Desmontando a curva do esquecimento

Desmontando a curva do esquecimento“A memória guardará o que valer a pena. A memória sabe de mim mais que eu; e ela não perde o que merece ser salvo.” Eduardo Galeano

Um filósofo alemão chamado Hermann Ebbinghaus foi o primeiro pesquisador da área de psicologia a desenvolver testes de inteligência. Foi também pioneiro no uso de técnicas experimentais em pesquisas sobre a aprendizagem e o primeiro a estudar a relação entre capacidade e tempo de memorização e a facilidade de recuperação das informações retidas. Em 1885, Ebbinghaus apresentou ao mundo a sua teoria sobre a Curva do Esquecimento (Forgetting Curve), que demonstrava graficamente a quantidade de informações que nosso cérebro é capaz de reter ao longo de um dado período de tempo. Até hoje a sua teoria é amplamente empregada no campo do estudo da memória e da aprendizagem por profissionais de todo o mundo.

No artigo de hoje, tentaremos explicar, de maneira simples e objetiva, por que a tese da curva do esquecimento pode nos ajudar a melhorar a retenção dos inúmeros conteúdos das muitas matérias que constam dos editais de concursos. Analisaremos a fundo o assunto, a fim de que você, amigo concurseiro que nos acompanha, tenha mais um instrumento para melhorar a sua capacidade de armazenamento das informações que precisará recuperar no dia D do certame.

“…todos nós somos dotados de boa memória; ela só precisa ser trabalhada de forma adequada.”

O primeiro fato que você precisa assimilar é que todos nós somos dotados de boa memória; ela só precisa ser trabalhada de forma adequada. Do contrário, em condições normais, se, por exemplo, tivermos assistido a uma aula hoje pela manhã, no fim do dia lembraremos, em média, 75% do conteúdo nela ministrado. Cerca de 24 horas mais tarde, seremos capazes de recordar 50% do conteúdo; muitas vezes até menos, em torno de 35%, a depender da densidade das informações. Passados 30 dias, nós nos lembraremos de apenas 3% a 5% do que vimos. A grande maioria das pessoas relata essa limitação, que é absolutamente normal. É a tal curva do esquecimento, que foi objeto do estudo de Hermann ainda no século XIX.

O que devemos fazer, então, para quebrar a regra dessa fatídica curva do esquecimento e conseguir fixar pra valer as informações que estudamos? Devemos produzir resumos comprimidos ou eficientes (explicaremos do que se trata daqui a pouco)? Devemos revisar periodicamente e/ou explicar para alguém o conteúdo imediatamente após o termos estudado? Devemos resolver milhares de questões de provas anteriores?

Sabe-se que nosso cérebro perde muito rapidamente as informações nele retidas. Isso já é consenso na ciência. Para refrescar a memória, devemos revisar, revisar, revisar e praticar – no nosso caso, resolvendo milhares de questões de concursos anteriores ao longo do desenvolvimento do plano de estudo. Sim, estudar para concurso exige a elaboração de um bom plano de estudos, com objetivos e metas diários. Caso o assunto lhe interesse, neste artigo o meu amigo e professor de Direito Constitucional do Gran Cursos Online Wellington Antunes dá algumas dicas de como elaborar um.

Acredite: não se deve ler com os olhos, mas com a ponta da caneta, de preferência de várias cores.

A primeira técnica de memorização que quero compartilhar com você é uma que conheci ainda no tempo da escola e da faculdade e que sempre me rendeu excelentes resultados nas provas. Ela consiste em assistir à aula ou ler o capítulo do livro, da apostila, do e-book, do pdf etc. e, ao mesmo tempo, ir preparando o tal resumo ou assinalando – com rigor, concentração e critério – as passagens mais relevantes do texto. Tudo isso, claro, sem deixar de registrar anotações no rodapé e nas bordas do material de estudo. Isto é muito importante! Eu sempre soube que material de estudo deve ser riscado e rabiscado. Acredite: não se deve ler com os olhos, mas com a ponta da caneta, de preferência de várias cores.

Mas o pulo do gato vem agora: revise o conteúdo várias vezes. Em resumo, nossa sugestão é a seguinte: faça uma revisão logo após ter estudado o assunto, outra 24 horas mais tarde, mais uma depois de 7 dias, uma após 30 dias e por fim revisões de manutenção a cada 45 dias. E não se esqueça de que, em seu plano de estudo, precisam ser reservadas duas semanas antes da prova apenas para a revisão geral de todos os tópicos do edital. Essa técnica é útil para quem precisa memorizar grande volume de informações, o que é o seu caso, concurseiro e futuro servidor público.

Quando se faz a revisão do conteúdo no mesmo dia em que ele foi estudado, a retenção sobe de 75% para 100%. Rever o assunto um dia mais tarde é necessário porque o nível de lembrança, a essa altura, já caiu para 50% ou menos. Tanto essa revisão das 24 horas como as subsequentes devem ser feitas por meio da leitura do resumo que você elaborou cuidadosamente durante as anotações iniciais, lembra-se? De início, reserve até 10 minutos para lê-lo, mas vá aumentando a velocidade da leitura para reduzir o tempo para 9, 8, 7… até chegar a apenas 1 minuto por resumo. Essa técnica faz a mente manter a assimilação das informações no nível ideal, de 100%.

“Revisão programada não é, como alguns pensam e espalham por aí, perda de tempo.”

Revisão programada não é, como alguns pensam e espalham por aí, perda de tempo. Perda de tempo é estudar sem fazer resumos e sem revisar o conteúdo de modo eficaz como o que sugerimos. Quem age assim fica obrigado a, depois, ler tudo de novo, e de novo, e de novo… Isso, sim, é perda de tempo e estudo inútil e pronto para ser esquecido. É inevitável: quem estuda sem revisar vai esquecer o que estudou; quem não revisa o conteúdo estudado terá de estudar tudo de novo, e do zero! Obviamente, para esse candidato, faltará tempo para vencer todo o programa do edital.

A revisão serve para, primeiro, reativar a memória; segundo, assimilar as informações importantes; terceiro, aumentar a retenção de 75% (inicial) para 90% e até 100%. Esse método já foi exaustivamente testado e aprovado. Minha sugestão é: teste-o apenas uma vez. Garanto que você vai obter excelentes resultados e não vai mais querer saber de outro.

Estudo sério pressupõe o máximo de concentração e nada de distração. Naturalmente, também demanda um mínimo de compreensão de cada assunto do edital, aliada à memorização dos temas que não têm muita lógica ou sentido prático. Para isso, quanto mais revisões, melhor, pois o esquecimento será menor. O esquema ideal é leitura seguida de resumo, de revisões e, por fim, de exercícios.

Não há regras rígidas para aplicação desse método. Você deve levar em conta as suas características individuais, a quantidade de matérias previstas no edital do seu concurso, a sua disponibilidade de tempo para o estudo, a planilha de metas que você elaborou e a densidade do material de estudo que você adotou. São esses e outros fatores que, com base na experiência e no bom senso, definirão quantas revisões serão necessárias até o dia da prova.

“O maior desafio do concurseiro, portanto, não é tanto a quantidade de conteúdo e de disciplinas a serem vencidas, mas a capacidade de chegar ao fim do plano de estudos com tudo estudado, lido, relido, treinado e na ponta da língua.”

O maior desafio do concurseiro, portanto, não é tanto a quantidade de conteúdo e de disciplinas a serem vencidas, mas a capacidade de chegar ao fim do plano de estudos com tudo estudado, lido, relido, treinado e na ponta da língua. Em termos técnicos, com tudo devidamente armazenado na memória de longo prazo para ser recuperado durante a prova.

Esse tema é tão amplo, que pode render outro artigo. Voltaremos a conversar mais sobre estudo, memorização e esquecimento. Memorizem os ensinamentos que vimos hoje e não se esqueçam do nosso próximo encontro. Até lá!

Gabriel Granjeiro


GabrielDiretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há quase 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

 

 


 

Gabriel Granjeiro
Gabriel Granjeiro
Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online
60 Comentários

60 Comentários

  1. Elpídio Miranda

    23/01/2017 17:21em17:21

    Boa tarde Gabriel, antes de tudo quero agradecer à você é todos da sua equipe que organizaram o GranDicas do dia 21/01. Vamos em frente que o ano está apenas começando e temos grandes metas a alcançar.

    Abraço fraterno,

    Elpídio Miranda

  2. Jaqueline de sousa

    23/01/2017 17:38em17:38

    Muito obrigada. Quero aqui deixar os meus sinceros agradecimentos a toda equipe do gran cursos.

  3. leuza

    23/01/2017 17:40em17:40

    Obrigada Gabriel pelo apoio seus artigos nos motivam a continuar!!!

    Abraços…

  4. Guido Aldobanne

    23/01/2017 17:48em17:48

    Muito bom mesmo!! Obrigado pela atenção.

  5. Regina

    23/01/2017 17:49em17:49

    Boa dica professor obrigada

  6. Karina Deiser

    23/01/2017 18:16em18:16

    Boa tarde Gabriel. Quero deixar aqui is meus sinceros agradecimentos pelos seus artigos.

  7. Isaac Correia

    23/01/2017 18:22em18:22

    Obrigado, Gabriel, por esse e todos os outros assuntos motivacionais

  8. Renata

    23/01/2017 18:37em18:37

    Boa tarde ! Essa dica vai ser de grande valia pro meus estudos , muito obrigada e parabéns pelo excelente trabalho que vocês oferecem .

  9. Gillyan

    23/01/2017 18:50em18:50

    Obrigado pelas formas de se preparar

  10. emerson daniel

    23/01/2017 18:51em18:51

    Muito bom , suas dicas tem sido de grande ajuda,abrs.

  11. Elizângela

    23/01/2017 19:40em19:40

    Foi exatamente o que eu estava precisando!

  12. Dulcileia

    23/01/2017 20:08em20:08

    Muito bem Gabriel!
    É uma dica valiosa e ajudará muitos estudiosos realizarem seus sonhos. Abraços e muito obrigada.

  13. Antônio

    23/01/2017 20:27em20:27

    Valeu pela dica. Vou passar a colocar em prática!

  14. maria aparecida dornelas

    23/01/2017 20:29em20:29

    Excelente o artigo. Obrigada!

  15. Hidevaldo

    23/01/2017 20:53em20:53

    Obrigado Gabriel! Como sempre, voce se supera em cada artigo. Suas dicas so me motiva cada vez mais. Que Deus o abençoe.

  16. Rodrigues Nogueira

    23/01/2017 20:58em20:58

    Realmente tudo o que foi mencionado é eficaz, apos varias tentativas de técnicas consegui melhorar muuiito com a tecnica de revisão e resumos, mas o resumo deve ser feio com palavras-chave e com proprias palavras desta forma fica pessoal .

  17. CLEIDE OLIVEIRA DOS SANTOS

    23/01/2017 21:30em21:30

    PARABÉNS GRAN CURSOS, SÃO AÇÕES ASSIM QUE FAZEM A DIFERENÇA. GRATA.

  18. Ubirajara Monteiro

    23/01/2017 21:53em21:53

    Ótimo artigo!!!

    Parabéns a toda equipe do Gran Cursos….!!!

    abraços

  19. Luzia Fabiana

    23/01/2017 22:11em22:11

    Otimas dicas, colocarei em pratica, obrigada!!

  20. Cláudia

    23/01/2017 22:47em22:47

    Boa noite Gabriel!
    Voltei no túnel do tempo com suas orientações… dica valiosa e oportuna para quem está retornando aos estudos após 15 anos. Muito obrigada!

  21. Andre luis

    23/01/2017 23:10em23:10

    Muito obrigado pelas dicas

  22. Silvana

    24/01/2017 00:45em00:45

    Excelente matéria! Estudo há alguns anos e o que foi dito aqui, é a pura verdade…pelo menos comigo acontece isso, eu estudo e não tenho arrumado um tempinho para revisar! Obrigada! Aguardo o próximo encontro!

  23. Jéssica Fonseca

    24/01/2017 01:31em01:31

    Amei essa matéria. Focou em um ponto em que eu estava deixando a desejar. Nas “revisões”. E quanto a parte do esquecimento é bem assim mesmo rsrs
    Esperando as próximas matérias. ?

  24. Simone

    24/01/2017 07:26em07:26

    Q demais esse artigo. Me ajudou bastante! Esse curso dá uma otima base para os concurseiro a de plantão!

  25. Roberta

    24/01/2017 10:18em10:18

    Mais uma vez a palavra REVISÃO “aparecendo” na minha vida essa semana. Não pode ser por acaso!
    Dicas absorvidas com sucesso!
    Obrigada GRAN.

  26. Maria Helena

    24/01/2017 10:29em10:29

    Obrigada pela dica, vou praticar.

  27. Maria Helena

    24/01/2017 10:30em10:30

    Obrigada pela dica, vou praticar

  28. FRANCISCO DAS CHAGAS BRANDÃO DA SILVA

    24/01/2017 10:38em10:38

    Esse ano quero paz no meu coração, não, não quero dizer: esse ano quero passar em um concurso na área administrativa.

  29. Sávio

    24/01/2017 12:03em12:03

    Muito bom o artigo, será que poderia fazer um artigo sobre procrastinação no estudo, estou indo bem nos estudos, mas tem semana que fico só enrolando, acredito que muitos passam por isso também.
    Obrigado

    • Equipe Gran Cursos Online

      26/01/2017 18:39em18:39

      Olá Sávio, boa tarde!

      O professor Wellington Antunes já publicou um artigo bem interessante sobre o assunto, segue o link para publicação:

      https://blog.grancursosonline.com.br/como-vencer-procrastinacao/

      Estamos à disposição.

      Atenciosamente,
      – Comunicação Gran Cursos Online

      • Sávio

        31/01/2017 15:41em15:41

        Estou utilizando os resumos em pdf para a revisão, posso fazer isso ou é melhor criar os meus?

  30. Digleima

    24/01/2017 14:10em14:10

    obriagada pela informação

  31. Romão

    24/01/2017 14:32em14:32

    Menino, você é uma benção! Deus continue a lhe usar e abençoar. Aprendi a estudar do jeito que você aprendeu, “na escola e faculdade”, só precisou aperfeiçoar a técnica de estudos pós-resumo. Vou praticá-la. Parabéns pelo artigo!

    Claudeni Ione

  32. Hugo Anderson Silva de Castro

    24/01/2017 14:42em14:42

    Treinar a memoria é um mecanismo essencial para termos ótimos resultados nos concursos, obrigado!

  33. gildo Oliveira Silva

    24/01/2017 17:32em17:32

    Muito obrigado pela força. Vou estudar mais e mais. …

  34. Laura

    24/01/2017 17:52em17:52

    Muito obrigada Gabriel, pelas dicas. São valiosas e procuro sempre tentar colocar em prática. Deus te abençoe

  35. Riselda Andrade Oliveira

    24/01/2017 19:24em19:24

    Excelente todas as dicas!! Me fortaleço muito com todas essas orientações!! Obrigada.

  36. WATSON

    24/01/2017 20:51em20:51

    Obrigado, Por mandar esses e-mails de motivação. Me faz permanecer à estudar.

  37. Jonathan Vieira

    25/01/2017 08:25em08:25

    Olá! Grande ajuda! Isso nos compromete a cada vez mais buscar informações e técnicas de estudo. Obrigado

  38. Gleice Mara R. Correa

    25/01/2017 11:25em11:25

    Obrigada Gabriel pelas suas dicas, estão me ajudando a ter mais força, foco e fé.
    Abraço

  39. Arlene Bastos Lisboa

    25/01/2017 17:40em17:40

    Olá!
    è de grande ajuda,
    quero agradecer o pessoal do Gran curso.
    Um Cheiro.

  40. MARIA LÚCIA DA COSTA

    25/01/2017 19:59em19:59

    Obrigada Gabriel pelas dicas aqui citadas, agora tenho como me organizar para os concursos.

    grata,
    Maria Lúcia da Costa

  41. Elayne Garcia

    25/01/2017 20:16em20:16

    Obrigada Gabriel, dicas muito boas.

  42. nilza

    25/01/2017 22:37em22:37

    Ótimas dicas,agora é só colocar em prática,obrigada.

  43. Daurilene

    25/01/2017 23:33em23:33

    É desafiador conseguir organizar o estudo privilegiando todo o conteúdo com resumos e revisões.
    Muito bom o artigo.

  44. Lucimar Valois

    26/01/2017 10:33em10:33

    OBRIGADA! O seu artigo vai me auxiliar e muito. Vou colocar em prática a forma sugerida de revisar os conteúdos de maneira correta.
    Grata pela informação.

  45. Gardênia

    26/01/2017 10:47em10:47

    Bom dia Gran !!!

    Excelente artigo ! Obrigada pela atenção.

  46. Elisabeth

    26/01/2017 17:38em17:38

    Boa tarde,

    Excelente!!! Muito obrigada!!!!

  47. Celeste

    26/01/2017 21:55em21:55

    Excelente artigo..Sempre achei que não aprendia nada.

    • katiara

      27/01/2017 12:00em12:00

      agradeço muito pelos artigo enviados. pois tem me inspirado muito.

  48. Rodrigo Chardson Rodrigues Caldas

    28/01/2017 17:56em17:56

    E algo do que precisando pra melhorar minhas expectativas de ensino de matemática

  49. Ana Cleide

    28/01/2017 19:04em19:04

    Excelente o artigo.. Obrigada!

  50. Amanda Sena

    30/01/2017 11:19em11:19

    Muito Bom!

  51. Nilva

    30/01/2017 19:53em19:53

    Excelente! Vou fazer uso desse método. Valeu obrigada

  52. Valdenira

    01/02/2017 18:15em18:15

    Muito obrigada pela dica. Será que seria satisfatório montar um grupo de estudos? Ajuda na memorização? Vamo q vamo q esse ano eu quero passar.

  53. Elda Maria

    09/02/2017 16:06em16:06

    Assistência cativante, instigante e instrutiva ! ( no mínimo ) Muito obrigada !!

  54. Teresa Christine Gomes Aguiar.

    06/03/2017 19:15em19:15

    Valeu pela dica!! Muito obrigada!!

  55. Maria de Lourdes Oliveira Cruz

    18/04/2017 19:42em19:42

    Um artigo muito bacana. Gabriel, você poderia fazer um artigo aprofundado sobre mapas mentais e a aplicação deste método em questões? É só uma humilde sugestão. Muito grata desde já pela atenção concedida. E sempre cada vez mais sucesso para você Gabriel e para todos da equipe que arrasam.

  56. Maria do socorro

    21/09/2017 12:55em12:55

    Ja conhecia esta curva, e bem interessante ….

  57. Fabiana Ramso

    29/03/2018 20:46em20:46

    Vlw Gabriel! Revisões são muito importante, palavras de ouro as suas!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo