tanto o salário-base quanto a gratificação de atividade judiciária (GAJ). No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701.

Benefícios oferecidos aos servidores aprovados no concurso TJDFT

Os selecionados no concurso TJDFT serão contratados sob o regime jurídico. Há ainda vários benefícios, convênio médico, que proporciona atendimento médico-hospitalar nas melhores clínicas e hospitais de Brasília, serviço médico e odontológico interno de primeira qualidade, que abrange quase todas as especialidades médicas, apto ao atendimento emergencial e clínico, tanto no fórum de Brasília como nos das cidades satélites. Os fóruns estão espalhados em quase todas as cidades satélites do Distrito Federal e há previsão de criação de outros tantos, o que possibilita ao servidor trabalhar em lugar próximo de sua residência.

Os servidores do TJDFT contam ainda com uma Escola de Administração Judiciária que oferece educação corporativa, visando ao desenvolvimento e aprimoramento de habilidades dos servidores. Há creches, onde o servidor pode deixar seu filho enquanto trabalha, biblioteca invejável, com enorme acervo de livros, que é considerada uma das melhores do Serviço Público. Há também um restaurante com bom atendimento e preço acessível. Há, ainda, a quem interessar, um sindicato e uma associação fortalecidos que ajudam a amparar os nossos direitos de servidor.

Concurso TJDFT: Convocações sempre além das vagas

Além das boas remunerações e das vantagens de ser servidor do TJDFT, aqueles que têm desejam ingressar no judiciário brasiliense devem se atentar ao quadro de nomeados do último concurso TJDFT, que terá sua validade expirada em abril de 2018. É que, conforme consta no site do órgão, o concurso que oferecia apenas 80 vagas imediatas em edital obteve um número muito expressivo de nomeações: 762. Desse quantitativo, 570 foram para o posto de Técnico Judiciário – Área: Administrativa, seguido do cargo de Analista Judiciário – Área: Judiciária, com 244 e do posto de Analista Judiciário -Área Judiciária: Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, com 14.

No anterior, em 2013, também não foi diferente. O certame oferecia apenas 110 vagas imediatas em edital e obteve um número muito expressivo de nomeações: 1.360. Desse quantitativo, 927 foram para o posto de Técnico Judiciário – Área: Administrativa, seguido do cargo de Analista Judiciário – Área: Judiciária, com 314 e do posto de Analista Judiciário -Área Judiciária: Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, com 112 convocados.

Concurso TJDFT: Cargos programados e requisitos 

Analista Judiciário – Área: Judiciária

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: desenvolver atividades relacionadas ao suporte técnico às funções dos magistrados, à elaboração de relatórios, de pesquisas e de pareceres de natureza jurídica, preparo e execução de atos referentes a processos judiciais, bem como assessoramento às áreas jurídicas.

Técnico Judiciário – Área: Administrativa

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Atribuições: desenvolver atividades que consistem na execução de tarefas relacionadas à redação de expedientes simples e(ou) padronizados, operação de microcomputador, atendimento ao público, ações relativas ao andamento dos processos judiciais e administrativos, bem como transportes de processos e documentos em geral.

Carga de trabalho: 40h semanais

Último concurso TJDFT

No último concurso TJDFT foram ofertadas 80 vagas. Para a função de analista judiciário, as vagas oferecidas foram nas seguintes áreas: especialidade em análise de sistemas (1); especialidade em biblioteconomia (1); especialidade em psicologia (1); suporte em tecnologia da informação(1); especialidade em medicina no ramo de clínica médica (1); especialidade em medicina no ramo de ginecologia-obstetrícia (1); especialidade em medicina no ramo de neurologia (1); especialidade em medicina no ramo de pediatria (1); especialidade em medicina no ramo de psiquiatria (1); especialidade em medicina no ramo dentístico (1); oficial de justiça avaliador federal (2); e área judiciária (31).

Já para os cargos de técnico judiciário, foram oferecidas vagas nas áreas: administrativa (35); apoio especializado com especialidade em enfermagem (1); e apoio especializado com especialidade em programação de sistemas (1).

O salário para cargo de técnico judiciário é R$ 5.425,79, já para analista judiciário a remuneração é R$ 8.863,84.

Provas do último concurso TJDFT

O concurso TJDFT consta com prova objetiva com 50 questões de conhecimentos básicos, e 70 de conhecimentos específicos. O certame também aplicou prova discursiva.

Número de questões prova do Concurso TJDFT

Número de questões prova do Concurso TJDFT

Critérios para aprovação no concurso TJ Distrito Federal e Territórios:

A classificação requisitava nota mínima de 10 pontos na prova de conhecimentos básicos, 21 em conhecimentos específicos, e 36 pontos ao todo. Na prova discursiva a pontuação mínima foi 20 pontos.

Detalhes do concurso TJDFT:

Gostou dessa oportunidade? Comece hoje mesmo sua preparação para o TJDFT! Preparatórios online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros! Estude com quem mais aprova e conquiste a sua vaga!

Matricule-se!

Cheguei Lá

16 Comentários

16 Comentários

  1. Estéfane

    18/12/2017 16:02 em 16:02

    Por que o último certame do STJ E TJDFT foram improrrogáveis?

    • polibs

      19/12/2017 10:14 em 10:14

      porque teve validade de um ano somente, primeiro ano até abril de 2017 prorrogou por mais um ano até abril de 2018……

    • jose

      15/03/2018 10:00 em 10:00

      Foi prorrogado sim..o prazo de validade é que foi menor.

      • polibs

        15/03/2018 12:12 em 12:12

        Zé, vc sabia que interpretação de textos cai no concurso?

        • Francisco

          15/03/2018 12:44 em 12:44

          polibs, você sabia que ser grosso/a é errado?

          • polibs

            18/04/2018 12:34 em 12:34

            xico,nunca foi…

  2. Carlos lucena

    16/03/2018 13:42 em 13:42

    O gostaria de saber sobre concurso do Detran df, se tem alguma eminência de edital. Obrigado.

    • Alisson Tavares de Souza

      11/04/2018 08:04 em 08:04

      alguma eminência? vai estudar Português, aprenda logo o básico antes de tentar usar palavras difíceis, pra não passar vergonha.

      • André Gouveia

        12/04/2018 09:53 em 09:53

        Alisson! Estude português também, pois sua resposta está repleta de erros, a saber, colocação verbal e pontuação. Antes de criticar, olhe-se no espelho!

  3. Eaap

    20/03/2018 11:09 em 11:09

    Haveria possibilidade de haver para Analista Administrativo?
    Faz tempo que não há concurso para esse cargo no TJDFT!

  4. Larissa

    23/03/2018 11:48 em 11:48

    Boa dia. Sou formada em Secretariado Executivo e gostaria de saber se apenas com uma especialização (Pós Graduação) na área do direito, eu posso prestar concursos à nível Judiciário.

    • Malabi

      27/03/2018 11:32 em 11:32

      amiga… tem que ter DIPLOMA de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito.

    • Carol

      01/04/2018 16:41 em 16:41

      Só para cargo de técnico judiciário. Para analista judiciário – área judiciária, é preciso ter diploma de bacharel em Direito.

  5. Luanna Silva Braga

    13/04/2018 10:47 em 10:47

    Bom Dia!
    quando vai sair a insricao para o tjdftja tem data marcada

  6. Jujiujiteria

    19/04/2018 19:23 em 19:23

    Engraçado… Fará novo concurso? Nossa que ótimo! E por qual motivo não chamaram os aprovados para o cargo analista – oficial de Justiça? Há uma lista de 82 aprovados que não foram nomeados.

  7. Francisco

    03/05/2018 12:41 em 12:41

    Há previsão para Analista ADMINISTRATIVO?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo