Concurso AL RN: veja inscrições homologadas! Até R$ 9,7 mil

Concurso AL RN oferta 47 oportunidades de níveis médio e superior. Saiba aqui todos os detalhes do edital publicado

Avatar


03/08/2022 | 14:10 Atualizado há 5 dias

O concurso AL RN para ingresso na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte está retificado com alterações nos requisitos e conteúdo programático.

As inscrições foram encerradas no dia 25 de julho de 2022, exclusivamente no site da AOCP. Foram registrados mais de 33 mil inscritos na ampla concorrência, conforme lista preliminar de inscritos.

As provas estão previstas para acontecer no dia 25 de setembro, no dia 9 de setembro serão divulgados os horários e locais das avaliações.

Ao todo são 47 vagas para os cargos de Técnico e Analista Legislativo com remuneração inicial de R$ 8.338,64 mais benefícios para o cargo de Analista Legislativo, enquanto que para Técnico Legislativo é de R$ 4.468,16, mais benefícios.

Confira nesta matéria tudo sobre o concurso Assembleia Legislativa (AL RN): 

Outras notícias em destaque:

Concurso AL RN: situação atual

Histórico da seleção

  • 29/07/2022 – Inscrições reabertas para PcDs
  • 22 e 25/07/2022 – TCE pede suspensão do concurso
  • 19/07/2022 – Nova retificação
  • 12/07/2022 – Isentos da taxa de inscrição
  • 23/06 a 25 /07/2022: Período de inscrições
  • 21/06/2022 – Edital publicado
  • 15/06/2022 – Banca contratada
  • 20/04/2022 – Comissão define Instituto AOCP como banca
  • 1º/04/2022 – Concurso previsto e indicado no orçamento
  • 17/02/2022 – Comissão de licitação designada
  • 22/09/2021 – Concurso autorizado
  • 13/06/2021 – Comissão definida
  • 2021 – Previsto na LOA 2021
  • 2021 – Previsto no Fundo Legislativo

Inscrições reabertas para PcDs

Para o candidato PcD portador de fibromialgia, o período para a realização das inscrições será a partir das 9h do dia 1º de agosto de 2022 às 14h do dia 5 de agosto de 2022, observado horário oficial de Brasília/DF, através do endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br.

A data limite para pagamento da taxa de inscrição é 5 de agosto de 2022. As inscrições realizadas com pagamento após essa data não serão acatadas.

“VII – A pessoa com fibromialgia é considerada pessoa com deficiência, para todos os efeitos legais (Lei estadual n.º 11.122, de 2 de Junho de 2022)

(…) A pessoa com fibromialgia deverá enviar os documentos para comprovação, no período das 09h do dia 01/08/2022 às 23h59min do dia 05/08/2022, observado o horário oficial de Brasília/DF, por meio do link Envio de Laudo Médico e Documentos (candidato PcD e/ou condição especial para prova), disponível no endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br em arquivos salvos nos formatos PNG, JPG, JPEG ou PDF”

Inscrições homologadas

O Instituto AOCP e a Casa divulgaram a relação de inscrições deferidas para ampla concorrência e reserva de vagas.

O candidato com a inscrição deferida deverá acessar o endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br, a partir das 15h da data prevista 09/09/2022 e imprimir o CARTÃO DE INFORMAÇÃO DO CANDIDATO, que informará o horário e local de realização da prova objetiva e discursiva.

Veja aqui as informações

TCE pede suspensão do concurso

No dia 22 de julho, o corpo técnico do TCE emitiu parecer sugerindo que a corte determinasse o ato. O motivo, segundo o documento, é que a Casa está acima do limite prudencial, que acontece quando o gasto com pessoal fica acima do limite máximo estabelecido em lei.

Outra questão foi que a ALRN não apresentou documentos que comprovem que as vagas ofertadas no edital são de cargos vagos.

Já no dia 25 de julho, a conselheira Maria Adélia Sales (despacho no âmbito do processo n.º 2979/2022) deu o prazo de 72 horas para que a Assembleia Legislativa se manifeste acerca do pedido cautelar formulado pela representação da Diretoria de Atos de Pessoal (DAP).

Na peça, os auditores do TCE afirmam que a Casa não enviou a documentação referente à fase de planejamento e preparação do concurso público, bem como foi omisso quanto ao envio de cópia do edital, em descumprimento do prazo legal estabelecido pelo art. 308 do RITCE, qual seja, dois dias úteis, para fins de fiscalização da seleção.

Relação de isentos da taxa

No início de julho foi divulgada a relação de inscrições deferidas e indeferidas sobre as solicitações de isenção da taxa de inscrição.

Clique aqui e confira o documento com os nomes

Retificações no edital de abertura

Errata 2

No dia 19 de julho foi publicada a segunda retificação. As alterações foram no conteúdo:

Art. 1° Fica RETIFICADO o Anexo I – Dos Requisitos e Atribuições dos cargos do Edital de Abertura n° 001/2022, com a inclusão do requisito para todos os cargos:
“Registro no(s) órgão(s) competente(s), quando houver.”
Art. 2° Fica RETIFICADO o Anexo II – Dos Conteúdos Programáticos do Edital de Abertura n° 001/2022, os Conhecimentos específicos para os cargos de TÉCNICO LEGISLATIVO – TECNOLOGIA DE SISTEMA e ANALISTA LEGISLATIVO – TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – ANÁLISE DE SISTEMAS, conforme segue:
Onde se lê
NBR ISO/IEC 27002:2005;
Leia-se
NBR ISO/IEC 27002:2013;

Errata 1

Anteriormente, no dia 23 de junho foi divulgada a primeira retificação do edital de abertura. As mudanças foram no conteúdo programático.

Veja abaixo:

Art. 2° Fica RETIFICADO o Anexo II – Dos Conteúdos Programáticos do Edital de Abertura n° 001/2022, os conhecimentos em Legislação Institucional, conforme segue:
“Legislação Institucional: 1. Resolução Nº 31, de 05 de fevereiro de 2021 e alterações: Regimento Interno da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Clique aqui e confira a página do concurso

Volte ao topo

Concurso AL RN: remuneração e benefícios

De acordo com a Casa, os valores a receber pelos profissionais serão de:

  • Analista Legislativo com remuneração inicial de R$ 8.338,64, mais benefícios;
  • Técnico Legislativo com remuneração inicial de R$ 4.468,16, mais benefícios.

A jornada de trabalho das ocupações é de 40 horas semanais.

Benefícios adicionais

Para ambos os cargos, será acrescido o valor de R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais), referente ao auxílio-alimentação, além de valores referentes ao auxílio de assistência à saúde, de acordo com a faixa etária do servidor público.

Também terão direito ao adicional de qualificação (diplomas ou certificados de cursos de graduação e pós-graduação)

Volte ao topo

Concurso AL RN: inscrições

As inscrições foram realizadas no site da banca que é o Instituto AOCP entre 23 de junho a 25 de julho de 2022, no endereço eletrônico: www.institutoaocp.org.br.

As taxas de inscrição custaram:

  • R$ 95,00 para os cargos de nível médio;
  • R$ 125,00 para os cargos de nível superior.

O pagamento do boleto deve ter sido feito até o dia 26 de julho de 2022.

Volte ao topo

Isenção da taxa

Haverá isenção total da taxa de inscrição para o candidato que:

  • Estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico, até a data da inscrição no Concurso para Emprego Público, nos termos do Decreto Federal nº 6.135, de 26 de junho de 2007 e da Lei Estadual nº 10.440 de 16 de outubro de 2018; ou
  • For Doadora Regular de Leite Materno, nos termos da Lei Estadual nº 10.095 de 08 de agosto de 2016;
  • For Doador de Medula Óssea, nos termos da Lei Estadual nº 10.440 de 16 de outubro de 2018;
  • For Doador de sangue, nos termos da Lei Estadual nº 5.869 de 09 de janeiro de 1989; ou
  • For Eleitor convocado e nomeado para servir à Justiça eleitoral do Estado do Rio Grande do Norte, nos termos da Lei Estadual nº 9.643 de 18 de julho de 2012.

A solicitação de isenção da taxa de inscrição será realizada via internet no período entre 23 de junho e 29 de junho de 2022.

Pode se inscrever para mais de um cargo?

O candidato poderá efetuar inscrição para mais de um cargo do Concurso Público, desde que a prova objetiva seja realizada em períodos distintos para cada cargo, devendo observar os períodos de aplicação da prova (manhã e tarde).

Volte ao topo

Concurso AL RN: cargos e vagas

O concurso público oferta 47 vagas de nível médio e superior para diversas especialidades. Confira abaixo as oportunidades, conforme edital publicado:

Cargo Área de Atuação Vagas
Ampla
Concorrência
Vagas
PcD
Vagas
Negros
TÉCNICO
LEGISLATIVO
Apoio
Administrativo
09 01 03
Contabilidade 02 01
Edificações 01
Tecnologia da
Informação
03 01 01
Tecnologia   de
Sistema
01
ANALISTA
LEGISLATIVO
Processo
Legislativo
07 01 02
Administração 02 01
Arquitetura 01
Contabilidade 02 01
Engenharia Civil 01
Engenharia
Elétrica
01
Tecnologia da
Informação -Análise de
Sistemas
03 01
Medicina 01

Volte ao topo

Concurso AL RN: carreira

O Quadro de Pessoal efetivo da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte é composto pelas seguintes carreiras:

  • Técnico Legislativo;
  • Analista Legislativo;
  • Consultor Legislativo;
  • Procurador.

Confira abaixo as exigências de ingresso por ocupação e as principais atividades a desempenhar.

Requisitos

Nível médio/técnico

  • Técnico Legislativo – apoio administrativo: Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2° grau), expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Técnico Legislativo – contabilidade: Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2° grau), expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino e certificado de curso profissionalizante correlato.
  • Técnico Legislativo – edificações: Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau), expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino e certificado de curso profissionalizante correlato.
  • Técnico Legislativo – Tecnologia da Informação: Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2° grau), expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino e certificado de curso profissionalizante correlato.
  • Técnico Legislativo – Tecnologia de Sistema: Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2° grau), expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino e certificado de curso profissionalizante correlato.

Nível superior

  • Analista Legislativo – Processo Legislativo: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Curso Superior em qualquer área, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Analista Legislativo – Arquitetura: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Graduação em Arquitetura, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Analista Legislativo – Contabilidade: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Graduação em Contabilidade, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Analista Legislativo – Engenharia Civil: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Graduação em Engenharia Civil, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Analista Legislativo – Engenharia Elétrica: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Graduação em Engenharia Elétrica, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Analista Legislativo – Medicina: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Graduação em Medicina, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Analista Legislativo – Administração: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Graduação em Administração, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.
  • Analista Legislativo – Tecnologia da informação: Diploma ou Certificado (acompanhado do histórico escolar) de Curso Superior na área de Tecnologia da Informação ou de qualquer outro Curso Superior com Pós-Graduação na área de Tecnologia da Informação, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) ou por Sistema Estadual de Ensino.

Volte ao topo

Atribuições

Nível médio/técnico

  • Técnico Legislativo – apoio administrativo: executar trabalhos de digitação de textos e de planilhas; elaborar minutas de ofícios, certidões, declarações, sinopses e demais documentos; redigir atas e efetuar sua correção; dentre outras.
  • Técnico Legislativo – contabilidade: organizar, registrar e fornecer dados para a elaboração da proposta orçamentária da Assembleia Legislativa; efetuar o registro contábil; auxiliar na elaboração dos balancetes e do balanço;
  • Técnico Legislativo – edificações: as estabelecidas pela Resolução nº 089/2017 da ALRN, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores efetivos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, e pela Resolução nº 058/2019 do Conselho Federal dos Técnicos Industriais – CFT, podendo ser sumariamente descritas como atividades relativas ao desenvolvimento e execução de projetos de edificações conforme normas técnicas de segurança e de acordo com legislação específica; dentre outras.
  • Técnico Legislativo – Tecnologia da Informação: avaliar, montar e configurar microcomputadores; prover a manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos e periféricos de informática; instalar software nos microcomputadores da Assembleia Legislativa; dentre outras.
  • Técnico Legislativo – Tecnologia de Sistema: criar programas que satisfaçam às necessidades definidas; prestar manutenção aos programas; exercer atividades de supervisão da programação de sistemas; dentre outras.

Nível superior

  • Analista Legislativo – Processo Legislativo: assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores; instruir e despachar os processos administrativos e acompanhar a tramitação das proposições legislativas; dentre outras.
  • Analista Legislativo – Arquitetura: desenvolver atividades de supervisão, coordenação, gestão e orientação técnica;
    coleta de dados, estudo, planejamento, projeto e especificação; estudo de viabilidade técnica e ambiental; dentre outras.
  • Analista Legislativo – Contabilidade: pesquisar, analisar, planejar, dirigir, controlar, elaborar e executar projetos, ações e tarefas nos campos da administração financeira e orçamentária, de custos, gestão de recursos humanos, suprimentos, logística, administração geral e outros; dentre outras.
  • Analista Legislativo – Engenharia Civil: desenvolver atividades de supervisão, coordenação e orientação técnica; estudo, planejamento, projeto e especificação; dentre outras.
  • Analista Legislativo – Engenharia Elétrica: desenvolver atividades de supervisão, coordenação e orientação técnica; estudo, planejamento, projeto e especificação; estudo de viabilidade técnico-econômica; dentre outras.
  • Analista Legislativo – Medicina: efetuar exames em pacientes para a realização de diagnósticos, prescrições e tratamentos clínicos, e fornecer atestados e laudos médicos; – requisitar exames radiológicos, laboratoriais e outros complementares; dentre outras.
  • Analista Legislativo – Administração: pesquisar, analisar, planejar, dirigir, controlar, elaborar e executar projetos, ações e tarefas nos campos da administração financeira e orçamentária, de custos, gestão de recursos humanos, suprimentos, logística, administração geral e outros; dentre outras.
  • Analista Legislativo – Tecnologia da informação: identificar necessidades de sistemas de informação que auxiliem na melhoria dos processos e alcance dos resultados esperados pela instituição; avaliar a viabilidade, analisar, projetar, implementar, testar e manter sistemas pertencentes à instituição, seguindo a metodologia de desenvolvimento adotada; dentre outras.

Volte ao topo

Progressão na carreira

Os servidores poderão crescer na Casa. Como? Por progressão por mérito e promoção por mérito. Saiba mais abaixo.

Progressão por mérito: mudança de referência vencimental, por parte do servidor, para a imediatamente superior, em razão da pontuação obtida na avaliação de desempenho e capacitação.

Promoção por mérito: mudança de classe, por parte do servidor, para a imediatamente superior, em razão da pontuação obtida na avaliação de desempenho e capacitação.

A progressão e a promoção por mérito não acarretarão mudança de cargo.

Volte ao topo

Concurso AL RN: etapas

De acordo com o edital, os candidatos serão avaliados por:

  1. provas objetiva e
  2. provas discursivas (redação ou estudo de caso).

Nas provas objetivas, avaliados através de prova de conhecimentos gerais e específicos com questões de múltipla escolha.  Já as provas discursivas, com a produção de uma redação ou estudo de caso, dependendo do cargo de interesse.

As Provas Objetiva e Discursiva serão aplicadas nas cidades de: Caicó, Mossoró, Natal e Pau dos Ferros, todas no Estado do Rio Grande no Norte, podendo ser aplicadas também em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município.

Volte ao topo

Prova objetiva

As provas objetivas serão realizadas na data provável de 25 de setembro de 2022 (domingo).

Confira abaixo quais disciplinas que serão cobradas no concurso da Assembleia RN, conforme edital:

Disciplinas

  • Técnico Legislativo – Apoio administrativo
NÍVEL MÉDIO
CARGO FASE TIPO DE PROVA ÁREA DE
CONHECIMENTO
Nº DE QUESTÕES VALOR POR
QUESTÕES
(Pontos)
VALOR TOTAL
(Pontos)
CARÁTER
Técnico Legislativo – APOIO ADMINISTRATIVO Objetiva Conhecimentos Gerais História do Rio Grande do Norte
Legislação Institucional (Regimento Interno)
Constituição do Estado do Rio Grande do Norte
7
12
11
1
1
1
7
12
11
Eliminatório e
Classificatório
Conhecimentos Específicos Língua Portuguesa
Matemática e Raciocínio Lógico-matemático
15
15
2
2
30
30
TOTAL DE QUESTÕES E PONTOS 60 90
Discursiva – Redação 1 100 Eliminatório e Classificatório
TOTAL MÁXIMO DE PONTOS 190

Volte ao topo

  • Todas as áreas de atuações de Técnico Legislativo (EXCETO  a área de atuação de Apoio Administrativo)
NÍVEL MÉDIO
CARGO FASE TIPO DE PROVA ÁREA DE
CONHECIMENTO
Nº DE QUESTÕES VALOR POR
QUESTÕES
(Pontos)
VALOR TOTAL
(Pontos)
CARÁTER
TODAS AS ÁREAS DE ATUAÇÕES DE TÉCNICO LEGISLATIVO
(exceto a área de atuação de Apoio Administrativo)
Objetiva Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa
Matemática e Raciocínio Lógico-matemático
História do Rio Grande do Norte
Legislação Institucional (Regimento Interno)
Constituição do Estado do Rio Grande do Norte
8
7
5
5
5
1
1
1
1
1
8
7
5
5
5
Eliminatório e
Classificatório
Conhecimentos Específicos 30 2 60
TOTAL DE QUESTÕES E PONTOS 60 90
Discursiva – Estudo de Caso 2 50 100 Eliminatório e Classificatório
TOTAL MÁXIMO DE PONTOS 190

Volte ao topo

  • Analista Legislativo – Processo Legislativo
NÍVEL SUPERIOR
CARGO FASE TIPO DE PROVA ÁREA DE
CONHECIMENTO
Nº DE QUESTÕES VALOR POR
QUESTÕES
(Pontos)
VALOR TOTAL
(Pontos)
CARÁTER
Analista Legislativo –
PROCESSO LEGISLATIVO
Objetiva Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa
Matemática e Raciocínio Lógico-matemático
História do Rio Grande do Norte
10
5
5
1
1
1
10
5
5
Eliminatório e
Classificatório
Conhecimentos Específicos Direito Civil
Direito Administrativo
Direito Constitucional
Legislação Institucional (Regimento Interno)
Constituição do Estado do Rio Grande do Norte
5
10
10
10
5
3
3
3
3
3
15
30
30
30
15
TOTAL DE QUESTÕES E PONTOS 60 140
Discursiva – Redação 1 100 Eliminatório e Classificatório
TOTAL MÁXIMO DE PONTOS 240

 

  • Todas as áreas de atuações de Analista Legislativo (exceto a área de atuação de Processo Legislativo)
NÍVEL SUPERIOR
CARGO FASE TIPO DE PROVA ÁREA DE
CONHECIMENTO
Nº DE QUESTÕES VALOR POR
QUESTÕES
(Pontos)
VALOR TOTAL
(Pontos)
CARÁTER
TODAS AS ÁREAS DE ATUAÇÕES DE ANALISTA LEGISLATIVO
(exceto a área de atuação de Processo Legislativo)
Objetiva Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa
Matemática e Raciocínio Lógico-matemático
História do Rio Grande do Norte
Legislação Institucional (Regimento Interno)
10
5
5
10
1
1
1
1
10
5
5
10
Eliminatório e
Classificatório
Conhecimentos Específicos 30 2 60
TOTAL DE QUESTÕES E PONTOS 60 90
Discursiva – Redação 1 100 Eliminatório e Classificatório
TOTAL MÁXIMO DE PONTOS 190

Volte ao topo

Estrutura da prova

A Prova Objetiva será composta de 60 questões distribuídas por áreas de conhecimento. Cada questão da Prova Objetiva terá 5 alternativas, sendo que cada questão terá apenas uma alternativa correta.

Para não ser eliminado do concurso público, o candidato deverá obter 50% ou mais do total de pontos previstos na Prova Objetiva.

Volte ao topo

Prova discursiva-redação

Para o cargo de nível médio Técnico Legislativo – apoio administrativo, a prova discursiva consistirá em uma Redação. Já para os cargos de nível médio Técnico Legislativo – demais áreas de atuações, essa etapa consistirá em Estudo de Caso, referente aos Conhecimentos  Específicos.

A Prova Discursiva – Redação, será elaborada a partir de um tema proposto, baseado em um ou mais textos ou fragmentos de textos. O candidato adotará uma linha de abordagem utilizando a tipologia textual “Dissertação” e o seu texto deverá apresentar valores, opiniões, crenças, hipóteses, ideias, em suma, os aspectos axiológicos ou cognitivos para esse tipo de produção textual.

A correção será de caráter eliminatório e classificatório, será realizada por uma Banca Corretora e terá o valor máximo de 100 pontos. O candidato deverá obter 50% ou mais do total da pontuação prevista para a Prova Discursiva – Redação, para não ser eliminado do concurso público, além de não ser eliminado por outros critérios estabelecidos no edital.

O candidato disporá de 20 (vinte) linhas no mínimo, e 30 (trinta) linhas no máximo para elaborar a versão definitiva da Prova Discursiva – Redação, sendo desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou que ultrapassar a extensão máxima permitida
para elaboração.

Volte ao topo

Prova estudo de caso

Prova Discursiva – Estudo de Caso será destinada para os cargos de nível médio – técnico legislativo  (demais áreas de atuações).

Essa etapa, de caráter eliminatório e classificatório, será composta por 02  Estudos de Caso que abordem Conhecimentos Específicos e a correção será realizada por uma Banca Corretora, cuja pontuação máxima total será de 100 pontos, 50 pontos para cada Estudo de Caso. O candidato deverá obter 50%  ou mais do total da pontuação prevista para cada Estudo de Caso da Prova Discursiva, para não ser eliminado do concurso público, além de não ser eliminado por outros critérios estabelecidos no edital.

Volte ao topo

Último concurso AL RN

A AL RN realizou seu primeiro concurso público em 2013 e ofertou 85 vagas para diversos cargos de níveis médio e superior. A organização ficou por conta da Fundação Carlos Chagas – FCC.

No concurso da Assembleia RN foram ofertadas oportunidades para 15 cargos de nível superior, dentre eles, para Analista Legislativo nas especialidades de Analista Legislativo, Arquiteto, Analista de Sistema, Biblioteconomista, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Jornalista, Médico e Psicólogo. O inicial ofertado foi de R$ 6.215,20.

Houve vagas também para Técnico Legislativo, de nível médio, com vagas para Operador de Som, Programador, Taquigrafia e Técnico em Hardware, com remuneração inicial de R$ 2.609,48.

O cargo que mais chamou atenção e foi bastante concorrido, foi para carreira de Assessor Técnico do Controle Interno, na especialidade de Assessoria Técnica do Controle Interno. No documento, a remuneração era de R$ 17.025,00 e exigia nível superior em Administração, Contabilidade, Direito ou Economia.

Volte ao topo

Concurso AL RN: materiais gratuitos

O Gran Cursos Online possui uma página de materiais gratuitos com diversos conteúdos de apoio para turbinar os estudos. Por lá, o concursando encontra e-books, editais verticalizados, Gran Vade Mecum, Informativos do STF e STJ e muito mais. Veja aqui.

Volte ao topo

Concurso AL RN: motivos para fazer o concurso

Diversos são os motivos para prestar concursos públicos! Nós do GRAN vamos te dar alguns exemplos: maior qualidade de vida, ascensão profissional, condições especiais de aposentadoria, oportunidade de crescimento profissional, planos de carreira,  possibilidade de progressão por anos de trabalho, garantia de estabilidade no cargo, remuneração e média salarial, muitas vezes, acima do setor privado. Gostou? Então prepare-se com os cursos do Gran Cursos Online e fique à frente da concorrência!

Volte ao topo

Concurso AL RN: depoimento de aprovados

O Gran Cursos Online já aprovou diversos alunos nos mais diversos concursos públicos. Confira logo abaixo histórias de aprovados:

Volte ao topo

Resumo do Concurso AL RN

Concurso AL RN Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte
Situação atual Edital publicado
Banca organizadora Instituto AOCP
Cargos Analista e Técnico
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Administrativa e legislativa
Lotação Estado do Rio Grande do Norte
Número de vagas 47 vagas
Remuneração de R$ 4.139,75 a R$ 7.725,75
Inscrições de 23 de junho  a 25 de julho de 2022
Taxas de inscrição de R$ 95,00 a R$ 125,00
Data da prova 25 de setembro de 2022
Clique aqui para ver o edital AL RN 2022

Volte ao topo


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

CONCURSOS 2023

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
19

8


Tudo que sabemos sobre:

edital publicado


Comentários (8)

Pablo 5 de Fevereiro de 2020

Bom dia! Já sou aluno do Gran há um tempo.

Haverá um curso da ALE/RN voltado para Analistas de Sistemas?

Obrigado!

 Responder

Gabrielly Kristian 10 de Fevereiro de 2020

Bom dia, Pablo!

Até o final da semana estará disponível.

Atenciosamente,
– Comunicação Gran Cursos Online

 Responder

Roger 2 de Fevereiro de 2020

O Gran tem curso pra Técnico Legislativo?

 Responder

Gabrielly Kristian 3 de Fevereiro de 2020

Bom dia, Roger!

Segue o link do projeto ALE/RN e os cursos disponíveis: https://www.grancursosonline.com.br/concurso/ale-rn-assembleia-legislativa-do-rio-grande-do-norte

Atenciosamente,
– Comunicação Gran Cursos Online

 Responder


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.