Edital TRF 3: PUBLICADO! Vagas para níveis médio e superior!

Edital TRF 3 publicado! Iniciais podem chegar a R$ 12,4 mil! FCC é a banca organizadora!

O edital de abertura do concurso público do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (edital TRF 3) foi publicado no início de setembro e teve retificações posteriormente. O certame oferta nove vagas para provimento em cargos de níveis médio e superior. As remuneração iniciais podem chegar a R$ 12,4 mil – dependendo da ocupação.

Por meio da seleção haverá ainda formação de cadastro de reserva com a relação dos classificados. A Fundação Carlos Chagas – FCC é a banca organizadora e as inscrições já estão encerradas.

O Gran Cursos Online preparou uma matéria completa com todos os detalhes do certame. Confira abaixo!

Navegue pela matéria utilizando o índice abaixo:

Situação atual

Foi publicado no Diário Oficial da União, na edição do dia 17 de setembro, a retificação do edital de abertura do concurso público do TRF 3.

A errata indica alterações em nomenclaturas e no conteúdo programático para os cargos de Analista Judiciário – Área Apoio Especializado: Informática e Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado: Informática. Os demais itens permanecem inalterados.

Clique no link abaixo e leia o documento na íntegra:

Edital TRF 3 retificação

Edital TRF 3: remunerações e benefícios

Os aprovados neste certame terão remuneração inicial que variam de R$ 7.591,37 a R$ 12.455,30, além do auxílio-alimentação no valor de R$ 910,08.

A carreira no TRF 3 terá a progressão nas classes de A até C e em padrões que vão do 1 ao 13.

Veja no quadro abaixo a estrutura remuneratória dos cargos no quadro permanente de pessoal.

Concurso TRF 3: remunerações

 Concurso TRF 3: vencimentos, remunerações e adicionais.

Conheça detalhes sobre a estrutura:

  • VB – Vencimento básico;
  • GAJ – Gratificação de Atividade Judiciária;
  • GAS – Gratificação de Atividade de Segurança (esse somente para o cargo de Técnico – Área: Segurança);
  • AQ Treinamento – Adicional de Qualificação; e
  • GAE – Gratificação de Atividade Externa (apenas para Analista – Oficial de Justiça Avaliador).

Edital TRF 3: vagas e cargos

De acordo com o edital as vagas ofertadas no concurso TRF 3 serão distribuídas da seguinte forma:

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa
    Vagas: 4
    Lotações: TRF 3 e Seções Judiciárias de São Paulo – SJSP – e de Mato Grosso do Sul – SJMS
    Remuneração: R$ 8.501,45 (incluso o auxílio-alimentação)
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática
    Vagas: 1
    Lotação: TRF 3
    Remuneração: R$ 8.501,45 (incluso o auxílio-alimentação)
  • Analista Judiciário – Área Judiciária
    Vagas: 3
    Lotações: TRF 3 e SJSP
    Remuneração: R$ 13.365,38 (incluso o auxílio-alimentação)
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática
    Vagas: 1
    Lotação: TRF 3
    Remuneração: R$ 13.365,38 (incluso o auxílio-alimentação)

Relação de inscritos

Confira os detalhes sobre os candidatos inscritos de acordo com a ocupação de interesse:

  • Campo Grande – MS
    • Técnico Judiciário – Área Administrativa
      • Geral: 6.657
      • Negros: 1.063
      • Pessoas com deficiência: 93

 

  • São Paulo – SP
    • Analista Judiciário – Área Judiciária
      • Geral: 26.757
      • Negros: 3.629
      • Pessoas com deficiência: 516
    • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Informática
      • Geral: 1.648
      • Negros: 286
      • Pessoas com deficiência: 50
    • Técnico Judiciário – Área Administrativa
      • Geral: 41.581
      • Negros: 7.529
      • Pessoas com deficiência: 788
    • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Informática
      • Geral: 1.233
      • Negros: 251
      • Pessoas com deficiência: 22

Requisitos

Para participar do certame o candidato precisa ter alguns requisitos, confira abaixo quais as formações necessárias para conquistar um cargo no TRF 3:

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: comprovante de conclusão de Ensino Médio ou equivalente, devidamente reconhecido por órgão competente para tal.

Analista Judiciário – Área Judiciária

Requisitos: diploma ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em Direito, fornecido por instituição de nível superior, reconhecido pelo MEC – Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática

Requisitos: diploma ou Certificado devidamente registrado, de conclusão de curso superior completo, em qualquer área, acompanhado de especialização na área de Análise de Sistemas, com carga horária mínima de 360 horas, ou qualquer curso superior em Informática, ambos em Instituições de Ensino reconhecidas pelo MEC – Ministério da Educação.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática

Requisitos: comprovante de conclusão de Ensino Médio ou equivalente, devidamente reconhecido por órgão competente para tal.

Etapas de prova

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva marcadas para o dia 1º de dezembro de 2019.

As provas para todos os cargos terão duração máxima de 4 horas e 30 minutos. As provas discursivas serão aplicadas em conjunto com a prova objetiva, no mesmo dia e turno.

A aplicação das provas serão organizadas da seguinte forma:

  • MANHÃ – cargos de Técnico Judiciário – todas as Áreas/Especialidades;
  • TARDE – cargos de Analista Judiciário – todas as Áreas/Especialidades.

Provas objetiva e discursiva

Confira abaixo as disciplinas cobradas em cada prova por cargo:

Analista Judiciário – Área Judiciária

A prova objetiva será de caráter classificatório e eliminatório e contará com 20 questões de conhecimentos gerais e 40 questões de conhecimentos específicos.

Já a prova discursiva  será um estudo de caso com peso 1 também de caráter classificatório e eliminatório.

Disciplinas

Conhecimentos Gerais

Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções dos Direitos das pessoas com deficiência. Gestão Pública: Noções de Governança Corporativa, Noções de Sustentabilidade e Noções de Gestão Estratégica.

Conhecimentos Específicos

Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Tributário e Direito Previdenciário.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado: Informática

A prova objetiva será de caráter classificatório e eliminatório e contará com 20 questões de conhecimentos gerais e 40 questões de conhecimentos específicos.

Já a prova discursiva será a elaboração de um estudo de caso, sendo de caráter classificatório e eliminatório.

Disciplinas

Conhecimentos Gerais

Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções dos Direitos das pessoas com deficiência, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo. Gestão Pública: Noções de Governança Corporativa, Noções de Sustentabilidade e Noções de Gestão Estratégica.

Conhecimentos Específicos

Assuntos relacionados à área de atuação.

 

Técnico Judiciário – Área Administrativa

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 20 questões de conhecimentos gerais e 40 questões de conhecimentos específicos e a prova discursiva será uma redação com peso 1.

Disciplinas

Conhecimentos Gerais

Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções dos Direitos das pessoas com deficiência. Gestão Pública: Noções de sustentabilidade, Noções de Governança Corporativa e Noções de Gestão Estratégica.

Conhecimentos Específicos

Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Processual Civil, Noções de Direito Processual Penal, Noções de Direito Previdenciário e Noções de Direito Tributário.

 

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Informática

A Prova objetiva contará com 20 questões de conhecimentos gerais e 40 questões de conhecimentos específicos e a prova discursiva será um estudo de caso.

Disciplinas

Conhecimentos Gerais

Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções dos Direitos das pessoas com deficiência. Gestão Pública: Noções de sustentabilidade, Noções de Governança Corporativa e Noções de Gestão Estratégica. Noções de Direito Administrativo e Noções de Direito Constitucional.

Conhecimentos Específicos

Assuntos relacionados à área de atuação.

Últimos concursos TRF 3

Nomeações

No ano de 2015, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região lançou o último edital para 7 funções, sendo 5 para Analista Judiciário e 2 para Técnico Judiciário.

Segundo o site do órgão, das 33 vagas ofertadas foram nomeados 61 aprovados. Os novos servidores foram lotados na Seção Judiciária de São Paulo e na sede do Tribunal, também localizada no Estado de São Paulo.

Já em 2013, o órgão publicou um grande certame com oferta de 250 vagas para 22 cargos, sendo 7 para provimento em cargos de nível médio e 15 para nível superior.

Entre os aprovados, 228 foram chamados para as especialidades de Analista Judiciário, cargo de nível superior, sendo 25 para Oficial de Justiça e 200 para as outras áreas da carreira de Analista. Dos aprovados nos cargos de nível médio, 450 foram chamados.

Apesar da pouca oferta de vagas no concurso atual, ao olhar o histórico de nomeações do Tribunal destaca-se o alto número de chamamento de pessoal. Por isso, estude para conquistar uma boa nota e alcance a sua sonhada aprovada!

Nota de corte do último edital TRF 3:

Realizado em 2015, o último concurso do TRF 3 ofertou 24 vagas para a carreira de Analista e 16 para carreira de Técnico. As vagas foram distribuídas entre as sedes do TRF 3 em São Paulo (capital e interior) e Mato Grosso do Sul, além da seção judiciária de São Paulo (capital).

Os candidatos foram avaliados por prova objetiva e o critério utilizado para a correção foi o escore padronizado, com média igual a 50 (cinquenta) pontos e desvio padrão igual a 10 (dez) pontos.

Houve ainda prova de Estudo de Caso para o cargo de Analista Judiciário e prova discursiva para o cargo de Técnico Judiciário. Veja abaixo a nota de corte, com base na nota do último convocado no concurso:

CargoÚltima nota do nomeado por localidade
Técnico Judiciário – AdministrativaTRF 3 + Seção Judiciária São Paulo (Capital): 356,31
Seção Judiciária de São Paulo (Interior): 374,98
Seção Judiciária de Mato Grosso do Sul: 364,661
Técnico Judiciário – InformáticaSede do TRF 3: 266,12
Analista Judiciário – JudiciáriaTRF 3 + Seção Judiciária São Paulo (Capital): 356,31
Seção Judiciária de São Paulo (Interior): 338,33
Seção Judiciária de Mato Grosso do Sul: 324,63
Analista Judiciário – InformáticaSede do TRF 3: 280,30

Análise do edital TRF 3

O Gran Cursos Online preparou especialmente para você um evento sobre o edital TRF 3 com os mestres Vandré Amorim, Aragonê Fernandes e Leo Murga.

Assista, anote as dicas pontuais e use todas as informações dadas pelos profissionais a seu favor! Há também orientações específicas sobre como estudar as disciplinas com os pesos específicos e ainda como se destacar na elaboração da discursiva.

Segundo o professor Leo Murga: “A prova discursiva é o fiel da balança”. Ou seja, é preciso se preparar para saber desenvolver os temas cobrados com tranquilidade e domínio do assunto.

Confira essa e outras dicas no vídeo de análise pós-edital do Concurso TRF 3.

[VÍDEO] Análise pós-edital TRF 3 e dicas de estudo!

Concurso TRF 3: materiais gratuitos

O Gran Cursos Online oferece gratuitamente um Guia de Estudos completo para os alunos que estão se preparando para o concurso do Tribunal Regional Federal da 3º região. Baixe agora preenchendo o formulário abaixo:

Para baixar o material gratuitamente preencha o formulário abaixo:


Acesse nossa página exclusiva com diversos conteúdos gratuitos para concursos públicos. Clique aqui e veja!

 

Resumo do edital TRF 3

Concurso Tribunal Regional Federal da 3ª Região (edital TRF 3)
Banca organizadora Fundação Carlos Chagas – FCC
Cargos
  • Técnico Judiciário e
  • Analista Judiciário.
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Administrativa, Tecnologia da Informação e outras
Lotação São Paulo e Mato Grosso do Sul
Número de vagas 9 + CR
Remuneração de R$7.591,37 a R$ 12.455,30
Inscrições  de 12/07/2019 a 02/10/2019
Taxa de inscrição de R$ 85,00 a R$95,00
Data da prova objetiva 01/12/2019
Link do edital Clique aqui e leia o edital
Quer conquistar a sua aprovação no concurso TRF 3?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Lanna Sant'Anna
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
8 Comentários

8 Comentários

  1. CLEI

    21/06/2019 09:28em09:28

    Gran Concurso afinal, houve ou não reaproveitamento da lista TRF SP (APROVADOS) pelo o TRF 3???

  2. Amanda Hellen

    09/07/2019 12:42em12:42

    Olá equipe Gran. Tenho uma dúvida.
    Tenho muito interesse em estudar para o concurso do TRF3 porém para os cargos de analista pede-se experiência de 2 anos por ex como Psicologo do trabalho, isto procede? Em caso de nomeação o candidato deverá comprovar a experiência em carteira assinada? Não basta possuir o ensino superior em psicologia?

    Obrigada

  3. Saulo Navegantes

    06/09/2019 09:45em09:45

    Bom dia, fiquei com uma dúvida. O TFR 3 não deveria obedecer o decreto 9.739 que no ART.41 determina 4 meses entre edital e provas? Desde já agradeço pela resposta.

  4. Rafael Henrique Alves

    06/09/2019 10:26em10:26

    Olá equipe Gran. Tenho uma dúvida.

    A prova esta marcada para o mesmo dia da prova da 2° fase da OAB, tem possibilidade de uma das instituições alterar a data?

  5. Rafael

    06/09/2019 10:29em10:29

    A data da prova do TFR 3 esta marca para o mesmo dia da prova da 2° fase da OAB, tem a possibilidade de uma das instituições mudarem a data da prova?

  6. Claudionor

    06/09/2019 14:35em14:35

    Alguém saberia dizer porque o TRF3 não abriu seleção para OFICIAL DE JUSTIÇA e ANALISTA ÁREA ADMINISTRATIVA?

  7. Henrique

    06/09/2019 17:01em17:01

    não concordei foi com a opção entre TRF e Seção Judiciária… certo é que na divisão anterior, entre capital e interior há diversas justificativas, pois é mais interessante à administração ter um servidor lotado no local de sua escolha, qualidade de vida e evitar posteriores pedidos de transferência… agora, ao candidato que mora na capital, qual o fundamento de ter que escolher entre TRF e Seção, se submetendo a vagas e notas de cortes diferentes? não houve nenhum comentário sobre a possibilidade de discussão disso? algum MS a caminho?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso TRF 3?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Para o Topo