Gabarito PM TO: confira a correção da prova!

Gabarito PM TO: O prazo para recursos vai dos dias 09 ao dia 10 de junho!

Avatar


06/06/2021 | 22:55 Atualizado há 77 dias

Atenção quem fez o Concurso PM TO! A prova do concurso da Polícia Militar do Estado de Tocantins, para o cargo de Soldado, ocorreu neste dia 06 de junho. Os professores do Gran Cursos Online farão a correção do gabarito PM TO Soldado extraoficial.

Ao todo, o edital ofertou 1.000 vagas imediatas, sendo 950 vagas para o cargo de Soldado PM e outras 50 vagas para o cargo de Músico PM. A remuneração inicial do certame é de R$ 2.365,69, durante o curso de formação, e R$ 4.758,56 após o curso, valor referente ao total da remuneração e auxílio-alimentação.

gabarito preliminar será divulgado pela banca organizadora nesta terça-feira, 08 de junho, no site do Cebraspe: http://www.cebraspe.org.br/concursos/pm_to_20_qppm.

Outras notícias em destaque:

 

Gabarito PM TO extraoficial

A prova utilizada para a correção da prova foi esta aqui!

Confira aqui o gabarito extraoficial completo da prova PM TO.

  • Língua Portuguesa – Professor Gustavo Silva

QUESTÃO 1
GABARITO PRELIMINAR: C

COMENTÁRIO: A questão cobrou a temática das tipologias textuais, ou seja, a linguagem do texto. Nesse sentido, por meio das marcas textuais, verifica-se que se trata de um texto persuasivo e que busca defender determinado ponto de vista. Assim, temos um texto essencialmente argumentativo.

QUESTÃO 2
GABARITO PRELIMINAR: C

COMENTÁRIO: No próprio enunciado, por meio da expressão “Depreende-se dos sentidos do texto”, sabemos que se trata de uma questão de interpretação de texto. Desse modo, a expressão “suas intimidades banais” refere-se ao conteúdo das conversas das pessoas ao celular. Isso é ratificado no segundo período do texto, veja: “… por essas pessoas que não paravam de tagarelar no celular.”

QUESTÃO 3
GABARITO PRELIMINAR: A

COMENTÁRIO: A palavra “inconsútil” foi empregada no sentido de “ausência de postura” – no sentido denotativo. Já no seu sentido conotativo, significa “contínuo”. Assim, a única possibilidade de substituição é “irrefreável”, ou seja, contínuo, sem volta.

QUESTÃO 4
GABARITO PRELIMINAR: A

COMENTÁRIO: Questão perigosa. O enunciado “O autor do texto considera que” demonstra que se trata de uma questão de compreensão textual, ou seja, a resposta está DENTRO do texto. Dessa forma, o texto deixa claro que os celulares incomodam tanto quanto os cigarros (incomodam). Houve somente uma mudança de comportamentos, mas o incômodo é contínuo. As demais alternativas não correspondem ao que se procura.

QUESTÃO 5
GABARITO PRELIMINAR: B

COMENTÁRIO: O termo “Assim que” foi empregado no sentido de “imediatamente”, “tão logo”.  Assim, o gabarito só pode ser a letra B. A letra A equivale a “semelhantemente”. A letra C indica conformidade. Na letra D, temos sentido de modo. Por fim, na letra E – há proporção por meio da locução “À medida que”. A única alternativa compatível é a letra B.

QUESTÃO 6
GABARITO PRELIMINAR: B

COMENTÁRIO:

I . Errado. O texto afirma o inverso. Na verdade, ocorre uma invasão do espaço coletivo pelo espaço privado.

  1. Errado. O autor não expressa admiração, mas sim incômodo ao longo do texto.

III. Certo. Item de compreensão textual. Aqui, há uma oposição, ou seja, um contraste entre as ideias do fragmento.

QUESTÃO 7
GABARITO PRELIMINAR: C

COMENTÁRIO: Trata-se de uma questão de reescrituras de frases e períodos do texto. Aqui, o examinador que uma nova redação que respeite a correção e a coerência, ou seja, que não haja erro gramatical e que contenha lógica textual. Nesse sentido, temos uma simples questão de conjunções. A conjunção “embora”, empregada no texto, exprime concessão empregado ao MOTIVO da irritação. Vale lembrar que concessão é um tipo de oposição.  Logo, o único item possível é a letra C, que contém uma conjunção opositiva “MAS”. Nas letras D e E – há concessão, mas cuidado! Na letra D, o termo “Apesar de” está articulado ao SOFRIMENTO. Na letra E, a conjunção Conquanto é concessiva, mas o verbo “havia” deveria ser “houvesse” – para preservar a correção gramatical.

QUESTÃO 8
GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: A conjunção COMO pode ser: causal, comparativa ou conformativa. No trecho, ela foi empregada no sentido comparativo.

QUESTÃO 9
GABARITO PRELIMINAR: E

COMENTÁRIO: Em todos os demais itens, há pretérito. Mas na letra E, o verbo “param” foi empregado no presente histórico. Ou seja, faz referência a um hábito atual da sociedade.

QUESTÃO 10
GABARITO PRELIMINAR: A

COMENTÁRIO: No último período, há uma crítica por meio da palavra “desagradáveis”. Assim, há uma depreciação.

QUESTÃO 11
GABARITO PRELIMINAR: C

COMENTÁRIO Segundo o texto, a polícia militar diferencia-se da polícia civil por cuidar da ocorrência de crimes e preveni-los. Isso se comprova no último período do último parágrafo do texto.

 

QUESTÃO 12
GABARITO PRELIMINAR: B

COMENTÁRIO: Tanto no texto original, como na letra B, as vírgulas foram empregadas para deslocar adjuntos adverbiais.

 

QUESTÃO 13
GABARITO PRELIMINAR: E

COMENTÁRIO: No texto, o termo “penais” exerce função sintática de adjunto adnominal. Assim, na letra E, o termo “constitucionais” também exerce função sintática de adjunto adnominal. Em suma, temos adjetivos que estão ligados ao nome e desempenham função sintática de adjunto. Vale lembrar que o adjunto adnominal é um termo acessório da oração.

 

QUESTÃO 14
GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: O adjunto adverbial expressa valor circunstancial. Na letra D, na relação “direta ou indiretamente” – há expressões adverbiais de modo. Alguns gramáticos defendem, ainda, um efeito de sonoridade nessa relação.

 

QUESTÃO 15
GABARITO PRELIMINAR: E

COMENTÁRIO: Temos uma lendária questão de reescritura. Somente a letra E preserva a correção gramatical e os sentidos originais do texto, pois mantém a concordância ( por meio do pronome relativo),a regência (VTD)  e a pontuação de maneira adequada.

 

QUESTÃO 16
GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: A expressão “Infere-se” me diz que se trata de uma questão de interpretação de texto. Logo, na letra D temos o nosso gabarito, pois o Papagaio sabia imitar o latido da Baleia. Veja o trecho “O louro aboiava, tangendo um gado inexistente e latia arremedando a cachorra.”

 

QUESTÃO 17
GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: O seguimento “Como cascos” exprime comparação. Segunda questão da prova que cobra a conjunção COMO e seu valor comparativo.

 

QUESTÃO 18
GABARITO PRELIMINAR: B

COMENTÁRIO: O termo “o” é um pronome oblíquo átono e retoma “Fabiano”.

 

QUESTÃO 19
GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: Mais uma questão de interpretação textual. O gabarito é a letra D, pois Fabiano e sua família passaram a falar ainda menos do que já falavam e isso se corrobora ao longo do texto.

 

QUESTÃO 20
GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: O termo “disto” estabelece coesão e refere-se ao fato de a Baleia ter comido os restos do papagaio. Isso se justifica no primeiro parágrafo do texto. No texto, há fragmentos de que a Baleia jantou partes do papagaio e não guardava lembranças.

 

  • Atualidades e Conhecimentos Regionais – Prof. Rebecca Guimarães

QUESTÃO 21

GABARITO PRELIMINAR: Letra  B

COMENTÁRIO: O Centro Geodésico do Brasil fica no hall de entrada do Palácio Araguaia e é marcado pela Rosa dos Ventos. É o ponto central entre os extremos do nosso país (norte-sul, leste-oeste).

 

QUESTÃO 22

GABARITO PRELIMINAR: Letra E

COMENTÁRIO: O texto faz um claro alerta quanto ao crescimento dos casos de covid 19 no estado do Tocantins

 

QUESTÃO 23

GABARITO PRELIMINAR: Letra A

COMENTÁRIO: As dificuldades de acesso à região sul do Estado, por parte dos habitantes do norte, os levaram a estabelecer vínculos comerciais mais fortes com os Estados do Maranhão e Pará, sedimentando cada vez mais as diferenças e criando o anseio separatista. Em setembro de 1821, houve um movimento que proclamou em Cavalcante, e posteriormente em Natividade, um governo autônomo da região norte do Estado. Cinquenta e dois anos depois, foi proposta a criação da Província de Boa Vista do Tocantins, projeto não aceito pela maioria dos parlamentares do Império. No ano de l956, o juiz de Direito da Comarca de Porto Nacional elaborou e divulgou um “MANIFESTO À NAÇÃO”, assinado por numerosos nortenses, deflagrando um movimento nessa Comarca, que revigorava a ideia da criação de um novo Estado.

 

QUESTÃO 24

GABARITO PRELIMINAR: A

COMENTÁRIO: Os números apontam que a Agropecuária teve acréscimo em volume de 1,1% em relação ao ano anterior (2017). A variação positiva da agricultura foi impulsionada em grande medida pelo cultivo de soja, cana-de-açúcar e algodão herbáceo.

O ramo de serviços obteve o melhor desempenho entre os três grupos de atividades, já que apresentou crescimento em volume de 2,8%, em 2018, e ganhou 2.9 ponto percentual (p.p.) na economia do Estado do Tocantins, saindo de uma participação de 71,8%, em 2017, para 74,7%, em 2018.

 

QUESTÃO 25

GABARITO PRELIMINAR: B

COMENTÁRIO: Os meses de chuvas torrenciais no estado do Tocantins estão relacionadas ao verão.

QUESTÃO 26

GABARITO PRELIMINAR:  D

COMENTÁRIO: A bacia hidrográfica Tocantins-Araguaia divide o estado em duas sub-bacias, a do rio Tocantins e a do rio Araguaia, os quais correm de sul para norte, sendo a bacia do rio Tocantins a maior do estado.

QUESTÃO 27

GABARITO PRELIMINAR:  A

COMENTÁRIO: Governadores que assumiram sem eleição direta.

# Raimundo Boi – Era vice-governador e assumiu em 4 de abril de 1998 após a primeira renúncia de Siqueira Campos, ficou até o fim do ano.
# Carlos Gaguim – Era presidente da Assembleia Legislativa e assumiu em 9 de setembro de 2009 após a primeira cassação de Marcelo Miranda.
# Sandoval Cardoso – Era presidente da Assembleia Legislativa e assumiu em 4 de maio de 2014 após a segunda renúncia de Siqueira Campos, ficou até o fim do ano.
# Mauro Carlesse – Antes de ser eleito, assumiu o cargo de forma interina em 19 de abril de 2018 após a segunda cassação de Marcelo Miranda.

QUESTÃO 28

GABARITO PRELIMINAR:  D

COMENTÁRIO: Cidade mais populosa no Bico do Papagaio, Araguatins se destaca pelas praias do Rio Araguaia, que lotam durante toda a temporada de verão. Local de encontro dos rios Araguaia e Tocantins, a cidade de Esperantina tem praias de areia branca e uma vegetação preservada, além de ser importante município onde se pode ver a riqueza do bioma amazônico.

QUESTÃO 29

GABARITO PRELIMINAR:  A

COMENTÁRIO: Com a implantação da BR-153, Araguaína ganhou importância devido à expansão e consolidação da pecuária na região, responsável pelo aparecimento de pequenos núcleos urbanos. Dessa forma, fica claro que a economia rural reflete diretamente na formação do urbano à medida que direciona os processos econômicos e financeiros do estado do Tocantins.

QUESTÃO 30

GABARITO PRELIMINAR:  E

COMENTÁRIO: Apresentam proporções relativamente altas em relação ao estado a produção de arroz (76,5%), feijão (62,2%) e soja (10,4%).

  • Informática – Professor Maurício Franceschini

QUESTÃO 31

GABARITO PRELIMINAR: Letra B

COMENTÁRIO: O comando “df -h” exibe a quantidade de espaço livre de cada sistema de arquivo do disco, sendo que a opção “-h” fornece um formato mais inteligível para os humanos, ou seja, exibe em MB, GB e TB. OBS: a questão é passível de recurso, uma vez que o sinal “-” veio com um espaço antes do “h”, o que ocasiona erro na execução do comando no terminal do Linux, pois o certo deve ser sem espaço após o “-“.

QUESTÃO 32

GABARITO PRELIMINAR: Letra E

COMENTÁRIO: A questão diz respeito à propagação de fórmulas, que consiste em copiar uma fórmula de uma célula e colá-la em outra. A fórmula copiada é =SOMA($A1+A2+A$3), inserida na célula original A4, a qual será colada na célula B4. Neste caso, a propagação será de A4 para B4, acrescentando assim apenas uma coluna em cada termo da fórmula, caso não haja $ nele. Sendo assim, a fórmula resultante fica =SOMA($A1+B2+B$3), cujo valor resultante é 7. OBS: Essa questão é passível de recurso, uma vez que foi omitido o parêntese que abre os argumentos da função, o que resultaria em um erro de sintaxe.

QUESTÃO 33

GABARITO PRELIMINAR: Letra D

COMENTÁRIO: Os pacotes de escritório online, como MS Office 365 e G-Suíte, são exemplos de SaaS (software como um serviço) um tipo de nuvem como modelo de serviço, ou seja, um tipo de cloud computing.

 

QUESTÃO 34

GABARITO PRELIMINAR: Letra B

COMENTÁRIO: Quando uma pasta é movida da origem para o destino, ela leva consigo toda a estrutura que ela contém, sejam os arquivos ou subpastas. Desta forma, como a pasta Files foi movida e ela continha 2 arquivos e a subpasta Home, a qual também continha 2 arquivos, então os 4 arquivos foram movidos, mantendo essa mesma estrutura, ou seja, \Files\Home, ficando a estrutura completa resultante: c:\Users\Admin\Images\Files\Home.

 

QUESTÃO 35

GABARITO PRELIMINAR: Letra A

COMENTÁRIO:  Visto que o Ransomware criptografa os arquivos, impedindo que o usuário tenha acesso a eles, o usuário pode considerá-los perdidos, visto que não é garantido que o pagamento do resgate devolva o acesso aos arquivos. Dessa forma, o backup garante que o usuário tenha os arquivos recuperados.

  • Direito Administrativo e Direito Constitucional – Prof. Diogo Surdi

QUESTÃO 36

GABARITO PRELIMINAR: Letra D

COMENTÁRIO:

De acordo com o artigo 5º, XIX, temos a previsão de que “as associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas atividades suspensas por decisão judicial, exigindo-se, no primeiro caso, o trânsito em julgado”.

Com isso, em um primeiro momento, eliminamos as Letras A, C e E, uma vez que as medidas de suspensão e dissolução dependem de decisão judicial.

Na Letra B, observe que a alternativa estabelece que a suspensão depende de trânsito em julgado da sentença condenatória. Contudo, de acordo com o mencionado artigo da Constituição Federal, o “trânsito em julgado” é apenas exigido para a dissolução compulsória. Para a suspensão, em sentido contrário, basta a decisão judicial.

Na Letra D, por sua vez, a banca afirmou que a dissolução compulsória depende de decisão judicial, mas nada mencionou acerca do requisito constitucional do “trânsito em julgado”.

Muito provavelmente a Letra D será considerada o gabarito da questão.

 

QUESTÃO 37

GABARITO PRELIMINAR: Letra E

COMENTÁRIO:

Em razão do atributo da autoexecutoriedade, a administração pode exigir o cumprimento de determinados atos administrativos, por parte de seus administrados, imediatamente, sem a necessidade de recorrer ao

Poder Judiciário para exigir tal comportamento.

 

QUESTÃO 38

GABARITO PRELIMINAR: Letra: E

COMENTÁRIO

A lista de órgãos de segurança pública estabelecidos no texto da Constituição Federal é taxativa, e não meramente exemplificativa.

Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos:

I – polícia federal;

II – polícia rodoviária federal;

III – polícia ferroviária federal;

IV – polícias civis;

V – polícias militares e corpos de bombeiros militares.

VI – polícias penais federal, estaduais e distrital.

Logo, eventual decreto do Governador está em desacordo com as disposições da Constituição Federal.

 

QUESTÃO 39

GABARITO: Letra C

COMENTÁRIO:

De acordo com o § 5º do artigo 144 da Constituição Federal, temos a previsão de que “Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública; aos corpos de bombeiros militares, além das atribuições definidas em lei, incumbe a execução de atividades de defesa civil”.

Neste mesmo sentido é a previsão da Constituição Estadual do Estado de Tocantins, conforme teor do artigo 117, I, b. Art. 117. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar são instituições permanentes, organizadas com base na hierarquia e disciplina militares, competindo, entre outras, as seguintes atividades para:

I – a Polícia Militar:

  1. b) atividades relacionadas com a preservação e restauração da ordem pública e com a garantia do poder de polícia dos órgãos em entidades da administração pública, em especial das áreas fazendária, sanitária, de proteção ambiental, de uso e ocupação do solo e de patrimônio cultural;

QUESTÃO 40

GABARITO: Letra C

COMENTÁRIO:

Ainda que boa parte da doutrina administrativista considere, quase sempre, os princípios da proporcionalidade e da razoabilidade como sinônimos, é possível identificar, na proporcionalidade, a presença de três diferentes fundamentos: a adequação, a exigibilidade e a proporcionalidade em sentido estrito.

  • Direito Penal e Direito Penal Especial – Prof. Douglas Vargas

QUESTÃO 41

GABARITO PRELIMINAR: Letra D

COMENTÁRIO:

A: Incorreta. O homicídio simples doloso, regra geral, não é crime hediondo em nossa legislação.

B: Incorreta. O delito se caracteriza caso perpetrado contra a família do integrante das forças de segurança, estando presentes os demais requisitos da qualificadora.

C: Incorreta. O homem não é o único possível sujeito ativo do delito de feminicídio (jurisprudência STF).

D: Correta. De fato, as formas privilegiadas são caso de diminuição de pena e são sempre subjetivas, relacionadas à motivação do delito.

E: Incorreta. O perdão judicial é admissível apenas no homicídio culposo.

 

QUESTÃO 42

GABARITO PRELIMINAR: Letra A

COMENTÁRIO:

A: Correta. Art. 26 do CP.

B: Incorreta por utilizar o termo parcialmente.

C: Incorreta por separar o elemento intelectivo (entendimento) do caráter volitivo (autodeterminação).

D: Incorreta pelo mesmo motivo da assertiva C. Ademais, aufere-se a imputabilidade ao tempo da ação (não ao tempo da sentença).

E: Incorreta pois a imputabilidade deve ser auferida  ao tempo da ação ou da omissão.

 

QUESTÃO 43

GABARITO PRELIMINAR: Letra A

COMENTÁRIO:

A Lei de Abuso de Autoridade, em seu Art. 2º, insere o membro do poder legislativo como possível sujeito ativo dos delitos nela previstos, a saber:

Art. 2º  É sujeito ativo do crime de abuso de autoridade qualquer agente público, servidor ou não, da administração direta, indireta ou fundacional de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios e de Território, compreendendo, mas não se limitando a:

I – servidores públicos e militares ou pessoas a eles equiparadas;

II – membros do Poder Legislativo;

III – membros do Poder Executivo;

IV – membros do Poder Judiciário;

V – membros do Ministério Público;

VI – membros dos tribunais ou conselhos de contas.

  • Direitos Humanos e Participação Social – Prof. Thiago Medeiros

QUESTÃO 44

GABARITO PRELIMINAR: Letra “A”

COMENTÁRIO: A DUDH tem natureza de recomendação a respeito da aceitação e promoção de suas deliberações.

Isso significa dizer que ela não tem força vinculante, portanto não gera obrigações para os Estados. Trata-se somente de um instrumento de orientação para os Estados e caso algum país a viole, esse não poderá ser punido por esse motivo.

CABE RECURSO: SIM – Pedido de anulação – Duplicidade de gabarito (Letra “a” e letra “c”)

A natureza jurídica da DUDH é um tema muito controverso e com divergência doutrinária.

Há doutrinadores que defendem o caráter vinculante da DUDH:

Podemos identificar três diferentes posicionamentos possíveis:

1º – Consideram que a DUDH possui força vinculante por se constituir em interpretação autêntica do termo “direitos humanos”, previsto na Carta das Nações Unidas (tratado, ou seja, tem força vinculante);

2º – Sustentam que a DUDH possui força vinculante por representar o costume internacional sobre a matéria; 

(Essa corrente fundamenta a letra “c”, principalmente pelo fato de ter sido citado no enunciado da questão a “prática costumeira”)

3º –  Defendem que a DUDH representa tão somente a soft law na matéria, que consiste em um conjunto de normas ainda não vinculantes, mas que buscam orientar a ação futura dos Estados.

 

QUESTÃO 45

GABARITO PRELIMINAR: Letra “E”

COMENTÁRIO: Os direitos comunicativos a partir da perspectiva dos direitos humanos e de sua proteção podem ser estendidos, de forma sintética, como liberdade de expressar em matéria religiosa, ciência, arte etc.

Podemos resumir como o direito que todas as pessoas têm de expressar ideias e opiniões sobre matéria religiosa, ciência e arte, em qualquer meio de comunicação.

CABE RECURSO: SIM – Pedido de anulação – Multiplicidade de gabarito

Os direitos comunicativos não tratam apenas de assegurar a liberdade de expressão ou de opinião ou de imprensa, mas de garantir, sobretudo, que o meio para se chegar à expressão do conhecimento (que é, em última análise, a comunicação) seja exercido livremente e sem embaraços.

  • Normas Relativas à PM TO – Prof. Eduardo Galante

QUESTÃO 46

GABARITO PRELIMINAR: E.

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 28, § 3º, incisos I e IV, da Lei Complementar nº 128/21.

Art. 28. Os profissionais da PMTO compreendem:

  • 3º Compete aos Oficiais do:

I – QOPM: realizar o comando, a chefia, a assessoria e a direção das unidades que compõem a estrutura organizacional da PMTO;

IV – QOA: sem prejuízo da atividade operacional, exercer as atividades administrativas, além de outros encargos próprios da carreira militar.

 

QUESTÃO 47

GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 13, § 6º, inciso VI, da Lei nº 2.578/12.

VI – As punições disciplinares a que estão sujeitos os militares são as seguintes, em ordem de gravidade crescente:

  1. a) advertência;
  2. b) repreensão;
  3. c) detenção;
  4. d) prisão;
  5. e) reforma disciplinar;
  6. f) demissão.

 

QUESTÃO 48

GABARITO PRELIMINAR: D

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 7º, parágrafo único, da Lei nº 2.578/12. Art. 7º, Parágrafo único. A carreira militar estadual é privativa do pessoal da ativa.

 

QUESTÃO 49

GABARITO PRELIMINAR: B.

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 16, §§ 1º e 2º, da Lei nº 2.548/12.

Art. 16. A antiguidade, em cada posto ou graduação, é contada a partir da data da assinatura do ato da respectiva inclusão, promoção, nomeação, declaração, ou reinclusão salvo quando taxativamente for fixada outra data ou critério estabelecido em lei.

  • 1º A precedência entre militares da ativa, do mesmo grau hierárquico, é assegurada pela antiguidade no posto ou na graduação, salvo nos casos de precedência funcional estabelecida em lei ou regulamento.
  • 2º No caso de ser igual a antiguidade referida no caput deste artigo, a antiguidade é estabelecida:

I – entre os militares do mesmo quadro, mediante classificação final e geral do respectivo curso de formação ou habilitação;

II – nos demais casos, com base nos postos ou nas graduações anteriores. No desempate da antiguidade, recorre-se, sucessivamente, aos graus hierárquicos anteriores, à data da inclusão e à data de nascimento para definir a precedência e, neste último caso, os mais velhos serão considerados mais antigos;

PRECEDÊNCIA NA ATIVA
MILITARES IDADE 2º SARGENTO 3º SARGENTO
MARCOS 28 ANOS 1/6/2019 1/6/2013
FERNANDO 29 ANOS 1/6/2020 1/6/2012
GUSTAVO 28 ANOS 1/6/2019 1/6/2014
VAGNER 29 ANOS 1/6/2019 1/6/2013

Precedência em ordem decrescente: VAGNER, MARCOS, GUSTAVO e FERNANDO

QUESTÃO 50

GABARITO PRELIMINAR: C.

COMENTÁRIO: Art. 33, Inc. I, da Lei nº 2.578/12.

A) Art. 32. Inciso VI. É manifestação essencial do valor militar:
B) Art. 32. Inciso IV. É manifestação essencial do valor militar:
C) Nos termos do Art. 33, inciso I, da Lei nº 2.578/12. Art. 33. O sentimento do dever, o denodo militar e o decoro da classe impõem, a cada um dos integrantes da Corporação, condutas moral e profissional irrepreensíveis, com a fiel observância dos seguintes preceitos e deveres da ética militar: I – amar a verdade e a responsabilidade como fundamento da dignidade;
D) Art. 32. Inciso II. É manifestação essencial do valor militar.
E) Art. 32. Inciso III. É manifestação essencial do valor militar.

QUESTÃO 51

GABARITO PRELIMINAR: A.

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 15, § 1º, inciso IV, da Lei Complementar nº 128/21.

Art. 15. O Estado Maior Geral é responsável perante o Comandante-Geral por ações de planejamento, estudo, orientação, coordenação, fiscalização e controle das atividades da PMTO, cabendo-lhe a formulação de diretrizes, ordens e normas gerais de ação do Comandante-Geral no acionamento das unidades administrativas de apoio, de execução e especiais, no cumprimento de suas missões.

  • 1º O Estado Maior é composto pelas seguintes seções:

IV – 4ª Seção (PM/4): responsável pelo planejamento das matérias relativas à logística e à infraestrutura da Corporação; 

 

QUESTÃO 52

GABARITO PRELIMINAR: B.

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 40, § 1º, inciso I, da Lei nº 2.578/12.

Art. 40. São competentes para instaurar ou determinar a instauração de sindicância, e aplicar as sanções disciplinares, as seguintes autoridades:

I – o Chefe do Poder Executivo, em relação a todos os integrantes das Corporações Militares Estaduais, as sanções previstas nesta Lei. 

 

QUESTÃO 53

GABARITO PRELIMINAR: D.

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 55, § § 1º e 2º, da Lei nº 2.578/12.

Art. 55. Os Conselhos de Justificação e de Disciplina destinam-se a avaliar, do ponto de vista da ética e da disciplina militares, a capacidade do militar estável de permanecer no serviço ativo da Corporação, assegurados o devido processo legal, o contraditório e a ampla defesa.

  • 1º O Oficial acusado é submetido a Conselho de Justificação, e a Praça a Conselho de Disciplina.
  • 2º Aplicam-se os procedimentos dos Conselhos que se trata este artigo aos militares reformados e na reserva remunerada.

QUESTÃO 54

GABARITO PRELIMINAR: B.

COMENTÁRIO: Nos termos do Arts. 44, Inc. V e XI, combinado com Art. 45. Inc. II e Art. 46, Inc. VIII, tudo da Lei nº 2.578/12.

Art. 44. São transgressões de natureza leve: V – comparecer fardado em reuniões de caráter político, exceto quando em serviço.

Art. 44. São transgressões de natureza leve: XI – quando em serviço ou fardado, faltar aos preceitos da civilidade.

Art. 45 São transgressões de natureza média: II – deixar de punir o transgressor ou de comunicar a autoria da transgressão da disciplina.

Art. 46 São transgressões de natureza grave: VIII – não cumprir ordem recebida.

Logo: Alfredo e Márcio – leve; Ana – média; Silvia – grave. 

 

QUESTÃO 55

GABARITO PRELIMINAR: A.

COMENTÁRIO: Nos termos do Art. 108, da Lei nº 2.578/12.

Art. 108. Reversão é o ato pelo qual o militar agregado retorna ao respectivo quadro, tão logo cesse o motivo que determinou a agregação, voltando a ocupar o lugar que lhe compete na respectiva escala numérica.

  • Matemática e Raciocínio Lógico

QUESTÃO 56

GABARITO PRELIMINAR: E

QUESTÃO 57

GABARITO PRELIMINAR: B

QUESTÃO 58

GABARITO PRELIMINAR: C

QUESTÃO 59

GABARITO PRELIMINAR: A

Questão 60

GABARITO PRELIMINAR: D

  • Redação Discursiva

O tema foi apresentado na forma de apenas três aspectos listados, sem uma frase-chave inicial. Normalmente, a banca Cebraspe apresenta, antes dos aspectos listados, uma frase-chave com a ideia central do tema. Algumas vezes, a banca se desvia desse padrão seu. Foi o caso do tema de redação da PMTO 2021.

Sem a frase-chave inicial, e apenas com a lista de aspectos para abordar, o candidato fica mais dependente de compreender bem o texto motivador e a imagem exibida. O texto motivador trouxe informações sobre a origem da organização Black Lives Matter, seu crescimento e seu alcance mundial com a missão de “erradicar a supremacia branca e construir poder local para intervir na violência infligida às comunidades negras”. A imagem mostrou o impacto da atuação dessa organização em manifestação do movimento negro no Brasil.

Um perigo nesse tema é o candidato fugir parcialmente ao se deter mais no alcance mundial do racismo do que em sua caracterização como problema estrutural brasileiro. O estudante deveria perceber que os três aspectos pedidos estão focados no Brasil: 1. o racismo como um problema estrutural no Brasil; 2. a criminalização do racismo no Brasil; e 3. a necessidade de representatividade para o combate à discriminação racial brasileira.

Por esses três aspectos pedidos, o tema se apresenta como expositivo nos aspectos 1 e 2 (pedem explicação, conhecimento, informação sobre o problema do racismo e sua criminalização no Brasil) e argumentativo no aspecto 3 (espera abordagem de formas de combater a discriminação racial no Brasil por meio da representatividade negra, ou seja, tratava-se de um aspecto propositivo, à maneira de intervenção no problema).

Para a banca Cebraspe, nesse concurso, segundo informava o edital, importava avaliar conhecimentos de atualidades dentro da redação do candidato. Esse era o objetivo da banca. Sendo assim, e conhecendo o histórico do Cebraspe, o mais importante era que o estudante abordasse todos os três aspectos pedidos de forma clara e completa. Em outras palavras, o estudante poderia escrever um parágrafo para cada um dos três aspectos pedidos, sem haver necessidade de escrever uma introdução e uma conclusão típicas. Ficam facultativas a introdução e a conclusão. Porém, nada impede, nada proíbe que o estudante ainda escrevesse introdução e ou conclusão.

Outra observação importante é que o aspecto 1 valia sozinho 12 pontos, mais que o aspecto 2 (9,5 pontos) e que o aspecto 3 (7 pontos). Dessa forma, o candidato fica autorizado a investir proporcionalmente mais linhas para abordar, explicar, fundamentar o aspecto 1.

Acerca do aspecto 1, o estudante poderia explicar o aspecto estrutural do racismo no Brasil mediante abordagem da maneira como o preconceito de raça opera na cultura, na economia, na política, na educação. Seria possível lançar mão de uma abordagem histórica para fundamentar o problema cultural advindo da condição marginalizada do negro na sociedade brasileira (injúrias raciais, preconceito religioso etc.); seria possível lançar mão da cadeia de causas e efeitos que acompanha a vida de negros desde a desigualdade de acesso ao mercado de trabalho, com menor remuneração, até ao mais fácil enquadramento em questões criminais (negros são maioria nos presídios e sofrem com tendência preconceituosa de serem mais facilmente identificados como criminosos), decorrente de um estereótipo social que atinge pessoas de cor no Brasil.  Em consequência, na política e na educação se percebem menos oportunidades para negros em posições de destaque e liderança.

Acerca do aspecto 2, o estudante poderia se apoiar em conhecimentos de Direito Constitucional e de legislação para caracterizar o racismo como crime inafiançável, imprescritível e hediondo. A partir dessa caracterização, o estudante deveria apresentar as consequências dessa tipificação, com as penas cabíveis, os efeitos esperados no combate ao racismo (redução do comportamento racista), porém é importante registrar que os resultados ainda são tímidos, pois são frequentes os atos de injúria racial, de preconceito e discriminação religiosa, atos de vandalismo contra tradições africanas no Brasil.

Acerca do aspecto 3, a banca não deixou opção: o candidato deveria explicar/fundamentar a necessidade de representatividade para o combate à discriminação racial brasileira. Aqui cabia registrar o caminho da formação educacional que permita ao próprio negro o respeito a sua cultura e religião, traga oportunidades de que toda a sociedade conheça e compreenda o processo histórico de formação da população nacional de modo a reconhecer e respeitar a diversidade. A representatividade passa sobretudo pelo trabalho das escolas em promover discussão dos temas de interesse da população negra. A representatividade passa também pelo acesso ao mercado de trabalho com lideranças negras e pela eleição de figuras públicas negras comprometidas com a promoção do respeito às diferenças em um país multicultural como o Brasil. Ao lado disso, cabia também mencionar a importância do cumprimento efetivo da legislação para punir o comportamento racista, que ainda é tolerado pela sociedade brasileira.

 

 

 

Gabarito PM TO Extraoficial: confira em vídeo

Se preferir, acompanhe a correção em vídeo

Gabarito PM TO: comentários da prova e recursos

Os recursos poderão ser interpostos entre os dias 09 e 10 de junho de 2021 no endereço eletrônico http://www.cebraspe.org.br/concursos/pm_to_20_qppm.

Para recorrer contra os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva, o candidato deverá utilizar o Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_to_20_qppm, e seguir as instruções ali contidas. O candidato deverá ser claro, consistente e objetivo em seu pleito. Recurso inconsistente ou intempestivo será preliminarmente indeferido.

Lembrando que a publicação do gabarito preliminar está prevista para esta terça feira, 08 de junho de 2021.

Os comentários serão disponibilizados abaixo assim que estiverem disponíveis, clique nas disciplinas ou nas questões para abrir os arquivos com os comentários da prova:

Gabarito PM TO: preencha o seu aqui!

Confira como foi o seu desempenho na prova da PM TO de acordo com o nosso gabarito extraoficial! Preencha abaixo! 😉

Concurso PM TO: Resumo do Edital PM TO

Concurso Polícia Militar do Estado de Tocantins
Banca organizadora Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e de Promoção de Eventos (Cebraspe)
Cargos Soldado Combatente PM
Soldado Músico PM
Escolaridade Nível Médio
Carreiras Policial
Lotação Estado do Tocantins
Número de vagas 1.000 vagas
Remuneração R$ 1.665,50 (durante do CFP) e R$ 3.330,99 (após o CFP)
Inscrições de 04 de janeiro de 2021 e vão até o dia 23 de janeiro de 2021
Taxa de inscrição de R$ 80,00
Data da prova objetiva  06 de junho
Link do edital Acesse aqui os editais:

Edital PM TO Saúde 2021

Edital PM TO Soldado 2021

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
0

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *