Concurso PRF: 10 motivos para ser Policial Rodoviário Federal

O Concurso PRF já possui edital publicado para 1.500 vagas. E para ser aprovado em um certame tão concorrido, nada melhor do que um toque de motivação. Abaixo, preparamos a você uma lista de 10 motivos para ser policial rodoviário federal. Vale lembrar que as inscrições já estão abertas e devem ser realizadas por meio do site do Cebraspe.

Confira:

1. Remuneração
A remuneração inicial de um Policial Rodoviário Federal é de R$ 9.899,88, sem contabilizar, ainda alguns benefícios, como auxílio-alimentação (R$ 458,00), auxílio-creche (R$ 321,00) e outros adicionais a depender da lotação, assim como gratificações por trabalhar fora da escala normal de trabalho, que é de 24h x 72h.

2. Jornada de trabalho
Em regra, a carga horária de um Policial Rodoviário Federal é de 40 horas semanais. Contudo, como citado acima, em muitas das vezes o policial rodoviário federal está encaixado em escalas de plantão, trabalhando 24 horas por 72 horas de folga. Normalmente, a apresentação no posto é às 7h e sairá no mesmo horário do dia seguinte, quando é coberto por outra equipe. Depois disso, você volta a trabalhar três dias depois.

3. Gratificações
Além da remuneração, o Policial Rodoviário Federal recebe uma série de gratificações, como, por exemplo, atividade de risco e por operações especiais. Em 2018, o então presidente da República, Michel Temer, editou uma Medida Provisória que instituía a indenização ao PRF que trabalhasse voluntariamente durante repousos remunerados, em situações emergenciais. O valor de seis horas era de R$ 420. Já o policia rodoviário federal que atuasse por 12 horas receberia R$ 900.

4. Trabalho sem rotina
A atividade do servidor não possui uma rotina específica. A função do Policial Rodoviário Federal vai de fiscalizar e manter o trânsito nas principais rodovias do país a participar de operações de combate ao trabalho escravo, apreender drogas, entre outras atividades que perpassam e envolvem as atribuições da Polícia Rodoviária Federal

5. Localidade
Como o concurso será de caráter nacional, após a sua colocação no curso de formação profissional, poderá eleger o seu posto de trabalho. Inicialmente, são em locais fora dos grandes centros, mas que permitem, após um determinado período, pedir pela remoção para uma determinada cidade.

6. Estabilidade
De acordo com a constituição, o servidor ocupante de cargo em provimento efetivo, ou seja, aprovado no Concurso PRF, por exemplo, adquire estabilidade após os três anos de efetivo exercício, só perdendo o cargo nas hipóteses na Constituição Federal. E essa regra caberá para a instituição, com algumas adaptações, caso a Reforma Administrativa seja aprovada no Congresso, uma vez que a PRF é tida como carreira típica de estado.

7. Paridade e Integralidade
Com assinatura do Parecer Vinculante da AGU, a PRF possui uma paridade salarial e a integralidade após a aposentadoria. Ou seja: caso existe um aumento de salário para o servidor da ativa, o aposentado acabará sendo equiparado com aquele aumento.

8. Áreas de atuação diversas
Existem diversas oportunidade dentro da instituição ligadas a área fim, como as operações especiais (cujo risco da atividade é um pouco maior), com animais no grupo de cães farejadores, entre outras;

9. Especializações
O Policial Rodoviário Federal pode especializar-se em áreas diferenciadas. É possível fazer cursos voltados para a área de trânsito, curso de piloto de helicóptero, curso de motociclismo, curso de perícia de acidentes, entre outros;

10. Parceria com outras instituições
Ser um Policial Rodoviário Federal também implica conhecer e trabalhar em parceria com outras instituições, como o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Polícia Federal (PF), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Receita Federal, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), entre outras instituições com atuações diversas. Hoje, a instituição é uma das mais bem avaliadas pelo brasileiro, conforme uma pesquisa da FGV realizada em 2017.

Operação PF/PRF: canal no Telegram

Preparando-se para algum dos concursos: Polícia Federal ou Polícia Rodoviária Federal? O Gran Cursos Online lançou um canal exclusivo com foco nos certames para os concurseiros. São disponibilizadas dicas diárias, aulas gratuitas com materiais, dicas de estudos e de preparação para o Teste de Aptidão Física – TAF.

Além disso, há também minissimulados exclusivos para você testar seus conhecimentos com correção comentada por escrito. Quer mais? Os integrantes terão acesso a todos os eventos, notícias e lives relacionadas aos concursos PF e PRF. Conte também com descontos especiais para os usuários!

Não perca tempo! Clique AQUI, acesse agora o canal Operação PF/PRF e faça parte!

 

Saiba mais informações sobre o concurso PRF aqui!

Resumo do concurso PRF

Concurso Polícia Rodoviária Federal(concurso PRF)
Banca organizadora Cebraspe
Cargos Policial Rodoviário Federal
Escolaridade Nível Superior
Carreiras Policial
Lotação Nacional
Número de vagas 1.500 vagas imediatas + 500 para excedentes
Remuneração  R$ 9.899,88 + R$ 478,00
Inscrições 25 de janeiro a 12 de fevereiro de 2021
Taxa de Inscrição R$ 180,00
Data da Prova 28 de março de 2021
Link do Edital clique AQUI e confira o edital PRF

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
2 Comentários

2 Comentários

  1. Avatar

    Paulo Oliveira Louzada

    12/04/2021 09:27em09:27

    Meu sonho ser PRF e vou conseguir entrar no PRF

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo