Concurso MJ: pasta solicita 365 vagas ao Ministério da Economia

Concurso MJ: sem certame vigente, pasta possui 709 cargos vagos

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou à Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online que foi solicitado ao Ministério da Economia a autorização para a realização de concurso MJ para o provimento de 365 vagas de níveis médio e superior. No momento, a pasta aguarda autorização para a realização do processo.

O Gran Cursos Online havia noticiado anteriormente a solicitação de 615 vagas junto ao Ministério da Economia, mas nesta quarta-feira, 08 de julho, a pasta informou que houve erro na transmissão da informação e que o pedido de autorização para a realização de concurso MJ foi protocolado no Ministério da Economia com 365 vagas.

O último concurso promovido pelo MJSP ocorreu em 2013. O certame ofertou, na ocasião, 125 vagas para seis cargos diferentes de nível superior.

O concurso foi organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília – CESPE/Unb atual Cebraspe. Mais de 11 mil inscritos disputaram as vagas.

Confira ao longo desta matéria mais informações sobre o concurso MJ, para facilitar, navegue utilizando o índice abaixo:

Concurso MJ: situação atual

Em um primeiro contato com o Ministério da Justiça no dia 03 de junho, a pasta informou que havia protocolado pedido de autorização de concurso junto ao Ministério da Economia para 615 vagas de níveis médio e superior. Mas logo depois, no dia 06 de julho, a pasta informou que o pedido foi protocolado com 365 vagas. Nesta quarta-feira, 08 de julho, o MJSP confirmou que o pedido foram para 365 vagas.

Concurso MJ: reposta da assessoria de imprensa

As  vagas solicitadas foram para os cargos de:

  • Analista Técnico de Políticas Sociais da Carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais – 115 vagas; e
  • Cargos de níveis superior e intermediário do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – PGPE – 250 vagas distribuídas nas áreas de:

 

  • Administrador;
  • Analista Técnico-Administrativo;
  • Arquiteto;
  • Arquivista;
  • Assistente Social;
  • Bibliotecário;
  • Contador;
  • Economista;
  • Enfermeiro;
  • Engenheiro;
  • Estatítistico;
  • Médico;
  • Psicólogo;
  • Técnico em Assuntos Educacionais;
  • Agente Administrativo; e
  • Técnico em Contabilidade.

Concurso MJ: remuneração e benefícios

Concurso MJ: estrutura remuneratória.

Concurso MJ: cargos e vagas

As vagas solicitadas ao Ministério da Economia contempla os cargos de:

  • Analista Técnico de Políticas Sociais
    Vagas: 115
  • Administrador
    Vagas: 8
  • Analista Técnico-Administrativo
    Vagas: 117
  • Arquiteto
    Vagas: 1
  • Arquivista
    Vagas: 1
  • Assistente Social
    Vagas: 1
  • Bibliotecário
    Vagas: 2
  • Contador
    Vagas: 4
  • Economista
    Vagas: 3
  • Enfermeiro
    Vagas: 1
  • Engenheiro
    Vagas: 7
  • Estatístico
    Vagas: 1
  • Médico
    Vagas: 4
  • Psicólogo
    Vagas: 3
  • Técnico em Assuntos Educacionais
    Vagas: 7
  • Agente Administrativo
    Vagas: 87
  • Técnico em Contabilidade
    Vagas: 3

Quadro de Pessoal do Ministério da Justiça e Segurança Pública

O Quadro de Pessoal do Ministério da Justiça e Segurança Pública – MJSP foi, inicialmente, formado com vários cargos do antigo Plano de Classificação de Cargos – PCC, instituído pela Lei nº 5.645, de 10 de dezembro de 1970. Com o advento da Lei nº 11.357, de 19 de outubro de 2006, todos os cargos passaram a integrar o Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – PGPE.

A partir do exercício de 2013, além dos ocupantes dos cargos do PGPE, a Pasta Ministerial passou a ter servidores do cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais – ATPS, da Carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais – CDPS, criado pela Lei nº 12.094, de 19 de novembro de 2009, cujo concurso público foi realizado pelo então Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG, para ter lotação em diversos órgãos do Poder Executivo Federal.

Cargos vagos

De acordo com dados do mês de abril de 2020, atualmente, há 709 cargos vagos.

Cargos vagos
CargoCarreira/PlanoNívelQuantitativo
Analista Técnico de Políticas SociaisCDPSNS169
AdministradorPGPENS8
Analista Técnico-AdministrativoPGPENS124
ArquitetoPGPENS1
ArquivistaPGPENS1
Assistente SocialPGPENS1
BibliotecárioPGPENS9
ContadorPGPENS4
EconomistaPGPENS3
EnfermeiroPGPENS1
EngenheiroPGPENS7
EstatísticoPGPENS1
MédicoPGPENS7
PsicólogoPGPENS3
Técnico em Assuntos EducacionaisPGPENS19
Técnico em Comunicação SocialPGPENS5
Agente AdministrativoPGPENI343
Técnico em contabilidadePGPENI3
TOTAL709

Último concurso MJ

Em 2013, o Ministério Público da Justiça publicou edital de concurso ofertando 125 vagas para seis cargos diferentes de nível superior. As vagas foram destinadas aos cargos de:

Analista Técnico-Administrativo
Vagas: 100
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Administrador
Vagas: 10
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Contador
Vagas: 10
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Economista
Vagas: 4
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Engenheiro – Área: Engenharia Civil
Vagas: 8
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Engenheiro – Área: Engenharia Elétrica
Vagas: 2
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Requisitos

Analista Técnico-Administrativo: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Administrador: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Administração, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Contador: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Economista: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Econômicas, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Engenheiro Civil: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Engenheiro Elétrico: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Elétrica fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro ou inscrição na entidade profissional competente.

Atribuições

Analista Técnico-Administrativo

planejar, supervisionar, coordenar, controlar, acompanhar a execução de atividades técnicas e especializadas, de nível superior, necessárias ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do Ministério da Justiça, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas na sua área de atuação, ressalvadas as atividades privativas de carreiras específicas.

Administrador

realizar pesquisas, estudos, análise, interpretação, planejamento, execução, coordenação e controle de trabalhos nos campos da administração, organização e métodos, logística, orçamento e finanças, bem como outros campos em que esses se desdobrem ou aos quais sejam conexos; elaborar pareceres, relatórios, planos, projetos, laudos, realizar exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Administração.

Contador

gerenciar, coordenar e executar atividades orçamentárias, financeiras, contábeis, patrimoniais e de custos; realizar auditoria contábil e financeira; elaborar normas, relatórios e emitir pareceres; interpretar e aplicar a legislação econômico-fiscal, tributária e  financeira; coordenar e executar atividades referentes à elaboração, à revisão e ao acompanhamento de programação orçamentária e financeira anual e plurianual; acompanhar a gestão de recursos públicos e o exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Ciências Contábeis.

Economista

supervisionar, orientar e coordenar a execução de serviços relativos a propostas orçamentárias, projeções de despesas, custos de serviços, projeções de balanços, acompanhamento orçamentário e outros assuntos econômico-financeiros; realizar estudos, pesquisas, análises e interpretações da legislação econômico-financeira; realizar estudos, pesquisas, análises e interpretações da legislação econômico-fiscal e orçamentária; planejar, definir e coordenar a metodologia e a execução de pesquisas e estudos econômicos, financeiros e estatísticos; orientar e participar da elaboração dos planos e programas orçamentários; acompanhar as alterações da legislação financeira; efetuar levantamentos destinados à estruturação de indicadores para acompanhamento de programas de trabalho; realizar estudos econômicos e financeiros, apresentando soluções para consultas formuladas; emitir parecer sobre assuntos econômicos, sugerindo soluções que atendam a problemática econômica financeira; efetuar cálculos de estimativa de custo e o exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Economia.

Engenheiro Civil

executar, supervisionar, planejar e coordenar atividades no campo de engenharia civil; elaborar projetos e especificações; supervisionar, planejar e coordenar a execução de obras, construção, reformas ou ampliação de prédios necessários às atividades do serviço; desenvolver estudos para a racionalização de processos de construção; prestar assistência técnico gerencial em sua área de atuação; emitir laudos e pareceres; propor normas; fornecer dados estatísticos de sua especialidade elaborar orçamentos e estudos sobre viabilidades econômicas e técnicas e o exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Engenharia.

Engenheiro Elétrico

executar, supervisionar, planejar e coordenar atividades no campo de engenharia elétrica; elaborar estudos, projetos e especificações de instalações elétricas de baixa e alta tensão; supervisionar obras, construção, reformas ou ampliação de prédios, na parte referente às instalações elétricas de baixa e alta tensão necessárias às atividades do serviço; prestar assistência técnico-gerencial em sua área de atuação; emitir laudos e pareceres; propor normas; fornecer dados estatísticos de suas especialidades; elaborar orçamentos e estudos sobre viabilidades econômicas e técnicas e o exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Engenharia.

Etapas

O último concurso MJ foi composto de

  • prova objetiva (p1) – de caráter eliminatório e classificatório; e
  • prova discursiva (p2) – de caráter eliminatório e classificatório.

Prova objetiva

As provas objetivas e discursiva tiveram a duração de 4h30 e foram aplicadas no turno da manhã.

A prova objetiva foi constituída de itens para serem julgados como certo ou errado e valeu 120,00 pontos.

Disciplinas

Os candidatos foram avaliados por meio das disciplinas de:

  • Língua portuguesa
    Noções de informática
    Raciocínio Lógico
    Noções de Direito Constitucional
    Noções de Direito Administrativo (exceto para o cargo de Analista Técnico Administrativo)
    Legislação específica
    Atualidade (somente para o cargo de Analista Técnico Administrativo)
    Conhecimentos específicos

Prova discursiva

A prova discursiva valeu 20,00 pontos e consistiu na elaboração de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados às competências e projetos de responsabilidade do Ministério da Justiça.

Listar as etapas do último concurso e se é uma etapa classificatória ou eliminatória.

Nomeações

O quantitativo de nomeados do concurso MJ de 2013 segue discriminado na tabela abaixo em comparativo com a quantidade de vagas previstas, cabendo observar que ocorreram desistências de candidatos nomeados que implicaram em novas nomeações por todo o período de validade do certame:

Concurso MJ: nomeações do último concurso

Motivos para fazer o concurso

  • Atualmente, há muitos cargos vagos.
  • A remuneração é bem atrativa.
  • Estabilidade profissional e financeira.

Resumo do concurso MJ

Concurso Ministério da Justiça e Segurança Pública (concurso MJ)
Banca organizadora a definir
Cargos diversos
Escolaridade níveis médio e superior
Carreiras administrativas e saúde
Lotação Brasília – DF
Número de vagas 365 vagas solicitadas ao Ministério da Economia
Remuneração de R$ 3.123,14 a R$ 15.208,69
Situação SOLICITADO A REALIZAÇÃO DE CONCURSO AO MINISTÉRIO DA ECONOMIA
Link do edital clique aqui para fazer download do último edital – 2013
Quer conquistar a sua aprovação no concurso MJ?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Avatar
Lorena Martins
2 Comentários

2 Comentários

  1. Avatar

    mauricio

    13/11/2018 15:09em15:09

    achei muito boa as informações, e gostaria de receber sempre mais informações

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso MJ?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo