Carreiras

Concurso Diplomata 2019: confira a situação para o próximo ano!

Saiba detalhes sobre o concurso Diplomata 2019!

Concurso Diplomata 2019: saiba tudo sobre o certame!

Todo ano é realizado um novo Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (concurso Diplomata 2019). Como o concurso realizado neste ano está em suas últimas etapas, os preparativos para o próximo concurso já estão sendo iniciados. 

De acordo com a assessoria do Ministério das Relações Exteriores, a quantidade de vagas para a próxima seleção ainda não está definida, ficando a cargo do Instituto Rio Branco esse quantitativo. Ainda segundo a assessoria, o concurso Diplomata 2019 seguirá o cronograma do certame realizado neste ano. Com isso, os candidatos que desejam ingressar na excelente carreira, podem usar o último edital como base de estudos. 

Resposta da assessoria sobre concurso Diplomata 2019

O professor Jean Marcel que é Conselheiro do MRE e Coordenador Científico do Gran Cursos Online no Projeto Vou ser Diplomata, falou sobre as perspectivas do próximo concurso, “Os CACDistas mais experientes e bem informados sabem que se trata de um processo seletivo bastante difícil e desgastante, mas também estão relativamente tranquilos com a confiança de que vão poder aproveitar o que estudaram já no ano que vem. E, se a aprovação não vier em 2019, provavelmente tentarão novamente em 2020 e assim por diante. Ou seja, não foi um cavalo selado que passou uma vez e poderá demorar anos para passar de novo, como ocorre com a maioria dos concursos públicos”.

Para os candidatos que sonham em ingressar na carreira de Diplomata, confira mais informações do nosso mestre sobre o próximo CACD 2019.

Concurso Diplomata 2019: atribuições dos aprovados

Diplomata (terceiro secretário):

Para ingresso na carreira é necessário possuir diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior, emitido por instituição de ensino credenciada pelo Ministério da Educação (MEC). No caso de candidatos cuja graduação tenha sido realizada em instituição estrangeira, caberá exclusivamente ao candidato a responsabilidade de apresentar, até a data da posse, a revalidação do diploma exigida pelo MEC, nos termos do artigo 48 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996).

Aos servidores da carreira de Diplomata são incumbidas atividades de natureza diplomática e consular, em seus aspectos específicos de representação, negociação, informação e proteção de interesses brasileiros no campo internacional e os ocupantes do cargo estarão sujeitos à observância estrita dos dispositivos que regem o Regime Jurídico dos Servidores da carreira de Diplomata do serviço exterior brasileiro (Lei nº 11.440, de 29 de dezembro de 2006, e demais Leis, Decretos e portarias sobre a matéria).

Concurso Diplomata 2019: progressões na carreira

A carreira de diplomata do Serviço Exterior Brasileiro divide-se em diversas classes. A primeira delas é a de Ministro de Primeira Classe, seguida pelo Ministro de Segunda Classe, Conselheiro, Primeiro Secretário, Segundo Secretário e Terceiro Secretário, em ordem hierárquica funcional decrescente.

Dentre os ministros de primeira classe ou, eventualmente, também os de segunda classe, será escolhido o Chefe de Missão Diplomática Permanente, mais alta autoridade brasileira no país em que estiver sediado. Excepcionalmente, poderá ser designado para exercer esta função, brasileiro nato, não pertencente aos quadros do MRE, maior de 35, de reconhecido mérito e com relevantes serviços prestados ao País.

Para preenchimento do Quadro Especial do Serviço Exterior Brasileiro devem ser seguidas algumas regras. Os ministros de primeira e segunda classe, bem como os conselheiros deverão ocupar os cargos com esta mesma denominação. Na eventualidade de ausência de pessoal, o primeiro-secretário ocupará o cargo de conselheiro, e o segundo-secretário o de primeiro-secretário.

O candidato aprovado no próximo concurso para o CACD ingressará em cargo da classe inicial da Carreira de Diplomata (Terceiro Secretário), de acordo com a ordem de classificação obtida e com o número de vagas oferecidas no edital. As atribuições acima mencionadas, referem-se a classe de terceiro secretário. Com o passar dos anos e de acordo com desempenho das atribuições, os diplomatas vão progredindo na carreira, conforme abaixo, em ordem seguida de forma decrescente:

  • Ministro de Primeira Classe
  • Ministro de Segunda Classe
  • Conselheiro
  • Primeiro Secretário
  • Segundo Secretário
  • Terceiro Secretário 

Anualmente, ou de acordo com a lei, os candidatos que ingressam são avaliados e caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para a classe posterior. Ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue última classe, cerca de 15 anos, quando o servidor fará parte da Classe de Ministro de Primeira Classe.

Consequentemente, os valores da remuneração aumentarão. Ganhando inicialmente R$ 19,1 mil, o servidor chega a classe especial com até de R$ 27,3, conforme abaixo:

Quadro de salários para a carreira oferecida no concurso diplomata.

Quadro de remuneração para a carreira oferecida no concurso diplomata

Os servidores contam ainda auxílio alimentação de R$ 458. Quem tem filho tem direito ainda a auxílio-creche de R$ 321. Há também benefícios como adicional de qualificação e adicional de cursos de capacitação. A Jornada de trabalho é de 40 horas semanais. 

Os candidatos que ingressam na carreira são lotados na sede do Itamaraty, Palácio dos Arcos, localizado em Brasília, mais conhecido como “Palácio Itamaraty”.

Último concurso Diplomata: etapas e provas

O concurso diplomata realizado neste ano, foi composto por três fases: 

a) Primeira Fase: prova objetiva, constituída de questões do tipo CERTO ou ERRADO de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, História do Brasil, História Mundial, Política Internacional, Geografia, Noções de Economia e Noções de Direito e Direito Internacional Público, de caráter eliminatório, que habilitará os candidatos a se submeterem às fases seguintes;

b) Segunda Fase: prova escrita de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa, ambas de caráter eliminatório e classificatório;

c) Terceira Fase: provas escritas de História do Brasil, Política Internacional, Geografia, Noções de Economia, Noções de Direito e Direito Internacional Público, Língua Espanhola e Língua Francesa, de caráter eliminatório e classificatório.

A primeira fase foi realizada nas capitais dos 26 estados da Federação e no Distrito Federal. A segunda e terceira fases serão realizadas nas capitais em que haja candidatos aprovados na fase anterior. Os selecionados em todas as etapas realizam ainda um curso de formação no Instituto Rio Branco (IRBr), em Brasília. O regime de contratação é o estatutário.

Detalhes do Concurso Diplomata 2019:

  • Concurso: Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (concurso Diplomata 2019)
  • Banca organizadora: Cebraspe (banca organiza todos os concursos)
  • Cargos: Diplomata
  • Escolaridade: nível superior
  • Número de vagas: a definir 
  • Remuneração: inicial R$ 18 mil
  • Situação: PREVISTO!
  • Previsão p/ publicação do edital: 2019
  • Link do último edital 

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2018: confira aqui os certames previstos ainda para este ano!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para o próximo ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 800.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Para o Topo