Concurso TRF2: iniciais de até R$ 13,9 mil! Provas em julho

Concurso TRF2 oferta oportunidades para técnico e analista judiciário. Organização do Instituto AOCP

Avatar


16 de Maio13 min. de leitura

O concurso TRF2 para ingresso no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) está com inscrições encerradas. O aceite foi feito no site do Instituto AOCP.

A seleção oferece oportunidades para os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo com vagas de nível superior para os cargos de Técnico e Analista Judiciário. A remuneração inicial varia de R$ 8.529,65 a R$ 13,9 mil mais benefícios.

As provas objetiva e discursiva acontecerão nos dias 7 e 14 de julho de 2024.

Logo do WhatsApp Clique aqui para seguir o canal do Gran no Whatsapp!

Saiba mais sobre o concurso TRF 2 navegando no índice abaixo:

Concurso TRF2: análise do edital

Saiba tudo sobre o edital de abertura com o prof. Vandré Amorim!

Concurso TRF2: situação atual

Confira abaixo o andamento das seleções para o Tribunal Regional Federal da 2ª região:

Edital TRF2 2024

Edital TRF2 2016

  • Encerramento da validade do concurso: 5 de julho de 2023
  • Prorrogação do concurso: 22 de abril de 2021
  • Resultado final: 5 de junho de 2017
  • Edital publicado: 23 de novembro de 2016

Concurso TRF2: remuneração e benefícios

A remuneração inicial dos cargos do concurso TRF2 é a seguinte:

Técnico Judiciário

Remuneração inicialRemuneração final
(Classe A, padrão 1)(Classe C, padrão 13)
Vencimento: R$ 3.554,02Vencimento: R$ 5.336,35
GAJ: R$ 4.975,63GAJ: R$ 7.470,89
Total: R$ 8.529,65Total: R$ 12.807,24
Concurso TRF2: remuneração inicial e final para técnico.

Analista Judiciário

Remuneração inicialRemuneração final
(Classe A, padrão 1)(Classe C, padrão 13)
Vencimento: R$ 5.831,16Vencimento: R$ 8.755,43
GAJ: R$ 8.163,62GAJ: R$ 12.257,60
Total: R$ 13.994,78Total: R$ 21.013,03
Concurso TRF2: remuneração inicial e final para analista.

Concurso TRF2: estrutura remuneratória

Ao longo do tempo, os profissionais terão progressão salarial. Veja abaixo:

Referência: a partir de fevereiro de 2024.

Analista Judiciário

CARGO/ESCOLARIDADECLASSE
PADRÃO
VENCIMENTO BÁSICOGAJ (140%)GAE (Válido somente para Oficial de Justiça Avaliador Federal) **
Analista/SuperiorA1R$ 5.831,16R$ 8.163,62+ (35%)
Analista/SuperiorA2R$ 6.006,09R$ 8.408,53+ (35%)
Analista/SuperiorA3R$ 6.186,28R$ 8.660,79+ (35%)
Analista/SuperiorA4R$ 6.538,91R$ 9.154,47+ (35%)
Analista/SuperiorA5R$ 6.735,06R$ 9.429,08+ (35%)
Analista/SuperiorB6R$ 6.937,12R$ 9.711,97+ (35%)
Analista/SuperiorB7R$ 7.145,23R$ 10.003,32+ (35%)
Analista/SuperiorB8R$ 7.359,59R$ 10.303,43+ (35%)
Analista/SuperiorB9R$ 7.779,09R$ 10.890,73+ (35%)
Analista/SuperiorB10R$ 8.012,46R$ 11.217,44+ (35%)
Analista/SuperiorC11R$ 8.252,83R$ 11.553,96+ (35%)
Analista/SuperiorC12R$ 8.500,42R$ 11.900,59+ (35%)
Analista/SuperiorC13R$ 8.755,43R$ 12.257,60+ (35%)
Concurso TRF2: estrutura remuneratória do Analista Judiciário.

Técnico Judiciário

CARGO/ESCOLARIDADECLASSE
PADRÃO
VENCIMENTO BÁSICOGAJ (140%)GAS (Válido somente para cargos na área de segurança) **
Técnico/SuperiorA1R$ 3.554,02R$ 4.975,63+ (35%)
Técnico/SuperiorA2R$ 3.660,66R$ 5.124,92+ (35%)
Técnico/SuperiorA3R$ 3.770,47R$ 5.278,66+ (35%)
Técnico/SuperiorA4R$ 3.985,39R$ 5.579,55+ (35%)
Técnico/SuperiorA5R$ 4.104,96R$ 5.746,94+ (35%)
Técnico/SuperiorB6R$ 4.228,11R$ 5.919,35+ (35%)
Técnico/SuperiorB7R$ 4.354,94R$ 6.096,92+ (35%)
Técnico/SuperiorB8R$ 4.485,59R$ 6.279,83+ (35%)
Técnico/SuperiorB9R$ 4.741,26R$ 6.637,76+ (35%)
Técnico/SuperiorB10R$ 4.883,52R$ 6.836,93+ (35%)
Técnico/SuperiorC11R$ 5.030,02R$ 7.042,03+ (35%)
Técnico/SuperiorC12R$ 5.180,92R$ 7.253,29+ (35%)
Técnico/SuperiorC13R$ 5.336,35R$ 7.470,89+ (35%)
Concurso TRF2: estrutura remuneratória do Técnico Judiciário

** Gratificação de Atividade de Segurança (GAS) válida somente para cargos na área de segurança.

** Gratificações de Atividade Externa (GAE), devida exclusivamente para ocupantes do cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal.

Benefícios ofertados

Os servidores do Tribunal Regional Federal da 2ª região receberão ainda os benefícios conforme portaria comum de 2024:

  • Auxílio Alimentação: R$ 1.393,10
  • Assistência pré-escolar: R$ 1.178,82
  • Auxílio transporte: R$ 172,87
  • Exames periódicos: R$ 84,32
  • Assistência médica e odontológica: R$ 1.271,74

Outros adicionais

Além da remuneração base (vencimento básico + GAJ), benefícios e gratificações, os servidores públicos contam com o Adicional de Qualificação.

O Adicional de Qualificação visa recompensar os servidores das Carreiras dos Quadros de Pessoal do Poder Judiciário pelos conhecimentos adicionais que adquiriram por meio de ações de treinamento, títulos, diplomas ou certificados de cursos de pós-graduação, em áreas relevantes para o Poder Judiciário.

O AQ é dividido em:

➡️ Adicional de Qualificação AQ Treinamento – Benefício voltado para o cumprimento dos treinamentos internos dentro do órgão de atuação.

O AQ Treinamento equivale a 1% (um por cento) ao servidor que possuir conjunto de ações de treinamento que totalize pelo menos 120 (cento e vinte) horas, observado o limite de 3% (três por cento), limitado a 4 anos, mas podendo ser renovado.

➡️ Adicional de Qualificação AQ Títulos – benefício voltado para servidores com certificados de Especialização, título de Mestre e título de Doutor.

Em suma, o AQ Título incide sobre o vencimento básico do servidor, por prazo indeterminado, da seguinte forma:

  •  12,5% – em se tratando de título de Doutor;
  •  10%  – em se tratando de título de Mestre; e
  • 7,5% – em se tratando de certificado de Especialização.
  • 5% (cinco por cento) para os Técnicos Judiciários portadores de diploma de curso superior.

Concurso TRF2: Reajuste progressivo

Válido lembrar que em janeiro de 2023 foi publicado o reajuste das remunerações dos profissionais dos quadros de pessoal do Poder Judiciário da União. Serão reajustados em parcelas sucessivas e cumulativas, da seguinte forma:

  • 6% a partir de 1º de fevereiro de 2023;
  • 6% a partir de 1º de fevereiro de 2024;
  • 6,13% a partir de 1º de fevereiro de 2025.

Em síntese, entenda como ficarão os valores abaixo:

Técnico Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
Ano20242025
Remuneração inicialR$ 8.529,67R$ 9.052,54
Remuneração finalR$ 12.807,24R$ 13.592,33
Concurso TRF2: valores com reajustes anuais para técnico.
Analista Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
Ano20242025
Remuneração inicialR$ 13.994,78R$ 14.852,66
Remuneração finalR$ 21.013,03R$ 22.301,14
Concurso TRF2: valores com reajustes anuais para analista.

Concurso TRF2: inscrições

As inscrições para o concurso TRF2 foram realizadas site do Instituto AOCP: https://www.institutoaocp.org.br entre os dias 11 de abril de 2024 até 10 de maio de 2024.

As taxas de inscrições custaram:

  • R$ 70,00 para Técnico Judiciário; e
  • R$ 80,00 para Analista Judiciário.

Isenção da taxa de inscrição

A Lei nº 13.656, de 30 de abril de 2018 beneficia duas categorias de candidatos:

  • Candidatos que pertencem a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, cuja renda familiar mensal per capita seja inferior ou igual a meio salário-mínimo nacional.
  • Candidatos que se declaram doadores de medula óssea.

Concurso TRF2: cargos e vagas

O edital do concurso TRF2 oferta vagas para formação de cadastro de reserva para ingresso no Tribunal Regional Federal da 2ª região.

Haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência (5%), negros/pardos (20%) e indígenas (3%).

Veja os cargos abaixo:

Vagas para analista judiciário no Concurso TRF 2

CargosVagasLotação RJLotação ES
Analista Judiciário – Especialidade: AdministrativoCRSim Sim
Analista Judiciário – Especialidade: JudiciárioCRSim Sim
Analista Judiciário – Especialidade: OdontologiaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: Serviço socialCRSimSim
Analista Judiciário – Especialidade: Engenharia CivilCRSimSim
Analista Judiciário – Especialidade: Engenharia ElétricaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: Engenharia MecânicaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: Engenharia EletrônicaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: Engenharia de segurança do trabalhoCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: ContabilidadeCRSimSim
Analista Judiciário – Especialidade: Tecnologia da InformaçãoCRSimSim
Analista Judiciário – Especialidade: EstatísticaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: ArquivologiaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: Medicina do TrabalhoCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: Medicina Clínica-GeralCRSimSim
Analista Judiciário – Especialidade: Medicina PsiquiatriaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: EnfermagemCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: Enfermagem do trabalhoCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: PsicologiaCRSimNão
Analista Judiciário – Especialidade: ArquiteturaCRSimNão
Concurso TRF2: oportunidades para Analista Judiciário

Vagas para técnico judiciário no Concurso TRF 2

CargosVagasLotação RJLotação ES
Técnico Judiciário – Sem especialidadeCRSimSim
Técnico Judiciário – Especialidade: Agente da Polícia JudicialCRSimNão
Técnico Judiciário – Especialidade: Tecnologia da InformaçãoCRSimSim
Técnico Judiciário – Especialidade: EnfermagemCRSimSim
Técnico Judiciário – Especialidade: ContabilidadeCRSimSim
Concurso TRF2: oportunidades para Técnico Judiciário

Cargos vagos

Há mais de 400 cargos vagos no Tribunal Regional (sede), Seções Judiciárias do Rio de Janeiro e Espírito Santo, além de demais seções:

CARGOSTRF2SJRJSJESSEÇÕES
Analista judiciário7281442
Técnico judiciário2513119150
Auxiliar judiciário6202
TOTAL3816133194
Concurso TRF 2: relação de vacâncias.

Concurso TRF2: carreira

Os candidatos investidos nos cargos/áreas/especialidades estarão subordinados ao Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, Lei nº 8.112/1990 e alterações posteriores, salvo disposições em leis específicas.

Mudança de escolaridade para técnico

Em 2022 foi publicada, no Diário Oficial da União, a Lei nº. 14.456/2022 que confere aos cargos de técnico judiciário, a exigência de curso superior completo. A mudança passa a valer para todos os concursos de tribunais da União.

Confira abaixo os requisitos por ocupação do concurso TRF2:

Analista Judiciário – Área Administrativa – Sem especialidade

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de curso Superior completo em qualquer área de formação acadêmica, realizado em instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Sem especialidade

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Direito, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Odontologia

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do Curso Superior completo em Odontologia, realizado em instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro no Conselho Regional correspondente e 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada em clínica odontológica.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Serviço Social

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Serviço Social, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia Civil

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Engenharia Civil, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia Elétrica

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Engenharia Elétrica, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia Mecânica

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Engenharia Mecânica, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia Eletrônica

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Engenharia Eletrônica, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Apoio Especializado – Engenharia de Segurança do Trabalho

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Arquitetura ou Engenharia, acrescido de pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho, com carga horária mínima de 360 horas, realizados em Instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Contabilidade

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Ciências Contábeis, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de curso Superior completo na área de Tecnologia da Informação, em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, ou Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de curso Superior completo em qualquer área de formação, acrescido de diploma/certificado de curso de pós-graduação em Governança de TI, Gestão em TI, Segurança da Informação, Ciência de dados, Analise de dados, Gestão de projetos de TI, Banco de dados, Engenharia de software, Redes de computadores ou Análise de sistemas de informação, com carga horária mínima de 360 horas, ambos realizados em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Estatística

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Estatística, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Arquivologia

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Arquivologia, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro na Delegacia Regional do Trabalho.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina do Trabalho

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Medicina, residência em Medicina do Trabalho credenciada pelo Ministério da Educação ou título de especialista em Medicina do Trabalho emitido pela Associação Médica Brasileira, com carga horária mínima de 360 horas, em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro no Conselho Regional correspondente e 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada como médico do trabalho.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina Clínica Geral

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Medicina, residência em Clínica Médica credenciada pelo Ministério da Educação ou título de especialista em Clínica Médica; com carga horária mínima de 360 horas, em instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação, registro no Conselho Regional correspondente e 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada como médico clínico geral.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina Psiquiatria

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Medicina, residência em Psiquiatria credenciada pelo Ministério da Educação ou título de especialista em Psiquiatria, com carga horária mínima de 360 horas, em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro no Conselho Regional correspondente e 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada como médico psiquiatra.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Enfermagem

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Enfermagem, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro profissional no Conselho Regional correspondente e 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada como enfermeiro.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Enfermagem do Trabalho

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Enfermagem, pós-graduação em Enfermagem do Trabalho, com carga horária mínima de 360 horas, ambos realizados em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro profissional no Conselho Regional correspondente e 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada como enfermeiro do trabalho.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Psicologia

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Psicologia, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro no Conselho Regional correspondente e 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada como psicólogo clínico.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Arquitetura

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do curso Superior completo em Arquitetura, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional correspondente.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Sem especialidade

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de curso Superior completo em qualquer área de formação acadêmica, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Agente da Polícia Judicial

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de curso Superior completo em qualquer área de formação acadêmica, realizado em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B” ou superior.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de curso Superior completo em qualquer área de formação acadêmica, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e certificado de habilitação específica em cursos de Tecnologia da Informação, que somados apresentem carga horária mínima de 120 horas/aula.

Técnico Judiciário – Área de Apoio Especializado – Enfermagem

Requisitos Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de Curso Superior completo em Enfermagem, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional da Classe; ou de Curso Superior completo em qualquer área de formação acadêmica, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, acrescido de Curso Técnico de Enfermagem e registro no Conselho Regional da Classe. E mais, para as duas opções, 2 (dois) anos de experiência profissional comprovada como técnico de enfermagem.

Técnico Judiciário – Área de Apoio Especializado – Contabilidade

Requisitos: Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de curso Superior completo em Contabilidade, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional da Classe; ou de curso Superior completo em qualquer área de formação acadêmica, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, acrescido de Curso Técnico de Contabilidade. E mais, para as duas opções, registro no Conselho Regional da Classe.

Concurso TRF2: etapas

O concurso público contará com as etapas abaixo:

  • 1. Prova objetiva;
  • 2. Prova discursiva (redação ou estudo de caso);
  • 3; Prova de Capacidade Física para Técnico Judiciário – Especialidade: Agente da Polícia Judicial (habilitação).

Todas as demais etapas do concurso TRF2 serão de caráter de habilitação e classificação.

Locais de provas no Concurso TRF2

As Provas Objetiva e Discursiva (de Redação ou de Estudo de Caso) serão aplicadas nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Veja abaixo:

APLICAÇÃO DAS PROVAS
RIO DE JANEIROESPÍRITO SANTO
Araruama, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Niterói, Petrópolis, Rio de Janeiro, São Gonçalo e Volta RedondaCachoeiro de Itapemirim, Colatina e Vitória

Caso o número de inscritos do concurso TRF2 exceda a capacidade de alocação dos municípios, as provas serão aplicadas também em cidades vizinhas

A duração das provas objetiva e discursiva será de 5 horas.

Prova objetiva do Concurso TRF2

A prova objetiva será composta de questões de múltipla escolha, com 5 alternativas, sendo uma única correta e será aplicada, nos dias 7 e 14 de julho de 2024.

Veja as disciplinas previstas para os cargos do concurso TRF2:

Analista Judiciário

  • Conhecimentos gerais
  • Português
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal
  • Noções de Sustentabilidade
  • Noções de Gestão Estratégica
  • Noções de Direitos Humanos e Fundamentais
  • Conhecimentos específicos do cargo

Técnico Judiciário

  • Conhecimentos gerais
  • Português
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal
  • Noções de Sustentabilidade
  • Noções de Gestão Estratégica
  • Noções de Direitos Humanos e Fundamentais
  • Conhecimentos específicos na área

Para todos os cargos, a nota da avaliação será a soma das notas obtidas, sendo:

  • peso 1 para prova de conhecimentos gerais e
  • peso 2 para prova de conhecimentos específicos.

Prova discursiva do Concurso TRF 2

A Prova Discursiva de Estudo de Caso, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de 3 (três) questões discursivas de Estudo de Caso e será aplicada apenas para os cargos abaixo:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária
  • Analista Judiciário – Engenharia Civil
  • Analista Judiciário – Engenharia Elétrica
  • Analista Judiciário – Engenharia Mecânica
  • Analista Judiciário – Engenharia Eletrônica
  • Analista Judiciário – Engenharia de Segurança do Trabalho
  • Analista Judiciário – Tecnologia da Informação
  • Analista Judiciário – Arquitetura

Já a Prova Discursiva de Redação, de caráter eliminatório e classificatório, será aplicada aos demais cargos não mencionados acima.

A avaliação de redação do concurso TRF2 será elaborada a partir de um tema proposto, baseado em um ou mais textos ou fragmentos de textos. O candidato ou a candidata adotará uma linha de abordagem, utilizando a tipologia textual “Dissertação Argumentativa”.

Prova de capacidade física do Concurso TRF2

Para a prova de capacidade física para o cargo de Técnico Judiciário/Agente da Polícia Judicial (caráter eliminatório) serão aplicados três tipos de teste físico, a saber:

  • teste abdominal,
  • teste de corrida de 12 minutos,
  • teste de flexão de braço na barra fixa (sexo masculino) e
  • teste estático de barra (sexo feminino).

O candidato ou candidata será considerado(a) apto(a) ou inapto(a) nesta fase.

Concurso TRF2: motivos para participar do certame

O Concurso TRF2 é uma excelente opção para ingressar na carreira pública em 2024! Confira abaixo as principais razões para participar:

  1. Excelentes remunerações desde o início: basta lembrar que a remuneração, assim que você ingressar, é de R$ 8.529,65 para Técnicos e de R$ 13.994,78 para Analistas.
  2. Reajuste Progressivo: Por conta do disposto na Lei 14.523, a remuneração de Técnicos e Analistas receberá ainda mais um reajuste em 2025, ficando ainda mais elevada.
  3. Progressão Salarial: quanto mais tempo você trabalha no TRF 2, mais você progride, recebendo aumentos percentuais até chegar aos valores finais.
  4. Adicionais: além do vencimento básico, a remuneração dos servidores do TRF recebe o adicional GAJ e pode receber outros, de acordo com a natureza da função e de acordo com a especialização adquirida pelo servidor.
  5. Excelentes Benefícios: o servidor conta com auxílios para alimentação, transporte, assistência médica e odontológica, além de assistência pré escola.
  6. Diversas áreas específicas de atuação: dessa forma, a concorrência é menor e você tem a chance de trabalhar diretamente na sua área de formação.
  7. Histórico de muitas nomeações: não é incomum que o TRF 2 nomeie um número bem maior de candidatos do que o inicialmente previsto. Foi exatamente isso que aconteceu em 2016, um certame que, na época, também era uma seleção para formação de cadastro reserva.
  8. Recesso Forense: Duas férias no ano? Quase isso! Ao trabalhar no TRF 2, os servidores desfrutam do período normal de férias (30 dias anuais) + 18 dias de recesso no final do ano.
  9. Teletrabalho: Trabalhar de casa é uma possibilidade no TRF2!
  10. Estabilidade profissional e financeira: como servidor público regido pela Lei 8.112/90, você não vai mais ter que se preocupar com demissões arbitrárias, podendo planejar com mais segurança o seu futuro.

Leia cada um dos motivos para prestar o Concurso TRF2 de forma detalhada!

Concurso TRF2: validade

O concurso será válido por 2 anos a partir da data de homologação do resultado final de todas as etapas. Esse prazo pode ser dobrado para 4 anos, se o Tribunal Regional Federal da 2ª Região decidir.

Concurso TRF2: último edital

O último concurso para TRF2 aconteceu em 2016 e ofertou as seguinte vagas: analista judiciário (diversas especialidades) e técnico judiciário (diversas especialidades). Veja abaixo:

trf-2-cargos
Cargos do concurso TRF2: vagas do último edital.

O concurso para o Tribunal Regional Federal da 2ª Região teve 204.452 inscritos, sendo 146.779 no Rio de Janeiro e 57.673 no Espírito Santo.

Etapas de prova do Concurso TRF2

O certame foi composto pelas seguintes etapas:

  • 1ª etapa: prova objetiva;
  • 2ª etapa: prova de redação;
  • 3ª etapa: prova de estudo de caso;
  • 4ª etapa: prova prática;
  • 5ª etapa: prova de capacidade física.

Nomeações

Veja abaixo o quantitativo de nomeados:

Rio de Janeiro

Nomeados PcDsNomeados negrosNomeados ampla concorrência
Analista Judiciário136292
Técnico Judiciário3299417
Concurso TRF2: nomeações no estado do Rio de Janeiro

Espírito Santo

Nomeados PcDsNomeados negrosNomeados ampla concorrência
Analista Judiciário3940
Técnico Judiciário131673
Concurso TRF2: nomeações no estado do Espírito Santo

Concurso TRF2: materiais gratuitos

Estude para concursos públicos com os materiais gratuitos do Gran.

Edital Verticalizado – TRF 2 (pós-edital)

A organização é uma das habilidades mais importantes que um concurseiro pode desenvolver. Sem ela, é muito difícil se manter no ritmo e atingir os objetivos.

Organize os seus estudos de maneira mais eficiente com o edital verticalizado gratuito.

Ele te ajudará com uma preparação mais eficiente para o cargo, listando todos os conteúdos que precisam ser estudados (por tema), com espaços para que você possa preencher com datas de estudos, tipos de materiais utilizados e mais!

Selecione abaixo o edital verticalizado de acordo com o cargo ofertado pelo Concurso TRF2:

Acesse editais verticalizados para outros cargos do Concurso TRF2

Concurseiro Iniciante

Você está iniciando os estudos para concursos agora? O nosso E-book Concurseiro Iniciante explica os pontos importantes para que você entenda o universo das seleções públicas!

Concurso TRF2: lançamento da mentoria

Quer garantir uma preparação ainda mais direcionada para o Concurso TRF2? Então não deixe de conferir o lançamento da mentoria com o professor Gustavo Scatolino!

Inscreva-se aqui e participe do lançamento!

Entrevista com aprovado na carreira

Inspire-se com a história de vida do aprovado. Assista ao vídeo abaixo!

Prepare-se com o Gran: Assinatura Ilimitada 9.0

Assine agora e receba acesso IMEDIATO a plataforma que mais aprova em concursos públicos e, o melhor, com a Maia, a Inteligência Artificial do GRAN que veio para revolucionar como você estuda. Faça o teste de 30 dias. O Gran está comprometido com a sua preparação! Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta!

Resumo do Concurso TRF2

Edital Concurso TRF 2 Tribunal Federal da 2ª Região
Situação atualedital publicado
Banca organizadoraInstituto AOCP
CargosTécnico Judiciário e Analista Judiciário
EscolaridadeNível superior
CarreirasAdministrativa, Arquitetura, Contábil, Estatística, Engenharia, Policial, Saúde e TI
LotaçãoEspírito Santo e Rio de Janeiro
Número de vagasCR
RemuneraçãoR$ 8.529,65 a R$ 13.994,78
Inscriçõesde 11/04/2024 a 10/05/2024
Taxa de inscriçãode R$ 70,00 a R$80,00
Data da prova objetiva07/07/2024 e 14/07/2024
Clique aqui para ver o edital do concurso TRF2 2024
Concurso TRF2: informações resumidas do edital

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
clique nos links abaixo:

Concursos Abertos

Concursos 2024

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

Telegram

Avatar


16 de Maio13 min. de leitura

Tudo que sabemos sobre:

destaque edital publicado