Concurso TRF 5: prazo de validade suspenso. VEJA

Concurso TRF 5 foi realizado em 2017 e ofertou vagas para cargos de níveis médio e superior. Mais de 111 mil pessoas disputaram as vagas

Em junho de 2020, o prazo de validade do concurso do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, realizado em 2017, foi prorrogado até junho de 2022, mas em ato publicado no Diário Oficial da União nesta sexta-feira, 05 de junho, o presidente do TRF 5 determinou a suspensão do prazo de validade do concurso TRF 5.

Confira ao longo desta matéria mais informações sobre o certame, para facilitar, navegue utilizando o índice abaixo:

Concurso TRF 5: situação atual

A decisão de suspender o prazo de validade do concurso TRF 5 segue a Recomendação 64 do Conselho Nacional de Justiça que visa mitigar o impacto decorrente das medidas de combate à contaminação causada pelo novo coronavírus e também o disposto no art. 10 da Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, que estabelece o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus SARS-coV-2 (Covid-19). Confira abaixo o ato:

Documento informando que o prazo de validade do concurso TRF 5 está suspenso.

Concurso TRF 5: prazo de validade suspenso.

Concurso TRF 5: remuneração e benefícios

De acordo com dados do Portal da Transparência do TRF da 5ª Região, referentes ao ano de 2019, a estrutura remuneratória é organizada da seguinte forma:

O Analista ingressa na carreira, na classe A, padrão 1, recebendo o vencimento básico de R$ 5.189,71. No topo da carreira que é na classe C, padrão 13, o vencimento chega a R$ 7.792,30. 

O Técnico inicia a carreira, na classe A, padrão 1, recebendo vencimento básico de R$ 3.163,07. Ao chegar no topo da carreira, o vencimento básico na classe C, padrão 13, é de R$ 4.749,33. 

Já o Auxiliar ingressa na carreia na classe A, padrão 1, recebendo vencimento básico de R$ 1.621,12. No topo da carreira, na classe C, padrão 13, o vencimento básico é de R$ 2.812,73.

Além do vencimento básico, os servidores do TRF 5 recebem:

  • Gratificação Judiciária – GAJ de 125% para todos os cargos;
  • Gratificação de Atividade de Segurança – GAS de 35% apenas para os cargos de Técnicos;
  • Adicional de Qualificação – AQ de 1%, 2% e 3% para todos os cargos;
  • Gratificação de Atividade Externa – GAE de 35% apenas para os cargos de Analistas;
  • Adicional de Qualificação por Títulos de 7,5%, 10% e 12,5% para todos os cargos.

Concurso TRF 5: inscrições

As inscrições estiveram abertas entre os dias 02 e 27 de outubro de 2017. Interessados puderam se inscrever, exclusivamente, via internet, por meio do endereço eletrônico: www.concursosfcc.com.br.

As taxas de participações custaram:

  • R$ 70,85 para cargos de nível superior; e
  • R$ 60,85 para cargos de nível médio.

Concurso TRF 5: cargos e vagas

O concurso TRF 5 ofertou 14 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva para:

Analista Judiciário – Área Judiciária
Vagas: 3 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Administrativa
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Infraestrutura
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Desenvolvimento
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínico Geral)
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Contadoria
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Técnico Judiciário – Área Administrativa
Vagas: 5 + CR
Jornada de trabalho:40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Informática
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Atualmente, o TRF 5 possui 23 cargos vagos.

Concurso TRF 5: carreira

As carreiras do TRF da 5ª Região são organizadas da seguinte forma:

  • Analista
  • Técnico
  • Auxiliar

Cada carreira possui três classes, sendo elas: A, B e C, e 13 padrões.

Concurso TRF 5: requisitos

Analista Judiciário – Área Judiciária: diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do Curso Superior em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal: diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) do Curso Superior em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área Administrativa: diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de Curso Superior de Graduação em qualquer área, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Analista Judciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Infraestrutura: diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de Curso Superior em qualquer área, acompanhado de especialização na área de Tecnologia da Informação, com carga horária mínima de 360 horas, ambos em Instituições de Ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação, ou Curso Superior de Informática, devidamente reconhecido.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade/Desenvolvimento: diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de Curso Superior em qualquer área, acompanhado de especialização na área de Tecnologia da Informação, com carga horária mínima de 360 horas, ambos em Instituições de Ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação, ou Curso Superior de Informática, devidamente reconhecido.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Contadoria: diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de Curso Superior de Ciências Contábeis, reconhecido pelo Ministério da Educação, e registro no órgão de classe específico.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínica Geral): Diploma ou Certificado (acompanhado do Histórico Escolar) de Curso Superior de Medicina, reconhecido pelo Ministério da Educação, e registro no órgão de classe específico, com pelo menos 02 anos de experiência profissional em Clínica Médica

Técnico Judiciário – Área Administrativa: comprovante de Conclusão de curso de ensino médio (2º grau) ou equivalente, devidamente reconhecido.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte:
Comprovante de Conclusão de curso de ensino médio (2º grau) ou equivalente, devidamente reconhecido, e Carteira Nacional de Habilitação, categoria D ou E.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática: comprovante de Conclusão de curso de ensino médio (2º grau) ou equivalente, devidamente reconhecido, acrescido de cursos de programação de sistemas totalizando, no mínimo, 120 horas/aula, ou curso de Técnico em Informática, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação.

Concurso TRF 5: atribuições

Analista Judiciário – Área Judiciária

Realizar atividades de nível superior a fim de fornecer suporte técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores. Compreende o processamento de feitos, a elaboração de pareceres, certidões e relatórios estatísticos e a análise e pesquisa de legislação, doutrina e jurisprudência. Envolve a indexação de documentos e o
atendimento às partes, dentre outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal

Realizar atividades de nível superior a fim de possibilitar o cumprimento de ordens judiciais. Compreende a realização de diligências externas relacionadas com a prática de atos de comunicação processual e de execução, dentre outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Administrativa

Realizar atividades de nível superior a fim de favorecer o adequado funcionamento e desenvolvimento da organização. Compreende o planejamento, a execução, o acompanhamento e a avaliação de planos, projetos, programas ou estudos ligados à administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, bem como ao desenvolvimento organizacional, à
contadoria e/ou auditoria. Envolve a emissão de pareceres, relatórios técnicos, certidões, declarações, informações em processos, bem como outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Infraestrutura

Realizar atividades de nível superior a fim de garantir o adequado funcionamento da infraestrutura de tecnologia da informação, compreendendo tanto a evolução como a administração e sustentação dos serviços de comunicação, armazenamento e processamento de dados, além de emissão de pareceres; elaborar especificações técnicas para contratação de bens e serviços de tecnologia da informação relacionados a sua área de atuação utilizando padrões, normas e boas práticas; pesquisar e propor a utilização de novas tecnologias para atender necessidades específicas de serviços; acompanhar e supervisionar tecnicamente atividades e projetos de soluções de Tecnologia da Informação e a execução de contratos de serviços, dentre outras atividades da mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade/Desenvolvimento

Realizar atividades de nível superior a fim de garantir o adequado processamento automático de informações, compreendendo o planejamento, o desenvolvimento, a documentação, a implantação e sustentação dos sistemas informatizados de processamento de informações; envolve a definição de estratégias e de novas metodologias a serem utilizadas para processamento, arquivamento e recuperação automática de informações e a emissão de pareceres técnicos; elaborar especificações técnicas para contratação de bens e serviços de tecnologia da informação relacionados a sua área de atuação utilizando padrões, normas e boas práticas; pesquisar e propor a utilização de novas tecnologias para atender necessidades específicas de serviços; acompanhar e supervisionar tecnicamente atividades e projetos de soluções de Tecnologia da Informação e a execução de contratos de serviços, dentre outras atividades da mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Contadoria

Realizar atividades de nível superior a fim de garantir o adequado acompanhamento da situação patrimonial e financeira da organização, favorecer a elaboração orçamentária, bem como possibilitar a liquidação de julgados e atualização de valores de títulos, guias e depósitos judiciais. Compreende a elaboração de cálculos, a verificação de contas e a emissão de relatórios e pareceres, bem como outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínica Geral)

Realizar atividades de nível superior a fim de promover e preservar a saúde de magistrados, servidores, inativos e pensionistas e a de seus dependentes. Compreende a realização de exames médicos ambulatoriais, avaliação de exames complementares, atendimento emergencial, elaboração de laudos e pareceres técnicos, execução de perícias em juntas médicas e encaminhamentos para outros profissionais e/ou instituições para prestação de assistência médica. Inclui o planejamento e execução de- programas de saúde e o controle do estoque e das condições de uso dos equipamentos, aparelhos, materiais e medicamentos utilizados no atendimento médico, dentre outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Realizar atividades de nível intermediário a fim de fornecer auxílio técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores e o exercício das funções necessárias ao adequado funcionamento da organização. Compreende o processamento de feitos, a redação de minutas, o levantamento de dados para elaboração de relatórios estatísticos,
planos, programas, projetos e para a instrução de processos, a pesquisa de legislação, doutrina e jurisprudência, a emissão de pareceres, relatórios técnicos, certidões, declarações e informações em processos. Envolve a distribuição e controle de materiais de consumo e permanente, a elaboração e conferência de cálculos diversos, a digitação, revisão, reprodução, expedição e arquivamento de documentos e correspondências, a prestação de informações gerais ao público, bem como a manutenção e consulta a bancos de dados e outras atividades de mesma natureza e grau
de complexidade.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte:

Realizar atividades de nível intermediário a fim de zelar pela segurança dos magistrados, servidores, visitantes, instalações e bens patrimoniais do órgão, como também garantir a adequada condução de veículos oficiais. Compreende o controle de entrada e saída de pessoas e bens, a realização de rondas para verificação das condições das instalações, a direção defensiva de veículos oficiais, o registro de ocorrências que fogem à rotina e de incidentes ocorridos com veículos, a execução de atividades de prevenção e combate a incêndios, e outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática

Realizar atividades de nível intermediário a fim de garantir a adequada automatização de rotinas, por intermédio do desenvolvimento, codificação, teste, implantação, documentação e manutenção dos programas e sistemas, dentre outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Concurso TRF 5: etapas

O concurso foi composto de:

  • prova objetiva;
  • prova discursiva; e
  • prova de capacidade física.

Prova objetiva

As provas objetivas foram aplicadas no período da manhã para os cargos de Técnicos Judiciários e no turno da tarde para os cargos de Analistas Judiciários nas cidades de Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Maceió e Aracaju.

Disciplinas

Os candidatos foram avaliados por meio das disciplinas de:

  • Conhecimentos Gerais para todos os cargos
    Língua portuguesa
    Noções de Direito Administrativo
    Atos Normativos
  • Analista Judiciário – Área Judiciária
    Direito Constitucional
    Direito Civil
    Direito Processual Civil
    Direito Penal
    Direito Processual Penal
    Direito Previdenciário
    Direito Tributário
    Direito do Consumidor
  • Analista Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador
    Direito Constitucional
    Direito Administrativo
    Direito Civil
    Direito Processual Civil
    Direito Penal
    Direito Processual Penal
  • Analista Judiciário – Área Administrativa
    Noções de Direito Constitucional
    Noções de Direito Administrativo
    Noções de Administração
    Administração Financeira e Orçamentária
    Noções de Gestão de Pessoas
  • Analista Judiciário – Área Contadoria
    Contabilidade Geral
    Contabilidade Pública
    Noções de Auditoria Governamental
    Administração Orçamentária e Financeira
    Matemática Financeira
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Infraestrutura
    Fundamentos de Computação
    Sistemas Operacionais
    Redes de Computadores
    Armazenamento de dados em rede
    Segurança de Redes
    Normas para Segurança da Informação
    Serviços de Rede
    Gerenciamento de redes de computadores
    Gerenciamento de Serviços
    Inglês técnico
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Desenvolvimento de Sistemas
    Fundamentos de Computação
    Fundamentos de Sistemas Operacionais
    Processamento, arquivamento e recuperação automática de informações
    Engenharia de software
    Gerenciamento de projetos
    Arquitetura de software
    Fundamentos de programação
    Linguagens e ambientes de programação
    Tecnologias e linguagens para desenvolvimento de sistemas web
    Banco de dados
    Acessibilidade e engenharia de usabilidade
    Gerenciamento de serviços
    Contratações de soluções de TI
    Inglês técnico
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa
    Noções de Direito Constitucional
    Noções de Direito Administrativo
    Noções de Administração
    Noções de Administração Financeira e Orçamentária
    Noções de Gestão de Pessoas
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte
    Segurança de Dignitários
    Noções de Planejamento de Segurança
    Noções de Segurança da Informação
    Noções de Serviço de Inteligência
    Noções de Gestão de Conflitos
    Legislação

Estrutura da prova

As provas objetivas foram compostas de 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Cada questão tinha cinco alternativas.

Prova discursiva

A prova discursiva-redação foi aplicada para os cargos de:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária;
  • Analista Judiciário – Área Judiciáaria – Oficial de Justiça Avaliador Federal;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa; e
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa.

Foram corrigidas as provas discursivas dos candidatos habilitados e mais bem classificados nas provas objetivas, os demais candidatos foram excluídos do concurso.

Nesta etapa, os candidatos tiveram de desenvolver texto dissertativo.

Já a prova discursiva – Estudo de Caso foi aplicada para os cargos de:

  • Analista Judiciário – área Administrativa – Especialidade Contadoria;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Infraestrutura;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialiadade Informática/Desenvolvimento;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínico Geral);e
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática.

A prova Discursiva – Estudo de Caso constou de uma questão prática, avaliada de 0 a 100 pontos.

Prova de Capacidade Física

Os candidatos que concorreram às vagas de Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte foram submetidos a prova de capacidade física.

Esta etapa foi realizada nas cidades Recife, Fortaleza, João Pessoa, Natal, Maceió e Aracaju.

A prova de capacidade física consistiu  de 4 testes, sendo:

  • teste abdominal (masculino e feminino);
  • teste de flexo-extensão de braços – no solo – masculino e feminino;
  • teste de sentar e alcançar, com banco;
  • teste de corrida de 12 minutos (masculino e deminino).

Último concurso TRF 5

O último concurso promovido pelo TRF 5 foi em 2012. O certame também foi organizado pela Fundação Carlos Chagas – FCC e ofertou vagas para os cargos de níveis superior e médio.

Nomeações

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região já nomeou um total de 136 aprovados do certame realizado em 2017. Desses, 80 são analistas e 56 são técnicos.

Tabela de nomeações do último concurso TRF 5.

Concurso TRF 5: nomeações dos últimos concursos

Motivos para fazer o concurso TRF 5

  • A remuneração ofertada é bem atrativa.
  • As vagas são para lotações em diversos estados do Brasil.
  • Estabilidade Financeira e profissional.
  • Crescimento na carreira.

Depoimentos de aprovados

Conheça a história da Deborah Araújo aprovada nos concursos TRF 5 e TST

Gilberto Aguiar foi aprovado em dois cargos no concurso TRF 5. 

Lucas Souza Santos também conseguiu aprovação em dois cargos no concurso TRF 5

 

Resumo do concurso TRF 5

Concurso Tribunal Regional Federal da 5ª Região (Concurso TRF 5)
Banca organizadora Fundação Carlos Chagas – FCC
Cargos Analista e Técnico Judiciário
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras administrativa, tecnologia da informação, saúde e jurídica
Lotação Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe
Número de vagas 14 vagas + CR
Remuneração de R$ 6.376,41 a R$ 10.461,90
Inscrições  de 02/10/2017 a 27/10/2017
Taxa de inscrição de R$ 70,85 a R$ 60,85
Data da prova objetiva 03/12/2017
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do edital do concurso TRF 5 – 2017
Quer conquistar a sua aprovação no concurso TRF 5?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Lorena Martins
Lorena Martins
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
18 Comentários

18 Comentários

  1. deivson danilo bione de araujo

    28/06/2017 21:09em21:09

    tem ezenção

  2. Juliana

    01/07/2017 13:11em13:11

    Bom dia. Gostaria de saber qual a possibilidade de o concurso TRF5 abrir vagas para áreas especificas como no TRF3 e TRF2. Exemplo: analista com formação em serviço social.

  3. mucio dantas

    01/07/2017 17:17em17:17

    Olá , gostaria de saber se no GRAN CONCURSOS há o curso e apostila para o cargo de técnico judiciário área de segurança e transporte do TRF-5 . Este é o cargo que pretendo prestar concurso aqui em Recife para esse órgão .

  4. Sandra

    04/07/2017 23:56em23:56

    Olá, gostaria de saber de vcs vendem somente a apostila do trf5 técnico administrativo.

  5. Diana

    06/07/2017 20:11em20:11

    Olá, boa noite.
    No último TRF não foi cobrado nem previdenciário nem tributário para o cargo de AJAJ.
    Nos últimos TREs elaborados pela fcc (supondo que nossa banca será fcc) foi cobrado direito empresarial.
    E aí? Vamos fazer a mãe dináh que tá difícil elaborar um “edital” pra estudar aqui… =(

  6. Sandra

    29/09/2017 20:05em20:05

    Comprei o curso do TRF 5, estou estudando mas já notei que está desatualizado.
    Quando irão colocar como está no edital já publicado?

    • cristiane

      19/10/2017 18:24em18:24

      ja houve a atualização

  7. JOSE DE ARIMATEIA DO NASCIMENTO JUNIOR

    02/10/2017 08:26em08:26

    Bom dia, em relação aos candidatos incritos como portador de necessidades especiais. Não houve convocação?

  8. antonio Sousa

    04/10/2017 01:44em01:44

    Tem que te nivel medio ou superior !

  9. Geanilton Ferreira

    13/10/2017 00:51em00:51

    Gostaria de adquirir o preparatório do trf 5, por isso gostaria de saber se vcs vão disponibilizar algum cupom de desconto.

  10. Umberto

    24/10/2017 20:13em20:13

    Vcs conseguiram pagar o boleto apenas na boca do caixa do banco do Brasil?

    • Henrique Nascimento

      25/10/2017 06:31em06:31

      Eu fui pagar em um correspondente do BB e chegand lá eles me indicaram ir ao proprio BB na boca do caixa,para efetuar o pagamento.
      Detalhe: colocar o n. De referencia e o cpf no comprovante de pagamento.

  11. Glaucineide

    06/11/2017 13:12em13:12

    Boa tarde. O pagamento do boleto só poderia ser efetuado até ás 14 hrs do dia 31/10 ou esse horário foi estipulado só para realizar as inscrições? Porque eu paguei ás 14:21 e olhei no sistema que não foi confirmado o pagamento.

  12. CLEIRTON

    26/12/2017 18:52em18:52

    QUANDO SAEM OS GABARITOS DEFINITIVOS?

    • Rafaela martins

      02/03/2018 19:34em19:34

      dia 11 de abril .

  13. Osvailson Santos

    25/02/2018 22:26em22:26

    Boa noite, gostaria de saber se tem uma previsão de convocação para os próximos 4 anos de vigência do concurso, já que tem dois projetos de cargos PL 2783/2011,PL 8132/2014. tem possibilidades de convocar 66 a 70 para o estado de Sergipe cargo técnico administrativo? Obrigado.As revisões no youtube foi de grande ajuda(Classificação 22º)CL_NEGRO

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso TRF 5?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo