Planejamento de estudos para concurso: como criar o seu?

Com um bom planejamento de estudos para concurso você é capaz de definir o que estudar, por quanto tempo, com qual frequência e assim garantir a melhor preparação para o seu cargo dos sonhos. Saiba mais!

Deixe seu like:

Avatar


23/06/2022 | 20:00Atualizado há 57 dias

Se você está iniciando seus estudos agora, com certeza já teve ter ouvido mais de uma vez como é importante ter um bom planejamento de estudos para concurso. Isso não é sem razão, já que esse recurso irá ajudá-lo na organização geral, definindo o que estudar, por quanto tempo e com qual frequência. Assim, várias dúvidas sobre o processo de preparação para concurso são resolvidas ao mesmo tempo! Incrível, não é mesmo?

Dito tudo isso, como é possível conseguir um bom  planejamento de estudos para concurso? Pode ser feito por você? Se sim, quais são os pontos que devem ser levados em consideração na hora de formular o seu? Durante o artigo vamos responder a todas essas perguntas! Acompanhe!

Série Concurseiro Iniciante: com você do início até a aprovação! 

Planejamento de estudos para concurso: por onde começar?

Via de regra, quanto mais específico e personalizado o seu planejamento de estudos para concurso for, mais eficiente ele será. Por isso, antes mesmo de organizar as matérias, você deve esclarecer algumas questões essenciais. São elas:

1. Para qual concurso público ou carreira você está estudando?

Essa definição trará mais clareza sobre quais matérias devem ser contempladas no seu planejamento de estudos para concurso. Também ajuda a definir a relevância de temas a partir da análise de editais e provas passadas.

O estudo por carreira (Saúde, Educação, Controle, Segurança Pública) pode ser uma alternativa caso você ainda não tenha se interessado por nenhum edital em particular. Afinal, seleções de uma mesma carreira terão muitas matérias em comum.

Ainda assim, quanto mais rápido você decidir por um concurso específico, melhor! Basta lembrar que cada seleção tem suas particularidades e poderá introduzir matérias essenciais que não estavam previstas no escopo geral  da carreira.

Veja abaixo alguns conteúdos que podem ajudá-lo a escolher para qual concurso público ou carreira estudar:

2. Quanto tempo você tem para estudar?

Essa é a segunda questão mais importante na hora de pensar no seu planejamento de estudos para concurso. Afinal de contas, para ser efetivo, ele deverá se encaixar na sua rotina. Nessa etapa, é preciso que você seja o mais realista possível, ok?

Para visualizar melhor as suas atividades semanais e diárias, você pode organizá-las em uma grade. Comece preenchendo o seu esquema com todas as atividades inadiáveis: isto é, trabalho e faculdade, por exemplo. Com uma cor diferente, preencha também os espaços de tempo destinados para outras atividades não obrigatórias da sua rotina, como os hobbies.

Ao terminar essa etapa, você estará diante das suas horas livres: a base onde o seu planejamento de estudos para concurso irá se assentar.

3. Qual é a situação do seu concurso público?

Acompanhar a situação do seu concurso público é importante para definir a velocidade e intensidade do seu planejamento de estudos para concurso. O melhor cenário, especialmente se você está começando, é selecionar um concurso autorizado. Ao fazer isso, você garante fortes indicações de que o concurso acontecerá ainda naquele ano e ainda dispõe de um bom tempo hábil (geralmente mais de 6 meses), para se preparar!

Por outro lado, se o que te motivou a buscar por um planejamento de estudos para concurso foi exatamente a publicação inesperada de um excelente edital, suas rotinas serão naturalmente um pouco mais puxadas.

Enquanto um planejamento de estudos para concurso para uma seleção pré-edital pode ser iniciada devagar, com rotinas de 1 a 2 horas por dia; em uma situação de pós-edital, esse tempo ideal pode subir para 4 a 6 horas desde o início. Considere também esse fator na hora de fazer sua escolha!

Planejamento de estudos para concurso: passo a passo para o criar o seu

Depois de responder às principais questões, é hora de condensar tudo em um efetivo planejamento de estudos para concurso. Veja o passo a passo detalhado de como fazer isso abaixo!

1. Como criar o planejamento de estudos para concurso: defina e categorize as matérias

Vamos supor que você decidiu estudar para o Concurso PM SP com foco no cargo de Soldado. Analisando o edital mais recente, é possível chegar ao seguinte quantitativo de questões por matéria:

  • Língua Portuguesa: 20 questões;
  • Matemática: 15 questões;
  • Conhecimentos Gerais: 15 questões;
  • Noções Básicas de Informática: 5 questões;
  • Noções de Administração Pública: 5 questões.

Apenas por essa análise preliminar, é possível perceber que a matéria de Língua Portuguesa corresponde ao maior número de itens. Logo, a tendência é que ela seja a matéria mais frequente no seu planejamento de estudos para concurso. Seguindo a ordem, estão Matemática e Conhecimentos Gerais, com 15 questões cada.

O próximo passo para categorizar as disciplinas no planejamento de estudos para concurso é baseado na sua experiência própria com cada conteúdo. Assim, você poderá separá-las em categoria A, B e C. Veja:

  • Categoria A: conteúdos que você já conhece e domina;
  • Categoria B: conteúdos que não são estranhos para você;
  • Categoria C: conteúdos completamente novos ou que você tem muita dificuldade.

Juntando as duas análises, caso você classifique a disciplina de Matemática como categoria A, pode ser que não precise estudar com tanta frequência, mesmo que ela seja mais relevante pelo edital. Ao invés disso, você poderá se concentrar em rotinas mais esporádicas de resolução de questões e revisões.

Mas como saber objetivamente se uma disciplina se encaixa na categoria A, B ou C?

É um pouco complicado assumir o domínio de determinada disciplina, especialmente se estamos falando de concursos públicos. Afinal de contas, o entendimento necessário é aquele que pode ser aplicado na resolução de questões. Assim, esse também será o critério para avaliar sua proficiência em cada matéria.

Então, se você acha que determinada matéria se classifica em A, mas não tem certeza, resolva um ou dois simulados e avalie os seus resultados. Caso você consiga manter um percentual de acerto igual ou acima de 85% por cento, tudo certo: essa disciplina realmente se enquadra na categoria A. Caso fique entre 75% e 85%, é a categoria B. Agora, valores abaixo disso, poderão ser enquadrados na categoria C.

2. Como criar o planejamento de estudos para concurso: escolha a estrutura

A estrutura do seu plano de estudos diz respeito à maneira como você organiza e estuda cada matéria ou ciclo de matérias. No mundo dos concursos públicos, os dois modelos mais utilizados são o cronograma de estudos (grade horária) e o ciclo de estudos.

No cronograma de estudos/grade horária, a organização baseia-se em dias da semana, reservando um horário específico para cada matéria. Veja abaixo um exemplo de cronograma de estudos para o Concurso ANCINE, tendo 3 dias de preparação como base:

Como estudar para concursos públicos sozinho? Veja!

No caso do ciclo de estudos, a base é na sequência de matérias e não em horários ou dias da semana. Então, é possível retomar a sua preparação a qualquer hora e dia sem grande prejuízo ao planejamento de estudos para concurso. Ao finalizar o ciclo, você retorna ao princípio ou segue para outro: a depender da quantidade de conteúdos previstos.

 

Cronograma de estudos ou ciclo de estudos para concursos

Ciclo de estudos para 8 disciplinas

Qual é a melhor escolha para o seu planejamento de estudos para concurso?

Depende!

Enquanto algumas pessoas se sentem mais confortáveis com o cronograma de estudos, por estabelecer horários específicos para os estudos, outros podem rapidamente se sentir prejudicados com a falta de flexibilidade desse primeiro modelo. Afinal, se a preparação é baseada em horários e dias da semana específicos, significa que qualquer imprevisto durante a semana poderá prejudicar matérias ou necessitar de você um constante esforço para adequação dos conteúdos.

Além de ser mais flexível, o ciclo de estudos também costuma ser mais dinâmico. Como as matérias do dia dependem da sua velocidade de rotação, é muito comum que não caiam sempre no mesmo dia da semana. Assim, evita-se os receios de “hoje é o dia da matéria mais difícil”, por exemplo.

Também é possível juntar os dois no seu planejamento de estudos para concurso: basta estabelecer um horário específico, mas organizar as matérias no modelo ciclo de estudos. Assim, você terá o melhor dos dois mundos.

3. Como criar o planejamento de estudos para concurso: monte!

Depois de passar por todos os passos anteriores, é hora de finalmente colocar as disciplinas no seu planejamento de estudos para concurso. Quando falamos de tempo, atente-se para não ultrapassar o valor máximo de 2h30 para nenhum disciplina.

Você poderá, por exemplo, dedicar mais tempo para aquelas matérias mais relevantes ou difíceis (2h), um tempo médio para disciplinas medianas (1h30) e o menor tempo para disciplinas em que você tem mais facilidade (1h).

Lembre-se, contudo, que isso é apenas uma sugestão! Desde que você não ultrapasse os limites máximos para cada disciplina, é possível se organizar da maneira que funcione melhor para você sem prejuízos para o tempo total de preparação.

Na hora de colocar as disciplinas no seu planejamento de estudos para concurso, lembre-se também de alternar os tipos de conhecimento: por exemplo, uma matéria que envolva muitos números, não deve ser seguida de outra que também traga muitos números: isso só vai te cansar mais. Depois de considerar esses pontos, basta organizar as disciplinas do seu planejamento de estudos para concurso da maneira que preferir!

4. Como criar o planejamento de estudos para concurso: não esqueça das revisões e simulados

Revisões e simulados são essenciais na sua rotina de preparação para garantir a obtenção de bons resultados. Por isso, é importante que também estejam previstos no seu planejamento de estudos para concurso.

A maneira como aparecerão, contudo, depende de você! Muitos concurseiros optam por realizar simulados uma vez por semana, geralmente aos domingos e trabalhar nos pontos de dúvida ao longo da semana.

Quando o assunto é revisão, ela poderá acontecer tanto diariamente (por alguns minutos antes de começar o ciclo) ou semanalmente por mais tempo, Ainda existem casos de pessoas que preferem revisar de 15 em 15 dias: a verdade é que não existe exatamente uma fórmula, o importante é revisar.

5. Como criar o planejamento de estudos para concurso: inclua o tempo de resolução de questões para cada matéria

Quando falamos de 1h hora de estudos, estamos falando idealmente de 50 minutos de absorção de conteúdo e 10 minutos de resolução de questões. Essa prática, afinal de contas, é essencial e deve acompanhar você desde o início da sua trajetória.

Além de auxiliar na assimilação mais rápida dos conhecimentos, ela também poderá funcionar como um termômetro para compreender se o seu planejamento de estudos para concurso está sendo efetivo ou não. Por isso, não deixe de lado!

Planejamento de estudos para concurso: dicas importantes

Se você chegou até aqui, então quer dizer que dominou o passo a passo para a formulação do seu planejamento de estudos para concurso! Agora é só colocar em prática. Mas antes de nos despedirmos, confira algumas dicas importantes que podem acompanhá-lo não só agora no início, mas ao longo da sua caminhada de preparação.

Não existe planejamento de estudos perfeito

Pois é! Pode ser que você siga todas as dicas do conteúdo à risca, formule o seu planejamento de estudos para concurso, comece a estudar e daí… Perceba que não está funcionando. Isso é normal, especialmente no início. Não quer dizer que você falhou. Tente identificar o ponto onde as coisas deram errado e como você poderia solucionar o problema.

Pode ser alterando a ordem das disciplinas, pode ser colocando menos tempo de estudos para o início da trajetória, pode ser mudando de ciclo de estudos unicamente para o cronograma: o mais importante é não desistir e não ter medo de experimentar soluções e técnicas. Com o tempo, você vai ter um entendimento bem melhor do que funciona e o que não funciona no seu seu planejamento de estudos para concurso ideal.

O planejamento de estudos para concurso evolui com você

Vamos supor que você já está estudando há algum tempo: 1 ano, por exemplo. Nesse um ano, você evoluiu como concurseiro, construindo uma base cada vez mais sólida de conhecimentos. Assim, pode ser que aquela divisão A,B e C acabe se alterando. Então, é hora de reavaliar. Refaça os simulados, avalie os percentuais de acerto e considere uma reestruturação do seu planejamento de estudo para concurso para que ele se adeque à sua nova realidade.

Planejamento de estudos para concurso: crie o seu com o Gran!

Com a ajuda da plataforma Gran Cursos Online, você pode formular o seu planejamento de estudos para concurso de maneira mais simples, seja de acordo com o modelo de cronograma ou ciclo de estudos.

Além disso, no canal de Youtube do Gran você também encontra aulas gratuitas de análise de edital e formulação de planejamento de estudos para concurso com foco em seleções específicas. Confira nos links abaixo:

Série Concurseiro Iniciante: tire todas as suas dúvidas sobre concursos públicos!

Agora você já sabe como formular o seu planejamento de estudos para concurso do zero!  Esperamos que o conteúdo tenha ajudado a esclarecer suas dúvidas! Mas se ainda ficou alguma, que tal deixar um comentário para melhorarmos o conteúdo cada vez mais?

Ah! E se você tem alguma outra pergunta que nunca conseguiu responder sobre o mundo dos concursos públicos, então preencha o formulário abaixo e faremos o máximo para respondê-la nos próximos conteúdos!

 


Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2022

Receba gratuitamente no seu celular as novidades do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Deixe seu like:

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online

Tudo que sabemos sobre:

Concurseiro Iniciante destaque


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.