9 dicas para melhorar sua memorização

Desde que começamos a estudar, lá nos primeiros anos do colégio, descobrimos que não é fácil armazenar as muitas informações que recebemos cotidianamente. A memória é importante tanto nos primeiros aprendizados da infância quanto na nossa rotina da vida adulta, seja no trabalho, na vida pessoal (esquecer datas importantes geralmente leva a brigas) e na nossa vida acadêmica, que nunca se encerra – afinal de contas, sempre temos de nos manter ávidos para aprender. Sendo algo tão importante, vamos trabalhar sobre como melhorar seu processo de memorização, item de grande valia para quem está fazendo concurso público e necessita que o conhecimento esteja fresco na memória.

  1. Treine o seu cérebro para manter o foco

A concentração é um dos pontos mais importantes (e desafiadores) durante o processo de estudo. Pense em sua mente como um músculo; como tal, ela deve ser exercitada cotidianamente no sentido de manter o foco. Treine seu cérebro para que este consiga manter a concentração em atividades feitas no momento presente, sem se distrair com fatos passados ou se perder “viajando” em possibilidades futuras. Foco é a palavra-chave. Concentre-se na tarefa que está executando. Tenha atenção.

Claro que a capacidade de concentração não virá da noite para o dia. Lembre-se de que eu te disse para imaginar sua mente como um músculo. Como se estivesse numa academia, você irá fortalecer esse músculo, ao longo do tempo, com atividades sadias e regulares. Não procrastine, mas também não force demais. Com o tempo, a prática se tornará mais fácil e você será capaz de educar a mente para se concentrar em uma coisa por vez. Assim, a sua aprendizagem também será potencializada, eliminando, inclusive, a necessidade de ler diversas vezes o mesmo texto para você conseguir absorvê-lo.

Vou te ajudar com um pequeno exercício de meditação: antes de começar os estudos, tire pelo menos cinco minutos e se concentre em sua respiração. Estabeleça uma contagem. “Um” para a inspiração. “Dois” para a expiração. Deixe os pensamentos fluírem e não se apegue a nenhum deles.

  1. Evite a “decoreba”

Existe um falso entendimento de que memorizar é o mesmo que decorar. Nada disso! Decorar nada mais é do que a reprodução automática e inconsciente de um conceito, simplesmente para atingir um objetivo. Decoramos datas para fazer a prova de História no colégio, como exemplo. Isso dá certo por um curto tempo, porque logo você se esquece de tudo que você já decorou (a curva do esquecimento está aí para te provar isso).

Memorizar é a habilidade de absorver uma informação de forma aprofundada com base em níveis elevados de atenção e concentração no momento do estudo. Para conseguir memorizar corretamente um conteúdo, é necessário que o aluno dedique seu tempo e força de vontade para entender de verdade o assunto.

Porém, no universo do concurso público, algumas vezes nos deparamos com disciplinas ou matérias que simplesmente não se encaixam na cabeça do aluno. Como são exigidas muitas informações na prova, às vezes é melhor o aluno “passar adiante” tal conteúdo e trocar o entendimento pela assimilação, que nada mais é do que a famosa frase “vai entrar na cabeça por osmose”, assunto de que vamos tratar adiante.

  1. Use da repetição

Como dito anteriormente, em razão da quantidade de conteúdos exigidos na prova, é comum o aluno se deparar com conteúdos que não são fáceis de entender ou que simplesmente se transformam em verdadeiros transtornos no estudo.

Não adianta também querer saber tudo, principalmente quando se enfrenta 10 ou mais disciplinas. A melhor forma de conseguir lidar com esse aspecto é usando da repetição. Ao ler, fazer questões, assistir aulas do mesmo assunto diversas vezes, sua mente acaba assimilando o conteúdo. Você pode não entender o porquê, mas vai conseguir responder corretamente às questões em sua prova.

Para o concurso público, essa é a melhor estratégia quando se depara com matérias que não se consegue entender de jeito nenhum (no meu caso, deu certo com Direito Empresarial). Leia o mesmo assunto diversas vezes, treine com questões, e você estará colocando o “x” no lugar certo – no final, é disso que você precisa para ser aprovado.

  1. Estabeleça um ritmo de estudos

A memorização é algo que exige comprometimento e disciplina. Não basta fazer apenas uma vez por semana ou quando “dá tempo”. É necessário rotina. Treinamento constante.

Elabore um cronograma bem estruturado, com horários determinados para cada conteúdo, e, quando for a hora de estudar, ESTUDE! Não perca tempo com distrações. À medida que você faz da rotina um hábito, sua capacidade de concentração será ampliada.

Da mesma forma, procure fazer intervalos entre as atividades. Um bom descanso é essencial após um período de esforço.

  1. Crie e utilize resumos e esquemas

Para conseguir um bom aprendizado, é essencial que se faça mais do que ler e assistir aulas. O aluno deve assumir um papel ativo em seus estudos. Crie seu material de resumo, faça anotações, esquemas, mapas mentais, qualquer coisa que te ajude a sintetizar os principais pontos da matéria e que facilite a revisão do conteúdo já estudado.

Outro método bastante eficaz é se colocar no papel de professor. Imagine-se dando aula, reunindo suas informações adquiridas e verbalize o seu conhecimento, nem que seja para um aluno imaginário. Com o uso dessa tática, ficará mais fácil perceber os pontos em que você ainda tem dúvida e que precisam ser revistos.

  1. Faça questões

Exercitar o conhecimento é extremamente necessário para o processo de aprendizado. Quando você coloca em prática o que aprendeu, estará memorizando cada vez mais os novos conteúdos. Por isso (nunca é demais falar), faça questões sempre que puder. Coloque a resolução de questões como item obrigatório em seu planejamento de estudos!

  1. Descanse quando necessário

Além de ser necessário um intervalo entre as tarefas de estudo, como falamos no tópico 4, também é necessário ter respeito para com os momentos de descanso, bem como ter uma boa noite de sono. Quando estiver no seu intervalo ou em seu dia de descanso, descanse realmente. Estudar é necessário, mas tudo que é demais faz mal.

Respeite o seu corpo. Descanse quando tiver de descansar, durma bem. Nada de forçar a barra. O cansaço em excesso prejudica não só o seu aprendizado como também a sua saúde.

  1. Alimente-se bem

Assim como o descanso é necessário, uma alimentação saudável faz milagres. É conhecido e indicado por nutricionistas que certos alimentos ajudam na capacidade de concentração e aprendizado. Uma dieta balanceada pode fazer toda a diferença para manter o seu cérebro saudável.

Procure um profissional da área e conheça os alimentos que podem te ajudar a melhorar sua atenção, além de te proporcionar uma excelente qualidade de vida.

  1. Use as técnicas que funcionam para você

Saiba que o processo de aprendizado é diferente para cada pessoa. Por isso, o aluno deve ser capaz de identificar aquilo que funciona para ele e descartar aquilo que não funciona. Já é um padrão meu aviso de que você não deve querer se medir com a régua dos outros. Faça aquilo que te faz bem e te torne produtivo. Vale a pena conhecer e aplicar novas técnicas de estudos. Pesquise a respeito delas e procure identificar e manter apenas aquelas que combinam melhor com a sua rotina e com os seus objetivos.

Essas e outras grandes dicas e artigos nós temos aqui no Gran Cursos Online. Para você que ainda não conhece os nossos serviços, aqui nós temos uma equipe capacitada, da qual tenho orgulho de fazer parte, composta por profissionais altamente habilitados e preparados, nossos GranXperts, cujo trabalho é exatamente traçar para você a melhor forma de atingir seus objetivos. Nós te orientamos e acompanhamos seus estudos para que você atinja seu potencial máximo e, com isso, venha obter o melhor resultado em sua prova. Venha conhecer nossos serviços!

 

Por Thiago Paixão da Silva

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Thiago Paixão
Thiago Paixão
Delegado de Polícia Civil do Distrito Federal. Coach e professor de Direito Processual Penal.
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo