Top 5 Dicas – Simulados

Olá! Aqui quem fala é a GranXpert Amanda Borges, servidora da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Hoje vou compartilhar por aqui as minhas melhores dicas sobre simulados!

Eu costumo falar para meus alunos “Não deixe para descobrir como será a sua prova no próprio dia!”. O dia da prova já vem acompanhado de uma carga de ansiedade muito intensa e saber que você consegue realizá-la dentro do tempo e ter bem definida a sua tática vai te ajudar muito emocionalmente!

Então vamos partir para as TOP 5 DICAS DE SIMULADOS:

 

1 – Saia da sua zona de conforto!

Caso você sempre realize os simulados em locais de estudo confortáveis, com ar condicionado, silêncio absoluto, cadeira super confortável, entre outras comodidades, saiba que não serão essas as condições que você encontrará no dia da prova! Sempre escutamos histórias de pessoas bem preparadas e com boas notas nos simulados que não foram aprovadas por terem tido algum desconforto no dia do concurso, como calor excessivo, barulho externo ou de outros candidatos, entre tantos outros exemplos.

Eu mesma não conseguia me concentrar com qualquer barulho externo, mas, como sempre gosto de estar preparada para as piores condições, comecei a fazer simulados fora do meu local silencioso de estudo. Então eu estudava no quarto, mas fazia simulados na sala da minha casa, com minha mãe atendendo o telefone, cachorro latindo ao fundo, família conversando… No começo é mais complicado, mas você começa a se habituar a resolver questões e a permanecer concentrado independentemente de fatores externos que costumavam te atrapalhar.

 

2 – Simule a prova discursiva juntamente com a objetiva

Caso a sua prova discursiva ocorra no mesmo dia e horário da objetiva, indico que você faça essa simulação pelo menos uma vez antes da sua prova! Tirar uma boa nota fazendo uma redação isolada é muito mais fácil do que tirar uma boa nota lidando com pressão de tempo e com a cabeça cansada da prova objetiva.

Além disso, você precisa ter definida a sua tática de prova e saber qual é o melhor horário para realizar a sua redação! Cada pessoa funciona de uma forma diferente! Conheço aprovados que faziam a redação no final, outros no meio e alguns no começo! Varia bastante de pessoa para pessoa, e a melhor forma de você descobrir qual é a sua é fazendo o simulado em conjunto com a sua redação!

 

3 – Comece a fazer simulados tendo estudado pelo menos 70% do seu edital!

Tenho vários alunos que querem começar a fazer simulados logo no início dos estudos, por terem consciência da importância deles. O ponto é que o simulado no começo se assemelha a uma loteria! Serão tantas questões cujo assunto ainda não foi estudado que muitas delas você irá chutar e, por causa disso, a sua nota pode te deixar bastante desmotivado.

Então, ao atingir 70% do edital, eu indico que você comece a fazer um simulado a cada 15 dias; ao concluir o edital, faça pelo menos um simulado por semana! É bem interessante reservar um dia da semana para fazer o seu simulado com o treino da redação. O dia que eu gostava de realizar meus testes era o domingo, porque, ao final do dia, eu conseguia montar um excelente planejamento de estudos para a semana seguinte levando em consideração todas as informações fornecidas pelo meu desempenho.

Além disso, eu sempre estabelecia uma meta para o simulado da semana seguinte e estudava com muito mais afinco durante a semana para tentar cumpri-la! As “alavancagens” de metas que eu lanço para meus alunos variam entre 2 e 5% de aumento por semana de estudos a depender da carga horária e da produtividade nos estudos de cada um.

 

4 – Registre o seu progresso!

É o que eu sempre digo para meus alunos: “Em reta final, os resultados nos simulados são suas melhores fontes de novas metas”. Os simulados indicam o que precisamos revisar mais e em quais disciplina temos maior oportunidade de ganhar pontuação! Essa oportunidade de ganhar pontuação é basicamente a quantidade de pontos que você poderia ter feito naquela disciplina subtraindo o quanto você pontuou.

 

Exemplos:

Questões de Português: 20 pontos

Acertos: 15 pontos

Oportunidade de ganhar pontuação: 5 pontos

 

Banca CEBRASPE com fator de correção:

Questões de Português: 20 pontos

Acertos: 15 pontos

Erros: 2 pontos

Acertos líquidos (acertos – erros): 13 pontos

Oportunidade de ganhar pontuação: 20 – 13 = 7 pontos

Então além de registrar o seu percentual de acerto por disciplina, também registre sua oportunidade de ganhar pontuação e revise mais as matérias com maiores oportunidades para você! Isso ajuda muito a alavancar a sua nota em reta final.

Super Dica: lá no meu perfil no Instagram, @amanda.concursos, eu disponibilizo gratuitamente uma planilha de controle de notas de simulados e redações! É só pedir lá no privado!

 

 

5 – “Treino duro, jogo fácil”

Essa dica é para concurseiros em níveis mais avançados! Quando eu estava já tirando 90% de acerto nos simulados para a CLDF, comecei a fazer simulados mais difíceis que a minha prova. Essa técnica faz a sua prova real parecer muito mais fácil no dia!

 

Como deixar o seu simulado mais difícil?

  1. Você pode colocar mais questões em cada disciplina – o que te deixa com resistência e velocidade excelentes. Minha prova teve 60 questões de múltipla escolha, e meus últimos simulados já tinham 70 questões. A impressão que você tem é a de que sua prova está mais curta e não te cansa tanto!
  2. Você pode elaborar um material com a mesma quantidade de questões, mas reduzir o tempo de prova apenas para treinar a sua velocidade e ficar preparado caso no dia você perca tempo com algum imprevisto.
  3. Por fim: você pode filtrar na plataforma de questões apenas questões difíceis! Claro que, para isso, você tem de já estar bem afiado nas questões fáceis e médias. Mas essa técnica deixa seu simulado mais intenso e cansativo. No dia da prova, você vai sentir mais confiança ao se deparar com tantas questões fáceis.

 

Obs: para essa última dica, tenha o cuidado para filtrar o seu cargo a fim de evitar fazer questões de cargos com níveis de dificuldade mais elevado (Juiz, Procurador, Delegado etc.).

Essas foram as dicas! Espero que você faça bom proveito delas; mais para frente, vou lançar um outro artigo com técnicas para alavancar suas notas nos simulados a partir do seu desempenho. Se você estiver sentindo que suas notas não aumentam nos simulados, talvez seja a hora de conhecer o nosso time de GranXperts! Conversar com alguém que já passou por essa fase de estagnação e conseguiu superá-la pode te auxiliar muito!

 

Por último: não tenha medo de realizar simulados! Eles existem exatamente para indicar suas falhas e oportunidades de conseguir elevar suas notas. Os primeiros sempre são desastrosos mesmo! Faz parte da vida de concurseiro saber lidar com isso e identificar os pontos em que pode melhorar.

Então é isso! Até as próximas dicas!

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo