Concurso

Concurso TRF 1 registra 174 mil inscritos! Veja seu local de provas do domingo (26)!

Concurso TRF 1 é publicado!

Concurso TRF 1 oferta chances para nível médio e superior! Prepare-se e conquiste uma vaga!

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região divulgou por meio do organizador, o Cebraspe, na tarde desta quarta-feira, dia 22 de novembro, o número de inscritos e a demanda por cargos e cidades do certame. No total, farão provas neste domingo (26/11) 174.097 candidatos. Desse quantitativo, a maior concorrência é para o cargo de Técnico Judiciário – Área: Administrativa/Brasília, com 14.884 participantes (veja aqui a relação completa).

A consulta aos locais de aplicação do exame estão disponíveis desde ontem, pelo link do site do organizador. As provas para a função de analista serão aplicadas pela manhã e as de técnico à tarde, sendo o horário oficial às 8h e 15h, respectivamente (horário oficial de Brasília/DF).

O Cebraspe orienta aos candidatos que compareçam aos locais para a realização das provas com antecedência 
mínima de uma hora do horário fixado para o início dessas, munido de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original. 

Inscrevase AQUI!

Edital TRF 1 retificado

Na última quinta-feira o órgão divulgou no Diário Oficial da União a primeira retificação ao edital de abertura de seu concurso público com oferta de vagas para carreiras de técnico e analista judiciário, de níveis médio e superior, respectivamente, abertas.

Houve mudanças nas disciplinas de legislação específica para os cargos de analista e técnico e alterações na disciplina de direito civil para ambos os cargos, além de republicação do cargos de vagas. Clique aqui e veja o que muda.

O concurso TRF 1 oferece vagas para analista judiciário (nível superior) e técnico judiciário (nível médio), além da formação de cadastro de reserva para a sede, que fica em Brasília/DF, e para os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. 

As provas do concurso TRF 1 serão realizadas nas capitais dos estados que compõem a 1ª Região, e o candidato somente poderá realizar a prova em uma das cidades. Os candidatos serão submetidos a provas objetivas e discursivas de caráter eliminatório e classificatório. Alguns cargos serão submetidos a prova prática e a teste de capacidade física.

Dicas de estudo para o Concurso TRF 1

No vídeo abaixo, Ivan Lucas, Rebeca Guimarães e Tereza Cavalcanti, professores do Gran Cursos Online, comentam sobre a publicação do edital do concurso TRF 1.

As questões estão cada vez mais difíceis, afirma Ivan Lucas. “Se me mostrarem uma questão de nível médio e de nível superior, mas não me informarem qual o cargo que essa questão será aplicada, eu não saberei diferenciar”. O concurso TRF 1 não será diferente, por isso, é necessário estudar em alto nível.

Já Rebeca Guimarães aconselha estudar os editais do concurso TRF 1 anteriores e também as novas tendências, “é necessário acompanhar tendências, não só ficar preso no último edital, que pode focar em pendências da época em que foi lançado e não focar na realidade presente”, complementa.

Sobre a dificuldades das provas, Tereza argumenta que, ultimamente, candidatos aprovados costumam gabaritar a prova de português: “a prova de língua portuguesa não é mais brincadeira pra ninguém. Antigamente, gabaritar esta prova era coisa de nerd, mas hoje, já se tornou coisa comum”.

Veja abaixo todas as dicas de estudo disponíveis pelo Gran Cursos Online no vídeo de análise do edital abaixo:

Concurso TRF 1: história do órgão

Para se reconstituir a história do Tribunal Regional Federal da Primeira Região e entender a importância do concurso TRF 1, é preciso conhecer alguns fatos anteriores a sua instalação. A Justiça Federal brasileira foi criada pela Constituição de 1891 e extinta pela Constituição de 1937. Em 1946, nova Constituição recriou apenas a segunda instância da Justiça Federal, representada pelo Tribunal Federal de Recursos (TFR). Na vigência do regime militar, instaurado em 1964, o Ato Institucional 2, de 27 de outubro de 1965, recriou a Justiça Federal de primeira instância na figura dos juízes federais.

Somente em 1988, com a promulgação da atual Constituição, conhecida como a Constituição Cidadã, foram instituídos os Tribunais Regionais Federais (TRF), com o objetivo de substituir e regionalizar a jurisdição do extinto TFR, determinando-se que a fixação de suas sedes fosse regulamentada por meio de lei ordinária (arts. 106 e 107).

Em sequência, o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias – ADCT criou os cinco TRFs e estabeleceu o prazo de seis meses para a instalação de cada um deles (art. 27, § 6º).

Atendendo aos preceitos constitucionais, o TFR editou a Resolução 1, de 6 de outubro de 1988, fixando as sedes e as jurisdições dos cinco TRFs. Assim, ficou estabelecido que o Tribunal Regional Federal da Primeira Região teria sede em Brasília e jurisdição no Distrito Federal e nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Órgão promove o concurso TRF 1 para provimento de cargas de nível superior e médio.

Organograma geral do TRF 1. Órgão promove o concurso TRF 1 para provimento de cargas de nível superior e médio.

Nomeados concurso TRF 1

Quadro de nomeação do concurso TRF 1 de 2011.

Quadro de nomeação do concurso TRF 1 de 2011.

Remunerações do concurso TRF 1

O sonho de servir à sociedade em um órgão famoso por oferecer boas remunerações não é o único combustível que deverá atrair milhares candidatos. A estabilidade no emprego, por conta da contratação pelo regime estatutário, é outro atrativo dos cargos do concurso TRF 1. Os iniciais das carreiras podem alcançar a casa do R$ 14 mil para analistas.

A remuneração do Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades serão de R$ 11.007, somado aos auxílios-alimentação e saúde, chegam a R$ 11.921, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenham filho.

O valor de um Técnico Judiciário é de R$ 6.709, somados aos mesmos benefícios básicos, é de R$ 7.893, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenham filho.

Vale destacar que um Oficial de Justiça ganha uma gratificação de R$ 1,5 mil, aumentado a remuneração para perto de R$ 14 mil.

Todos os valores mencionados estão de acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho deste ano pelo governo, onde são reajustados tanto o salário-base quanto a gratificação de atividade judiciária (GAJ). No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701. 

Materiais gratuitos para o concurso TRF 1 2017

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Analista Judiciário – Área Judiciária

Analista Judiciário – Área Administrativa

Detalhes do concurso TRF 1:

  • Concurso: Tribunal Regional Federal da 1ª Região (concurso TRF 1)
  • Banca organizadora: Cebraspe
  • Cargos: Analista; Técnico
  • Escolaridade: Nível médio e superior
  • Número de vagas: 20 + CR
  • Remuneração: Inicial de até R$ 14 mil
  • Inscrições: Entre 13 de setembro de 2017 e 3 de outubro  de 2017
  • Taxa: R$ 86 (analista) ou R$ 75 (técnico)
  • Data da prova: 26  de novembro de 2017

Gostou desta oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

Matricule-se!

garantia-de-satisfacao-30

Cheguei Lá

57 Comentários

57 Comentários

  1. andreia oliveira

    29/09/2017 20:20 em 20:20

    boa noite!! gostaria de saber quantas vagas pra Manaus?

    • jones costa

      19/10/2017 14:52 em 14:52

      como eu faz pra eu me escrever no trf analista de transporte

  2. Mary

    29/10/2017 19:34 em 19:34

    Boa noite!!
    Alguém de Goiânia irá para Brasília dia 25/11/2017, para assistir o Aulão de Véspera do TRF 1 e assim sendo, gostaria de dividir as despesas?
    MARY

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo