Concurso Anvisa 2016 – Técnico Administrativo: O que você sabe sobre a Banca Cespe? Veja o perfil de cobrança!

Avatar


16/08/2016 | 08:49 Atualizado há 2057 dias

Concurso Anvisa 2016 – Técnico Administrativo

Anvisa oferecerá  78 vagas no posto de técnico administrativo, de nível médio. Veja o perfil de cobrança de algumas disciplinas do organizador!

Com edital iminente, o concurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Concurso Anvisa 2016 – Técnico Administrativo) tem como organizador de seu certame para provimento de 78 de técnico administrativo, de nível médio, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). A banca é tradicional na frente de provas Agências Reguladoras Federais e organizou um concurso para o mesmo cargo em 2008, além de ter ficado à frente da seleção da Antaq, realizada recentemente.

A banca adota um modelo de cobrança totalmente diferente do organizador Cetro Concursos, responsável pelo último certame para a carreira de técnico, que ocorreu em 2013. Apesar disso, não deve haver grandes modificações no conteúdo programático. O Cebraspe carrega a fama de elaborar provas bastante difíceis. A complexidade estaria envolvida, entre outros aspectos, na exigência de notas máximas em cada campo de prova, básicas ou específicas. A banca cultiva a tradição de elaborar questões com textos e alternativas muito longas – fato que pode levar o candidato a exaustão.

Para driblar o formato tortuoso das provas, é recomendado um estudo aplicado dos exames anteriores realizados pelo Cespe e uma leitura cuidadosa das questões propostas. Uma análise bem feita, baseada em testes de alternativas anteriores, evita indução ao erro na hora de responder. 

A banca organizadora é conhecida por seu modelo de provas “certo e errado”, que difere da ampla maioria das provas de concursos públicos que contam com cinco opções em cada questão (sendo apenas uma correta). As provas do Cespe/UnB possuem apenas duas opções de resposta: certo ou errado. Mas é na pontuação que está a polêmica, pois cada erro do candidato anula um acerto. Em uma prova com 100 questões, por exemplo, um candidato que acerta metade das questões e erra a outra metade fica com a pontuação final igual a zero.

Diversos detalhes estão definidos, como a lotação dos aprovados nas vagas iniciais, que serão para lotação na sede do órgão, em Brasília, onde exclusivamente serão aplicadas as provas, conforme confirmou o órgão ao Gran Cursos Online Blog. Já se sabe também que os candidatos serão avaliados também por meio de exame discursivo, que deverá mais uma vez versar sobre Regulação e Administração Pública; Vigilância Sanitária e Saúde Pública.

A estabilidade no emprego, assegurada pelo regime estatutário, é um das vantagens mais procuradas pelos concurseiros/as de todas as regiões, além de uma boa remuneração. E quem tem o nível médio e busca uma vaga na área da Saúde poderá ter isso garantido pelo Concurso Anvisa 2016 – Técnico Administrativo, caso seja aprovado no concurso, o candidato ingressa ganhando inicialmente nada menos que R$ 7,6 mil, excelente valor para início de carreira.

Conhecer a banca é tão importante quanto os estudos. A preparação de um candidato para concurso público exige não apenas conhecimento das matérias de prova, determinação férrea para estudar até o último momento e foco absoluto na meta final da aprovação. É preciso que ele conheça também a banca que vai aplicar a prova e como ela costuma abordar cada uma das disciplinas que farão parte do concurso, a fim de responder o que foi perguntado pelo examinador e não desperdiçar preciosos pontos com respostas divergentes do pensamento de quem elaborou as questões.

Conhecer o estilo da organizadora, isto é, a maneira como aborda e cobra o conteúdo, bem como seus critérios de correção, pode determinar o sucesso ou o fracasso dos candidatos. Para auxiliar a vida dos candidatos e ajudá-los a direcionar o foco dos estudos, o Gran Cursos Online elaborou e disponibiliza abaixo um “perfil” geral do Cespe, considerada uma das principais bancas de concursos do país.

Língua Portuguesa

Abordagem: Pensamento mais “moderno” em termos de visão linguística.

Características: Bons textos selecionados, autores conhecidos e temas da atualidade sobre: textos adaptados de sites da internet.

Temas recorrentes: Política, Economia e decisões recentes (em artigos jornalísticos).

O que cobra: Funções dos termos QUE e SE; sinais de pontuação; concordância. Questões de acentuação/ortografia.

Direito Administrativo

Doutrina: Sim – Muito

Jurisprudência: Muito (sobretudo do STF e do STJ)

Lei seca (texto legal): Muito

Autores mais citados: Maria Sylvia Zanella Di Pietro, Celso Antônio Bandeira de Mello e José dos Santos Carvalho Filho.

Direito Constitucional 

Doutrina: Pouco

Jurisprudência: Muito

Constituição Federal “seca”: Muito

Autores mais citados: Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes

Noções de Informática

Conteúdo mais cobrado: MS.Office (Word, Excel) com a imagem dos botões; Linux e BrOffice

Grau de dificuldade da questão: Em 2014, extremamente fácil. Em 2015 e 2016, aumento no grau de dificuldade.

Destaque a ser dado pelo candidato: Conceitos relacionados à Internet e Intranet, Navegador Internet Explorer, Sistemas operacionais Linux e Windows e Segurança da informação.

Apesar do prazo concedido pelo Ministério do Planejamento ir até outubro, certamente será encurtado devido aos trâmites avançados da seleção. A estabilidade no emprego, assegurada pelo regime estatutário, é um das vantagens mais procuradas pelos concurseiros/as de todas as regiões. E quem tem o nível médio e busca uma vaga na área da Saúde poderá ter isso garantido pelo Concurso Anvisa 2016 – Técnico Administrativo, caso seja aprovado no concurso. A agência chamará, a princípio, 78 classificados, que atuarão na sede, em Brasília. 

Quem pretende participar do concurso deve começar imediatamente a se preparar. Como é de praxe, os concursos da Anvisa têm um rito muito desproporcional a quem iniciar os estudos somente com a publicação do documento de abertura. Isso por que o prazo dado até as provas é de pouco mais de 60 dias.

O conteúdo do concurso é extremamente extenso, dificultando os estudos pós-edital. Um fator positivo é que há poucas mudanças no conteúdo a cada novo documento de abertura. Com isso, pelo menos dez disciplinas comporão as provas iniciais dos futuros técnicos administrativos da Anvisa: língua portuguesa, raciocínio lógico e quantitativo, noções de direito administrativo e constitucional, noções de vigilância sanitária e saúde pública, administração pública, noções de regulação e agências reguladoras, ética no serviço público e conhecimentos específicos, que abarca uma série de conhecimentos necessários para o exercício das atribuições das funções.

Tópico a tópico de cada uma das matérias pode ser vista no nosso ‘’Edital Verticalizado’’. Nele você vai encontrar, de maneira simples, o foco do que estudar dia a dia, maximizando seus estudos, pondo fim à falta de organização, e ganhando orientação. Para ter acesso, basta clicar no link abaixo.

Anvisa – Técnico – Último edital

Além dessa peça de fundamental importância na preparação, resolver provas anteriores do concurso pode definir quem sairá na frente da disputa por uma das vagas na receita. Isso por que você poderá conhecer o perfil da organizadora, suas tendências e abordagens em assuntos específicos.  Assim, o concurseiro/a que quer ser aprovado se atém aos mínimos detalhes, e estuda com método, disciplina e planejamento. Um desses métodos é a resolução de provas anteriores. Acesse abaixo as avaliações dos últimos certames da Anvisa.

Técnico 2013:     Prova  –   Gabarito   –   Alterações do gabarito

Técnico 2010:  Prova  –   Gabarito   –   Alterações do gabarito

Técnico 2007:   Prova –   Gabarito

Apesar de oferecer 78 vagas em editai, a expectativa é de que as vagas imediatas dobrem durante o prazo de validade do certame devido ao grande déficit de servidores da carreira de Técnico Administrativo.  No ano passado, diretores da autarquia federal expuseram, em audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, essa situação. Na audiência, foi revelado os seguintes detalhes: a agência tinha, em 2015, 857 servidores no seu quadro específico, nas carreiras de técnico administrativo, técnico em regulação, analista administrativo e especialista. Só que desses, 617 estarão aptos a se aposentar até o ano que vem. Hoje, um ano depois, o cenário provavelmente será pior.

Também foi apresentado que o número de quantitativo de petições e outros documentos recebidos pela entidade cresceu 284% em dez anos. Só que a força de trabalho, tanto nas carreiras específicas quanto nas efetivas, que em 2005 era de 2.726 funcionários, em 2015 diminuiu para 2.080 profissionais concursados. Além disso, entre 2005 e 2014 o volume de trabalho na Anvisa aumentou 111%. Dados como esse mostram a urgência de um novo concurso na agência reguladora.

O que reforça essa ideia, é a tradição demonstrada pela autarquia, que é de muitas nomeações de aprovados dentro do prazo de validade, o que deverá se repetir tendo em vista o aumento das necessidades de pessoal. Na última seleção, com edital publicado em 2013 e homologada no mesmo ano, mais de 69 candidatos foram nomeados e tomaram posse para o cargo de Técnico Administrativo, que tem edital iminente. O detalhe é que o edital trazia apenas 28 vagas, porém, o órgão solicitou adicional de 50% ao Ministério do Planejamento, sendo concedido, e, após isso, decreto presidencial autorizou a nomeação de mais 27 candidatos excedentes para o posto.

Em anos anteriores – 2010 e 2007, foram abertas 192 vagas, sendo todos os candidatos aprovados e um percentual de 50% solicitado ao Ministério do Planejamento, o que culminou com a convocação e posse de mais de 280 candidatos aprovados nas seleções anteriores. Lembrando que o concurso de 2016 para Técnico Administrativo da Anvisa é o quarto a ser realizado e servirá para substituir terceirizados.

Embora todas as 78 vagas de técnico administrativo do concurso já autorizado para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sejam destinadas à sede, em Brasília, esse concurso não deve ser deixado de lado por candidatos de outras partes do Brasil. As agências reguladoras, apesar de não terem tanto tempo de existência, são autarquias especiais com certa autonomia, logo os servidores conseguem trabalhar nelas com mais flexibilidade, sem tanta intervenção política. Quem ingressa em uma não pensa em sair. Pelo contrário, quer construir carreira. Isso se dá em virtude das remunerações bem atrativas e da satisfação pessoal e profissional. Então vale a pena apostar na Anvisa.

Além da estabilidade, os futuros técnicos trabalharão por 40h na semana e ganharão, inicialmente, R$ 7 mil mensais de remuneração, incluindo os R$ 458 de auxílio-alimentação e R$ 205 de auxílio-saúde (veja abaixo os detalhes). A Anvisa contratou a Cetro Concursos para organizar o certame de 2013. À época, as provas objetivas foram distribuídas pelas disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Quantitativo, Direito Constitucional e Administrativo, Ética, Regulação, Administração Pública, Vigilância Sanitária e Saúde Pública, além de Conhecimentos Específicos, na disciplina Noções de Administração, conforme pode ser conferido na prova disponível acima.

ANVISA-REMUNERAÇÃO

Detalhes:

  • bullet1.gif (844 bytes)Concurso: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Concurso Anvisa 2016)
  • bullet1.gif (844 bytes)Banca organizadora: Cebraspe
  • bullet1.gif (844 bytes)Cargos: Técnico Administrativo
  • bullet1.gif (844 bytes)Número de vagas: 78
  • bullet1.gif (844 bytes)Remuneração: Até R$ 10 mil no topo da carreira
  • bullet1.gif (844 bytes)Escolaridade: Nível médio
  • bullet1.gif (844 bytes)Situação: AUTORIZADO
  • bullet1.gif (844 bytes)Previsão p/ publicação do edital: Até outubro de 2016
  • bullet1.gif (844 bytes)Link do último edital

Gostou desta oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 25 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online conforme o novo edital, com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

matricule-se 3

BLOG

garantia GCO
Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:
CHEGUEI-LÁ2        CHEGUEI-LÁ     CHEGUEI-LÁ2       CHEGUEI-LÁ-Natálial    CHEGUEI-LÁ (7)

Comentários (1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.