Concurso Bombeiros-DF 2016: Saiba mais sobre as fascinantes carreiras com quem entende do assunto!

Corpo de Bombeiros Militar do DF (Concurso Bombeiros-DF 2016).

Corpo de Bombeiros Militar do DF (Concurso Bombeiros-DF 2016) abre concurso para formação de 779 novos praças e oficiais bombeiros militares!

Foi enfim publicado o edital de abertura do concurso público para ingresso no Corpo de Bombeiros Militar do DF (Concurso Bombeiros-DF 2016). Ao todo, serão oferecidas 779 oportunidades para graduados em qualquer área (ou áreas específicas), distribuídas pelos postos de soldados (448 para qualificação bombeiro militar geral operacional; 112 para soldado condutor e operador de viaturas), 55 para soldado de manutenção (veículos e equipamentos/materiais) e cinco para soldado de manutenção (aeronaves equipamentos/materiais). As vagas de oficiais estão distribuídas em 115 para oficial bombeiro militar combatente, 20 para complementar, 20 para médicos e quatro para cirurgiões-dentistas.

Conhecer a função e as peculiaridades dos cargos é essencial para quem deseja ingressar na corporação. Pensando nisso, o Gran Cursos Online promoveu um bate-papo com o professor e integrante da carreira, Josimar Padilha, e com a servidora Thaís Vieira, cabo do CBMDF. Eles destacaram pontos importantes que precisam ser levados em consideração por quem estuda para fazer parte de uma dos órgãos mais importantes do país.

Primeiramente, Thaís fala sobre sua trajetória rumo ao ingresso no órgão e como conciliou o trabalho com os estudos. “Vinha me preparando para a carreira de segurança pública a um certo tempo, quando surgiu o edital do Corpo de Bombeiros Militar. Dava aula durante o dia e à noite fazia cursinho”. Com tempo escasso, ela comenta sua estratégia. ” Não tinha muito tempo, então chegava do cursinho e ia fazer exercícios, durando um mês essa rotina”.

Com 22 anos de vida dedicada ao CBMDF, o professor Josimar Padilha ingressou quando ainda era necessário apenas o nível médio completo.  “Naquele tempo, era ensino médio ainda, tinha prestado vestibular e não havia passado, sempre gostei de matemática. Um primo, que hoje também é da carreira, fez minha inscrição e começamos a estudar, o que culimou nas nossas aprovações”. 

O professor comenta a importante fase após o exame intelectual, o TAF. “Vi muitas pessoas reprovando, principalmente na corrida, que é o alto índice de reprovação, quando os candidatos têm 12 minutos para percorrer 2.400 metros (masculino) ou 2.200 (feminino). Para uma pessoa que não está preparada é impossível, por exemplo, Polícia Federal 2009, 2012 e 2014, eu tive muitos alunos que reprovaram na corrida, pessoas que até tinham um condicionamento físico bacana, mas por subestimar e não treinar antecipadamente chega no dia e não consegue realizar o exame”.

Thais fala sobre uma preparação antecipada.” É extramente importante e ninguém dá valor, deixa para treinar em cima da hora, ocasionando lesões. Já tive alunos que me procuraram para treinar em cima da hora, faltando um mês, quando o edital já traz todas as especificações. Que vai ter corrida, natação 50 metros, se você não for bom você vai precisar entrar na aula. É necessário uma preparação física, pois a carreira é braçal”.

Eles comentam sobre o curso de formação e carga de trabalho. ” É uma rotina bem pesada, pois você precisa se apresentar às 7h da manhã e às 18h você é liberado. Existe a parte militar, pois muitos que ingressam na corporação são militares de outras forças, porém muitos são da vida civil, então é necessário aprender a ser militar. Hierarquia e disciplina são os dois pilares do militarismo”.

“Nós temos doze horas de trabalho e atividades que são de 24 horas. Nos nossos casos, trabalhamos 24 por 72. Trabalhamos 24 horas na prontidão, no socorro, missão fim, e folgamos 72 horas. Porém existem outras áreas que trabalham em turnos diferenciados, vai depender da patente”.

Uma pergunta muito interessante foi respondida pelos entrevistados a respeito das áreas de atuação dentro do Corpo de Bombeiros e a possibilidade de exercer outras funções. “Temos muitas áreas, temos UR, que trabalha diretamente com socorro a vítima, mas há área de incêndio, viatura de combate a incêndio, de salvamento e outras. É dedicação exclusiva ao serviço, mas como nós possuímos um período de descanso de 72 horas, é possível conciliar outras atividades”.

Diversos outros pontos são abordados pelo professor e por nossa convidada especial, que dá dicas para as avaliações, como TAF, curso de formação e outros. Assista abaixo e não fique de fora dos detalhes desta fascinante carreira. 

O concurso 

– Os interessados poderão se inscrever no período compreendido entre às 14h00min do dia 18 de julho de 2016 e 23h59min do dia 18 de agosto de 2016, observado o horário oficial de Brasília/DF,  no site http://www.idecan.org.br/, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 140,00 para oficiais e R$ 90 para os demais postos.

A avaliação dos candidatos será feita por meio de provas objetivas, além de discursiva somente para os cargos de oficial, conforme tínhamos adiantado. Haverá ainda exame de aptidão física,  inspeção de saúde – exames médicos, biométricos e complementares, testes toxicológicos e exame odontológico, avaliação psicológica e  sindicância de vida pregressa e investigação social e funcional. A prova de conhecimentos objetiva será realizada no Distrito Federal, com data inicialmente prevista para o dia 9 de outubro de 2016 (domingo), sendo das 15 às 19 para praça operacional, condutor de viaturas e manutenção de veículos, e de 8h às 13h para oficial combatente e oficial de saúde. Por fim, das 8 às 12, será aplicada a aprova para o cargo de manutenção de aeronaves.tabela-cbmdf

O concurso terá validade de dois anos, devendo ser prorrogado por igual período. Caso isso ocorra, centenas de candidatos devem ser contratados, como ocorreu no último certame, realizado em 2011, em que somente para o cargo de QBMG – 01 – Operacional (Soldado) foram mais de 1.100 nomeações, enquanto o edital oferecia apenas 224 e o total de candidatos aprovados girava em torno de pouco mais de 1.500, o que gera um percentual de quase 500 % de nomeações a mais que o previsto no edital.  Outro destaque é para a função de QBMG – 02 -Condutor e Operador de Viaturas. Enquanto o edital oferecia 56 vagas, o número de nomeações foi de 318 % a mais, um total de 178 (veja todos os detalhes na tabela abaixo).

Detalhes:

  • bullet1.gif (844 bytes)Concurso: Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (Bombeiros/DF)
  • bullet1.gif (844 bytes)Banca organizadora: Idecan
  • bullet1.gif (844 bytes)Cargos: Praça; Oficial
  • bullet1.gif (844 bytes)Escolaridade: Nível Superior
  • bullet1.gif (844 bytes)Número de vagas: 779
  • bullet1.gif (844 bytes)Inscrições: de 18 de julho de 2016 a 18 de agosto de 2016
  • bullet1.gif (844 bytes)Taxa: R$ 140 ou R$ 90
  • bullet1.gif (844 bytes)Remuneração: Até R$ 11,6 mil
  • bullet1.gif (844 bytes)Prova objetiva: 9 de outubro de 2016
edital

Operacional

edital

Condutor

edital

Oficial

edital

Man. Aero

edital

Man. Veículos

edital

Saúde

Todos os cursos em nosso portal estão conforme o novo edital e contam com exercícios Idecan, simulados exclusivos e materiais em PDF – agora em novo formato! Ao adquirir um dos preparatórios disponíveis, você terá a garantia de um conteúdo completo e atualizado para o certame de 2016. Aproveite e matricule-se agora com valor promocional!

Preparatórios online com início imediato e visualizações ilimitadas!
Prepare-se com quem mais aprova há 26 anos e conquiste a sua vaga!

matricule-se 3

carreiras policiaisPRF: Gran Cursos em primeiro lugar!

Antecipe sua preparação e saia na frente!

garantia GCO

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:
CHEGUEI-LÁ2        CHEGUEI-LÁ     CHEGUEI-LÁ2       CHEGUEI-LÁ-Natálial    CHEGUEI-LÁ (7)
CHEGUEI-LÁ-Felipe

Principais de Distrito Federal

2 Comentários

2 Comentários

  1. Avatar

    Rafaela

    07/07/2016 19:07em19:07

    Gostaria de saber a diferença de praça operacional e combatente?

  2. Avatar

    Eloi

    08/07/2016 00:21em00:21

    Termino o ensino superior apenas no segundo semestre de 2018,posso pedir reposicionamento ?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo