Concurso Anvisa – Regressiva: dica gratuita de Informática!

Avatar


22 de Setembro de 2016 3 min. de leitura

73-dias-anvisa-fb-fw

A dica de hoje para o concurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é sobre Informática!

Acredito que um dos tópicos mais relevantes hoje para as provas de informática seja Computação em Nuvem ou Cloud Computing. Esse tópico está dentro do conteúdo de Internet e Redes, e aborda um dos serviços utilizados na Internet.

A NUVEM NÃO É A INTERNET

Um dos erros na conceituação de Computação em Nuvem é achar que Internet e Nuvem são a mesma coisa. Errado! A Nuvem é apenas um dos inúmeros serviços que estão contidos na Internet. De fato, sem a Internet não há Nuvem, ou seja, ela precisa da conexão da Internet para funcionar.

 

Tipos de Nuvens

Os examinadores costumam cobrar essa categorização dos tipos de nuvens e, nesse aspecto, podemos destacar duas formas de classificação: quanto à natureza das Nuvens e à sua estrutura.

Começaremos a primeira categorização das nuvens quanto à natureza delas.

Nuvem Pública: essa nuvem pode ser utilizada por qualquer tipo de usuário e sua infraestrutura e recursos de processamento são compartilhados entre todos. Não significa que um usuário possa ver os dados de outro. Não! Cada usuário tem o seu próprio espaço privado, ainda que a nuvem seja pública. Aqui, a ideia é que ninguém é dono exclusivo de nenhuma parte da infraestrutura da nuvem, como um disco ou processador exclusivo para um determinado usuário. Exemplos de nuvens públicas: OneDrive, Google Drive, iCloud, DropBox, MinhaTeca etc.

Nuvem Privada: essa nuvem pertence a um usuário específico e seus recursos de infraestrutura são exclusivos desse usuário. Geralmente, esse tipo de nuvem é utilizado por corporações, mas usuários comuns também estão lançando mão cada vez mais desse tipo de armazenamento. A MS Azure é um exemplo desse tipo de nuvem corporativa fornecida pela Microsoft.

Nuvem Gratuita: esse tipo de nuvem não cobra pelo serviço utilizado. Aqui cabe frisar algo importante: uma nuvem gratuita pode ser privada ou pública. Nesse caso, as nuvens públicas citadas acima podem ser gratuitas, oferecendo ao usuário um determinado espaço de armazenamento livre de cobranças.

Nuvem Paga: nesse tipo de nuvem, o serviço é cobrado pelo espaço de armazenamento, pelo tráfego de dados na Internet (download/upload) e também pelo backup dos dados. Também é importante atentar para o seguinte: uma nuvem paga pode ser privada ou pública. As mesmas nuvens gratuitas citadas anteriormente também podem oferecer mais espaço aos usuários, porém cobrando por essa utilização, o que pode ser chamado de pay-per-usage.

As Nuvens também podem ser classificadas por sua estrutura, podendo elas serem Nuvem de Infraestrutura, Nuvem de Plataforma ou Nuvem de Software. Vejamos a seguir a definição de cada uma delas.

Nuvem de Infraestrutura (Iaas – Infrastructure as a Service): essa Nuvem oferece ao usuário apenas a infraestrutura de hardware, como por exemplo uma máquina servidora com discos de armazenamento e potentes processadores. Nesse caso, o usuário é responsável por providenciar a plataforma de sistema, seja ela sistema operacional, sistema web, sistema de correio eletrônico.

Nuvem de Plataforma (PaaS – Plataform as a Service): é uma nuvem que, além de oferecer a infraestrutura de hardware, também oferece a plataforma sobre a qual as aplicações, que serão desenvolvidas pelo usuário, serão executadas. É o caso da MS Azure, uma plataforma de sistema operacional corporativo para vários usuários implementarem suas aplicações.

Nuvem de Software (SaaS – Software as a Service): é uma nuvem que oferece não apenas a infraestrutura de hardware e a plataforma de sistemas, mas também a aplicação, o software propriamente dito. Aqui o usuário apenas abre o navegador e usa a aplicação. Exemplos desse tipo de Nuvem são os softwares disponibilizados diretamente na web, como Google Docs, MS Office Online e MS Office 365. Todas essas aplicações estão voltadas para a Nuvem.

Portanto, essas são algumas classificações cobradas em várias questões do Cespe acerca do conceito de Computação em Nuvem. Agora você já pode identificar cada uma delas.

Deixo a seguir algumas questões abordando o assunto abordado aqui.

Bons Estudos! Até a sua aprovação!

DIRETO DO CONCURSO

  1. (CESPE/TELEBRAS/CONHECIMENTOS BÁSICOS/2015) Na computação na nuvem, IaaS (infrastructure as a service) refere-se a um modelo de serviço em que o provedor oferece ao usuário de forma transparente, uma infraestrutura tanto de processamento quanto de armazenamento.

 

  1. (CESPE/SUFRAMA/NÍVEL MÉDIO/2014) Windows Azure, Microsoft Office 365 e SkyDrive são exemplos, respectivamente, de IaaS, SaaS e PaaS na computação em nuvem.

 

  1. (CESPE/STJ/CONHECIMENTOS BÁSICOS/2015) O que diferencia uma nuvem pública de uma nuvem privada é o fato de aquela ser disponibilizada gratuitamente para uso e esta ser disponibilizada sob o modelo pay-per-usage (pague pelo uso).

Gabarito:

1) C

2) E

3) E

___________________________________________________________________________________________

Servidor público do TJDFT desde 1999, atuando como supervisor de informática desde 2003. Graduado em Ciência da Computação pela UNB e mestrando também pela UNB. É professor de informática para concursos, ministrando também algumas disciplinas da área de TI, com experiência em várias instituições renomadas.

_________________________________________________________________________________________

Estudando para o concurso da Anvisa? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 26 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

matricule-se 3

assinatura-ilimitada-

garantia de qualidade

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:

CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ-Natálial CHEGUEI-LÁ (7)

Depoimentos relacionados

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

A estabilidade que a carreira pública proporciona foi o grande atrativo que Weberti Silva teve para começar a estudar para…

A estabilidade profissional e financeira foi o que levou Pedro J. a buscar com tanto afinco a carreira pública e…

O sonho de ser policial desde criança, fez com que Maria C. firmasse um compromisso de estudos diariamente desde 2018…

Em busca de estabilidade e para dar um futuro melhor para esposa e filha, Regis B. estudou bastante para ser…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *