Concurso TRT ES: 38 cargos estão vagos! Veja aqui!

O prazo de validade do concurso TRT ES está expirado desde fevereiro de 2018. Veja aqui mais informações!

Avatar


23 de Abril de 2020 3 min. de leitura

O Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região (concurso TRT ES), localizado no Estado do Espírito Santo, realizou o seu último concurso em 2013, organizado pela banca CESPE/Unb. À época, foram ofertadas 23 vagas, além de formação de cadastro reserva para cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. Nos últimos meses o quadro de pessoal apresentou um aumento no quadro de cargos vagos. Veja ao longo desta matéria todas as informações sobre o certame:

Situação atual

O concurso, que tinha a validade de dois anos, teve o seu prazo prorrogado pelo mesmo período, mas este já está expirado desde o dia 24 de fevereiro de 2018. Atualmente, o TRT ES possui 34 cargos vagos.

Concurso TRT ES: quantitativo de cargos vagos!

Concurso TRT ES: quantitativo de cargos vagos!

Com o prazo do edital TRT ES expirado, ainda em 2018, o Tribunal começou os preparativos para a realização de um novo certame. A Comissão que ficará responsável por dar início aos preparativos do concurso já está formada, e, agora, o TRT ES aguarda a autorização do Conselho Superior da Justiça do Trabalho para que o concurso seja realizado.

Concurso TRT ES: Comissão formada

Desde 2018, o Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região possui Comissão Formada. A Portaria que instituiu a Comissão Organizadora que ficará responsável pelo concurso TRT ES foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico em fevereiro de 2018.

Concurso TRT ES: Comissão Formada.

Concurso TRT ES: Comissão Formada.

Concurso TRT ES: remunerações e benefícios

De acordo com a Lei 13.317, de 20 de julho de 2016, que dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União e dá outras providências, para cada cargo há três classes, sendo elas A, B e C, assegurando assim que haja a elevação funcional e salarial.

Atualmente, o vencimento básico inicial do Analista Judiciário é de R$ 5.189,33, podendo chegar no final da carreira a R$ 7.792,30.

Já o vencimento inicial ofertado para o cargo de Técnico Judiciário é de R$ 3.163,07 e pode chegar no final da carreira a R$ 4.749,33.

Além do vencimento básico, os servidores do TRT ES têm direito a:

  • Gratificação por atividade Judiciária; e
  • Gratificação Adicional de Qualificação.

Concurso TRT ES: cargos e vagas

De acordo com dados do portal da Transparência, atualizado no dia 3 de março, o Tribunal possui 38 cargos vagos, conforme demonstra tabela de Cargos Efetivos Veja a distribuição:

Concurso TRT ES: quadro de cargos efetivos vagos!

Concurso TRT ES: quadro de cargos efetivos vagos!

Último concurso TRT ES

O último concurso foi realizado em 2013. Ao todo, foram ofertadas 23 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva, distribuídas da seguinte forma:

    • Analista Judiciário – área: Administrativa (CR);
    • Analista Judiciário – área: Administrativa – Especialidade: Contabilidade (CR);
    • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Arquivologia (CR);
    • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Biblioteconomia (CR);
    • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Engenharia Civil (CR);
    • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Engenharia Elétrica (CR);
    • Analista Judiciário – Apoio Especializado – especialidade: Estatística (CR);
    • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade Medicina (1);
    • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Psicologia (CR);
    • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Tecnologia da Informação (19);
    • Analista Judiciário – área: Judiciária (CR);
    • Analista Judiciário – área: Judiciária – especialidade: Oficial de Justiça Avaliador Federal (CR);
    • Técnico Judiciário – área: Administrativa (3);
    • Técnico Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Tecnologia da Informação (CR).

Para concorrer a essas oportunidades, é necessário possuir formação em nível superior e em nível médio.

Provas objetiva

Com 120 questões, a prova objetiva avaliou dos candidatos conhecimentos nas disciplinas de:

  • Língua portuguesa;
  • Raciocínio Lógico;
  • Noções de Informática (exceto para o cargo de Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia da Informação e para o cargo de Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Tecnologia da Informação);
  • Legislação e Ética no Serviço Público;
  • Atualidades (somente para o cargo de Analista Judiciário – Apoio Especializado – especialidade: Tecnologia da Informação e para o cargo de Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia da Informação); e
  • Conhecimentos Específicos.

Estrutura da prova

  • provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos; e de
  • provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, para os cargos de Analista Judiciário.

A prova objetiva para os cargos de Analista Judiciário tiveram a duração de 4 horas e 30 minutos, já para os cargos de Técnico Judiciário, a avaliação teve duração de 3 horas e 30 minutos.

Provas discursiva

A prova discursiva será aplicada somente aos candidatos para o cargo de Analista judiciário e consistiu na produção de uma redação de até 30 linhas.

Nomeações

No último concurso foram nomeados 107 candidatos. Veja o detalhamento logo abaixo:

Técnico judiciário – sem especialidade  (47)
Técnico judiciário – sem especialidade pcd (05)
Técnico judiciário – especialidade tecnologia da informação (07 )
Técnico judiciário – especialidade tecnologia da informação pcd (01)
Analista judiciário – especialidade tecnologia da informação (19)
Analista judiciário – especialidade tecnologia da informação pcd (01)
Analista judiciário – área judiciária (10)
Analista judiciário – área judiciária pcd (02)
Analista judiciário – especialidade oficial de justiça avaliador federal (04)
Analista judiciário – especialidade oficial de justiça avaliador federal pcd  (01)
Analista judiciário – especialidade medicina (02)
Analista judiciário – área administrativa – sem especialidade (07)
Analista judiciário – área administrativa – sem especialidade pcd (01)
total = 107

Confira AQUI todas as oportunidades em carreiras de tribunais!

Resumo do concurso TRT ES

Concurso Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo (concurso TRT ES)
Banca organizadora A definir
Cargos Técnico e Analista
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras A definir
Lotação Espírito Santo
Número de vagas A definir
Remuneração Até R$ 18 mil
Situação AGUARDANDO AUTORIZAÇÃO DO CSJT
Link do edital Clique AQUI para fazer o download do edital

Quer conquistar a sua aprovação no concurso TRT ES?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

COMECE A ESTUDAR NO GRAN

Depoimentos relacionados

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

A estabilidade que a carreira pública proporciona foi o grande atrativo que Weberti Silva teve para começar a estudar para…

A estabilidade profissional e financeira foi o que levou Pedro J. a buscar com tanto afinco a carreira pública e…

O sonho de ser policial desde criança, fez com que Maria C. firmasse um compromisso de estudos diariamente desde 2018…

Em busca de estabilidade e para dar um futuro melhor para esposa e filha, Regis B. estudou bastante para ser…

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

6

Comentários (6)

Avatar joseph 18 de Setembro de 2018

foi autorizado, dezautorizado, e por aí vai o certo é que não sabem quando farão o mesmo , mesmos enrolations

 Responder

Avatar joseph 18 de Setembro de 2018

o de delegado já sabem a banca?

 Responder

Avatar Fabio 5 de Fevereiro de 2019

Será q terá esse concurso mesmo? Não quero criar intriga política, sei q a maioria aqui votou no bolsonaro, mas ele, assim como todos os politicos da direita liberal, se demonstraram contra os tribunais do trabalho, para eles o trabalhador q se sentir lesado deve procurar a justiça comum. Sei q o tribunal nao vai acabar mas pode ser desincentivado

 Responder

Avatar Elane 14 de Abril de 2019

O CSJT não concedeu, o TRT ES segue suspenso provisoriamente, ou seja, não sairá concurso tão cedo

 Responder

Avatar Gabriela 4 de Agosto de 2019

No aguardo

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *