Gabarito PF: confira AQUI o gabarito extraoficial!

Gabarito PF para os cargos de Agente, Papiloscopista e Escrivão. Confira! O concurso Polícia Federal ofertou 1500 vagas para diversos cargos.

Avatar


24/05/2021 | 10:00 Atualizado há 147 dias

O Gabarito PF Extraoficial para os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista já está pronto! Se você fez a prova do concurso da Polícia Federal neste domingo 23 de maio de 2021 e mal pode esperar para conferir sua pontuação, os professores do Gran Cursos Online já preparam um gabarito Polícia Federal extraoficial com comentários e possibilidades de recursos. Acompanhe o artigo e acesse as respostas escritas ou por vídeo!

As provas para o concurso Polícia Federal aconteceram hoje em diversas cidades brasileiras. A seleção ofereceu 1500 vagas para os cargos de Agente, Papiloscopista, Escrivão e Delegado, com remunerações que vão de R$ 12.522,50 até R$ 23.692,74.

Nesta matéria falaremos especialmente sobre os gabaritos para os cargos de Agente, Papiloscopista e Escrivão. Para acessar o gabarito extraoficial Polícia Federal Delegado, clique aqui!

O gabarito Polícia Federal preliminar será disponibilizado no endereço eletrônico <https://www.cebraspe.org.br/concursos/pf_21> a partir das 19h do dia 25 de maio de 2021.

Navegue pelo índice abaixo para conferir todos os detalhes sobre o Gabarito Polícia Federal

Destaques:

Gabarito PF: recursos e comentários

A interposição de recursos deverá ser realizada no prazo de 10 horas do dia 26 de maio de 2021 até as 18 horas do dia 27 de maio de 2021.

Para recorrer contra os gabaritos preliminares, o candidato deverá utilizar o Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso, disponível no endereço eletrônico <https://www.cebraspe.org.br/concursos/pf_21>, apenas após a publicação dos gabaritos preliminares no dia 25 de maio de 2021 às 19h.

Os professores do Gran Cursos Online comentarão as questões e indicarão os itens passíveis de recursos.

Gabarito PF: Correção das provas de Agente, Escrivão e Papiloscopista

Para a correção das disciplinas de Conhecimentos Comuns aos Cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista utilizamos esta prova AQUI., para a correção das disciplinas de conhecimentos específicos do cargo de  Papiloscopista utilizamos esta prova AQUI.

Gabarito Extraoficial

Clique no local indicado para fazer o download da correção em PDF  de Agente  ou navegue pelo índice abaixo:

Conhecimentos comuns aos cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista:

Conhecimentos específicos do cargo de Escrivão:

Conhecimentos específicos do cargo de Papiloscopista:

Conhecimentos Comuns – Questões 6, 7, 8, 10, 12, 13, 14, 16 e 18 – Gramática – Professor Bruno Pilastres

QUESTÃO 6. No sétimo período do primeiro parágrafo, a forma “lhe” desempenha a função de complemento indireto
GABARITO PRELIMINAR: Certo
COMENTÁRIO: No contexto em que ocorre, a forma verbal “mostrasse” é bitransitiva: seleciona objeto direto (“um navio”) e um objeto indireto, expresso pela forma “lhe” (cujo referente é o personagem da narrativa).

QUESTÃO  7. A forma verbal “tinha” foi empregada com o mesmo sentido nas duas ocorrências
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: na primeira ocorrência, a forma verbal “ter” equivale ao verbo “haver” existencial (havia
a gaveta; a gaveta existia); na segunda ocorrência, a forma verbal “tinha” faz parte da estrutura “ter
que/de + infinitivo”, a qual significa “ter necessidade, obrigação ou dever de”. Como se vê, os sentidos
são diferentes.

QUESTÃO 8. Na oração “Cabia tudo em uma mala só”, o vocábulo “tudo”)
GABARITO PRELIMINAR: Certo
COMENTÁRIO: O sujeito da forma verbal “cabia” está posposto: tudo. Ao realizarmos a pergunta “o que cabia?”, temos como resposta “Tudo cabia”.

QUESTÃO 10. Seriam preservados a correção gramatical e os sentidos do texto caso a vírgula empregada imediatamente após o vocábulo “rapidamente”
GABARITO PRELIMINAR: Certo
COMENTÁRIO: Essa questão certamente gerará uma diversidade de gabaritos extraoficiais… Meu posicionamento como “Certo” é fundamentado pelo que diz o gramático Evanildo Bechara: “para desfazer possível má interpretação resultante da distribuição irregular dos termos da oração, separa-se por vírgula a expressão deslocada. Como temos um sujeito posposto isolado por vírgula como resultado da retirada da vírgula após “rapidamente” (Cresce rapidamente em quase todos os países, o número de pessoas na prisão […]) e há uma separação considerável entre a forma verbal “cresce” e este sujeito (toda a estrutura “rapidamente em quase todos os países”), julgo que a presença da vírgula traz clareza às relações sintáticas estabelecidas no período. Se essa vírgula não for obrigatória, será ao menos facultativa.

MUDANÇA DE POSICIONAMENTO EM RELAÇÃO AO MEU GABARITO EXTRAOFICIAL:
QUESTÃO NÚMERO 10 (O travessão empregado no último período do primeiro parágrafo)
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: A supressão do travessão geraria uma estrutura coordenada aditiva com duas conjunções “e” não separadas por vírgula: “a proporção da população em conflito direto com a lei e sujeita à prisão cresce […] e sugere […] e assinala”. A possível análise dessa sequência de conjunções como um caso de polissíndeto não é válida. Tendo em vista a definição e o exemplário de polissíndeto apresentados pelos gramáticos Cunha & Cintra, a adoção estilística dessa figura de sintaxe vincula-se a um efeito de “movimento ininterruptos ou vertiginosos”, sendo denominada como emprego do “e” de movimento. Nesses usos, o emprego da vírgula em cada ocorrência do “e” é obrigatório. Nada disso ocorre no trecho em análise – e por isso estamos diante de uma supressão que gera erro gramatical.
Gabarito preliminar (banca CEBRASPE): Certo

COMENTÁRIO: reanalisando o trecho, observa-se que a primeira conjunção aditiva “e” pertence a uma estrutura subordinada (introduzida pelo pronome relativo “que”, em “que indica”). Assim, não há que se falar em polissíndeto, como originalmente analisei no comentário do gabarito preliminar. Com a retirada do travessão, temos como resultado uma simples coordenação sindética (conjunção “e”) entre “cresce” e “assinala”. Concordo, assim, com o gabarito preliminar da banca: item Certo.

QUESTÃO 12. No segundo período do texto, a partícula “se” classifica-se como partícula apassivadora
GABARITO PRELIMINAR: a ser anulada
RECURSO: solicita-se anulação da questão, pois o item pode ser julgado como Certo e Errado. Segundo a afirmativa, “a partícula ‘se’ classifica-se como partícula apassivadora”. De fato, o “se” pode ser partícula apassivadora porque estes elementos estão presentes (nessa análise, sigo Amini Boainain Hauy, em sua Gramática da Língua Portuguesa Padrão, 2014, p. 945): há passiva sintética em perífrase do tipo “estar + gerúndio”; o núcleo verbal é transitivo direto (segundo classificação apresentada no Dicionário Houaiss Eletrônico 2009 e por Celso Pedro Luft, em seu Dicionário Prático de Regência Verbal, 2008: “ampliar” pode ser transitivo direto); e o sujeito é singular e paciente. Ademais, pode-se identificar, em termos de coesão, um agente implícito. No entanto, a partícula “se” também pode ser classificada como parte integrante do verbo. No Dicionário Houaiss (Eletrônico, 2009) e no Dicionário Prático de Regência Verbal (LUFT, 2008), o verbo “ampliar” pode ser pronominal (e o “se” é parte integrante do verbo). Nesse caso, a forma “se” denota mudança de estado sem agente externo, o que também é coerente com os sentidos do texto. Por haver duas análises possíveis (e, consequentemente, duas respostas possíveis: Certo e Errado), a questão deve ser anulada.

QUESTÃO 14. O travessão empregado no último período do primeiro parágrafo
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: A supressão do travessão geraria uma estrutura coordenada aditiva com duas conjunções “e” não separadas por vírgula: “a proporção da população em conflito direto com a lei e sujeita à prisão cresce […] e sugere […] e assinala”. A possível análise dessa sequência de conjunções como um caso de polissíndeto não é válida. Tendo em vista a definição e o exemplário de polissíndeto apresentados pelos gramáticos Cunha & Cintra, a adoção estilística dessa figura de sintaxe vincula-se a um efeito de “movimento ininterruptos ou vertiginosos”, sendo denominada como emprego do “e” de movimento. Nesses usos, o emprego da vírgula em cada ocorrência do “e” é obrigatório. Nada disso ocorre no trecho em análise – e por isso estamos diante de uma supressão que gera erro gramatical.

QUESTÃO 15. Seria mantida a correção gramatical do texto caso a forma verbal “esperam”
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: em minha análise, a correção gramatical não seria mantida, porque a forma verbal vincula-se exclusivamente ao sintagma introduzido pela preposição “de” (de pessoas na prisão ou que esperam). Assim, o pronome relativo “que” retoma apenas “pessoas”, não se vinculando estruturalmente a “número”, núcleo do sujeito da oração principal. A vinculação, então, é interna ao sintagma introduzido pela preposição “de”. Em termos de coerência (ainda que não abordada na afirmativa do item), a forma verbal denota um evento (esperar) que deve predicar uma forma que possa experienciar esse processo psicológico, como “pessoas” (“‘o número’ espera prováveis sentenças de prisão” é, para mim, incoerente).

QUESTÃO 16. Seria mantida a correção gramatical do texto caso a forma verbal “esperam”
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: em minha análise, a correção gramatical não seria mantida, porque a forma verbal vincula-se exclusivamente ao sintagma introduzido pela preposição “de” (de pessoas na prisão ou que esperam). Assim, o pronome relativo “que” retoma apenas “pessoas”, não se vinculando estruturalmente a “número”, núcleo do sujeito da oração principal. A vinculação, então, é interna ao sintagma introduzido pela preposição “de”. Em termos de coerência (ainda que não abordada na afirmativa do item), a forma verbal denota um evento (esperar) que deve predicar uma forma que possa experienciar esse processo psicológico, como “pessoas” (“‘o número’ espera prováveis sentenças de prisão” é, para mim, incoerente).

MUDANÇA DE POSICIONAMENTO EM RELAÇÃO AO MEU GABARITO EXTRAOFICIAL:
QUESTÃO 16. Seria mantida a correção gramatical do texto caso a forma verbal “esperam”
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: em minha análise, a correção gramatical não seria mantida, porque a forma verbal vincula-se exclusivamente ao sintagma introduzido pela preposição “de” (de pessoas na prisão ou que esperam). Assim, o pronome relativo “que” retoma apenas “pessoas”, não se vinculando estruturalmente a “número”, núcleo do sujeito da oração principal. A vinculação, então, é interna ao sintagma introduzido pela preposição “de”. Em termos de coerência (ainda que não abordada na afirmativa do item), a forma verbal denota um evento (esperar) que deve predicar uma forma que possa experienciar esse processo psicológico, como “pessoas” (“‘o número’ espera prováveis sentenças de prisão” é, para mim, incoerente).
Gabarito preliminar (banca CEBRASPE): Certo

COMENTÁRIO: reanalisando a afirmativa da questão, observa-se que a banca faz referência exclusiva a “correção gramatical”. Meu comentário considerou a impossibilidade semântica (em termos de coerência) de se vincular a referenciação do pronome relativo com o termo “o número”. De fato, essa impossibilidade se sustenta, mas não é disso que o item trata. Em termos gramaticais (pura e exclusivamente), a vinculação entre a forma “que” e “o número” é possível. Concordo, assim, com o gabarito preliminar da banca: item Certo.

QUESTÃO 18. As palavras “intensamente” , em “Em quase toda parte
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: Cada expressão exerce uma função sintática diferente: “intensamente” é adjunto adverbial; “ampliada” é adjunto adnominal (veja que forma sintagma com “significação”).

Conhecimentos Comuns – Questões 1, 2, 3, 4, 5, 9, 11, 13, 15 e 17 – Texto – Professor Gustavo Silva

QUESTÃO 2. O vocábulo “até”…

GABARITO: ERRADO.

Comentário: Aquela tão esperada questão de reescritura de frases e períodos do texto. Como estudado nos meus PDFs, esse tópico foi explorado na questão 5. Ao analisar a reescritura, o examinador especificou “à cebola” e generalizou “alho”. Portanto, item errado.

QUESTÃO 3. Os vocábulos “Claro” e…
GABARITO: ERRADO.

Comentário: No segundo parágrafo do texto, o termo “ali” estabelece coesão anafórica e refere-se à gaveta. Esse tipo de questão é típico da banca CEBRASPE e explora o potencial dos elementos de coesão. Assim, é importante estar sempre atento a isso.

QUESTÃO 5. Sem prejuízo para o…

GABARITO: ERRADO.

Comentário: O texto não fala sobre PRIMEIRA paixão, poderia ser qualquer paixão. O examinador acrescentou uma informação que não está no texto. Portanto, item errado. 

QUESTÃO 9. Conclui-se das ideias…

GABARITO: CERTO.

Comentário: Certamente uma das questões mais emblemáticas da prova. O enunciado “Conclui-se das ideias do texto” nos revela que se trata de uma questão de INTERPRETAÇÃO TEXTUAL. Nesse sentido, logo no primeiro período do texto, fica claro o crescimento do encarceramento. No último parágrafo, o texto apresenta indícios de fenômeno universal, adotado por MUITOS governantes, o que reforça a afirmação presente no enunciado. Assim, essa questão está correta.

QUESTÃO 11. A forma verbal “crescem”…

GABARITO: ERRADO.

Comentário: O examinador tentou ludibriá-lo em relação aos grupos que serão disciplinados. O texto cita “importantes grupos”, mas não deixa explícito a sua referência. Então, é errado se pensar que esses grupos são formados por pessoas que têm autoridade… (Isso não foi dito no texto).

QUESTÃO 15. Seria mantida a correção…

GABARITO: CERTO. 

Comentário: Ambas as informações supramencionadas estão conectadas com a ideia de crescimento de pessoas encarceradas.

QUESTÃO 17. A palavra “idiossincrasias”…

GABARITO: ERRADO. 

Comentário: Primeiro, idiossincrasia significa característica comportamental peculiar a um grupo ou a uma pessoa. Ao substituir essa palavra por “compatibilidades”, haveria prejuízo para o texto.

Conhecimentos Comuns – Questões 19 a 24 – Redação Oficial – Professor Bruno Pilastres

QUESTÃO 19. Na grafia de datas em documento oficial…

GABARITO PRELIMINAR: Errado

COMENTÁRIO: Segundo o Manual de Redação da Presidência da República (3ª Edição, 2018), “na grafia de datas em um documento, o conteúdo deve constar da seguinte forma: a) composição: local e data do documento; b) informação de local: nome da cidade onde foi expedido o documento, seguido de vírgula. Não se deve utilizar a sigla da unidade da federação depois do nome da cidade; c) dia do mês: em numeração ordinal se for o primeiro dia do mês e em numeração cardinal para os demais dias do mês. Não se deve utilizar zero à esquerda do número que indica o dia do mês; d) nome do mês: deve ser escrito com inicial minúscula; e) pontuação: coloca-se ponto-final depois da data; e f) alinhamento: o texto da data deve ser alinhado à margem direita da página. Exemplo: Brasília, 2 de fevereiro de 2018.” Como o exemplo proposto pelo item é diferente do estabelecido pelo Manual, gabarito Errado.

QUESTÃO 20. Quando da redação do e-mail que possa ser considerado um documento oficial…
GABARITO PRELIMINAR: Certo
COMENTÁRIO: Segundo o Manual de Redação da Presidência da República (3ª Edição, 2018), “como gênero textual, o e-mail pode ser considerado um documento oficial. Portanto, deve-se evitar o uso de linguagem incompatível com uma comunicação oficial.” Como o item segue esse posicionamento, gabarito Certo.

QUESTÃO 21. No endereçamento das comunicações dirigidas às autoridades superiores…
GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: Segundo o Manual de Redação da Presidência da República (3ª Edição, 2018), no Endereçamento dirigido a autoridades superiores (Presidente da República, Presidente do Congresso Nacional e Presidente do STF), utiliza-se “A Sua Excelência o Senhor” (e, para o feminino, “A Sua Excelência a Senhora). Como o item sugere o uso de “A Vossa Excelência o Senhor” ou “A Vossa Excelência a Senhora”. Gabarito errado.

QUESTÃO 22. Nas comunicações oficiais, aboliu-se o uso dos vocativos Digníssimo (DD)…
GABARITO PRELIMINAR: Certo
COMENTÁRIO: De acordo com o Manual de Redação da Presidência da República (3ª Edição, 2018), “em comunicações oficiais, está abolido o uso de Digníssimo (DD) e de Ilustríssimo (Ilmo.).” Como o item parafraseia a redação do Manual, gabarito Certo.

QUESTÃO 23. A exposição de motivos é a modalidade de comunicação…
GABARITO PRELIMINAR: Certo
COMENTÁRIO: No Manual de Redação da Presidência da República (3ª Edição, 2018), lemos que “A exposição de motivos é a principal modalidade de comunicação dirigida ao Presidente da República pelos ministros. Além disso, pode, em certos casos, ser encaminhada cópia ao Congresso Nacional ou ao Poder Judiciário.” Como o item traz uma afirmativa que parafraseia o estabelecido no Manual, gabarito
Certo.

QUESTÃO 24.No padrão ofício, o cabeçalho deve estar centralizado…

GABARITO PRELIMINAR: Errado
COMENTÁRIO: Segundo o Manual de Redação da Presidência da República (3ª Edição, 2018), “o cabeçalho é utilizado apenas na primeira página do documento, centralizado na área determinada pela formatação.” Como o item diz que “o cabeçalho […] deve constar em todas as páginas do documento”, contrariando o estabelecido no Manual, item Errado.

Questões de 25 a 27 – Direito Administrativo – Professor Gustavo Scatolino

QUESTÃO 25

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Por se tratar de um ato de improbidade, previsto no art. 11, da Lei nº 8429, a penalidade administrativa para a infração é a demissão.

QUESTÃO 26

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: A abertura de processo e a aplicação de sanção ao servidor decorre do poder disciplinar.

QUESTÃO 27

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:  Trata-se de controle interno.

 

Questões de 28 a 30 – Direito Constitucional – Professor Luciano Dutra

QUESTÃO 28. A competência para apuração do referido delito…

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Não compete à Polícia Federal a apuração de crimes contra sociedade de economia mista federal, em razão do que determina o art. 144, § 1º, I, da CF/1988.

COMENTÁRIO: Por tráfico ilícito de entorpecentes, o brasileiro naturalizado pode ser extraditado, independentemente do tempo crime (antes ou após a naturalização), segundo o art. 5º, LI, da CF/1988.

QUESTÃO 29. O tráfico ilícito de entorpecentes é crime inafiançável

COMENTÁRIO: É o que determina o art. 5º, XLIII, da CF/1988.

GABARITO: CERTO

QUESTÃO 30. O traficante naturalizado brasileiro….

GABARITO: ERRADO

Questões de 31 a 33 – Direito Penal e Processual Penal – Professor Douglas Vargas

QUESTÃO 31

GABARITO: CORRETO

COMENTÁRIO: Posição do STF e do STJ (Crime formal).

QUESTÃO 33

Gabarito: ERRADO

COMENTÁRIO: Esse é o procedimento de acondicionamento (Art. 158-B, V, CPP), e não o procedimento de armazenamento (inciso IX).

QUESTÃO 33

GABARITO: CORRETO

COMENTÁRIO: Flagrante preparado, provocado, crime de ensaio, no qual há a provocação ou indução à prática delitiva pelo agente estatal. Súmula 145 do STF.

Questões de 34 a 36  – Legislação Especial – Professor Péricles Mendonça

QUESTÃO 34.

GABARITO: ERRADO

Comentário: O prazo de expulsão não será por tempo indeterminado, conforme dispõe o artigo 54, paragrafo 4 da lei 13.445/17.

QUESTÃO 35.

GABARITO: ERRADO

Comentário: Conforme entendimento sumulado pelo STJ, não é necessária a efetiva transposição de fronteiras para o tráfico internacional de drogas (Súmula 607 do STJ).

QUESTÃO 36.

GABARITO: CERTO

Comentário: Art. 29. Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida:
§ 4º A pena é aumentada de metade, se o crime é praticado:
III – durante a noite;

Questões de 37 a 48 – Estatística – Professor Thiago Silva

QUESTÃO 37

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:

 Vamos plotar o gráfico dessa distribuição de probabilidades.

ESTATÍSTICA PF 1

Pelos axiomas de Kolgomorov, a área total debaixo do gráfico deve ser igual a 1. Então, podemos escrever:

024fxdx=1

024x-122dx=1

024x-122dx=1

A integral polinomial

γ⋅x-123324  0 =1

24-12330-1233=1

123-1233=1

1=1728+17283=34563=1152

∴γ=11152≅0,00087

Portanto, a constante gama é realmente bem inferior a 0,01.

QUESTÃO 38

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:

Como a função distribuição de probabilidades é simétrica em relação a x = 12, a média da distribuição é igual a 12.

 

QUESTÃO 39

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Como a distribuição de probabilidade é contínua, a probabilidade um único ponto dessa distribuição é sempre igual a 0. Nas distribuições contínuas, só se define a probabilidade de um intervalo. Por exemplo P (5 < X < 12) ou P (X > 5). Mas, nesse caso, queremos somente o ponto P (X = 5), e a probabilidade de um único ponto é sempre nulo.

QUESTÃO 40

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Em uma distribuição uniforme, a probabilidade é constante. Não é o caso dessa distribuição. Um exemplo de distribuição uniforme seria:
𝑓(𝑥, 𝑦) = 1, 𝑐𝑜𝑚 0 < 𝑥 < 1 𝑒 0 < 𝑦 < 1

 

QUESTÃO 41

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Duas variáveis aleatórias são independentes quando a função distribuição de probabilidade conjunta pode ser desmembrada.
𝑓(𝑥, 𝑦) = 𝐹1 (𝑥) ⋅ 𝐹2 (𝑦)

Não é o caso dessa distribuição. Ela não pode ser obtida como o produto de uma função exclusiva de x e uma função exclusiva de y.

 

QUESTÃO 42

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:

Pelo método dos mínimos quadrados ordinários, a estimativa da média populacional é igual à média amostral.

QUESTÃO 44

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:

Observe que o enunciado deu uma distribuição de probabilidades acumulada. Podemos obter a densidade de distribuição pela derivada dessa distribuição. A derivada polinomial pode ser obtida como:

Então, a derivada de x–2 é:

Desse modo, podemos calcular a média da distribuição:

Como a média populacional depende unicamente de β e é possível estimar a média populacional pela média amostral, podemos estimar β usando a média amostral.

 

QUESTÃO 45

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:

 

QUESTÃO 46

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:

Podemos utilizar a propriedade de que o valor esperado é linear. Então, o valor esperado da soma é igual à soma de valores esperados e o produto por uma constante, o valor esperado também fica multiplicado por essa mesma constante.

QUESTÃO 47

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:

Foi fornecido o erro padrão para o modelo de coeficiente angular igual a 0,064. Esse erro já é muito próximo da própria estimativa do coeficiente. Podemos calcular a estatística normalizada para ele:

O enunciado forneceu ainda o P-valor:

Esse P-valor é maior que 5%. Isso significa que, ao nível de 5% de significância, não temos como garantir que realmente o coeficiente de inclinação seja maior que zero. Portanto, não temos provas estatísticas suficientes contra essa hipótese nula.

Em outras palavras, isso significa que o modelo de regressão linear deduzido não garante que o seu próprio coeficiente de inclinação seja significativo. Logo, a influência do parâmetro T sobre Y é muito pequena, materialmente nula.

QUESTÃO 48

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:

Foi fornecido o coeficiente de inclinação do modelo de regressão, que é dado pela razão entre a covariância e o desvio padrão da variável regressora (T). Então, podemos calcular a covariância:

Em seguida, podemos calcular a correlação entre as duas variáveis pela definição de covariância dividida pelos desvios padrões:

Questões de 49 a 60 – Raciocínio Lógico – Professor Josimar Padilha

QUESTÃO 49

GABARITO: CERTO

As equipes são formadas por 1 delegado, 1 escrivão e 2 agentes. Temos a disposição 2 delegados, 2 escrivães e 4 agentes. Daí basta fazermos a seguinte combinação:

C2,1 x C2, 1 x C 4,2 X C1,1 x C1, 1 x C 2,2 = 2 x 2 x 6 x 1 x 1 x 1 = 24.

EQ.1                     EQ. 2

Temos que banca sugeriu 4! O que corresponde a 4x3x2x1 = 24

QUESTÃO 50

GABARITO: ERRADO

As equipes são formadas por 1 delegado, 1 escrivão e 2 agentes. Temos a disposição 3 delegados, 4 escrivães e 6 agentes. Daí basta fazermos a seguinte combinação:

C3,1 x C4, 1 x C 6,2 X C2,1 x C3, 1 x C 4,2 = 3x 4 x 15 x 2 x 3 x 6 = 6480.

EQ.1                     EQ. 2

 

QUESTÃO 51

GABARITO: CERTO

Como são duas equipes, ao formamos uma delas, consequentemente a outra já ficou formada.

QUESTÃO 52

GABARITO: ERRADO

A proposição P2 é dada por: “ Se as falhas construtivas forem corrigidas, os mutuários não tiveram prejuízos” tem como equivalência pela contra-positiva a seguinte proposição: “ Se os mutuários tiveram prejuízos, então as falhas construtivas não forem corrigidas “.

QUESTÃO 53

GABARITO: CERTO

  1. O argumento é dado por:

P1: Fiscalização foi deficiente  ®  as falhas construtivas não foram corrigidas.

P2: Se as falhas construtivas forem corrigidas  ®  os mutuários não tiveram prejuízos.

P3: A fiscalização foi deficiente

C: Os mutuários tiveram prejuízos

Para verificar a validade de um argumento, temos que a verdade das premissas deve garantir a verdade da conclusão.

P1: Fiscalização foi deficiente (V)  ®  as falhas construtivas não foram corrigidas(V). (V)

P2: Se as falhas construtivas forem corrigidas (F) ®  os mutuários não tiveram prejuízos(V/F). (V)

P3: A fiscalização foi deficiente (V)

——————————————————————-

C: Os mutuários tiveram prejuízos (V/F)

Assim, verificamos que a verdade das premissas não garante a verdade da conclusão. Argumento inválido.

QUESTÃO 54

GABARITO: ERRADO

Comentário:

A negação da proposição condicional: “Fiscalização foi deficiente ® as falhas construtivas não foram corrigidas “é dada por “ A fiscalização foi deficiente, mas as falhas construtivas foram corrigidas” (MANÉ).

QUESTÃO 55

GABARITO: CERTO

No argumento temos 3 proposições simples distintas:

A: Fiscalização foi deficiente

B: as falhas construtivas forem corrigidas

C: mutuários tiveram prejuízos

Observar que as suas negações não são consideradas, ok?

Dessa forma temos que o número de lindas de uma tabela verdade é dado por 2n, em que n representa o número de proposições simples, logo temos: 23 = 8.

QUESTÃO 56

GABARITO: ERRADO

Para que um argumento seja válido temos as seguintes possibilidades segundo o filósofo Irving M. Copi:

QUESTÃO 57

GABARITO: CERTO

Quando temos o termo “ não é verdade que”, basta negarmos todo o pensamento que vem pela frente, assim temos um item de negação de proposição composta:

Não é verdade que (a fiscalização foi eficiente e que as falhas construtivas foram corridas), corresponde a “ Se a fiscalização foi deficiente, então as falhas construtivas não foram corrigidas”. Podemos aplicar a negação da condicional do item para o comando. (MANÉ).

QUESTÃO 58

GABARITO: CERTO

Podemos representar a inclusão dos conjuntos conforme a seguir:

Podemos considerar que P1 U P2 U P3 …Pn = P

QUESTÃO 59

GABARITO: ERRADO

Segundo o diagrama representado, podemos inferir que P1 ÌP2 ÌP3 …

Assim P2 não é subconjunto de P1.

QUESTÃO 60

GABARITO: ERRADO

Já podemos observar que o evento (casos possíveis) para ter entre dois e três anos de experiência no cargo tem que ser dado por n (P3- P2) , assim já podemos inferir que o item está errado.

Item errado.

 

Questões de 73 a 95 – Informática – Professor Jósis Alves

QUESTÃO 73. Uma das etapas descritas em um modelo…

GABARITO: Certo.

A análise de requisitos é um processo que envolve o estudo das necessidades do usuário para se
encontrar uma definição correta ou completa do sistema ou requisito de software.

QUESTÃO 74. Cada sistema existe dentro de um meio ambiente…
GABARITO: Certo. O sistema aberto se caracteriza por um intercâmbio de transações com o ambiente e conserva-se
constantemente no mesmo estado ( autorregulação ) apesar de a matéria e a energia que o integram se
renovarem constantemente ( equilíbrio dinâmico ou homeostase )

75. Embora não seja dirigido à riscos…
GABARITO: Errado. Ser dirigido a riscos é a principal característica do modelo.

76. À medida que os sistemas…
GABARITO: Certo. O sistema aberto se caracteriza por um intercâmbio de transações com o ambiente e conserva-se
constantemente no mesmo estado ( autorregulação ) apesar de a matéria e a energia que o integram se
renovarem constantemente ( equilíbrio dinâmico ou homeostase ).

77. Considerando-se a classificação dados, …
GABARITO: Errado. O gráfico representa somente uma informação.

78. O número 1.789 …
GABARITO: Errado. O número 1.789 sem nenhum contexto é somente um dado.

79. Os bits são empacotados…
GABARITO: Errado. Os quadros são formados na camada de enlace.

80. Os roteadores…
GABARITO: Certo. São equipamentos que atuam na camada de rede realizando o roteamento dos pacotes.

81. UDP…
GABARITO: Certo. São protocolos situados na camada de transporte.

82. Uma LAN…
GABARITO: Errado. Podemos ter LANs sem conectividade à Internet.

83. A função do metadado…
GABARITO: Errado. A função de um metadado é descrever propriedades de arquivo, mas não o destinatário de uma
mensagem.

84. O código Python…
GABARITO: Certo. Em Python, o tipo booleano (bool) é uma especialização do tipo inteiro (int).
O verdadeiro é chamado de True e é igual a 1 e o falso é chamado de False e é igual a zero.
Os valores abaixo são considerados falsos:
● False (falso)
● None (nulo)
● 0 (zero)
● ” (string vazia)
● [] (lista vazia)
● () (tupla vazia)
● {} (dicionário vazio)
● Outras estruturas com o tamanho igual a zero
São considerados verdadeiros todos os outros objetos fora dessa lista.

85. O resultado do código R seguinte será “12”:
1. f <- function(x) {
2. g <- function(y){
3. y+z
4. }
5. z <- 4
6. x + g(x)
7. }
8. z <- 10
9. f(4)

GABARITO:

Comentário:
Para resolver este item devemos seguir o fluxo de execução do programa:
· Da linha 1 até a linha 7 foi definida a função f;
· Da linha 2 até a linha 4 foi definida a função g;
· Na linha 8 foi definida a variável global z;
· Na linha 9 foi acionada a função f (definida na linha 1) passando o valor 4 para o
parâmetro x;
· A execução do programa segue para a linha 5 onde é definida uma nova variável
z local. Note que esta variável z é diferente do z que foi definido na linha 8 que é
um z global (apesar que este fato não influi diretamente na resposta do
programa);
· Na linha 6, o valor x + g(x) será retornado como resultado da função f, pois é a
última instrução da função, x vale 4, agora devemos achar o valor de g(x);
· A execução do programa segue para a linha 2, onde foi definida a função g, tendo
o parâmetro y o valor de 4 (devido ao acionamento da linha 6);
· O valor de retorno de g será então 4 + z, e o valor de z será definido como o z do
escopo superior “mais próximo”, que no caso será o z da linha 5. Logo, a expressão
será avaliada como 4+4 e o valor de retorno de g(4) será 8;
· A execução retorna para a linha 6, onde x vale 4 e g(x) foi avaliado como 8, logo o
retorno de f(4) será avaliado como 4 + 8 = 12;
Notamos que em alguns interpretadores online a execução do código pode não retornar
nenhum valor. Isto ocorre pela falta de uma instrução “print” que de fato imprimiria o
resultado da execução do programa. Não obstante, se observarmos o comando do item, o
que está sendo afirmado é o valor do resultado e não o valor impresso em tela.
De outra forma, executando o código na ferramenta RStudio, também obtivemos o resultado
“12” após a execução do trecho de código indicado no item.

86. Entropia da informação…
GABARITO: Errado. A entropia é o grau de casualidade, de indeterminação que algo possui. Ela está
ligada à quantidade de informação. Quanto maior a informação, maior a desordem, maior a
entropia. Quanto menor a informação, menor a escolha, menor a entropia

87. A análise de clustering…
GABARITO: Certo. O clustering ou análise de agrupamento de dados é o conjunto de técnicas de
prospeção de dados que visa fazer agrupamentos automáticos de dados segundo o seu grau
de semelhança.

88. As aplicações de Big data…
GABARITO: Errado. Volume é apenas uma das características do conceito de Big Data. Além disso, banco
de dados relacionais não armazenam dados que não sejam os estruturados.

89. Se uma tabela de banco de dados…
GABARITO: Errado. Atributos são as colunas de uma tabela, o que não tem relação com a quantidade de
registros que podem ser armazenados.

90. No modelo entidade-relacionamento…
GABARITO: Certo. Definição de entidade em modelagem conceitual.

91. Em um sistema gerenciado…
GABARITO: Certo. Restrições de integridade são usados para garantir a exatidão e a consistência dos
dados em uma Banco de dados relacional. Ou seja, garantir que dados representem
assertivamente a realidade modelada.

92. Atomicidade…
GABARITO: Errado. Uma das propriedades ACID que as transações em banco de dados devem possuir.
Não tem relação com dados armazenados.

93. Um hiperchave…
GABARITO: Errado. Além do termo hiperchave ser desconhecido, o conceito de chave está relacionado a
atributo ou conjunto de atributos, não a tuplas de uma tabela.

94. Os dados estruturados…
GABARITO: Certo. Essa é a principal diferença entre dados estruturados dos dados não-estruturados.

95. API é um padrão XML…
GABARITO: Errado. É um conjunto de definições e protocolos usado no desenvolvimento e na integração
de software de aplicações. Não é um padrão XML, que é um tipo de dado semi-estruturado.

Questões de 97 a 120 – Contabilidade Geral – Professor Feliphe Araújo

QUESTÃO 97

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: A situação patrimonial líquida é o patrimônio líquido.
PL
Capital Social 200.000
+ Reservas de Lucros 10.000
= PL 230.000
Com isso, o item está certo.

QUESTÃO 98

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Ativo
Caixa 20.000
+ Duplicatas a Receber 50.000
+ Estoques 40.000
+ Depósitos em bancos 10.000
+ Aplicações financeiras de liquidez imediata 30.000
+ Imóveis de uso próprio 200.000
(-) Depreciação Acumulada (10.000)
= Total do Ativo 340.000

O capital de terceiros corresponde ao passivo:
Passivo
Empréstimos a pagar 30.000
Fornecedores 20.000
Salários a Pagar 50.000
Impostos a recolher 10.000
= Total do Passivo 110.000
Também estaria errado por este motivo

QUESTÃO 99

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Os imóveis de uso próprio são classificados no ativo imobilizado, logo, devem ser avaliados pelo custo menos a depreciação acumulada e as perdas por redução ao valor recuperável.
No caso da questão, a depreciação acumulada refere-se aos bens imóveis.
Avaliação dos bens imóveis:
+ Imóveis de uso próprio 200.000
(-) Depreciação Acumulada (10.000)
= Valor contábil 190.000

QUESTÃO 100

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: As disponibilidades compreendem os saldos de caixa, contas bancárias e aplicações de liquidez imediata.
Disponibilidades = Caixa + Depósitos bancários + Aplicações de liquidez imediata
Disponibilidades = 20.000 + 10.000 + 30.000 = 60.000

QUESTÃO 101

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Caixa e estoques são bens, logo, contas do ativo.
As contas do ativo são de natureza devedora.

 

QUESTÃO 102

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Fatos Mistos são aqueles em que ocorrem, simultaneamente, fatos modificativos e fatos permutativos. Os
fatos mistos também podem ser aumentativos ou diminutivos.
O pagamento antecipado de uma dívida, com desconto obtido, é representado pelo seguinte lançamento:
D – Dívidas a pagar (reduz o passivo)
C – Caixa (reduz o ativo)
C – Desconto financeiro obtido (receita financeira)
Observa-se que houve, simultaneamente, um fato modificativo (aumento do PL através da receita) e um
fato permutativo (permuta entre os elementos patrimoniais ativo e passivo). Assim, o pagamento antecipado da dívida, com desconto obtido, é um fato misto.

QUESTÃO 103

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:
O desconto obtido foi do tipo condicional ou financeiro, sendo reconhecido como receita financeira.
Pelo regime de competência reconhece-se a receita no momento do respectivo fato gerador. Como o desconto foi obtido no ato da quitação, é correto afirmar que a receita financeira também será
reconhecida nesse momento.

QUESTÃO 104

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Ao final do exercício financeiro a equação do patrimônio sempre deverá ser satisfeita:
Ativo = Passivo + PL final
Acontece que também podemos analisar a forma como vemos o Patrimônio Líquido (PL). E é isso que a assertiva afirma ao candidato!!
Quando se apura o resultado, o PL no início do exercício (PL inicial) sofrerá alteração, resultando no PL
final:
PL final = PL inicial (contas de capital) + Resultado
PL final = PL inicial (contas de capital) + Receita + Ganhos – Despesas – Perdas
Substituindo na equação fundamental do patrimônio, temos:
Ativo = Passivo + PL inicial (contas de capital) + Receita + Ganhos – Despesas – Perdas
Trazendo os valores negativos do lado direito para o lado esquerdo, temos o seguinte:
Ativo + Despesas + Perdas = Passivo + PL inicial (contas de capital) + Receita + Ganhos
Com isso, o tem está errado.

 

QUESTÃO 105

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: O reconhecimento dos rendimentos de uma aplicação financeira pode ser representado pelo seguinte
lançamento:
D – Aplicação financeira (aumento do ativo)
C – Receita financeira (receita)
Portanto, há um débito na conta representativa da aplicação financeira.
Como houve alteração quantitativa no PL (reconhecimento de receita), sem haver permuta entre elementos patrimoniais, diz-se que houve um fato modificativo – do tipo aumentativo.

 

 

QUESTÃO 106

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: O Livro Razão é um registro de escrituração que tem a finalidade de coletar dados cronológicos de todas as transações registradas no Livro Diário e organizá-las por contas individualizadas. Através dele é possível controlar o movimento de todas as contas contábeis separadamente. Esse controle individual permite
apurar saldos e seus resultados (por exemplo, saldo de uma determinada despesa ou da receita de vendas). Ele fornece um histórico detalhado de transações e o saldo atual de cada conta do sistema contábil, durante o período selecionado.
Resumindo, o livro razão apresenta os saldos das contas contábeis, incluindo as contas patrimoniais. Como não falou somente, consideramos certo.

QUESTÃO 107

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:

ITG 2000 – Escrituração
Contas de compensação
29. Contas de compensação constituem sistema próprio para controle e registro dos fatos relevantes que resultam em assunção de direitos e obrigações da entidade cujos efeitos materializar-se-ão no futuro e que possam se traduzir em modificações no patrimônio da entidade.

 

QUESTÃO 108

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O lançamento de 3ª fórmula requer o uso de duas ou mais contas devedoras e apenas uma conta credora.

 

QUESTÃO 109

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Ambas as contas pertencem ao passivo e, portanto, são de natureza credoras.

QUESTÃO 110

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: NBC TSP – Estrutura Conceitual
5.5 Ativo é um recurso controlado no presente pela entidade como resultado de evento passado.
Recurso
5.6 Recurso é um item com potencial de serviços ou com a capacidade de gerar benefícios econômicos.
Portanto, um bem sem potencial de serviços ou que não gere benefícios econômicos não pode ser classificado como um ativo.

 

QUESTÃO 111

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O custo de liberação é uma base de mensuração aplicável aos passivos em geral, e não aos ativos. Só por isso já podemos dizer a assertiva está incorreta. Ademais trazemos abaixo a definição da NBC TSP
Estrutura Conceitual:
7.82 O custo de liberação é o termo utilizado no contexto dos passivos para se referir ao mesmo conceito de preço líquido de venda utilizado no contexto dos ativos. O custo de liberação se refere ao montante
que corresponde à baixa imediata da obrigação. O custo de liberação é o montante que o credor aceita no cumprimento da sua demanda, ou que terceiros cobrariam para aceitar a transferência do passivo do devedor. Quando há mais de um modo de garantir a liberação do passivo, o custo de liberação é aquele que representa o menor montante — isso é consistente com a abordagem para os ativos, em que, por exemplo, o preço líquido de venda não refletiria o montante que deveria ser recebido na venda a sucateiro, caso o preço maior pudesse ser obtido na venda para o comprador que utilizaria o ativo.

QUESTÃO 112

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Perfeito!! A definição trazida está em linha com a NBC TSP Estrutura Conceitual:
3.22 A comparabilidade difere da consistência. A consistência se refere à utilização dos mesmos princípios ou políticas contábeis e da mesma base de elaboração, seja de período a período dentro da entidade ou de um único período entre duas ou mais entidades. A comparabilidade é o objetivo, enquanto que a consistência auxilia a atingi-lo. Em alguns casos, os princípios ou políticas contábeis adotados pela entidade podem ser revisados para melhor representar determinada transação ou evento nos RCPGs.
Nesses casos, a inclusão de evidenciação ou explicação adicional pode ser necessária para satisfazer às características da comparabilidade.

QUESTÃO 113

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:
A entidade não deve reconhecer como ativo e nem como receita o valor derivado de uma venda que carrega dúvida quanto ao seu recebimento (direito não líquido e certo). Em outras palavras, antes da entidade registrar uma receita contábil e as contas a receber, ela deve considerar não apenas a capacidade como também a intenção do cliente de pagar o que é devido.
Obviamente que a empresa espera que cada cliente pague o que realmente deve, contudo, isso na prática não acontece, ou seja, dentro da carteira de clientes, a empresa não sabe quem não irá pagar e, dessa forma, a empresa registra as receitas e as contas a receber e, concomitantemente, no momento inicial do registro, a empresa registra uma expectativa de não recebimento das vendas. Essa expectativa de não recebimento das vendas contabilmente é denominada de Perdas Estimadas em Créditos de Liquidação duvidosa (PECLD).
Lei nº 6.404/1976
Critérios de Avaliação do Ativo
Art. 183. No balanço, os elementos do ativo serão avaliados segundo os seguintes critérios:
I – as aplicações em instrumentos financeiros, inclusive derivativos, e em direitos e títulos de créditos,
classificados no ativo circulante ou no realizável a longo prazo:
b) pelo valor de custo de aquisição ou valor de emissão, atualizado conforme disposições legais ou contratuais, ajustado ao valor provável de realização, quando este for inferior, no caso das demais aplicações e os direitos e títulos de crédito;

QUESTÃO 114

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O reconhecimento dessa perda estimada é feito pelo seguinte lançamento:
D – Despesa PECLD (despesa)
C – PECLD (retificadora do ativo)
Logo, não é na própria conta do ativo e sim em uma conta retificadora denominada de Perdas Estimadas
com Crédito de Liquidação Duvidosa (PECLD).

QUESTÃO 115

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: O custo das vendas tem as seguintes denominações a depender da atividade da empresa:
Indústria: Custo do produto vendido (CPV)
Comércio: Custo da mercadoria vendida (CMV)
Prestação de Serviços: Custo do Serviço Prestado (CSP)

QUESTÃO 116

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:
São deduções da Receita Bruta de Vendas:
• Devolução de vendas e vendas canceladas;
• Abatimento sobre vendas;
• Desconto incondicional concedido;
• Tributos incidentes sobre as vendas;

Apesar de reduzir o valor da receita de vendas, nem todas incidem diretamente sobre a receita bruta de vendas. Além disso, despesas com comissões são despesa de vendas e não reduzem a receita bruta de vendas. Com isso, o item está errado.

Gabarito 116: Errado.

 

QUESTÃO 117

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Adiantamento a empregados são compensações cujos valores serão descontados dos salários brutos dos empregados, sendo reconhecidos como ativos.
Exemplo: Lançamento no diário de um adiantamento concedido. Esse adiantamento é um direito da empresa em relação aos empregados, porque caracteriza uma despesa antecipada, logo, deve ser contabilizado em conta do ativo. Registro do adiantamento:
D – Adiantamento aos empregados (ativo)
C – Caixa (ativo)
Portanto, o item está errado, pois não é despesa e sim ativo.

 

QUESTÃO 118

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: CPC 26
Passivo circulante
69. O passivo deve ser classificado como circulante quando satisfizer qualquer dos seguintes critérios:
(a) espera-se que seja liquidado durante o ciclo operacional normal da entidade; (b) está mantido essencialmente para a finalidade de ser negociado;
(c) deve ser liquidado no período de até doze meses após a data do balanço; ou (d) a entidade não tem direito incondicional de diferir a liquidação do passivo durante pelo menos doze meses após a data do balanço (ver item 73). Os termos de um passivo que podem, à opção da contraparte, resultar na sua liquidação por meio da emissão de instrumentos patrimoniais não devem afetar a sua classificação. Todos os outros passivos devem ser classificados como não circulantes.
Com isso, o item está certo.

QUESTÃO 119

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:
Deve ser considerado diminuindo.
CPC 27
Valor depreciável é o custo de um ativo ou outro valor que substitua o custo, menos o seu valor residual.
53. O valor depreciável de um ativo é determinado após a dedução de seu valor residual. Na prática, o valor residual de um ativo frequentemente não é significativo e por isso imaterial para o cálculo do valor depreciável.

 

 

QUESTÃO 120

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Perfeito!! O item está certo, pois o ativo intangível com vida útil definida está sujeito à amortização a partir do momento em que estiver disponível para uso.
O CPC 04 – Ativo Intangível traz que os intangíveis com vida útil definida devem ser amortizados e que esta começa quando o ativo está disponível para uso.
89. A contabilização de ativo intangível baseia-se na sua vida útil. Um ativo intangível com vida útil definida deve ser amortizado (ver itens 97 a 106), enquanto a de um ativo intangível com vida útil indefinida não deve ser amortizado (ver itens 107 a 110). Os exemplos incluídos neste Pronunciamento ilustram a determinação da vida útil de diferentes ativos intangíveis e a sua posterior contabilização com base na determinação da vida útil. (…)
97. O valor amortizável de ativo intangível com vida útil definida deve ser apropriado de forma sistemática ao longo da sua vida útil estimada. A amortização deve ser iniciada a partir do momento em que o ativo estiver disponível para uso, ou seja, quando se encontrar no local e nas condições necessários para que possa funcionar da maneira pretendida pela administração.

A prova teve um nível fácil para médio. Abordamos em nossos cursos os conteúdos.

Questões específicas para o cargo de Escrivão – Questões de 115 a 120 – Arquivologia – Elvis Miranda

QUESTÃO 115

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O item afirma que é o princípio da proveniência que dá ao documento de arquivo a singularidade para diferenciá-lo de outros tipos de documentos, quando, na verdade, é o princípio da organicidade que tem esta função, o que torna o item incorreto.

QUESTÃO 116

GABARITO:  ERRADO

COMENTÁRIO:O item afirma que uma das limitações da Norma Brasileira de Descrição Arquivística (NOBRADE) é a ausência da descrição multinível, quando, na verdade, uma característica da NOBRADE é justamente a previsão de que a descrição deve ser feita de forma multinível, ou seja, do nível mais abrangente (nível 0, que corresponde à entidade), para o nível mais específico (nível 6), que corresponde ao documento, de forma que o item está incorreto.

QUESTÃO 117

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: O item afirma que, nos arquivos corrente e intermediário dos documentos de arquivo indicados na tabela de temporalidade, os prazos de guarda são estabelecidos em anos ou, quando não é possível definir com exatidão o tempo, por uma ação (por exemplo “até a prestação de contas”). A afirmação está correta, pois esta é exatamente a maneira de expressar a temporalidade dos documentos de arquivo na tabela de temporalidade, nas idades corrente e intermediária.

QUESTÃO 118

GABARITO:  ERRADO

COMENTÁRIO: O item afirma que a classificação de documentos do tipo estrutural é elaborada a partir das funções, atividades e tarefas. Na verdade, é a classificação do tipo funcional, e não estrutural, que parte das funções, atividades tarefas. A classificação do tipo estrutural, na verdade, é feita a partir da estrutura da entidade. Portanto, o item está incorreto.

QUESTÃO 119

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: O item afirma que a implementação de programas de gestão de documentos pode ser constatada verificando-se se o órgão aplica planos ou códigos de classificação e tabelas de temporalidade e possui política arquivística institucional. É uma afirmação correta, já que um programa de gestão de documentos prevê todos os aspectos citados no item e a verificação da existência dos mesmos pressupõe a adoção deste programa na instituição.

QUESTÃO 120

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O item afirma que os sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos prescindem da aplicação da classificação de documentos devido à existência dos metadados. Na verdade, os SIGADs necessitam (e não prescindem, como foi afirmado) da aplicação da classificação dos documentos, bem como da aplicação da tabela de temporalidade para controle de seus prazos de guarda e destinação, o que torna o item incorreto.

Conhecimentos Específicos – Papiloscopista – Questões de 97 a 104 – Biologia – Professor Douglas Cavalcanti

QUESTÃO 97

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Os principais elementos químicos que compõem os organismos vivos são: Carbono (C), Oxigênio (O), Hidrogênio (H) e Nitrogênio (N). A questão erra ao adicionar o Argônio (Ar).

QUESTÃO 98

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: O íon magnésio é um importante elemento nos processos biológicos do organismo, sendo necessário para a formação de ossos, dentes e para o funcionamento normal dos nervos e dos músculos. Muitas enzimas do corpo dependem do magnésio para funcionar normalmente, principalmente aquelas envolvidas com o metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídios.

QUESTÃO 99

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Das duas organelas citadas na questão, apenas a mitocôndria possui material genético próprio. A questão erra ao afirmar que o aparelho de golgi possui material genético.

QUESTÃO 100

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: A principal função da balsa lipídica na membrana plasmática é a transdução de sinal, ou seja, ao receber um sinal, ele é diretamente convertido em outras respostas ou sinais específicos no interior da célula. Por esse motivo, participa também nas respostas do sistema imunológico, ativando os linfócitos e gerando uma resposta de defesa. Atualmente, sabe-se que as balsas lipídicas podem servir de porta de entrada para diversos agentes infecciosos externos. A questão 100 é passível de recurso, visto que exige um conteúdo não previsto no edital regulamentar para o cargo de papiloscopista, que é o conhecimento sobre a dinâmica infecciosa dos vírus sobre as células eucarióticas. Apesar da questão tratar, inicialmente, sobre a formação das balsas lipídicas nas membranas e sua importância na resposta imunológica, ao afirmar que os vírus, especificamente da família dos coronavírus, possuem facilidade de acesso ao interior da célula, através da ligação com a proteína transmembrana localizada nessas balsas, a questão extrapola o conteúdo exigido em edital, pois exige do candidato o conceito de que os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios, dependendo do aparato celular eucariótico para sua multiplicação.

QUESTÃO 101

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: A placenta é um órgão temporário com tecidos de origem materno-fetal, pois é formado tanto pelas células do embrião como pelas células maternas. A parte fetal é constituída pelo córion viloso e a parte materna é constituída pela decídua basal.

QUESTÃO 102

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O ciclo de Krebs ou ciclo dos ácidos tricarboxílicos ocorre no interior das mitocôndrias. A questão erra ao afirmar que ocorre nos ribossomos.

QUESTÃO 103

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O exame de paternidade é baseado na comparação de regiões polimórficas (STR) presentes no código genético. Não existe método eficaz capaz de estabelecer a paternidade por sistema ABO.

QUESTÃO 104

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: O fragmento do texto afirma que são gêmeos univitelinos. Este tipo de gemelaridade ocorre a partir da fertilização de um único óvulo, que se divide formando dois embriões com a mesma carga genética.

Nível de dificuldade da prova: As questões de biologia para a prova de Papiloscopista apresentaram dificuldade mediana. A maioria das questões apresentaram nível fácil para médio. A questão 98 e a 100 apresentavam nível de dificuldade maior.

 

Conhecimentos Específicos – Papiloscopista – Questões de 105 a 112 – Física – Professor Hérico Avohai

QUESTÃO 105

GABARITO: CERTO, passível de anulação

COMENTÁRIO: Conteúdo específico de resolução de equações diferenciais. A equação diferencial que descreve a propagação de pequenas perturbações numa corda esticada ser linear implica que, rolando a produção simultânea de dois pulsos, a deformação total da corda será dada pela soma das funções lineares.

 

QUESTÃO 106

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: As ondas mecânicas também não transportam matéria, somente energia.

 

QUESTÃO 107

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:

 

 

QUESTÃO 108

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:

 

 

QUESTÃO 109

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO:

 

 

QUESTÃO 110

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Os potenciais elétricos são iguais em pontos equidistantes do centro da esfera, logo, a superfície da esfera
é uma superfície equipotencial.

 

 

QUESTÃO 111

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:

 

 

QUESTÃO 112

GABARITO: CERTO, passível de anaulação

COMENTÁRIO:

 

 

Conhecimentos Específicos – Papiloscopista – Questões de 113 a 120 – Química – Professora Wanessa Félix

QUESTÃO 113

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: A tabela periódica é organizada por ordem crescente de número atômico (número de prótons) dos elementos químicos. O íon sódio (Na+) possui a mesma quantidade de prótons que o seu átomo neutro (Na), porém apresenta um elétron a menos e, por isso, a sua carga positiva. Neste contexto, ambos estariam localizados na mesma posição da tabela periódica, a formação de íons não altera a carga nuclear nem o elemento químico.

QUESTÃO 114

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: A ebulioscopia é a propriedade coligativa que estuda o aumento da temperatura de ebulição de um solvente pela adição de de um soluto não volátil, que é o caso do suor, uma solução com sais dissolvidos. Desta forma, a temperatura de ebulição do suor (água+sais) é maior do que a da água pura

QUESTÃO 115

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO:  O texto da questão afirma que a dissolução de cloreto de sódio em água tem entalpia igual a -3,8kJ/mol. Variação de entalpia com valor negativo é característico de reação exotérmica. Portanto, a dissolução de cloreto de sódio é exotérmica (libera energia), e consequentemente aumenta a temperatura da água durante esse processo.

QUESTÃO 116

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Realizando o balanceamento da equação temos:1 Fe2O3 (s) + 6 H+(aq) → 2 Fe3+(aq) + 3 H2O(l)

QUESTÃO 117

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: As interações citadas no texto são as de Van der Waals, entre água maior componente presente no suor e pó de revelação, o óxido de ferro(II). Essas interações podem ser do tipo dipolo-dipolo e íon dipolo. Nas interações intermoleculares não há a interação entre cargas de sinais opostos e sim entre dipolos, sejam eles dipolos permanentes ou dipolos induzidos. Ligações entre cargas de sinais opostos são conhecidas como ligações iônicas e são do tipo intramoleculares.

QUESTÃO 118

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Não entra na equação de equilíbrio os compostos no estado sólido, líquido nem solventes.

QUESTÃO: 119

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Nos peróxidos o oxigênio tem número de oxidação (Nox) igual a -1. No óxido de ferro (III) o nox do ferro é +3 , então o número de oxidação do oxigênio no Fe2O3 é igual a -2. O óxido de ferro (III) é um óxido.

QUESTÃO 120

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Na reação o ácido está representado pelo íon H+, como ele faz parte da reação, como reagente, não pode ser considerado um catalisador, pois o catalisador não participa da reação.

Conhecimentos Específicos – Papiloscopista – Questões de 113 a 120 – Química – Professora Marina Baccarin

QUESTÃO 113

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O eletrólito de sódio citado no texto é o íon Na + . Na tabela periódica, temos apenas os átomos neutros, organizados por ordem de número atômico (lembre-se, o número atômico é igual ao número de prótons do elemento químico). No caso do elemento químico Na, quando ele perde 1 elétron, ele se transforma
no íon Na + , porém ele não é representado na tabela periódica. Tanto o íon Na + quanto o átomo neutro apresentam o mesmo número de prótons.

QUESTÃO 114

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Quando adicionamos um soluto não volátil em um solvente temos que a sua temperatura de ebulição aumenta. Trata -se da ebulioscopia (uma propriedade coligativa). No caso do suor temos o NaCl como soluto e a água como solvente. A presença do NaCl, faz com que a temperatura de ebulição da água aumente.

QUESTÃO 115

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: No texto temos que a dissolução do cloreto de sódio é uma reação exotérmica, uma vez que a variação de entalpia tem valor negativo (-3,8 kJ/mol). Em uma dissolução exotérmica, devido a liberação de calor, temos que a temperatura aumenta em relação à temperatura inicial.

QUESTÃO  116

GABARITO: CERTO

COMENTÁRIO: Em uma reação eletroquímica, o número de átomos que aparece do lado dos reagentes deve ser igual ao número de átomos que aparecem do lado dos produtos. Para que isso ocorra, devemos fazer o balanceamento químico. Assim, utilizamos coeficiente estequiométricos para estabelecer as proporções existentes entre os componentes da reação Perceba que ao preencher os valores 6, 2 e 3 para x, y e z respectivamente, temos, então: 6 átomos de Hidrogênios de cada lado da reação, assim como 2 átomos de Ferro e 3 átomos de Oxigênio. Ainda, precisamos conferir o balanceamento de carga da reação. Do lado do reagente temos carga igual
a 6+, devido a carga do hidrogênio. Já do lado dos produtos temos, também carga igual a +6, devido a carga do Fe (2 x +3 = +6).

QUESTÃO 117

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: A atração entre cargas opostas é uma interação intramolecular, chamada ligação iônica. A interação de Van der Waals podem ser de dois tipos:
– Entre dipolos permanentes

– Entre dipolos induzidos (também chamados de forças de London)

E este tipo de ligação intermolecular ocorre entre dipolos e não interação de cargas opostas.

QUESTÃO 118

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Para expressar a constante de equilíbrio não colocamos as concentrações de sólidos (que é o caso do Fe2O3), líquido (H2O) ou solventes no cálculo.

QUESTÃO 119

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: Para um composto ser considerado peróxido, o elemento oxigênio tem que ter o NOX (número de oxidação) igual a -1 (por exemplo, o peróxido de hidrogênio – H2O2). Neste caso, o oxigênio do óxido de ferro (III) tem NOX igual a -2. A carga total do composto Fe2O3 é zero. O NOX do Fe é +3, multiplicado por 2(número de átomos de ferro), tem-se a uma carga de +6. Para resultar na carga total zero temos que a carga sobre o oxigênio tem que ser -6. Como temos 3 átomos de oxigênio, fazemos -6/3 resultando na carga -2.

QUESTÃO  120

GABARITO: ERRADO

COMENTÁRIO: O ácido (representado pelo H +) é um reagente. Um catalisador apenas aumenta a velocidade de uma reação. Ele não participa da reação.

Gabarito PF: Extraoficial

Acompanhe abaixo o vídeo com os professores do Gran sobre o Gabarito Concurso Polícia Federal extraoficial com comentários:

Para acessar o Gabarito Polícia Federal Extraoficial escrito para os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista, clique aqui.

 

Saiba todos os detalhes sobre Concurso Polícia Federal

Resumo do Concurso Polícia Federal

Concurso Polícia Federal Polícia Federal
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos – CEBRASPE
Cargos Delegado, Papiloscopista, Agente e Escrivão de Polícia
Escolaridade Nível superior
Carreiras Policial e segurança pública
Lotação Nacional
Número de vagas 1.500 para provimento imediato e 500 para formação do cadastro de reserva
Remuneração iniciais de R$ 12,5 mil a R$ 23,6 mil
Inscrições
  • de 22 de janeiro até às 18h do dia 11 de de fevereiro de 2021 (inscrições encerradas)
  • das 10h do dia 30 de março até às 18h do dia 1º de abril de 2021 (somente às vagas reservadas – PcDs)
Taxa de inscrição de R$ 180,00 a R$250,00
Data da prova objetiva 23 de maio de 2021 (domingo)
Link do edital Clique aqui para ver o edital Polícia Federal 2021

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
1

3

Comentários (3)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *