TRF 1ª Região: Com sede em Brasília, tribunal institui comissão para concurso de técnico e analista!

Avatar


07/02/2015 | 23:01 Atualizado há 1464 dias

TRF da 1ª Região: Com sede em Brasília, tribunal institui comissão para concurso!

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1), com sede em Brasília e jurisdição nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins, institui, por meio da Portaria Diges 88, de 05/02, a comissão responsável pela realização do VI concurso público destinado ao provimento de cargos efetivos de seu quadro de pessoal. Veja abaixo:

trf 1 2015

Expectativa
Tudo indica que a seleção deverá contar com os mesmos cargos da última, realizada em 2011 pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Na ocasião, foram oferecidas vagas para formação de cadastro de reserva nos cargos de analista e técnico judiciários.

As vagas foram preenchidas nas Seções Judiciárias dos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantis, além do Distrito Federal.
Para analista judiciário houve vagas nas especialidades judiciária e execução de mandados, para quem tem curso superior em direito; administrativa, destinada a formados em qualquer área; e apoio especializado – contadoria, que requer nível superior em ciências contábeis. Os iniciais eram de R$ 6.551,52.

Os postos de técnico judiciário foram ocupados por candidatos com ensino médio completo. As áreas eram administrativa, operação de computadores e segurança e transporte, o último exigia carteira de habilitação nas categorias “C” ou “D”. A remuneração oferecida nestes casos era de R$ 3.993,09. Veja aqui o edital.

Último concurso
Realizado em junho de 2014, o concurso ofereceu 13 vagas, sendo 4 para o cargo de técnico judiciário (nível médio técnico) e 9 para a função de analista (nível superior). Os convocados atuarão nos estados do Acre, Amapá, Bahia, Minas Gerais e Piauí. As remunerações variam entre R$ 4.947,95 e R$ 8.118,19 e as jornadas de trabalho são de 40 horas semanais. A Fundação Carlos Chagas foi a organizadora da seleção. 

Remunerações
As remunerações brutas de Técnico e Analista Judiciário, em início de carreira, são de R$ 6.177,75 e de R$ 9.615,80, respectivamente, pela jornada de sete horas diárias. O valor já inclui o auxílio alimentação de R$ 751,96. Os servidores do judiciário contam ainda com a possibilidade de Adicional de Qualificação que adiciona 1% sobre o vencimento para cada 120 horas em cursos (esse adicional pode chegar ao máximo de 3%). Já especializações acrescentam ao vencimento o percentual de 7,5%, de 10% para mestrado e 12,5% para doutorado.

Fique ligado
Quem já está estudando para o próximo concurso do Tribunal deve ficar atento conteúdo do regimento interno do órgão. Acesse AQUI.  

Gostou desta oportunidades Prepare-se com o Gran Cursos e conquiste a sua vaga. Ao longo de 25 anos foram mais de 600 mil aprovados em concursos públicos. 

Cursos Online – Início Imediato 

Antecipe seus estudos e saia na frente!

Quer ficar por dentro de todas as novidades deste e de outros concursos para tribunais? Então participe de nosso grupo de estudos direcionado no facebook

tribunais grupo

Avatar

Equipe do Gran Cursos Online
0

11

Comentários (11)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *